portifólio infoempoto2010

Download Portifólio infoempoto2010

Post on 29-Nov-2014

1.424 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Produções de alunos e professores nos projetos desenvolvidos pela escola Olga Teixeira com o uso de novas tecnologias no ano de 2010

TRANSCRIPT

  • 1. Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Duque de Caxias Secretaria Municipal de Educao de Duque de Caxias Escola Municipal Professora Olga Teixeira de Oliveira Rua Maria Luiza Reis, 155, Pq Lafaiete, D. de Caxias CEP 25015040. Tel: 2771-1565 PORTIFLIO Clico, logo, existo!!! PROFESSORASAna Paula Pires e Letcia Medeiros (SIEDUCA EMPOTO/2010)
  • 2. A tecnologia fascinante, chega, nos assusta, nos conquista e nos faz ir em busca do novo, nos provocando... Morin, Edgar (2000) A tela do computador se mostra como caminho poderoso para decifrar asletras e o mundo, encurta distncias, permite silncios e dilogos, derruba muros e preconceitos (...) ao clicar num link, dobramos esquinas, escalamos montanhas, transpomos mars. Logo eu que no era internauta, ciberntica, nem to pouco astronauta, sem nave, sem barco, sem asa,acreditei nas possibilidades, afinal, sou professora que aprendi a aprender. Prof. Rosemary dos SantosAs tecnologias fornecem metforas para pensar atravs das quais podemos perceber melhor o mundo (...) Usemos a internet para a troca de conhecimento". Pierre Lvy
  • 3. Agradecimentos especiais:Ldia Ayro (Diretora)Alzira (Diretora Adjunta)Raul (Artes)Tnia (Lngua Portuguesa)Millena (Cincias)Maristela (Classe especial)Mirian (Classe especial)Andra (Classe especial)Maria Conceio (Ingls e Classe especial)Sandro (Lngua Portuguesa)Sheila (Cincias)Patrcia (4ano)Conceio Menali (Geografia)Antnio Martinho (Geografia)Paulo (Matemtica)Luciana Capita (Lngua Portuguesa)Ren (Matemtica)Glucia (Cincias)
  • 4. Introduo: Este portiflio tem por objetivo registrar o processo de desenvolvimentodas aes realizadas no ano de 2010 na Sala de Informtica da EscolaMunicipal Professora Olga Teixeira de Oliveira. Atravs de algumas dasprodues dos alunos, buscamos especificar a construo e o objetivo decada uma destas atividades. Este material contribui para ressaltar aimportncia da atuao do mediador de tecnologia no processo de ensino-aprendizagem e do uso destas tecnologias em prol da construo de umaeducao de qualidade.Sobre a escola: Em 9 de maro de 1970 foram transferidas do Ginsio MunicipalExpedicionrio Aquino de Arajo, para o ento Colgio MunicipalMarechal Castelo Branco, ainda em construo, 12 turmas, de 4 e 3 srie,distribudas nos turnos matutino e vespertino. Assim nasceu a EscolaMunicipal Professora Olga Teixeira de Oliveira (EMPOTO), cujo nomefora escolhido para homenagear a saudosa Professora Olga, que por muitotempo, dirigiu a mesma. Com muito trabalho e dedicao, a escola foicrescendo, conquistando novos espaos e se tornando uma escola dereferncia em Duque de Caxias. A cada ano, a escola tem melhorado eampliado o seu espao fsico, no intuito de desenvolver suas atividadescom o mximo de empenho. Hoje a escola conta com espaos comoGibiteca, 2 Salas de Informtica, Auditrio, Sala de Leitura, Sala derecursos multimdia e Quadra de Esporte coberta e busca trabalhar semprepela melhoria da qualidade de vida da comunidade. Os mediadores responsveis pelas Salas de Informtica da escola em2010 foram as professoras Ana Paula Pires (formada em Letras(Portugus/Ingls), ps-graduada em Lngua Portuguesa e mestre emLingustica Aplicada pela UFRJ, alocada na escola h 7 anos atuando comturmas de EJA, Classe Especial, Sala de Leitura e Sala de Informtica) eLetcia Medeiros (formada em Fonoaudiologia, ps-graduada emEducao Especial e Psicomotricidade, especializada em LIBRAS,concluindo a segunda graduao em Pedagogia, alocada na escola h 6anos em Sala de Recursos e Sala de Informtica).
