princأچpios fundamentais de pedagogia :index. _aa... pfp: introduأ‡أƒo geral , index....

Download PRINCأچPIOS FUNDAMENTAIS DE PEDAGOGIA :Index. _AA... PFP: INTRODUأ‡أƒO GERAL , Index. INTRODUأ‡أƒO GERAL

Post on 05-Aug-2020

0 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DE PEDAGOGIA :Index.

    PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DE PEDAGOGIA

    Índice Geral

    ■ INTRODUÇÃO GERAL

    ■ ENSAIO SOBRE A FUNDAÇÃO DA ESCOLA DE SÃO VÍTOR DE PARIS

    ■ OPÚSCULO SOBRE O MODO DE APRENDER E DE MEDITAR

    ■ OPÚSCULO SOBRE A ARTE DE DE MEDITAR

    ■ TRATADO DOS TRÊS DIAS

    file:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Provvisori/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/01/0-PFP.htm2006-06-02 15:29:06

  • PFP: INTRODUÇÃO GERAL , Index.

    INTRODUÇÃO GERAL

    Índice

    1. Princípios fundamentais de pedagogia.

    2. Influência da escola de São Vítor.

    3. Obras pedagógicas de Hugo de São Vítor.

    4. Uma pedagogia centrada no aluno.

    5. Um princípio básico da educação vitorina.

    6. A presente tradução.

    7. Referências

    file:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Provvisori/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/01/1-PFP0.htm2006-06-02 15:29:06

  • PFP: ENSAIO SOBRE A FUNDAÇÃO DA ESCOLA DE SÃO VÍTOR DE PARIS , Index.

    ENSAIO SOBRE A FUNDAÇÃO DA ESCOLA DE SÃO VÍTOR DE PARIS

    Índice

    1. O Ensino em Paris no século XII.

    2. Primeiras origens de São Vítor.

    3. Primeiros anos de Guilherme de Champeaux.

    4. Origem da escola de São Vítor.

    5. Guilherme é elevado a bispo. Morte de Guilherme.

    6. Guilduíno abade de São Vítor.

    7. O governo dos cônegos de São Vítor.

    8. A biblioteca.

    9. A Escola de São Vítor.

    10. Nascimento e juventude de Hugo de São Vítor.

    11. Hugo professor em São Vítor. Sua morte.

    12. Doutrina de Hugo de São Vítor.

    13. Método pedagógico de Hugo.

    14. Os estudos no XIIº Século.

    file:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Provvisori/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/01/1-PFP1.htm (1 of 2)2006-06-02 15:29:06

  • PFP: ENSAIO SOBRE A FUNDAÇÃO DA ESCOLA DE SÃO VÍTOR DE PARIS , Index.

    15. Obras de Hugo de São Vítor.

    16. Conclusão.

    17. Referências.

    file:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Provvisori/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/01/1-PFP1.htm (2 of 2)2006-06-02 15:29:06

  • PFP: OPÚSCULO SOBRE O MODO DE APRENDER E DE MEDITAR , Index.

    OPÚSCULO SOBRE O MODO DE APRENDER E DE MEDITAR

    Índice

    A humildade é necessária ao que deseja aprender.

    Três coisas necessárias ao estudante.

    Prime pelo engenho e pela memória.

    A leitura e a meditação.

    A meditação.

    Três gêneros de meditação.

    Do confiar à memória aquilo que aprendemos.

    As três visões da alma racional. Diferença entre meditação e contemplação.

    Dois gêneros de contemplação.

    Três partes da exposição.

    Os três gêneros de vaidades.

    As obrigações da eloquência.

    file:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Provvisori/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/01/1-PFP2.htm2006-06-02 15:29:07

  • PFP: OPÚSCULO SOBRE A ARTE DE DE MEDITAR , Index.

    OPÚSCULO SOBRE A ARTE DE DE MEDITAR

    Índice

    I. OS TRÊS GÊNEROS DE MEDITAÇÃO

    II. A MEDITAÇÃO DAS CRIATURAS

    III. A MEDITAÇÃO DAS ESCRITURAS

    TRÊS CONSIDERAÇÕES A SEREM FEITAS NA MEDITAÇÃO SOBRE AS ESCRITURAS.

    IV. A MEDITAÇÃO SOBRE OS COSTUMES.

    OS AFETOS.

    OS PENSAMENTOS.

    AS OBRAS.

    V. OUTROS REQUISITOS DA MEDITAÇÃO SOBRE OS COSTUMES.

    A ORIGEM E A TENDÊNCIA DE TODOS OS MOVIMENTOS DO CORAÇÃO.

    O DISCERNIMENTO ENTRE O BEM E O MAL, E DOS BENS ENTRE SI.

    O FIM E A DIREÇÃO DE TODOS OS TRABALHOS.

    O DISCERNIMENTO DOS GRAUS DAS OBRIGAÇÕES.

    file:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Provvisori/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/01/1-PFP3.htm (1 of 2)2006-06-02 15:29:07

  • PFP: OPÚSCULO SOBRE A ARTE DE DE MEDITAR , Index.

    O EVITAR A AFLIÇÃO E A OCUPAÇÃO.

    O JULGAMENTO DA FORMA CORRETA DE VIVER.

    file:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Provvisori/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/01/1-PFP3.htm (2 of 2)2006-06-02 15:29:07

  • PFP: TRATADO DOS TRÊS DIAS , Index.

