profissão: beleza

Download Profissão: beleza

If you can't read please download the document

Post on 31-Mar-2016

216 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Entrevista com Fernando Torquatto.

TRANSCRIPT

  • Entrevista:Fernando Torquatto

    Por: Thysa Jackes

  • | NOIVAS RIO DE JANEIRO - INVERNO DE 2010100

    BELEZA

    Profi sso: beleza

    SE EU FOSSE CRIANA HOJE E ME

    PERGUNTASSEM O QUE QUERIA SER

    QUANDO CRESCER, RESPONDERIA:

    FERNANDO TORQUATTO! ELE MAQUIADOR,

    FOTGRAFO, CONSULTOR DE IMAGEM E

    AINDA ARRUMA TEMPO PARA CRIAR, EM

    CONJUNTO COM O BOTICRIO, AS NOVAS

    COLEES DE MAQUIAGEM DA MARCA. FOI

    DURANTE O LANAMENTO DA LINHA DE

    MAKES QUE ELE FALOU, COM EXCLUSIVIDADE,

    PARA A REVISTA NOIVAS RIO DE JANEIRO,

    SOBRE O SEU ASSUNTO PREFERIDO: BELEZA.

    TORQUATTO, QUE J MAQUIOU NOIVAS NA

    VIDA REAL E NA FICO, CONTOU O MAIOR

    ERRO DAS MULHERES QUE SOBEM AO ALTAR.

    E LGICO, DEU DICAS TIMAS PARA QUEM

    QUER ACERTAR. CLARO QUE HOMEM

    CONSIDERADO O PROFISSIONAL DO MILNIO

    PELA VEJA RIO, POR SUA ATITUDE DIFERENTE,

    MERECIA UMA ENTREVISTA EM UM FORMATO

    QUE FUGISSE DO TRIVIAL. NAS PRXIMAS

    PGINAS, FERNANDO TORQUATTO EM

    PRIMEIRA PESSOA

    por Thysa Jackes

  • INVERNO DE 2010 - NOIVAS RIO DE JANEIRO |101

    Foto

    div

    ulga

    o

  • | NOIVAS RIO DE JANEIRO - INVERNO DE 2010102

    BELEZA

    Meu nome FERNANDO TORQUATTO. Eu sou de Santos. Meu pai trabalhava em construo naval e viajava o mundo inteiro, sempre com uma cmera fotogrfi ca na mala. Essas imagens viraram as MINHAS REFERNCIAS DE MUNDO. Minha me gostava muito de fi lmes, das divas de cinema e sempre foi muito vaidosa. Para mim, ela era a prpria estrela de cinema. Todos os dias, no fi nal da tarde, ia para o quarto dela, tomava banho e voltava linda, toda maquiada. Ela era muito vaidosa, mas de um jeito bacana, porque eu percebia que era uma me superdedicada [cuidava de oito fi lhos], que DESEMPENHAVA O SEU PAPEL NO DECORRER DO DIA, MAS QUE NO DEIXAVA DE SER MULHER, DE SONHAR. ISSO ME INSPIROU MUITO. Mas eu no sabia se queria ser ator, se queria cantar e com 15 anos voc j precisa pensar na faculdade. Nos mudamos para o Rio, entrei para o Tablado [escola de teatro] e tinha uma banda de rock. Ento resolvi entrar para faculdade de Comunicao Visual, porque parecia ser o curso mais abrangente, era algo novo na poca [1988], no era to comum as pessoas faze-rem. Ao mesmo tempo, fui trabalhar como vendedor na Frum. L eu fotografa as minhas colegas para os trabalhos da faculdade. E eu via que uma tinha espinha, a outra tinha olheira, ento eu pegava as maquiagens da minha me e passava nelas. Eu lia nas revistas o passo-a-passo, dizendo que primeiro fazia isso, depois aquilo, ento de uma forma autodidata eu maquiava para depois fotografar. COMO EU DESENHAVA DESDE GAROTO, PARA MIM ERA COMO DESENHAR NO ROSTO DE ALGUM. Foi a que um cliente meu, que era diretor de comercial, viu as minhas fotos e me convidou para um trabalho. Adorei! Eu era meio tmido e essa era uma maneira de as pessoas virem at mim... Elas sentavam na minha cadeira e eu maquiava. Deu muito certo! Depois disso fi z um desfi le pequeno, um grande e dez meses depois fui capa da Veja Rio. A matria era sobre os PROFISSIONAIS DO MILNIO e dizia que eu era diferente, que tinha outra atitude. Depois disso tudo vi que eu tinha de ser maquiador. Eu tento entender o rosto das pessoas. Para mim, elas so como paisagens, como quando voc viaja, conhece um lugar novo e desvenda novos territrios. muito curioso como cada um tem uma cara, uma boca... Fico ainda mais fascinado quando vejo que a pessoa se entende, que se maquiou direitinho. EU ADORO FAZER NOI-VA. Gosto de colaborar para que qualquer mulher se sinta especial. Ainda mais em um dia especial! Fiquei uns trs anos afastado delas quando comecei a trabalhar com vrias coisas. Noiva tem de confi rmar com uma antecedncia enorme, e nem sempre posso marcar algo para trs meses depois. Quando estou trabalhando em alguma novela, por exemplo, s sei a minha agenda da prxima semana, que quando o roteiro chega. Como que eu vou marcar com uma noiva e dizer:

