processo de seleo docente

Download PROCESSO DE SELEO DOCENTE

Post on 08-Jan-2017

235 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

1

MARCO ANTNIO DE SOUZA

AS ESTRATGIAS DA PEDAGOGIA DO ASSISTENCIALISMO EM BELO

HORIZONTE, 1930-1990: EDUCAO E CARIDADE

Tese de doutorado apresentada ao Programa

de Ps-Graduao da Faculdade de Educao da Universidade Federal de Minas Gerais, sob a orientao da Profa. Dra. Eliane Marta Teixeira Lopes, como requisito para obteno do grau de doutor. FaE UFMG Banca Prof. Dr. Marcos Cezar de Freitas Prof. Dr. Jos Gonalves Gondra Profa. Dra. Cynthia Greive Veiga Profa. Dra. Carla Maria Junho Anastasia Prof. Dra. Eliane Marta Teixeira Lopes-orientadora

Belo Horizonte

2001

AGRADECIMENTOS

A Eliane Marta Teixeira Lopes, pelas orientaes atentas que propiciaram a

elaborao deste trabalho.

A Thas Nvia de Lima e Fonseca, pelo constante apoio e incentivo.

Aos colegas do Unicentro Newton Paiva que contriburam com sugestes ao longo

dessa jornada.

A Prefeitura de Belo Horizonte que concedeu a licena indispensvel.

A Adriana Cludia Cupertino Teixeira, responsvel pela pesquisa nos arquivos.

Ao professor Alberto Ramos Perotti, pela colaborao no planejamento da tabulao

dos dados.

Ao Leonardo Santos Morais, pela dedicada organizao e tabulao dos dados.

A Marluce Monteiro Horta, pela cuidadosa reviso.

Aos meus filhos, Filipe, rika e Juliana, pelo carinho e compreenso.

Tese de Doutorado

As Estratgias da Pedagogia do Assistencialismo em Belo Horizonte, 1930 1990: Educao e Caridade (Marco Antnio de Souza) FaE UFMG Banca Prof. Dr. Marcos Cezar de Freitas Prof. Dr. Jos Gonalves Gondra Profa. Dra. Cynthia Greive Veiga Profa. Dra. Carla Maria Junho Anastasia Prof. Dra. Eliane Marta Teixeira Lopes-orientadora

Resumo

Este trabalho analisa as prticas da pedagogia do assistencialismo em trs instituies de caridade que atenderam famlia e infncia pobre na cidade de Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais, no perodo de 1930 a 1990. Os marcos temporais referem-se edio de duas leis: o primeiro, quando se adotava a legislao para regular a Assistncia e Proteo a Menores (Decreto n. 17.943, 12/10/1927), o segundo, quando se implantou a nova lei, o Estatuto da Criana e do Adolescente (lei n. 8069, 13/06/1990), alterando profundamente a legislao anterior. Foram investigados, a Cidade Ozanam, obra assistencial da Sociedade de So Vicente de Paulo, o Lar dos Meninos Dom Orione, organizado pela Congregao dos Orionitas, ambos de orientao catlica, e o Abrigo Jesus, de orientao esprita kardecista. Ateno especial foi dispensada s diferentes orientaes religiosas e iderios assistenciais, disseminados nas prticas dessas instituies que se organizaram procurando isolar e educar os pobres, afastando-os da ociosidade e promiscuidade considerados ameaadores ordem social. A partir de diferentes concepes educativas e suas prticas, essas instituies revelaram trabalho missionrio de catequese para educar os pobres, moralizando-os e disciplinando-os para transform-los em trabalhadores e cidados.

A pesquisa documental revelou o seguinte material: jornais, revistas, atas, relatrios oficiais e das instituies, fichas de internamento dos abrigados e fotografias. Algumas entrevistas com lideranas filantrpicas e assistenciais propiciaram maior esclarecimento sobre as prticas da pedagogia assistencial. A anlise se orientou por marcos terico-metodolgicos presentes nos seguintes autores: Michel Foucault, Pierre Bourdieu, Giovanna Procacci, Bronislaw Geremek, Catherine Rollet-Echalier, Andr Petitat, Roger Chartier, Gertrude Himmelfarb, Marion Aubre e Franois Laplatine, Marcos Cezar Freitas, Maria Luiza Marclo, Moiss Kuhlmann Jr., Cynthia Greive Veiga e Luciano Mendes de Faria Filho.

Abstract

This thesis analyses the pedagogic practices of three different welfare institutions that took care of poor familes and children in the city of Belo Horizonte, capital of the state of Minas Gerais, Brazil, from 1930 to 1990, period in which the laws to protect and assist them, such as Assistncia e Proteo a Menores ( Decreto n. 17.943, 12.10.1927) and Estatuto da Criana e do Adolescente (lei n. 8069, 13.06.1990), were issued.

Cidade Ozanam, Lar dos meninos Dom Orione, (catholic institutions) and Abrigo Jesus ( a spiritist doctrine follower) have been chosen due to their different religious and idealistic conceptual practices in spite of having in common a missionary and catchetical work wich tries to isolate and educate the poor, so that they can be kept away from loafing and promiscuity.

