prog fest artes_teresopolis_2013

Download Prog fest artes_teresopolis_2013

Post on 07-Jun-2015

280 views

Category:

Documents

6 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Festival de Artes de Teresópolis 2013 traz João Bosco, Toni Garrido e Bia Bedran a Teresópolis-programação

TRANSCRIPT

  • 1. P a r c e r i a P a t r o c n i oRe a l i z a oToni GarridoLcia FidalgoCena PerdidaAyrton RebelloDaniel AzulayBa de Conta e CantaAuto de TerespolisPick ColaToninho HortaAna Maria AndradeJoo BoscoBenita PrietoCirconflexoDuofelMisturando HistriasGrupo PiruetaBia BedranA. CssiaHocus PocusGrupo BrmiosCapito Blues Jahguasoul RJ 130Bebossa e MenescalDeneirGrupo FantasiaAndrea V. Taubman Domi Junior Jarbas Lopes Caque BotkayLucas Ciavatta Trs de Ns BuloDe 29 de maio a 09 de junhoENTRADA FRANCA2013

2. 22Ficha tcnicaPROGRAMARedao e Edio: Nelson FreitasArte: Srgio AllanFotos: Divulgao e Simone LopesReviso: Luana FreitasImpresso: Imagem & ArteQuantidade: 10 milFESTIVAL DE ARTES DE TERESPOLISDireo-geral: Nelson FreitasRegistro fotogrfico: Simone LopesRegistro videogrfico: Priscila MansoProduo executiva: Anna Paula Lobo, Andre Siffert, Bulo, Claudio Rosa,Emerson Assad, Igor Hausen, Jaqueline Mattos,Larissa Mattos, Nara Zeitune, Rebeca Mattos, SoniaLima e Valria LimaCenografia: Domi Junior e Nelson FreitasTcnica: Leandro MirandelliCoordenao: Simone LopesComunicao e montagens: SL Montagens e ComunicaesRealizao: gua Grande Projetos e RealizaesParceria: Prefeitura Municipal de TerespolisPatrocnio: Governo do Estado do Rio de Janeiro - Lei deIncentivo Cultura - Secretaria de Culturae CEG - Uma Empresa Gs Natural FenosaFestival de Artes de Terespolis 2013 Projeto n 11060184 - Lei Estadual deIncentivo Cultura do Rio de Janeiro 3. A FESTA DAS ARTES E DA LEITURAEm 2012, realizamos o primeiro Festival deArtes de Terespolis, com patrocnio daCEG Gs Natural Fenosa e do Governo do Estado do Rio de Janeiro, atravs da Lei deIncentivo Cultura. Durante seis dias consecutivos, essa ao pblico-privada fez-sepresente em Terespolis, numa parceria que envolveu tambm a Prefeitura Municipal.Conseguimos reunir, conjuntamente, as pastas de Turismo, Cultura e Educao, semdemandar que a prefeitura precisasse custear qualquer tipo de servio complementar paraa realizao do projeto.O objetivo principal do festival foi valorizar uma proposta de qualidade por meiode uma programao que primou pelo congraamento dos sons, das imagens, da palavra eda cena. Tnhamos a convico de que a quantidade de pblico envolvido seria apenasconsequncia do interesse despertado por um evento que, desde o princpio, procurou unira qualidade esttica qualidade artstica. Nesse territrio criativo, caracterizado pelamultiplicidade de trocas simblicas entre ser humano e universo artstico, o festivalconseguiu construir um espetculo narrativo em torno das artes e da leitura, buscandoestimular uma percepo de mundo crtica e, ao mesmo tempo, diversa.Neste breve dilogo de abertura do programa do Festival de Artes de Terespolis2013, expressamos nosso agradecimento a todos os envolvidos no projeto - sobretudo, aopblico, que recebeu com cordialidade e encantamento os artistas e vivenciouintensamente a programao ao participar de todas as atividades.De 29 de maio a 9 de junho de 2013, a energia que move o ser humano - o desejopor pensar e descobrir, a energia do conhecimento - tornar pblico e artistas coautores deum processo nico de criao, presente em todas as atividades do festival.Venha saborear as mais diversas fontes de conhecimento a partir de espetculosde msica, teatro e de contadores de histrias, de mostra de filmes premiados e de oficinasde artes. Sero mais de 150 horas de interao crtica e criativa entre pblico e artistasprotagonistas, com acesso gratuito a todas as atividades.Leia o programa, faa sua agenda e participe. Esse festival foi feito para voc.Agente se encontra no Festival deArtes de Terespolis 2013.3 4. 