pré-história, história antiga

Download Pré-História, História Antiga

Post on 06-Jul-2015

3.203 views

Category:

Education

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

...

TRANSCRIPT

  • 1. Prof. Flaviano Callou- Fbio CallouPr-histria e Histria Antiga

2. Pr-histria a) Caracterizao: perodo entre o aparecimento de ser humano at o surgimento da escrita (4 mil a.C.); b) Perodos: Paleoltico:caa, pesca e coleta;utilizavam cavernas; pequenos grupos de homindeos;ornamentao no final do perodo. Neoltico: Polimento da pedra; Utilizao da agricultura; Domesticao dos animais; Sedentarizao; Formao de comunidades maiores. Final do Neoltico (Idade dos Metais): Fundio e moldagem do cobre; Construo de Megalticos (dlmens e menires). 3. Sambaquis Sambaquisso importantes stios arqueolgicos estudados pelos arquelogos. Seu nome se origina do tupitamba'k , que significa monte de conchas. Eram locais de habitao ou demarcao territorial, habitados porpaleondios , podendo estar localizados prximos ao mar ou rios. Contm vestgios da passagem do homem, como artefatos, urnas funerrias, cermica e restos de fogueira. O maior sambaqui do mundo, em extenso, est localizado na cidade de Jaguaruna, Santa Catarina, Brasil. 4. Sambaqui no litoral do RS 5. 6. habilissapiensflorenseserectusboiseiheidelbergensisneanderthal 7. EGITO ANTIGO (5mil a.C. at 1.200 a.C.) a) Rei Mens une as sociedades do Nila e funda a Primeira Dinastia (2.850 a.C.); b) Primeiras povoaes (nomos), governadas por lderes tribais (nomarcas); c) Diviso dos Perodos: - Antigo Imprio: Isolamento territorial e cultural; Construo das Pirmides; Nobreza fundiria (antigos nomarcas); Anarquia no fim do perodo. - Mdio Imprio: Reorganizao do poder; Ampliao dos canais de irrigao; Prosperidade econmica; Invaso dos Hicsos (sia, 1.674 a.C.); 8. - Novo Imprio: Expulso dos Hicsos (1.567 a.C.); Expanso territorial; Comrcio com os vizinhos; - Cultura: Religio: politesta; Mumificao e culto aos mortos; Arquitetura avanada; Escrita: hierglifos (sagrada). 9. 10. Civilizaes Mesopotmicas 11. MESOPOTMIA (4mil a.C. at 561 a.C.) a) Mesopotmia: entre rios (Tigre e Eufrates); b)Babilnicos (4mil a.C. at 1.275 a.C.): - Cdigo de Hamurbi (1.800 a.C.); - Escrita cuneiforme (em forma de cunha); - Florescimento econmico e cultural; - Investimentos em irrigaes. c) Assrios (1.700 a.C. at 610 a.C.): - Sua capital, nos anos mais prsperos, foi Nnive; - Ferozes guerreiros e expanso do Imprio; - Foram dominados pelos Babilnicos (2 Imprio, Nabucodonosor); d) 2 Imprio Babilnico (604 a.C. at 563 a.C.): - Jardins suspensos da Babilnia; - Florescimento econmico, cultural e militar; - Decadncia: lutas internas, dominados pelos Persas. 12. 13. Civilizao Hebraica 14. HEBREUS (2.000 a.C.) a) Referncias histricas na Bblia; b) Monotesmo por volta de 1.800 a.C.; c) Escravizados pelos egpcios (400 anos); d) Centro religioso dos hebreus: Jerusalm; e) Mito do povo escolhido por Deus (Jeov); Mito da travessia do deserto, Moiss e as Tbuas dos Dez Mandamentos; f) 721 a.C.: Dispora judaica, invaso babilnica; g) Sculo I: invaso dos Romanos, destruio do Templo de Jerusalm; h) Sculo II: destruio de Jerusalm (Romanos), segunda Dispora. 15. Antecedentes O povohebreutambm era denominado israelita ou judeus. Sua regio, por sua vez, era conhecida comoCana , Israel ou Palestina. Faziam parte da grande regio chamada deCrescente Frtil , banhados pelo rio Jordo. Sua histria se desenvolveu diferente de outros povos da antiguidade. Eles foram o primeiro povo a afirmar a f em um nico Deus, a quem chamavamJav . Eram, portanto,monotestas . Sua religio chamada dejudasmo , e deu origem ao cristianismo. 16. Fase: Patriarcas Patriarcas foram os lderes religiosos originais do povo hebreu. O primeiro patriarca foiAbrao , que, aproximadamente em 2000 a.C., saiu de Ur, na Mesopotmia, e emigrou com sua famlia para Cana. Durante muito tempo, os hebreus se dedicaram agricultura e ao pastoreio naquelas terras. Porm, um perodo de fome e seca fez os hebreus emigrarem para o Egito, por volta de 1700 a.C. No Egito, eles foram escravizados at, aproximadamente, 1250 a.C. Sob orientao do patriarcaMoiss , foram libertados. 17. Abrao e o Anjo 18. Fase: Juzes Por terem passado tanto tempo como escravos, a terra de Cana foi povoada por outras tribos. A reconquista da terra de Cana foi liderada por autoridades polticas, religiosas e militares, denominadasJuzes . Josu , que sucedeu Moiss, foi o primeiro Juiz. Liderou a vitria sobre outros povos, conquistando a cidade deJeric . 19. Josu, o Sol e Galileu O sol gira em torno da Terra? 20. Fase: Reis

