profmat - avaliação suplementar

Download PROFMAT - Avaliação Suplementar

Post on 19-Oct-2015

154 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1I APRESENTAO

    O presente documento apresenta os principais resultados do acompanhamento e avaliao suplementar do Programa de Mestrado Profissional em Matemtica em Rede Nacional (PROFMAT) realizado pela Sociedade Brasileira de Matemtica, em cumprimen-to ao estabelecido pela Coordenao de Aperfeioamento de Pessoal CAPES por oca-sio da liberao das bolsas de estudo.

    O programa de Mestrado Profissional em Matemtica em Rede Nacional o pri-meiro curso de ps-graduao stricto sensu semipresencial do Brasil destinado a pro-fessores da Educao Bsica. Recomendado pela CAPES em novembro de 2010, o pro-grama est em consonncia com a Poltica Nacional de Formao de Profissionais do Magistrio da Educao Bsica definida no Decreto n 6.755, de 29 de janeiro de 2009 e atende s orientaes do Plano Nacional de Ps-Graduao PNPG 2011-2020.

    O PROFMAT tem como objetivos:

    1. Estimular a melhoria do ensino de Matemtica em todos os nveis; 2. Qualificar professores de Matemtica que atuam na Educao Bsica em n-

    vel de ps-graduao stricto sensu, com nfase no domnio aprofundado de contedo, oferecendo um curso de formao profissional que contemple as necessidades advindas do trabalho cotidiano no espao da escola;

    3. Incentivar uma postura crtica acerca das aulas de Matemtica nos nveis do Ensino Fundamental e Mdio, que enfatize o papel central do conhecimento de matemtica frente s exigncias da sociedade moderna;

    4. Buscar a valorizao profissional do professor por meio do aprimoramento de sua formao.

    O programa desenvolvido no regime semipresencial e tem a durao de 2 (dois) anos, estruturado em 4 (quatro) semestres letivos regulares e 2 (dois) perodos de vero.

    Essa avaliao suplementar foi realizada em decorrncia do ineditismo do pro-grama e da grande expectativa da CAPES quanto possibilidade de aplicao do modelo em outras reas do conhecimento, como forma de ampliar a qualificao dos professo-res da educao bsica. O estudo realizado visou a obteno de informaes com vistas a orientar a comisso de avaliao da CAPES, tendo em considerao as especificidades do programa que no se enquadra nos critrios de avaliao dos cursos de mestrado acadmico em matemtica.

    Os resultados obtidos atestam o acerto da CAPES e da Sociedade Brasileira de Matemtica ao implantarem o referido programa. Uma vez que o mesmo, alm de for-mar um nmero significativo de alunos, produziu um grande nmero de materiais did-ticos de altssima qualidade.

  • AvAliAo SuplementAr externA do progrAmA

    2

    A Comisso de Avaliao Suplementar espera que os resultados desse programa possam oferecer subsdios a CAPES no sentido de que essa experincia possa ser repro-duzida em outras reas do conhecimento e assim contribuir para a melhoria da qualida-de da educao bsica.

    O trabalho foi realizado pelos consultores Jos Fernandes de Lima (Coordenador da equipe), Fernanda Sobral e Emdio Cantdio de Oliveira. Uma equi-pe de apoio do escritrio de consultoria Omni3 Solues em Educao e Comunicao Ltda. atuou pontualmente no trabalho: Gilberto Lacerda Santos (coordenao), Paulo Pereira Oliveira Matos e Ana Cristina de Freitas (apoio em estatstica), L Cmara (revi-so) e Ricardo Fernandes (diagramao do documento final). A equipe de informtica da Sociedade Brasileira de Matemtica, liderada por Luiz Manoel Figuereido, implemen-tou o questionrio eletrnico e colaborou na anlise das respostas ao mesmo.

    Jos Fernandes de LimaCoordenador da Equipe de Avaliao

  • 3de Mestrado Profissional eM MateMtica eM rede nacional (ProfMat)

    II NDICE

    I. Apresentao 1II. ndice 3III. ndice de figuras 4IV. ndice de grficos 5V. ndice de anexos 7VI. INTRODUO 8VII. Convnio CAPES - IMPA 10VIII. AVALIAO SUPLEMENTAR 12

    VIII.1 Atividades desenvolvidas pela equipe de avaliao 13IX. CARACTERSTICAS DO CURSO 14

    IX.1 Anlise descritiva do programa 14IX.2 Trabalho de Concluso de Curso (TCC) 19IX.3 Distribuio territorial dos plos 20IX.4 Materiais didticos utilizados e produzidos durante o curso 20

    X. PERCEPO DOS DOCENTES E DISCENTES SOBRE SEU DESENVOLVI-

    MENTO DO CURSO.

    22

    X.1 Questionrio eletrnico aplicado aos docentes e discentes 22X.1.1 Questes fechadas 22X.1.2 Dados dos respondentes 22X.1.3 Questes abertas 38X.1.4 Entrevistas 57

    XI. CONCLUSES E RECOMENDAES 61XII. Referncias 65XIII. Anexos 66

  • AvAliAo SuplementAr externA do progrAmA

    4

    III NDICE DE FIGURAS

    Figura 1: Distribuio de polos no pas em 2013 20

    Figura 2: Homepage do PROFMAT 21

    Figura 3: Amostra dos livros produzidos e utilizados durante o curso 21

  • 5de Mestrado Profissional eM MateMtica eM rede nacional (ProfMat)

    IV NDICE DE GRFICOS

    Grfico 1 Respondentes do PROFMAT por gnero discentes 23Grfico 2 Respondentes do PROFMAT por gnero docentes 23Grfico 3 Faixa etria dos respondentes do PROFMAT - Docentes 25Grfico 4 Faixa etria dos respondentes do PROFMAT - discentes 25Grfico 5 Dependncia administrativa das escolas de atuao dos alunos do

