pragas de liliaceas

Download Pragas de Liliaceas

Post on 25-Jul-2015

113 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Cincias Agrrias Insetrio G.W.G. de MoraesPRAGAS DAS LILICEAS

GERMANO LEO DEMOLIN LEITE ELWIRA DAPHINN SILVA MOREIRA

Bom dia turma! Hoje ns vamos conhecer as pragas que atacam as liliceas e seus danos, como fazer amostragem, ou seja, a contar as pragas na lavoura, e como controlar as pragas.

Amigos, primeiro ns vamos falar sobre a cultura das liliceas. As liliceas compreendem as plantas de alho, cebola, cebolinha e o alho porro, dentre outras. Essas plantas so aromticas, ou seja, so usadas para temperar a nossa comida.

Pessoal, a cebola uma hortalia que apresenta, atualmente, uma tendncia crescente de produo, devido no s expanso da rea como, tambm, aumentos na produtividade. Alm disso, o alho vem adquirindo importncia nos ltimos anos, aumentando a sua importao.

Pessoal, a cebola e o alho possuem bulbos e utilizado como condimento para consumo in natura, podendo ainda ser industrializado em forma pasta, temperos, desidratado, ou conservado em vinagre. Graas s suas propriedades, tem efeitos medicinais benficos sobre o nosso organismo.

Amigos, j que ns falamos um pouquinho sobre a importncia do alho e da cebola, hora ento de ns falarmos sobre as suas pragas. A praga mais importante que ataca o alho e a cebola o Tripes ou como alguns chamam de piolho.

Os adultos do Tripes so insetos pequenininhos de 1 mm de comprimento, o corpo deles alongado, com colorao amarelo claro a marrom e asas franjadas tpicas.

Amigos, os ovos do tripes so relativamente volumosos e so colocados nos tecidos moles da planta, ou seja nas folhas mais novas e aps quatro dias saem dos ovos as formas jovens. Essas formas jovens, tambm chamadas de ninfas, so mais claras que os adultos e no tem asa.

Ninfas de Tripes

Amigos, os tripes vivem em colnias, alojando-se nas bainhas das folhas, saem para se alimentar das folhas, no qual raspam as folhas para obter comida. Altas temperaturas e na ausncia ou com poucas chuvas favorecem o aumento do nmero dessa praga. Isso porque pessoal, os tripes vivem na bainha das folhas e quando chove muito estes insetos podem no sobreviver, pois alaga dentro da bainha foliar, podendo morrer afogados.

Pessoal, alm disso, os tripes que esto sobre as folhas, quando chove, podem ser lavados, jogados ao solo, aonde morrem. J a temperatura elevada faz com que o seu ciclo de vida fique mais curto, amigos, o que vai fazer que ns tenhamos mais tripes no mesmo cultivo de alho e cebola.

Amigos, o tripes uma praga que quando ataca intensamente, ns podemos observar nas plantas das cebolas sintomas como reas esbranquiadas ou prateadas, as folhas ficam retorcidas, podendo secar completamente, e assim compromete o crescimento da planta.

Essa praga causa perdas na produo de cebola e alho, porque vai reduzindo o tamanho e peso dos bulbos e acarreta o apodrecimento dos bulbos. O perodo crtico compreende os estgios vegetativos e de formao dos bulbos. Foi verificado que existe uma relao entre um aumento dos tripes e a incidncia da doena mancha prpura, causada por um fungo.

Pessoal, as ninfas ou formas jovens do tripes sugam a seiva da planta e atacam tambm as cebolas e os alhos, permanecendo sob a pele da cebola e do alho, causando danos a parte externa, comprometendo a qualidade do produto e o tempo de armazenamento. O ataque dessa praga pode afetar a produo da cebola, reduzindo em 23%. Isso demonstra a importncia econmica da praga e a necessidade de control-la quando a sua populao aumenta.

Amigos, uma outra praga da cebola uma lagarta, conhecida como lagarta da espiga do milho e ataca, principalmente, espigas de milho, mas tambm pode ser praga para melancia, melo, alho, pimento, tomateiro, cebola, etc. Contudo, na cebola, ela conhecida como a lagarta das folhas.

Lagarta-da-espiga atacando o milho

Amigos, a lagarta das folhas danifica as folhas do alho e da cebola bem como os seus bulbos, ou seja, a parte comercial destas plantas.

Pessoal, as mariposas da lagarta das folhas pem de 1500 a 2000 ovos na face superior da folha. E aps trs dias nascem as lagartinhas, que passam a alimentar-se, de preferncia, das folhas da cebola, raspando-as. A durao do perodo larval de 12 a 30 dias, neste final do perodo a larva mede aproximadamente 5 cm de comprimento. Sua colorao varia de cinza-escuro a marrom, com uma faixa de pontos pretos na base das cerdas. Terminando esse perodo larval, as larvas penetram no solo, onde se transformam em pupas de colorao, medindo cerca de 15 mm de comprimento. O perodo pupal de 8 dias, sendo que no inverno chega a ser 25 dias, depois surge mariposa.

Pessoal, existe uma outra lagarta que tambm ataca a cebola e o alho, conhecida por lagartarosca.

