PRODUTOS DE INVESTIMENTOS

Download PRODUTOS DE INVESTIMENTOS

Post on 01-Jul-2015

243 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<p>PRODUTOS DE INVESTIMENTOS(15% a 25%)</p> <p>Instrumento de Renda Fixa Ttulos de Crdito ou Dvida</p> <p>Investidor EMPRESTA Dinheiro</p> <p>SETOR PBLICO</p> <p>SETOR PRIVADO</p> <p>Governo Federal LFT, LTN, NTN: sries B, C e F</p> <p>Instituies Financeiras CDB, LH</p> <p>Instituies no-financeiras Debnture, Nota Promissria</p> <p>FGC garante somente operaes deste segmento</p> <p>Investidor recebe JUROS Pr CDI SELIC TR IGP-M</p> <p>Principais RISCOS</p> <p>CRDITO Inadimplncia do emissor</p> <p>MERCADO Oscilao da taxa de juros</p> <p>LIQUIDEZ Dificuldade de resgate a qualquer momento</p> <p>1. Ttulos Pblicos Conceito e FinalidadeOs ttulos pblicos tem como objetivo prover recursos para financiar a Dvida Pblica e as necessidades de cobertura do dficit oramentrio do governo e,</p> <p>1</p> <p>representam ainda, um importante instrumento para a implementao da poltica monetria. Os ttulos pblicos federais alm de permitirem captar recursos para o Tesouro Nacional, tambm servem de instrumentos de poltica monetria para o Banco Central. atravs das operaes do mercado aberto com ttulos pblicos federais que o Banco Central calibra o custo do dinheiro. Por meio da operao de mercado Aberto, o Banco Central faz poltica monetria, influenciando a taxa de juros de mercado: Venda de ttulos quando h excesso de recursos na economia retirando dinheiro de circulao, causando uma reduo na liquidez e provocando um aumento nas taxas de juros no mercado. Recompra de ttulos quando h escassez de recursos na economia colocando mais dinheiro em circulao, causando um aumento na liquidez e provocando uma queda nas taxas de juros no mercado. O Governo Federal precisa de dinheiro para financiar seus projetos e realizar os investimentos necessrios, alm de pagar os funcionrios pblicos e aposentados. So duas, basicamente, as formas de captao de recursos do governo: Arrecadao de impostos; Tomar emprstimo junto ao pblico investidor.</p> <p>CaractersticasAs LETRAS: LFT: LETRA FINANCEIRA DO TESOURO LTN: LETRA DO TESOURO NACIONAL AS NOTAS: NTN-B: NOTA DO TESOURO NACIONAL srie B NTN-C: NOTA DO TESOURO NACIONAL srie C NTN-F: NOTA DO TESOURO NACIONAL srie F</p> <p>Semelhanas: Prazo: no h prazo mnimo ou mximo de emisso Valor nominal (valor mencionado no estatuto social da empresa e que determina o valor de uma ao representativa de seu capital; uma medida puramente contbil e nada tem a ver com o valor de mercado de uma ao, ou seja, o preo que os investidores pagam para compr-la na bolsa de valores): mltiplos de R$1.000,00. Modalidade: escritural (valor mobilirio sem qualquer representao fsica; o valor mobilirio apenas registrado na conta corrente de um intermedirio financeiro), nominativa e negocivel.</p> <p>2</p> <p>Diferenas: Pagamento de juros: as notas pagam juros semestralmente e as letras somente no vencimento Remunerao: (observe o quadro a seguir)</p> <p>Ttulo LTN LFT NTN-B NTN-C NTN-F</p> <p>Rentabilidade Taxa prefixada Taxa Selic over (ps-fixada) IPCA + juros IGP-M + juros Taxa prefixada + juros</p> <p>Para no esquecer: LTN: a letra T de taxa vem antes, portanto, j sei quanto vou ganhar a taxa prefixada. LFT: a letra T de taxa vem depois, portanto, s conheo meu ganho no vencimento a taxa a Selic (ps-fixada).</p> <p>Riscos inerentes ao Produto Risco de CrditoDecorre da possibilidade de emissor do ttulo deixar de pagar rendimentos peridicos, ou mesmo, deixar de resgatar o ttulo no vencimento. Os Ttulos Pblicos Federais so considerados investimentos sem risco de crdito.</p> <p>Risco de MercadoSe caracteriza pela oscilao no preo ou valor imobilirio de ttulos ou valores mobilirios, que pode gerar perdas ou ganhos ao investidor. Se um ttulo tiver taxa prefixada, o risco de mercado refere-se ao risco de oscilaes na taxa de juros que pode provocar queda no preo dos ttulos. A LTN e a NTN-F so os dois ttulos mais expostos a esse tipo de risco. Quanto maior o prazo do ttulo, maior o risco de mercado.