pregÃo presencial menor valor global, cujo objeto ?· papelões, vidros, oferendas religiosas,...

Download PREGÃO PRESENCIAL MENOR VALOR GLOBAL, cujo objeto ?· papelões, vidros, oferendas religiosas, restos…

Post on 10-Jan-2019

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Pgina 1 de 39

PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAGOMINAS

Rua do Contorno, 1212. Centro. Cep: 68625-970 Tel.: (91) 3729-8006/8037/8038

CNPJ: 05.193.057/0001-78 Paragominas Par

e-mail: licitacaopgm@gmail.com

PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAGOMINAS, DEPARTAMENTO DE LICITAO

EDITAL DE LICITAO, PREGO PRESENCIAL N. 9/2018-00004

A Prefeitura Municipal de Paragominas atravs da Portaria n. 011/2017 datada de 31 de

Julho de 2017 e publicado em 03 de Agosto de 2017, que nomeia Equipe de Pregoeiros e

Equipe de Apoio ao Departamento de Licitaes, torna Pblico, a quem possa interessar que

na Sala de Reunies, em sua sede sito na Rua do Contorno, n 1212 - Centro, nesta cidade,

que o Pregoeiro deste rgo realizar certame licitatrio na modalidade PREGO

PRESENCIAL do tipo MENOR VALOR GLOBAL, cujo objeto encontra-se descrito na

clusula II deste Edital.

ABERTURA DO CERTAME: 01 DE FEVEREIRO DE 2018 S 09:00 HS

LOCAL: SALA DE LICITAES DA PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAGOMINAS RUA

DO CONTORNO, 1212, CENTRO, PARAGOMINAS/PA.

O certame inicia com o recebimento dos credenciamentos junto com os envelopes propostas e

habilitaes. Em seguida com abertura das propostas e lances verbais.

CLUSULA I: DO ESTATUTO JURDICO

1.1 A licitao em referncia ser regida pela lei n. 10.520, de 17 de julho de 2002, Decreto

3.555 de 08 de agosto de 2000 e alteraes, Lei Estadual 6.474 de 06 de agosto de 2002, Lei

complementar n 123 de 14 de dezembro de 2006 e alteraes, Lei Municipal n 769 de 18 de

agosto de 2011, aplicando-se subsidiariamente, no que couber e Lei n. 8.666 de 21 de junho

de 1993 e alteraes, que trata da matria no mbito da Administrao Pblica e suas

alteraes e demais condies estabelecidas no presente Edital e seus anexos, conforme as

disposies a seguir.

CLUSULA II: DO OBJETO DA LICITAO

2.1 Este Prego Presencial tem por objeto: PRESTAO DE SERVIOS DE LIMPEZA

EM LOGRADOUROS PBLICOS, COMPREENDENDO ROADA, CAPINA,

CORTE DE VEGETAO RASTEIRA, VARRIO E PINTURA DE MEIO FIO,

BEM COMO RECOLHIMENTO DE PODAS E ENTULHOS DAS VIAS, conforme

especificaes em anexo, que passam a fazer parte integrante deste, independente de

transcrio e/ou traslado.

2.2 DESCRIES DOS SERVIOS:

2.2.1 A prestao dos servios contempla:

2.2.1.1 Roada de vegetao rasteira e arbustiva em vias pblicas, capina de meio-fio e no

leito da rua, varrio das caladas e todo o leito da rua pavimentada, compreendendo remoo

dos resduos encontrados, tais como embalagens, tocos de cigarro, papeis, plsticos, metais,

papeles, vidros, oferendas religiosas, restos de alimentos, dejetos humanos e de animais,

animais mortos de pequeno porte, folhas e podas de rvores, areia, terra, barro, restos de

mveis e pintura de meio-fio.

2.2.1.2 Entende-se por capina de meio-fio e no leito da rua, o corte completo rente

superfcie do solo, da vegetao invasora existente nos mesmos, seja ela herbcea

(gramneas) ou arbustiva. O corte dever ser executado de forma manual. Inclui-se no servio

de capina a completa retirada de tocos, razes e blocos de razes remanescentes de roadas

feitas anteriormente nos locais, com o emprego de enxadas, chibancas, picaretas ou

ferramentas e instrumentos equivalentes. Esto inclusas a raspagem de terra e barro dos

trechos capinados, inclusive caladas e sarjetas.

2.2.1.3 Entende-se por roagem de vias e logradouros pblicos, o desbaste simples da

vegetao invasora existente nos mesmos, seja ela herbcea ou arbustiva. Inclui-se no

Pgina 2 de 39

PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAGOMINAS

Rua do Contorno, 1212. Centro. Cep: 68625-970 Tel.: (91) 3729-8006/8037/8038

CNPJ: 05.193.057/0001-78 Paragominas Par

e-mail: licitacaopgm@gmail.com

servio de roada o arraste do material desbastado, com o emprego de gadanho, rastelo ou

ferramentas e instrumentos equivalentes.

2.2.1.4 Durante a execuo dos servios de capina, roada e retirada de terra de vias e

logradouros pblicos, dever ser preservada a vegetao de interesse ornamental ou

paisagstico, plantada nos locais a serem beneficiados, seja ela de qualquer porte e natureza. A

Contratada responsabilizar-se-, integralmente, pelos danos causados quela vegetao por

conta da ao ou omisso de seus funcionrios operacionais ou encarregados de turma.