  • A instalao de uma monarquia, a partir de 1050 a.C., foi necessria para unificar as tribos hebraicas.
  • O primeiro rei foiSaul , sucedido porDavi . Este ltimo estabeleceu a capital emJerusalm .
  • O terceiro rei foiSalomo , cujo governo assinalou o apogeu da monarquia. Ele mandou construir oTemplo de Jerusalm .
  • Com a morte de Salomo, em 930 a.C. o povo se dividiu em dois:
    • 1- Dez tribos no norte formaram o reino de Israel, capital na Samaria.
    • 2- Duas tribos no sul formaram o reino de Jud, capital em Jerusalm.

21. David ocupou o lugar de Golias na crise palestina... 22. Fase: Dominao Estrangeira Em 722 a.C., Israel caiu em poder dos Assrios, que deportaram os hebreus para outras partes de seu imprio. Em 587 a.C., os babilnios conquistaram Jud, destruram o templo e deportaram milhares de hebreus para a Babilnia. Em 333 a.C., a Palestina foi conquistada pelas tropas de Alexandre, o Grande. Em 63 a.C., foi dominada pelos romanos. Neste contexto,Jesus Cristonasceu. Alguns judeus achavam que ele viria libertar Israel dos povos invasores. No aconteceu, e at hoje grande parte dos judeus no credita a Jesus o ttulo deMessiasou filho de Deus. Em 134 d.C., ainda sob domnio romano, os judeus foram expulsos de sua terra e se espalharam pelo mundo. Este evento conhecido comoDispora . 23. 24. Civilizao Persa 25. PERSAS (2.000 a.C.) a) Localidade: atual Ir; b) Dedicado ao comrcio, principal atividade econmica; c) Poltica dominada pelo imperador (autocracia); d) Expanso territorial (560 a.C. at 529 a.C.); e) 539 a.C.: conquista da Babilnia e fronteira na ndia; f) Religio: Zoroastrismo ou Masdesmo (Zoroastro ou Zaratrusta, profeta e lder espiritual); g) Tentativas consecutivas de invadir a Grcia; h) Decadncia: derrota para os Macednios (Alexandre, 331 a.C.); i) Imprio dividido em Satrpias e governada pelos Strapas. 26. 27. Civilizao Fencia 28. FENCIOS (2.000 a.C.) a) Localizao: atual Lbano; b) Povo dedicado ao comrcio martimo; c) Principais Cidades-Estado: Biblos, Tiro e Sidon; d) Religio politesta, cada cidade era dedicada a um Deus (baal = senhor); e) Expanso atravs de cidades-colnia no litoraldo Mediterrneo; f) Fundao de Cartago pelos Fencios; g) Criadores do alfabeto (cada sinal um som,no total de 22); Uma das bases do alfabeto latino. 29. Poltica Na poltica, a Fencia vivia em regime de monarquia. O rei era denominadoSufeta . No entanto, ao contrrio de outras regies, os reis governavam assessorados por um conselho de comerciantes. Os fencios no tinham um governo centralizado. Eram divididos em cidades-estado. As principaiscidades-estadofencias eram Biblos, Tiro, Sdon e Beritos. 