</p> <p>Risco de LiquidezDecorre da possibilidade do investidor no encontrar comprador para o ttulo caso decida vende-lo, ou ainda, que tenha o preo de venda desse ttulo prejudicado (abaixo do preo justo) em decorrncia de baixa liquidez no mercado. Os ttulos de prazo mais curtos esto menos expostos ao risco de liquidez do que os ttulos de longo prazo. 3</p> <p>O risco de liquidez dos Ttulos Pblicos Federais bastante baixo, pois tem mercado secundrio bastante ativo.</p> <p>IOF Imposto sobre Operao FinanceiraFato gerador: prazo entre a aplicao e o resgate inferior a 30 dias. Base de clculo: rendimento total. Responsabilidade de recolhimento: a fonte. Alquota: 1% ao dia sobre o valor do resgate, cesso ou repactuao, limitado a certo percentual do rendimento da operao, em funo do prazo, conforme tabela regressiva.</p> <p>Prazo em dias 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15</p> <p>Tabela Regressiva % limite do Prazo em dias rendimento 96% 16 93% 17 90% 18 86% 19 83% 20 80% 21 76% 22 73% 23 70% 24 66% 25 63% 26 60% 27 56% 28 53% 29 50% 30</p> <p>% limite do rendimento 46% 43% 40% 36% 33% 30% 26% 23% 20% 16% 13% 10% 6% 3% 0%</p> <p>A alquota do IOF definida pela tabela regressiva. Operao de 30 dias a alquota 0. A alquota do IOF de 1% ao dia sobre o valor de resgate, porm, limitado a certo percentual do rendimento conforme indicado na tabela. O IOF aplicvel s outras operaes de renda fixa como CDB, debnture, LH e nota promissria.</p> <p>4</p> <p>EXEMPLO Um investidor comprou uma LTN p R$ 100.000,00 com vencimento para 12 meses. Vendeu o ttulo no mercado secundrio 15 dias depois por R$ 101.000,00. Qual a tributao aplicvel essa operao? a) Ser recolhido IR de 22,5%. b) Ser recolhido somente IOF considerando ser o prazo da operao inferior a 30 dias. c) Ser recolhido IR e IOF sendo ambos calculados sobre o rendimento total de R$ 1.000,00 d) Ser recolhido IOF sobre o rendimento total e IR sobre o rendimento total menos o IOF j recolhido. Gabarito a) Falsa. Sendo o prazo da operao inferior a 30 dias, so dois os impostos devidos: IR e IOF. b) (idem A) c) Falsa. Existem dois erros nessa alternativa: primeiro ser cobrado o IOF e depois o IR. E a base de clculo no a mesma nos dois impostos. d) Correta. Primeiro ser cobrado o IOF de 50% sobre o rendimento total (R$1.000) que resultar em IOF de R$ 500. em seguida, ser calculado o valor do IR, alquota de 22,5% sobre R$ 500 (R$ 1000 R$ 500) que resultar em IR de R$ 112,50.</p> <p>Tesouro Direto um programa de venda de ttulos pblicos pessoas fsicas que queiram investir com segurana e tranquilidade, que podem comprar ttulos da dvida pblica diretamente pela internet a partir de R$ 200,00. A liquidez da aplicao garantida pelo Tesouro que possibilita aos investidores resgatarem seus ttulos e recursos semanalmente, antes do vencimento, ao preo negociado no mercado. As taxas de administrao e de custdia so baixas. O fato gerador do IR sobre os rendimentos o pagamento de juros, resgate antecipado do ttulo (recompra), vencimento do ttulo, calculado sobre o rendimento total lquido de IOF quando aplicvel.</p> <p>Prazo de Permanncia At 180 dias 22,5% De 181 a 360 dias 20% De 361 a 720 dias 17,5% Acima de 720 dias 15% O recolhimento dos impostos devidos responsabilidade do Agente de Custdia, portanto, o recolhimento na fonte.</p> <p>5</p> <p>2. CDB Certificado de Depsito Bancrio DefinioTtulo de renda fixa, representativo de depsito a prazo, emitido por bancos mltiplos, de investimentos e comerciais. admitida sua negociao antes do vencimento, de acordo com as condies estabelecidas pela instituio emissora e ter seu valor de mercado apurado em funo da taxa de juros corrente. So nominativos (nominal), negociveis e transferveis por meio de endosso em preto que significa a necessidade de identificar o novo proprietrio do ttulo. A renovao do CDB no automtica. O cliente deve negociar as condies de reinvestimento com a instituio financeira emissora.