3Energiaque faz odesenvolvimento4A gerao de energia matria presente nos projetos Com o objetivo de estimular o pensamento crtico econstrutivo, convidamos voc a participar do Festival de Artes dede desenvolvimento econmico das principais cidades do mundo. NoTerespolis 2013, um projeto que alia entretenimento produo daentanto, conciliar a busca pelo crescimento da economia com oenergia do conhecimento. As prticas e vivncias artsticasdesenvolvimento humano e a justia social requer aes contnuas deproporcionadas durante o festival serviro de ferramentas para gerar afomento energia do conhecimento. Com o crescimento demogrficoenergia criativa que governa o ser humano rumo ao crescimento, nas grandes metrpoles e a intensificao do processo de urbanizao, oconstruo da memria e da identidade, conscincia sustentvel e,acesso de pessoas a bens e servios movidos a energia tornou-se cadasobretudo, ao pleno exerccio da cidadania.vez maior, refletindo a urgncia por prticas de consumo conscientecapazes de dar suporte a um futuro mais sustentvel.Venha... Participe... Vivencie o Festival deArtes de Terespolis2013.Acrescente necessidade de fortalecimento de uma conscinciaecolgica, aliada a aes mais efetivas de preservao ambiental, estintimamente relacionada aos hbitos de uma sociedade industrial econsumista. Por isso, para utilizar as reservas naturais do planeta semesgot-las, preciso enfrentar o desafio de construir qualidade de vida,harmonizando as relaes entre desenvolvimento econmico, sade doplaneta e melhorias sociais. 5. 5Quarta-feira - 29/05/2013 - 19 horasEspao Arte e ConhecimentoPraa Higino da Silveira - Praa da Feirinha -Bairro do Alto - Terespolis - RJJooBoscoFoto:MnicaMartinsJoo Bosco de Freitas Mucci, nas artes Joo Bosco, nasceuem Ponte Nova, Minas Gerais. Incentivado pela famlia, repleta demsicos, comeou a tocar violo aos 12 anos. Mesmo cursandoEngenharia Metalrgica em Ouro Preto, a arte musical era suaprincipal referncia.Influenciado pelo jazz, pela bossa nova e pelo movimentotropicalista, Joo conheceu Vincius de Moraes em Ouro Preto, em1967, na casa do pintor Carlos Scliar. A performance singular docompositor e instrumentista chamaram logo a ateno de Vincius,que se tornou seu primeiro parceiro. Em 1971, Joo conheceu AldirBlanc, com quem faria uma srie de geniais parcerias ("Bala comBala", "De Frente pro Crime", "Kid Cavaquinho", "Caa Raposa","Falso Brilhante", "O Rancho da Goiabada").Aps terminar a faculdade e se mudar definitivamente parao Rio de Janeiro, Joo gravou sua primeira msica, "Agnus Sei"(parceria com Aldir), no lado "B" do lbum Disco de Bolso, lanadopelo jornal O Pasquim - no lado "A", estava "guas de Maro", de TomJobim. A voz de Elis Regina tambm ajudou a projetar o artista comas msicas "Mestre-sala dos Mares", "Dois pra L, Dois pra C" e "OBbado e a Equilibrista", que se tornou um hino informal da anistiapoltica.Um virtuose do violo, Joo Bosco foi reconhecido