As suas mariposas tm grande capacidade de colocar ovos, sendo que uma fmea pe, em mdia, 1.000 ovos, apresentam colorao branca e so colocados isolados em solo mido ou sobre a folhagem. As lagartas tm uma cor marrom-acinzentada, apresentam hbitos noturnos e durante o dia ficam enroladas, protegem-se sob torres, na base da planta, ou a poucos centmetros de profundidade no solo. A durao da fase larval de 30 dias, em mdia. Transformam em pupa no solo, permanecendo neste estdio por 15 dias, quando surge a mariposa adulta.

Adulto de lagarta rosca (Agrotis ipisilon)

A lagarta rosca migra das plantas hospedeiras como o milho, e cortam as plantas novas, na regio do colo, ou seja, junto ao solo, caindo s plantinhas.

Sendo assim, amigos, a lagarta rosca ataca tambm os bulbos da cebola no campo, em perodos de seca prolongada, favorecendo seu apodrecimento durante o armazenamento. Solos com elevado teor de matria orgnica favorecem sua ocorrncia

Pessoal, ns temos ainda uma outra lagarta que ataca as folhas da cebola e do alho, conhecida como Spodoptera eridania.

As suas lagartas atacam as plantas de cebola e alho quando ainda pequenas, destruindo as folhas e impedindo o desenvolvimento normas estas plantas.

Amigos, a cultura da cebola e do alho atacada tambm pelo caro-da-cebola.

Essa praga possui forma alongada, no so vistos a olho nu, sendo de fcil visualizao por meio de uma lupa. O caro fica nas dobras das folhas e sobre os dentes de alho no bulbo e cebola.

Os caros adultos formam colnias nas folhas, com o passar do tempo provocam um retorcimento tpico, estrias amarelas e o secamento das folhas. O aumento do ataque de caro as plantas favorece as infeces de patgenos fngicos e bacterias que pode entrar em torno do ferimento causado por eles e os patgenos ultrapassam o tecido da planta, promovendo doenas. Os caros, tambm, causam nanismo nas plantas, ou seja, as planta ficam pequena e no desenvolvem, e os bulbos ficam chochos, tanto no campo como no armazm. Esse caro favorecido por temperaturas acima dos 30 graus e baixa umidade relativa do ar.

Cultura de alho atacada por caros

Amigos, a mosca minadora tambm pode ocorrer na cultura do alho e cebola, principalmente quando o clima quente e seco, ou quando utiliza inadequadamente inseticidas que favorece o aumento da populao desse inseto.

O inseto adulto uma mosca de 2 mm de comprimento, com colorao preta no trax e abdmen amarelo.

Elas formam galerias em forma serpenteada nas folhas, formando leses esbranquiadas na superfcie das folhas, reduzindo a rea foliar. Quando a populao de larvas na folha alta, ocorre reduo da capacidade fotossinttica da planta por murcha e queda prematura de folhas, havendo, conseqentemente, reduo na produo de bulbos.

A mosca da cebola uma praga, que ocorre de vez em quando na cultura.

Quando adultas so semelhantes mosca domstica, medem 8 mm de comprimento e apresentam colorao preto-acinzentada. So reconhecidos pelo vo lento e baixo e podem ser encontrados prximos superfcie do solo, nos canteiros atacados.

Amigos, as suas larvas branco-amareladas medem 5 mm de comprimento.

Amigos, as larvas dessas moscas atacam a cebola e perfura a raiz na regio da coroa, o que favorece o ataque de patgenos e causa conseqentemente o apodrecimento. Podem causar danos s mudas na fase de canteiro e aps o transplante. uma praga que se alimenta de outras culturas como tambm o feijo, o milho e a soja.

Pessoal, as larvas danificam o sistema radicular da cebola cultivada na presena de matria orgnica em decomposio, vindo de restos de culturas como o milho, ervilhaca e aveia.

Amigos, devido o ataque das larvas dessa mosca s razes, as plantas ficam amareladas e ocorre o encarquilhamento da folha central das plantas.

Amigos, uma outra praga que ns vamos abordar a larva-arame. Os adultos apresentam a forma do corpo alongada e achatada, possuem as duas extremidades arredondadas e do saltos tpicos quando colocados de costas para baixo, caractersticas tpicas das espcies de insetos da famlia. Medem em torno de 20 mm de comprimento.

A larva arame coloca seus ovos no solo ou sob restos de culturas.

Pessoal, a larva arame possui o seu corpo mais duro do que outras larvas, por isto chamada de larva arame, tem o corpo achatado, possui colorao que varia do amarelo-esbranquiado ao marrom-claro e, quando bem desenvolvida, pode atingir 2,5 cm de comprimento.

As larvas vivem no solo e atacam a parte subterrnea de plantas,

Lagarta-arame em raiz de milho

consumindo sementes, razes ou perfurando o caule. Na cebola, seu dano consiste em perfuraes nos bulbos, as quais favorecem a penetrao de microorganismos e destruio de razes.

Lagarta-arame em raiz de milho

Os sintomas podem ser confundidos com doenas. Quando atacadas, as plantas, geralmente, apresentam as folhas amareladas com as pontas queimadas,

Plantas de alho atacado por larva-arame

Amigos, tanto a cebola como o alho em armazenamento pode ser atacado por algumas tra