30. Sociedade A sociedade fencia eraestamental , ou seja, no havia mobilidade social. Era constituda de sacerdotes, aristocratas, comerciantes, homens livres e escravos. 31. Alfabeto fencio, incorporado pelos Gregos . 32. Economia Na economia, os fencios se destacaram no comrcio martimo, construo naval, produo txtil e metalurgia. Por causa do aumento populacional, os fencios criaram colnias em boa parte do Mar Mediterrneo. As principais colnias fundadas foramCartago , no norte da frica, eCdiz , na Espanha. 33. 34. 35. Civilizao Cretense 36. CRETA (2.000 a.C.) a) Localizao: ilha de Creta, Mar Egeu (Grcia); b) Principal Cidade-Estado: Cnossos; c) Grandes navegadores, possuam grande frota martima; d) Principal atividade econmica: comrcio com civilizaes do Mediterrneo; Mercadorias refinadas e de grande valor no mercado; e) Religio: Politestas. Mito do Minotauro (metade homem, metade touro); f) Decadncia: por volta de 1.400 a.C., com a invaso da Pennsula Balcnica pelos Drios; g) Civilizao creto-micnica: base para o povo grego; os Aqueus (povo indo-europeu) instalou vilas e tomou contato com Creta; Micenas, principal centro econmico e poltico (destruda pelos Drios). 37. Importncia do touro na cultura cretense. Mito de Teseu e o Labirinto do Minotauro... 38. 39. Grcia Antiga 40. MUNDO GREGO (2.600 a.C. at 30 a.C.) a) Localizao: Grcia e litoral do Mediterrneo; b) Povos formadores: Aqueus, Jnios, Eleos e Drios; c) Primeira dispora: invaso dos Drios, destruio de Micnas; fuga de Aqueus e Jnios para as ilhas; 41. 42. Perodo Pr-Homrico OPerodo Pr-Homricoocorreu entre 2000 a.C e 900 a.C, aproximadamente.Tribos de pastores nmades chegaram Grcia em sucessivas ondas migratrias. Entre estas tribos estavam os aqueus, jnios, elios e drios.Os aqueus desenvolveram acivilizao micnica , absorvendo alguns aspectos culturais dacivilizao minica . A civilizao minica se desenvolveu na ilha de Creta, ao sul da Grcia. Seu nome deriva de Minos, como era conhecido o seurei. Considera-se que os complexos palcios de Cnossos, capital cretense, deram origem ao mito do Minotauro. 43. Perodo Homrico OPerodo Homricoocorreu entre 900 a.C a 700 a.C, aproximadamente. O nome deriva do poeta Homero, a quem se atribui a criao de dois famosos poemas:IladaeOdissia . Estes poemas deram base para a compreenso deste perodo.A Ilada narra a guerra entre Grcia e Tria (lion), na sia Menor. Por sua vez, a Odissia narra o retorno de Ulisses (Odisseu) sua terra natal. Neste perodo, a vida na Grcia tinha por base a grande famlia, denominadaGenos . No entanto, o crescimento da populao e a falta de terras frteis fez estas comunidades entrarem em crise. Os escravos passaram cada vez mais a fazer parte das atividades econmicas. Surgiram, ento, as cidades-estado, cada uma com organizao s