    As noivas da fico: na novela Viver a Vida, Helena (Tas Arajo) e Luciana (Alinne Moraes), que teve o batom mais comentado dos ltimos tempos. Torquatto jura que, por causa do corre-corre das gravaes, no lembra da cor, s sabe que da marca MAC, porque viu no vdeo de making of

    Foto TV GLOBO Z Paulo Cardeal

    Foto TV GLOBO Thiago Prado Neris

  • INVERNO DE 2010 - NOIVAS RIO DE JANEIRO |103

    uma semana antes do casamento eu te confi rmo. Ela vai arrancar os cabelos! Ento eu sou muito franco, e digo: fao o seu teste, mas confi rmo um ms e meio antes. Na novela, tenho 20 minutos, meia hora para caracterizar uma noiva. Na vida real so quase trs horas. E ela precisa estar suave. No d para ter a pele carregada. A NOIVA PRECISA TER UMA DELICADEZA, INDEPENDENTE DE ESTAR COM BATOM CEREJA OU UM ROSA CLARINHO. Do contrrio, no harmoniza com o vestido. Precisa ser um sonho. Por mais que seja moderna, PRECISA PARECER UMA PRIN-CESA. A imagem precisa ser clssica, com um ar contemporneo. A pessoa precisa olhar para a foto de casamento e se achar bonita mesmo 50 anos depois. Lembrando que o clssico se renova. No d para fazer muito cacho, usar uma sombra brilhante, prateada. O brilho, por exemplo, no pode ser metlico! Precisa ser perolado, acetinado. Isso refora o ar de sonho. EU J FIZ NOIVA COM BATOM VERMELHO! Precisamos resgatar a boca valorizada, es-tamos muito acostumados com o rosinha. A BOCA VERMELHA E UM TRAO BEM FININHO DE DELINEADOR MUITO ELEGANTE. MAIS MULHERES DEVERIAM FAZER ISSO! E uma boca vermelha est tanto a servio de um vestido todo de renda, meio Grace Kelly, quanto de um modelo mais moderno, um tomara que caia sequinho, sem nenhum bordado. Mas, se voc for aquela noiva que opta pelo gosto da maioria, e realmente quiser um rosa, procure o rosa da estao. Porque se ele for meio amarelado, vai fi car com cara de p de arroz, de saquinho de naft alina, aquele de cetim vio. Nessa nova coleo de O Boticrio, que eu criei em parceria com a marca, tem dois rosas incrveis que so superadequados para as noivas [romance e glamour]. Se colocar um gloss luminoso vai fi car com uma cara linda de noiva! Mas, se quiser, d para usar ele seco mesmo, com olho mais realado. Fica lindo tambm! Melhor, s se usar com o PENTEADO QUE NO SAI DA MODA: O COQUE! Ele pode ser alto, limpo, sem muito acabamento, com um certo movimento e sem ser rococ. Isso imprime imponncia, para mulheres que querem ir com fora para o altar. Para as assumidamente romnticas, o coque pode ser mais desalinhado, o que d uma leitura moderna e clssica ao mesmo tempo. O da Larissa [Maciel] foi assim. Usei babyliss largo, fi z um voluminho na raiz, prendi no meio, mais para baixo da cabea e fui prendendo aleatoriamente. O IMPOR-TANTE TUDO ESTAR EM HARMONIA, COM UM AR JOVIAL, COM FRESCOR. muito comum as noivas chegarem ao dia do casamento muito cansadas por causa dos preparativos, cheia de olheiras e tentar cobrir demais a pele. No d para parecer mascarada no dia mais importante da sua vida! Existem maneiras de corrigir isso com delicadeza. No d para no ter sutileza.

    Torquatto e Larissa Maciel tornaram-se amigos quando ela interpretou a cantora Maysa em uma minissrie (ele era o responsvel pela caracterizao). O profissional foi at Porto Alegre para cuidar da beleza da atriz no grande dia dela. Carolina Dieckmann foi outra famosa que Torquatto maquiou no casamento

    Foto Everton Rosa

    Foto AgNews