</p> <p>Caractersticas Prazos de emissoRemunerao Pr, DI e Selic Prazo mnimo No h Prazo mximo Conforme a poltica de captao de cada instituio financeira II</p> <p>TR</p> <p>1 ms</p> <p>Taxas e Formas de RemuneraoTaxa prefixada Ao comprar um CDB de taxa prefixada, o investidor j sabe quanto vai receber, no vencimento do depsito, pois em funo da taxa negociada no ato da contratao, definido o valor de resgate da operao. uma boa opo em cenrios econmicos de queda de taxa de juros, uma vez que a taxa de remunerao prefixada e no ser alterada pelo comportamento do mercado. Taxa ps-fixada Nas operaes de taxa ps-fixada, o investidor negocia o ndice de correo que ser aplicado sobre o capital. Ele conhecer o valor de resgate da operao somente no dia do vencimento da operao. TR ( utilizada no clculo do rendimento de vrios investimentos, tais como ttulos pblicos, caderneta de poupana. E tambm em outras operaes, tais como emprstimos do SFH (Sistema Financeiro da Habitao), pagamentos a prazo e seguros em geral. A metodologia de clculo da TR tem como base a taxa mdia mensal ponderada ajustada dos CDBs prefixados das 30 instituies financeiras selecionadas, sendo eliminadas as duas de menor e as duas de maior taxa mdia. A base de clculo da TR o dia de referncia, 6</p> <p>sendo calculada no dia til posterior. Sobre a mdia apurada das taxas dos CDBs aplicado um redutor que varia mensalmente).</p> <p>Formas de ResgateO CDB resgatado no dia do vencimento da operao. No h renovao automtica deste produto. CDB DI com liquidez diria: a recompra/revenda pode ocorrer a qualquer tempo valorizado pelo percentual do CDI (Certificado de Depsito Interbancrio, negociado exclusivamente entre bancos; a taxa mdia diria do CDI de um dia utilizada como referencial para o custo do dinheiro [juros]; por este motivo, essa taxa tambm utilizada como referencial para avaliar a rentabilidade das aplicaes em fundos de investimentos) contratado na operao. CDB sem liquidez diria: o resgate deve ocorrer no vencimento da operao. Se houver necessidade de resgatar a operao antes do vencimento, o cliente dever negociar com a instituio financeira a possibilidade desse resgate antecipado, sujeitando-se s condies de mercado.</p> <p>CDB com SwapO Swap um contrato que permite trocar a taxa de uma operao em CDB. Suponha que o investidor tenha comprado um ttulo de taxa prefixada e queira trocar a taxa pr por uma taxa ps-fixada. Se o Swap no existisse, ele teria que resgatar o CDB de taxa pr e negociar uma nova operao de taxa psfixada. O Swap permite manter o CDB inicialmente contratado e trocar a taxa da operao.</p> <p>Riscos Inerentes ao Produto Risco de CrditoDecorre da possibilidade de insolvncia da instituio financeira que deixar de honrar sua obrigao de resgatar os depsitos mantidos por clientes. Para atenuar esse risco, o investidor conta com a garantia do FGC nas hipteses: Decretao da interveno, liquidao extrajudicial ou falncia da instituio. Reconhecimento pelo BC do estado de insolvncia da instituio.</p> <p>7</p> <p>FGC Limite de cobertura Depsitos cobertos At R$ 60.000,00 por CPF ou CNPJ Depsitos a vista ou sacveis mediante aviso prvio. Depsitos de poupana. Depsitos a prazo, com ou sem emisso de certificado. Letras de cmbio. Letras hipotecrias. Letras imobilirias. Depsitos em conta investimento. Depsitos mantidos em contas no movimentveis por cheques referentes prestao de servios de pagamento de salrios, vencimentos, aposentadorias, penses e similares. Letras de crdito imobilirio.