2.2.1.5 Quando os tipos de resduos provenientes das atividades de capina, roada e retirada

de terra de vias e logradouros pblicos dificultar, por suas caractersticas, seu

acondicionamento, os resduos devero ser acumulados in natura, em locais e em condies

tais que no prejudiquem o trnsito de veculos e pessoas, bem como tornem possvel seu

recolhimento. Nessas circunstncias, todos os possveis cuidados necessrios e cabveis

devero ser adotados de modo a evitar o espalhamento dos resduos acumulados, at o

momento de seu recolhimento por veculo/equipamento da CONTRATADA.

2.2.1.6 A pintura do meio-fio tem como objetivo ressaltar a sinalizao estratigrfica

horizontal, importante elemento para o balizamento do trfego de veculos. Contribui, ainda,

para elevar o padro esttico das vias e logradouros, sendo necessrio 2 (duas) demos de cal.

Os locais destinados preparao da mistura devero ser protegidos com material

impermevel, a fim de evitar o derramamento sobre a superfcie pavimentada.

2.2.1.7 Entende-se por varrio de vias e logradouros pblicos o conjunto das atividades

necessrias para juntar, acondicionar e remover manualmente os resduos slidos lanados ou

acumulados por causas naturais ou pela ao humana em todas as vias pavimentadas da

cidade de Paragominas.

2.2.1.8 O recolhimento e o carregamento dos resduos devero ser retirados da via pblica,

com equipamento (retroescavadeira) e caminho basculante da CONTRATADA, no mesmo

dia. A destinao dos resduos ser o Aterro Controlado Municipal, situado na Rodovia

Clodomiro Bicalho, s/n.

2.2.1.9 A licitante dever disponibilizar empregados, conforme o levantamento de pessoal,

constante neste Termo de Referncia para cumprir o servio ora licitado, e cumprir a

legislao trabalhista.

2.2.1.10 A medio, para pagamento, dos servios de roada de vegetao rasteira e arbustiva,

ser efetuado por rea roada, medindo em metros quadrados (m2).

2.2.1.11 A medio, para o pagamento, dos servios de capina de meio-fio e no leito da rua,

varrio das caladas e todo o leito da rua pavimentada e pintura de meio-fio, ser efetuada

por rua limpa e a forma de medida ser por metro linear, sendo 01m (um metro) de

comprimento de rua x 01m (um metro) de largura de calada dos dois lados da rua.

2.2.1.12 A Empresa Contratada, de acordo com a programao prvia (Ordem de Servio) a

ser fornecida pela Contratante, dever estar apta a atender situaes eventuais de trabalho,

quando proceder a limpeza de acordo com a orientao da Fiscalizao da SEMUR nas vias

e logradouros pblicos dos locais de realizao de eventos esportivos, religiosos, culturais,

artsticos e afins, antes e logo aps o trmino dos mesmos, de forma a restaurar as condies

de limpeza do local.

2.2.1.13 A Empresa Contratada dever proceder o transporte das equipes de forma a garantir

os deslocamentos necessrios perfeita execuo dos servios, respeitando as legislaes

vigentes.

2.2.1.14 Aps o trmino dos servios, os resduos resultantes da operao devero ser

acondicionados do modo recomendado pela Fiscalizao da SEMUR.

2.2.1.15 Os servios sero realizados majoritariamente de segunda-feira sbado no turno

diurno, e quando se fizer necessrio aos domingos e feriados. Eventualmente em quaiquer dos

dias da semana, poder haver servios no periodo noturno, conforme expedio de Ordem de

Servio.

Pgina 3 de 39

PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAGOMINAS

Rua do Contorno, 1212. Centro. Cep: 68625-970 Tel.: (91) 3729-8006/8037/8038

CNPJ: 05.193.057/0001-78 Paragominas Par

e-mail: licitacaopgm@gmail.com

2.3 DIMENSIONAMENTO:

2.3.1 Servios de Roagem:

2.3.1.1 A roada de vegetao rasteira e arbustiva em vias e reas pblicas se dar com

roadeiras portteis e com roadeiras acopladas a tratores, sendo:

a) Roadeiras portteis rendimento aproximado de 800m2/dia/mquina (Faz-se necessrio 05 (cinco) equipes, com 02 (dois) ajudantes em cada, que seguram a rede de proteo e

recolhem e ensacam os resduos).

MEMRIA DE CLCULO

Quantidade

operadores/roadeira Ajudantes

Quantidade de

dias/ms

Quantidade de rea roada

(m2/ms)

5 10 25 100.000

b) Roadeiras acopladas a tratores rendimento aproximado de 3.000m2/dia/mquina (Faz-se

necessrio 02 (duas) equipes, com 02 (dois) ajudantes em cada, que seguram a rede de

proteo e recolhem e ensacam os resduos).

MEMRIA DE CLCULO

Quantidade

operadores/roadeiras

acopladas a tratores

Ajudantes Quantidade de

dias/ms

Quantidade de rea roada

(m2/ms)

02 04 25 150.000

2.3.2 Servios de Capina:

2.3.2.1. A capina de meio-fio e no leito da rua se dar com uso de ferramentas, manualmente.

Ser adotada a periodicidade a cada de 03 (trs) meses por vias, sendo, o rendimento

aproximado de 1.500 metros lin