The documental research was done on newspapers, magazines, meeting proceedings, official reports, records from the sheltered and photographs. Interviews with philanthropic leaders helped to make their practices clearer. The following authors are used for theoretical support: Michel Foucault, Giovanna Procacci, Bronislaw Geremek, Pierre Bourdieu, Catherine Rollet-Echalier, Andr Petitat, Roger Chartier, Gertrude Himmelfarb, Marion Aubre e Franois Laplatine, Marcos Cezar Freitas, Maria Luiza Marclo, Moiss Kuhlmann Jr., Cynthia Greive Veiga and Luciano Mendes de Faria Filho.

DEFESA DE TESE - DOUTORADO DA FACULDADE DE EDUCAO UFMG

22.10.2001

AS ESTRATGIAS DA PEDAGOGIA DO ASSISTENCIALISMO EM BELO

HORIZONTE, 1930 1990: CARIDADE E EDUCAO (Marco Antnio de Souza)

SUMRIO

INTRODUO HISTRICA AO ASSISTENCIALISMO................................................01

1. OS IDERIOS DA PEDAGOGIA DO ASSISTENCIALISMO: OS ASSISTENTES A

CARIDADE E A EDUCAO...........................................................................................50

1.1 O IDERIO ASSISTENCIAL VICENTINO: A SOCIEDADE DE SO VICENTE DE

PAULO E SEUS INSPIRADORES....................... ..............................................................53

1.2 O IDERIO ASSISTENCIAL ORIONITA: DOM ORIONE, A EDUCAO E OS

POBRES................................................................................................................................91

1.3 O IDERIO ASSISTENCIAL ESPRITA KARDECISTA E A EDUCAO DO

ESPRITO, DA FRANA AO BRASIL............................................................................107

2. OS POBRES E A CIDADE: O SURGIMENTO DE INSTITUIES, A CARIDADE E

E A NORMALIZAO DA POBREZA EM BELO HORIZONTE.................................135

2.1 A CIDADE OZANAM: UMA CIDADE PARA OS POBRES....................................137

2.2 O ABRIGO JESUS: VITRIA DE UMA IDIA........................................................147

2.3 O LAR DOS MENINOS: DA PREFEITURA AOS ORIONITAS..............................171

2.4 AS IMAGENS DA POBREZA NA FORMAO DA CIDADE, 1900-1930, UMA

INVENO DAS ELITES BELORIZONTINAS.............................................................184

2.5 A EDUCAO PARA O TRABALHO E A CIDADANIA NA EXPANSO DA

CIDADE: O COMBATE FALTA DE COMPOSTURA, AO CIO E

IGNORNCIA ..................................................................................................................202

2.6 A INTERVENO DO ESTADO E A POBREZA: AS NOVAS ESTRATGIAS DO

ASSISTENCIALISMO DEPOIS DE 1930........................................................................213

2.7 O PROBLEMA DO MENOR, AS INSTITUIES ASSISTENCIAS E A

LEGISLAO....................................................................................................................234

3. ROTINAS E RITUAIS DA CARIDADE: AS PRTICAS DA PEDAGOGIA DO

ASSISTENCIALISMO.......................................................................................................258

3.1 AS PRTICAS ORIONITAS : O LAR DOS MENINOS DOM ORIONE.................260

3.2 AS PRTICAS ASSISTENCIAIS DOS ESPRITAS KARDECISTAS: A

EXPERINCIA DO ABRIGO JESUS...............................................................................280

3.3 AS PRTICAS ASSISTENCIAIS VICENTINAS: A CIDADE OZANAM..............346

CONCLUSO....................................................................................................................386

FONTES..............................................................................................................................409

ANEXO - 1: QUADROS E GRFICOS

ANEXO - 2: FOTOGRAFIAS

RESUMO

Este trabalho analisa as prticas da pedagogia do assistencialismo em trs

instituies de caridade que atenderam famlia e infncia pobre na cidade de Belo

Horizonte, capital do estado de Minas Gerais, no perodo de 1930 a 1990. Os marcos

temporais referem-se edio de duas leis: o primeiro, quando se adotava a legislao para

regular a Assistncia e Proteo a Menores (Decreto n. 17.943, 12/10/1927), o segundo,

quando se implantou a nova lei, o Estatuto da Criana e do Adolescente (lei n. 8069,

13/06/1990), alterando profundamente a legislao anterior.

Foram investigados, a Cidade Ozanam, obra assistencial da Sociedade de So

Vicente de Paulo, o Lar dos Meninos Dom Orione, organizado pela Congregao dos

Orionitas, ambos de orientao catlica, e o Abrigo Jesus, de orientao esprita kardecista.

Ateno especial foi dispensada s diferentes orientaes religiosas e iderios assistenciais,

disseminados nas prticas dessas instituies que se organizaram procurando isolar e

educar os pobres, afastando-os da ociosidade e promiscuidade considerados ameaadores

ordem social. A partir de diferentes concepes educativas e suas prticas, essas

instituies revelaram trabalho missionrio de catequese para educar os pobres,

moralizando-os e disciplinando-os para t

Recommended

View more >