    PROFMAT 26Grfico 6 Percentuais de alunos do PROFMAT que atuam em mais de uma

    escola 26Grfico 7 Avaliao do contedo do curso - docentes 28Grfico 8 Avaliao do contedo do curso - discentes 28Grfico 9 Aspectos diferentes constatados no PROFMAT em relao ao con-

    tedo ensinado na Licenciatura em Matemtica - discentes 29Grfico 10 Adequao do material didtico aos objetivos do PROFMAT - do-

    centes 31Grfico 11 Adequao do material didtico aos objetivos do PROFMAT - dis-

    centes 31Grfico 12 Expectativas de mudana na prtica docente - docentes 33Grfico 13 Expectativas de mudana na prtica docente - discentes 33Grfico 14 Utilizao da Plataforma Moodle - docentes 34Grfico 15 Utilizao da Plataforma Moodle - discentes 34Grfico 16 Grau de adequao, ao curso, dos recursos e atividades do ambien-

    te virtual 36Grfico 17 Grau de adequao, ao curso, dos recursos e atividades do ambien-

    te virtual 36Grfico 18 Importncia da tutoria - docentes 37Grfico 19 Importncia da tutoria - discentes 37Grfico 20 Objetivos do PROFMAT - docentes 39Grfico 21 Objetivos do PROFMAT - discentes 39Grfico 22 Pontos fortes do curso - discentes 40Grfico 23 Pontos fortes do curso - docentes 41Grfico 24 Pontos fracos do curso - docentes 42Grfico 25 Pontos fracos do curso - discentes 43Grfico 26 Sugestes de aprimoramento - discentes 44Grfico 27 Sugestes de aprimoramento docentes 45Grfico 28 Objetivos do PROFMAT - discentes 46Grfico 29 Objetivos do PROFMAT- docentes 47Grfico 30 Pontos fortes do curso - discente 48

  • AvAliAo SuplementAr externA do progrAmA

    6

    Grfico 31 Pontos fortes do curso - docentes 49Grfico 32 Pontos fracos do curso - discentes 50Grfico 33 Pontos fracos do curso: docente 51Grfico 34 Sugestes de aprimoramento - discentes 52Grfico 35 Sugestes de aprimoramento - docentes 53Grfico 36 Comparao entre as respostas sobre os objetivos do PROFMAT

    (docentes X discentes) 55Grfico 37 Comparao entre as respostas questo sobre os pontos fortes do

    curso (docentes x discentes), em nmeros relativos. 56Grfico 38 Comparao entre as respostas questo sobre os pontos fracos do

    curso (docentes x discentes), em nmeros relativos 57

  • 7de Mestrado Profissional eM MateMtica eM rede nacional (ProfMat)

    V NDICE DE ANEXOS

    Anexo 1 Instituies Associadas ao PROFMAT 66Anexo 2 Roteiro de entrevista com os Coordenadores Regionais 68Anexo 3 Coleo PROFMAT de livros utilizados e produzidos durante o

    curso 69Anexo 4 Coleo de vdeos produzidos para o PROFMAT 70Anexo 5 Questionrio para os discentes 75Anexo 6 Questionrio para os docentes 77

  • AvAliAo SuplementAr externA do progrAmA

    8

    VI. INTRODUO

    O PROFMAT foi concebido num contexto de grande discusso sobre a impor-tncia da Ps-Graduao e sobre a necessidade de maiores investimentos na Educao Bsica.

    O Plano Nacional de Ps-Graduao PNPG - 2011-2020 aponta a Educao B-sica como o novo desafio do Sistema Nacional de Ps-Graduao. Ao discutir a impor-tncia da Educao Bsica para o desenvolvimento do pas, o PNPG faz uma anlise da distribuio da populao de alunos por faixa etria e mostra que o sistema educacional brasileiro perde uma quantidade exagerada de alunos ao longo da sua trajetria edu-cacional. O percentual dos alunos matriculados nas sries iniciais da educao bsica que concluem a educao superior insignificante. O PNPG alerta que a pretenso de ampliar o nmero de alunos em alguns dos cursos de mestrado e doutorado acaba pre-judicada pela falta de alunos capacitados e com disponibilidade para tal.

    A anlise da curva descendente do nmero de alunos ao longo dos nveis edu-cacionais mostra que esse declnio tem incio na educao bsica e que os resultados obtidos nessa etapa influenciam significativamente os nveis posteriores. Em outras pa-lavras, se quisermos ampliar o nmero de alunos nos cursos de mestrado e doutorado, temos que melhorar a eficincia do sistema como um todo, sobretudo a etapa da edu-cao bsica.

    Em concluso, afirma o PNPG que a Educao Bsica configura-se como um assunto estratgico e digno da ateno de todo o Sistema Nacional de Educao, nota-damente do Sistema Nacional de Ps-Graduao.

    Estudos realizados pelo Todos pela Educao com base nas avaliaes feitas pelo Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Ansio Teixeira - INEP mostraram, em concordncia com as preocupaes destacadas no PNPG, que em 2011 apenas 11% dos alunos que concluram o Ensino Mdio haviam aprendido o esperado em Matemtica.

    O desempenho insatisfatrio dos alunos do Ensino Mdio em Matemtica os afasta das reas tcnicas e cientficas que atualmente requerem maiores investimentos no Pas, donde se conclui que o ensino de matemtica resulta em um assunto cada dia mais estratgico para o Brasil.

    Alm das consideraes referentes necessidade de oferta de educao de qua-lidad