pelaopinio pblica nacional e internacional, despertando a admiraodo instrumentista e compositor ingls John McLaughin. Os anos 1990marcam o trabalho do artista com novas parcerias. Conforme oprprio compositor revela, as rdios tocavam, enquanto o pblicocantava "Papel Mach" (parceria com Capinam), "Quando o AmorAcontece" e "Desenho de Giz" (com Abel Silva) "Jade", (letra e msicade sua autoria). No fim da dcada, comps a trilha sonora do bal"Benguel", do Grupo Corpo, espetculo de grande repercusso nocircuito nacional e em festivais internacionais, e comeou uma novaparceria, com seu filho, Francisco Bosco.No incio dos anos 2000, o indito lbum "Malabaristas dosinal vermelho", muito bem acolhido pela crtica, foi indicado aoGrammy na categoria Melhor lbum de Msica Popular Brasileira. Em2006, para comemorar os 30 anos de carreira, o artista gravou seuprimeiro DVD ao vivo, lanado tambm em CD. Obrigado Gente!traz os inesquecveis sucessos e os hits mais atuais do cantor, comparticipaes ilustres de Guinga, Hamilton de Holanda, YamandCosta e Djavan.Sua obra mais recente, "No vou pro cu, mas j no vivo nocho", retoma a histrica parceria com Aldir Blanc na indita"Sonho de caramujo". O CD, que tambm virou show, uma espciede sntese de vida e carreira de Joo Bosco. No disco e no show, ocompositor percorre sua trajetria musical, auxiliado pelas palavrasprecisas de suas parcerias. 6. 6O cantor e compositor Toni Garrido, tambm vocalistado Cidade Negra, apresenta seu espetculo solo na quinta-feira, dia 30 de maio, s 17 horas, na Praa da Feirinha. Tonicanta clssicos da MPB, como Palco (Gilberto Gil), Luz doSol, Orfeu e Qualquer Coisa (Caetano Veloso), Samuraie Ptala (Djavan), Fullgs e Charme do Mundo (MarinaLima), Coleo e A Lua e Eu (Cassiano), entre outros.Msicas do Cidade Negra, como A Estrada e A Cor do Sol, desua autoria, tambm esto no repertrio do show, que prometemarcar o Festival deArtes de Terespolis 2013.TONI GARRIDOAntnio Bento da Silva Filho, nas artes Toni Garrido,nasceu no Rio de Janeiro, em 7 de setembro de 1967. Cantor,ator e apresentador de TV, Toni se formou em Fisioterapia eEducao Fsica. A carreira musical comeou como vocalista daextinta Banda Bel.Em 1994, aps a sada de Rs Bernardo da bandaCidade Negra, Toni foi convidado para integrar o grupo. Logoficou evidente que Garrido trazia ao Cidade Negra um perfilmelodicamente mais pop e danante, sem fugir do universo doreggae. O primeiro CD com Toni Garrido nos vocais foi umestouro de vendas, que veio a se repetir em novos discos. Abanda se firmou no cenrio musical, e o artista passou a sedestacar por seu carisma e sua performance no palco. Em 1999,Toni foi convidado para atuar no filme "Orfeu do Carnaval", deCac Diegues.Em 2009, Toni Garrido lanou seu primeiro lbum solo,"Todo o meu canto", encantando ainda mais os fs.Quinta-feira - 30/05/2013 - 17 horasEspao Arte e ConhecimentoPraa Higino da Silveira - Praa da Feirinha - Bairro do Alto - Terespolis - RJShow de Toni Garrido 7. 7A msica do DUOFEL resultado de mais de trinta anos depesquisas, ensaios e shows. Luiz Bueno, paulistano, e Fernando Melo,alagoano de Arapiraca, tm em comum o fato de serem autodidatas eacreditarem, com rara obstinao, no sucesso de uma singular propostamusical.Desde muito cedo, Luiz tocava guitarra eltrica em conjuntosde baile pela noite paulistana, enquanto Fernando, apaixonado por ElvisPresley, comeou como cantor de rock em uma banda formada por s