    TRATADO DOS TRÊS DIAS

    I. Introdução, extraída dos livros do Didascalicon.

    1. A Sabedoria.

    2. A Filosofia.

    3. Diversas definições de filosofia.

    4. A restauração da semelhança divina no homem.

    5. Nem todos chegam ao conhecimento.

    6. Três obstáculos iniciais para o estudante.

    7. Procurar a verdade antes que o fraseado.

    8. Que o estudo não seja uma aflição.

    9. Como o estudo pode tornar-se uma aflição.

    10. A diferença entre principiantes e eruditos.

    11. Os quatro degraus para a perfeição futura.

    12. Ainda os cinco degraus.

    13. Como às vezes é necessário descer os degraus.

    14. Interpõe uma oração.

    file:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Provvisori/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/01/1-PFP4.htm (1 of 8)2006-06-02 15:29:07

  • PFP: TRATADO DOS TRÊS DIAS , Index.

    II. Inicia-se o Tratado dos Três Dias. A Contemplação do Verbo de Deus

    1. O Verbo manifestado pela contemplação das coisas visíveis.

    2. As coisas invisíveis de Deus.

    3. Atributos da criatura que manifestam as coisas invisíveis de Deus.

    4. Como se nos manifesta a imensidade das criaturas.

    5. Como se nos manifesta a beleza das criaturas.

    6. Como se manifesta a utilidade das criaturas.

    7. Expõe o que irá passar a explicar.

    III. A Imensidade das Criaturas.

    1. A multidão das criaturas.

    2. A magnitude das criaturas.

    IV. A Beleza das Criaturas.

    1. Introdução.

    2. Anuncia a ordem do que irá expor.

    V. A Beleza de Posição.

    file:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Provvisori/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/01/1-PFP4.htm (2 of 8)2006-06-02 15:29:07

  • PFP: TRATADO DOS TRÊS DIAS , Index.

    1. A divisão da posição: composição e disposição.

    2. A divisão da composição: aptidão e firmeza.

    3. A aptidão.

    4. A firmeza.

    5. Passa a considerar a disposição.

    6. A disposição dos lugares.

    7. A disposição dos tempos.

    8. A disposição das coisas pelas suas partes.

    VI. A Beleza do Movimento.

    1. A divisão do movimento.

    2. O movimento local.

    3. O movimento natural.

    4. O movimento animal.

    5. O movimento racional.

    VII. A Beleza da Espécie.

    file:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Provvisori/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/01/1-PFP4.htm (3 of 8)2006-06-02 15:29:07

  • PFP: TRATADO DOS TRÊS DIAS , Index.

    1. A divisão da espécie: figuras e cores.

    2. A divisão das figuras.

    3. A beleza das figuras grandes.

    4. A beleza das figuras pequenas.

    5. A beleza das figuras raras.

    6. Figuras admiráveis apenas pela beleza.

    7. A beleza das figuras monstruosas e ridículas.

    8. A beleza de uma só figura em muitas.

    9. A beleza de muitas figuras em um só.

    10. A beleza das cores.

    VIII. A Beleza da Qualidade.

    1. A variedade das qualidades da natureza.

    IX. A Utilidade das Criaturas.

    file:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Provvisori/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/01/1-PFP4.htm (4 of 8)2006-06-02 15:29:07

  • PFP: TRATADO DOS TRÊS DIAS , Index.

    1. A divisão da utilidade.

    2. A utilidade necessária.

    3. A utilidade cômoda.

    4. A utilidade côngrua.

    5. Utilidade agradável.

    6. Comentários sobre a existência da utilidade agradável.

    X. Conclusão da contemplação das coisas visíveis.

    1. Simultaneidade da imensidade, beleza e utilidade nas obras de Deus.

    2. Anuncia a contemplação das coisas invisíveis.

    XI. A consideração das coisas invisíveis.

    1. A primeira a ser considerada é a sabedoria.

    2. A sabedoria se revela principalmente pelo movimento racional.

    XII. A Existência de Deus.

    file:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Provvisori/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/01/1-PFP4.htm (5 of 8)2006-06-02 15:29:07

  • PFP: TRATADO DOS TRÊS DIAS , Index.

    1. O movimento racional demonstra a existência de Deus.

    2. Os demais movimentos também comprovam a existência de Deus.

    3. O movimento animal.

    4. O movimento natural.

    5. O movimento local.

    6. Conclusão.

    XIII. A Unidade de Deus.

    1. A natureza e a unidade de Deus.

    2. Em que sentido Deus é uno.

    3. A verdadeira unidade inclui também a invariabilidade.

    4. Os modos da mutabilidade.

    5. A mutabilidade pelo lugar.

    6. A mutabilidade pela forma.

    7. A mutabilidade pelo tempo.

    8. Deus é imutável local e formalmente.

    9. Em Deus não há mutação local.

    10. Em Deus não há mutação formal.

    file:///D|/Documenta%20Chatolica%20Omnia/99%20-%20Provvisori/mbs%20Library/001%20-Da%20Fare/01/1-PFP4.htm (6 of 8)2006-06-02 15:29:07

  • PFP: TRATADO DOS TRÊS DIAS , Index.

    1