</p> <p>Risco de MercadoRefere-se possibilidade de depreciao no valor do CDB provocado por fatores desfavorveis como, por exemplo, a elevao da taxa de juros em CDB com taxa prefixada. Um CDB de taxa prefixada uma boa alternativa de investimento num cenrio de queda na taxa de juros. Se a taxa de juros cair, ele assegura a taxa atual, mais elevada, pelo prazo do investimento. Entretanto, corre o risco de elevao na taxa de juros. Nesse caso, h duas consideraes a fazer: Se o investidor puder aguardar o dia do vencimento do ttulo, receber exatamente o valor predeterminado pela taxa contratada e deixa de ganhar a taxa de mercado. Se precisar negociar o ttulo antes do vencimento, se submete ao procedimento de marcao a mercado, que utilizar a nova taxa de mercado para o clculo do valor desse ttulo.</p> <p>Taxa de Mercado 20% a.a. Sobe para 25% a.a. Cai para 15% a.a.</p> <p>Valor atual do Ttulo (D+0) R$ 1.000,00 -------------------</p> <p>Valor do Ttulo em D+0 ao final do dia ---------R$960,00 R$1.043,47</p> <p>Valor de Resgate do Ttulo (1 ano) R$1.200,00 R$1.200,00 R$1.200,00</p> <p>8</p> <p>(1) Se a taxa de juros subir para 25%, o valor do ttulo cai para R$960 e o investidor ter prejuzo de R$40 em relao ao valor investido. (2) Se a taxa de juros cair para 15%, o valor do ttulo sobe para R$1.043,47 e o investidor ter lucro de R$43,47. (3) Para evitar o risco da oscilao da taxa de juros de mercado, o investidor pode optar pelo CDB de taxa ps-fixada, corrigido pela variao da taxa DI.</p> <p>2.2.3 Risco de LiquidezDecorre da possibilidade do investidor no conseguir vender seu ttulo no mercado. Ou ainda, por haver poucos compradores, o preo oferecido seja inferior ao preo justo em condies normais de mercado.</p> <p>TributaoFato gerador: rendimento da aplicao financeira. Alquota: a alquota do IR sobre operaes de renda fixa : Prazo de Permanncia At 180 dias De 181 a 360 dias De 361 a 720 dias Acima de 720 dias Alquota 22,5% 20% 17,5% 15%</p> <p>Base de clculo: valor do rendimento constitudo pela diferena positiva entre o valor da alienao, lquido do IOF, e valor da aplicao financeira. Responsabilidade de recolhimento: instituio financeira.</p> <p>3. Letra Hipotecria DefinioInstrumento de captao de recursos emitidos por Instituies Financeiras autorizadas a conceder crditos hipotecrios, como: Caixa Econmica Federal, Sociedade de Crdito Imobilirio, Banco Mltiplo com Carteira de Crdito Imobilirio e Companhias Hipotecrias.</p> <p>9</p> <p>Ttulo de crdito emitido por instituies que atuam na concesso de financiamentos com recursos do SFH (Sistema Financeiro da Habitao), cuja emisso est limitada ao valor total da carteira de crditos hipotecrios.</p> <p>Caractersticas Prazo de EmissoMnimo de 180 dias, e mximo, o prazo de vencimento dos crditos hipotecrios que lhe servem de garantia (lastro).</p> <p>Forma de EmissoNominativa, endossvel, podendo ser mantida sob a forma escritural na instituio emissora. transmissvel somente com endosso em preto.</p> <p>Forma de ResgateAs LH so resgatadas no vencimento, antecipadamente, aps o prazo de 180 dias. podendo ser resgatadas</p> <p>LastroA LH ser emitida com base em crditos hipotecrios concedidos pela instituio emissora, ou seja, o crdito hipotecrio funciona como lastro condicionante para que a LH possa ser emitida.</p> <p>LiquidezAs LH so papis com pequena negociao e sua liquidez decorrente da compra ou resgate por parte do emissor. A recompra ou resgate antecipado pode ser realizada aps o prazo de 180 dias da emisso ou da negociao.</p> <p>RentabilidadeAs Letras Hipotecrias so indexadas pela TR, que o indexador da caderneta de poupana, e acrescidas de um cupom de juros. Como a remunerao com base na TR no muito popular entre os investidores, as LH so vendidas vinculadas a um Swap de juros para o CDI, ou para qualquer outra remunerao desejada. Alm dessa modalidade com Swap, as letras hipotecrias podem ser e...</p>

Recommended

View more >