[ppt]coesão e coerência - blog dos ?· web viewcoesÃo textual a coesão textual ocorre quando a...

Download [PPT]Coesão e Coerência - Blog dos ?· Web viewCOESÃO TEXTUAL A coesão textual ocorre quando a interpretação…

Post on 08-Nov-2018

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Coeso e Coerncia

    Professora Angela Biazi

  • TEXTO: TECIDO

    MORTO

    MORRER

    MORRIDO

    TEXTOTECERTECIDO

  • TESSITURA

  • EXEMPLO:

    Doente no foi estava aula ele.

  • EXEMPLO:

    Doente no foi estava aula ele.

    Ele estava doente. No foi aula.Organizao lgica: Coerncia

    Ele estava doente, por isso no foi aula.Relao de conseqncia: Coeso

  • O QUE UM TEXTO?

  • TEXTO

    Texto: no uma simples seqncia de frases isoladas, mas uma unidade lingstica com propriedades estruturais especficas.

    Texto: unidade bsica de manifestao da linguagem.

  • ELEMENTOS RESPONSVEIS PELA TEXTUALIDADE

    Coeso;Coerncia;Informatividade;Situacionalidade;Intertextualidade;Intencionalidade;Aceitabilidade.

  • COESO TEXTUAL

    A coeso textual ocorre quando a interpretao de um elemento no discurso dependente da de outro. Um pressupe o outro.

    Trata-se de uma relao semntica, realizada por meio do sistema lxico-gramatical, que d maior legibilidade ao texto. Ela sabia que isso iria acontecer com ele.

  • COESO TEXTUAL

    O filho desobedeceu me e se deu mal.

    Ela sabia que isso iria acontecer com ele.

  • COESO TEXTUAL

    O filho desobedeceu me e se deu mal.

    Ela sabia que isso iria acontecer com ele.

  • RECURSOS SEMNTICOS: ELOS COESIVOS

    Exemplo:

    Os jovens no tm noo do perigo. Eles acham que so imunes a tudo.

  • COESO X COERNCIA

  • COESO

    So as articulaes gramaticais existentes entre as palavras, oraes, frases, pargrafos e partes maiores de um texto que garantem sua conexo sequencial.

  • COERNCIA

    o resultado da articulao das idias de um texto; a estrutura lgico-semntica que faz com que numa situao discursiva palavras e frases componham um todo significativo para os interlocutores.

  • COERNCIA SEM COESO

    Olhar fito no horizonte. Apenas o mar imenso. Nenhum sinal de vida humana. Tentativa desesperada de recordar alguma coisa. Nada.

  • COESO SEM COERNCIA

    Fui praia me bronzear porque estava nevando e, quando isso ocorre, o calor aumenta, o que faz com que sintamos frio.

  • IMPORTANTE

    Coeso no condio necessria nem suficiente para que um texto seja um texto.

    MAS: uso de elementos coesivos assegura a legibilidade, explicitando os tipos de relaes entre os segmentos do texto.

  • Coeso Referencial

    Possui o papel de indicar, assinalar, ou seja so dependentes da referencia para serem interpretados.

    Tipos de coeso referencial

    Pronomes pessoais: ele, ela, o, a, lhe

    Ex: Em 1996, o psiclogo iniciara o trabalho de campo. Durante cinco anos, ele trabalhou como gari.

  • Advrbios: aqui, ali, l, a

    Ex: O Estados Unidos o pas do fast-food. L a maioria das pessoas so obesas.

    Pronomes possessivos: meu, teu, seu

    Ex: Fazendo-se passar por gari, o psiclogo Fernando Braga Costa varreu as ruas de SP para concluir seu mestrado.

    Pronomes demonstrativos: este, esse, aquele

    Ex: Acredito que essa experincia me deixou curado da minha doena burguesa.

  • Numerais: primeiro, segundo, ambos

    Ex: Fernando e um gari resolveram almoar no Bandejo Central da USP. Ambos se tornaram invisveis.

  • Outros recursos de coeso

    Expresses qualificativas ou eptetos: permite expressar o ponto de vista do autor. Ex: Uma das sadas a esta situao, destaca o pesquisador, seria...Repetio de uma palavra ou expresses: usa-se com o intuito de produzir mais expressividade. Ex: Um deles foi at o balco de lixo e jogou as latinhas cortou-as pela metade e serviu caf ali, na latinha mesmo...Repetio do nome prprio ou parte dele: Ex: Fazendo-se passar por gari, Fernando Braga Costa varreu....Braga sentiu na pele....

  • Palavras ou expresses sinnimas: Ex: O estudioso comenta que....destaca o pesquisador que....Coeso por metonmia: recurso de substituio de palavras com base na proximidade de sentido. Ex: ...o governo brasileiro ser tentado....mas Braslia deve...Coeso por elipse ou ausncia: retomada por supresso de um elemento. Ex: Os garis so carregados na caamba... como se eles fossem ferramentas. Eles no deixaram eu viajar...., quiseram que eu fosse na cabine...