PROCEDIMENTOS PARA O DIAGNÓSTICO LABORATORIAL DE ?· PROCEDIMENTOS PARA O DIAGNÓSTICO LABORATORIAL…

Download PROCEDIMENTOS PARA O DIAGNÓSTICO LABORATORIAL DE ?· PROCEDIMENTOS PARA O DIAGNÓSTICO LABORATORIAL…

Post on 10-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • PROCEDIMENTOS PARA O DIAGNSTICO LABORATORIAL DE RAIVA

    HUMANA

    1. Procedimentos imediatos

    Assim que for feita a suspeita de raiva humana, coletar e encaminhar para o

    laboratrio, o mais rpido possvel, amostras de:

    - Saliva: coletar 2 mL, acondicionar em tubos hermeticamente fechados e

    congelar a -20C ou, quando possvel, -70C. A coleta deve ser realizada antes

    da higienizao bucal do paciente, da aspirao e dos procedimentos

    fisioterpicos.

    - Soro: coletar 5 mL de sangue e obter imediatamente o soro para minimizar

    hemlise. Congelar a -20C.

    - Lquido cefalorraquidiano (LCR): coletar 2 mL atravs de puno na regio

    lombar e congelar a -20C.

    - Folculo piloso: amostras de bipsia de pele (0,5 a 1,0 cm2) da regio da

    nuca, prxima ao couro cabeludo, devem ser coletadas com bisturi descartvel.

    Os bisturis e tubos no devem ser reutilizados, nem mesmo para coletar

    diferentes amostras de um mesmo paciente. As amostras devem ser

    acondicionadas em frascos, separados dos demais tecidos e fluidos, e

    congeladas a -20C ou, quando possvel, -70C.

    2. Procedimentos at a elucidao do caso

    At que o caso seja elucidado, novas amostras devero ser encaminhadas

    com a seguinte periodicidade:

    - Saliva: diariamente

    - Soro: s 2 e 5 feiras

    - Lquido cefalorraquidiano (LCR): s 2 e 5 feiras

    - Folculo piloso: s 2 e 5 feiras

  • Acondicionamento das amostras: Todas as amostras devem ser mantidas

    em condies de congelamento, at o momento do encaminhamento ao

    laboratrio.

    3. Procedimentos em caso de bito

    Caso o paciente evolua a bito, antes ou mesmo aps o diagnstico especfico,

    dever ser feita necropsia e coleta de fragmentos do sistema nervoso central.

    As amostras devem ser refrigeradas e enviadas para o laboratrio em at 24

    horas. Aps este prazo devem ser congeladas. Na falta de condies

    adequadas de refrigerao, conservar em soluo salina com glicerina a 50%,

    em recipientes de paredes rgidas, hermeticamente fechados. No usar formol.

    Recebimento de amostras no laboratrio

    As amostras devero ser encaminhadas para o laboratrio do Instituto Pasteur.

    Endereo: Alameda Santos, n 416, Cerqueira Csar, So Paulo-SP, CEP:

    01418-000.

    Horrio: de segunda a sexta-feira, das 8:00 s 17:00 horas.

    Se for necessrio enviar amostras fora do horrio de expediente ( noite, final

    de semana ou feriado), avisar por telefone o responsvel pelo laboratrio para

    que seja articulado um esquema especial de recebimento.

    Telefones para contato: 0 (xx) 11 3145 3172 ou 0 (xx) 11 3145 3169.

    Fonte:

    Protocolo para Tratamento de Raiva Humana no Brasil

    Departamento de Vigilncia Epidemiolgica

    Secretaria de Vigilncia em Sade, Ministrio da Sade, Braslia-DF, Brasil

Recommended

View more >