  • 5. Pblico-alvo A comunidade escolar da EMPOTO composta por alunos residentesnas regies que margeiam a escola, inclusive no municpio vizinho de SoJoo de Meriti e conta com divergncias sociais marcantes, segundo o PPPde 2003, ou seja, atende tanto a alunos que moram em comunidadescarentes quanto a alunos que possuem situao financeira mais elevada. No ano de 2010, a escola recebeu 54 turmas, sendo 44 delas no diurno.Dentre estas, duas turmas eram de 3 ano, 2 de 4 ano, 2 de 5 ano, 13 de6 ano, 10 de 7 ano, 9 de 8 ano e 6 de 9 ano. Nesta relao, h umrepresentativo de alunos surdos inclusos em cada ano de escolaridade,totalizando 8 turmas com DA, so elas: 301, 302, 402, 502, 601, 701, 808,905. Dentre estas turmas, devido impossibilidade de horrio, somente 4turmas participaram do Programa Escola Conectada1 e 13 turmasdesenvolveram atividades com o professor regente, ou seja, tiveramhorrio fixo na Sala de Informtica. As demais turmas foram atendidas emhorrio mvel, agendado previamente, para fins de pesquisas direcionadaspelo professor regente. O Noturno, com 10 turmas entre 5 e 9 ano, nopde ser atendido pela Sala de Informtica em horrio fixo; entretanto, foibeneficiado, por um projeto desenvolvido em parceria com o SESI quepromoveu cursos de introduo Informtica durante os dias em que olaboratrio ficava fechado para manuteno (sextas tarde e aos sbados).1 A Escola Municipal Professora Olga Teixeira de Oliveira, participa do projeto Tonomundo e do Projeto deAprendizagem, em parceria com o Instituto Arton Sena, com a Oi Futuro e com a UFRJ, apresentando comoproposta a promoo da educao para o desenvolvimento humano via tecnologia digital. Este projeto estestruturado em aes intrinsecamente relacionadas. Nesta concepo, o aluno um investigador e cabe ao professororientar o percurso a seguir. Os professores envolvidos no projeto e a diretora da UE participam de uma formao adistncia permeada pela prtica de aprendizagem colaborativa. O projeto auxilia a promover no aluno o desejo debuscar e construir o conhecimento sobre assuntos interdisciplinares de seu interesse, desenvolvendo as habilidadesde: leitura e escrita; coleta, anlise e interpretao de dados; capacidade de acesso e anlise crtica de informaoacumulada; maior interatividade crtica com a mdia; postura pr-ativa; compartilhamento de idias e solues;ampliao de conhecimentos; e maior participao na comunidade atravs da publicao da pesquisa em blogs.
  • 6. Este curso tambm foi aberto para os funcionrios da escola, comodemonstram as fotos abaixo:As mediadoras: Aceitamos desde o final do ano de 2009, o desafio de conduzir ostrabalhos realizados na escola mediados pela tecnologia. Comeamos nossaaventura nesta viagem pelo mundo digital navegando pelos mares daInternet, tendo contato com alguns portais. Aprendemos maispossibilidades de pesquisa, alm de uma coleo de links que podiam nosajudar nas nossas aulas. Ganhamos mais autonomia e segurana aprendendo sobre dicas desegurana e quando achvamos ter avanado ao aprender muitos recursosdo Windows, fomos informadas que novos equipamentos seriam instaladose que toda a escola iria utilizar o Sistema Operacional LINUX.
  • 7. Nunca havamos trabalhado com o LINUX, mas baseadas emcomentrios de pessoas que usavam e gostavam, ficamos otimistas. ASecretaria de Educao de Duque de Caxias promoveu uma capacitaopresencial para o uso do Linux e o Instituto Oi Futuro tambm promoveuum curso de extenso distncia em parceria com a UFRJ. Nosinscrevemos em ambos e enquanto construamos nosso conhecimentocolaborativamente, nos divertamos e nos surpreendamos com aspossibilidades deste sistema. A fim de reconhecer nossa rea de atuao e traar melhor nossas metas,partimos, ento, para a organizao de nossa escala e atribuies, dentreelas: preparar atividades de acordo com o nvel das turmas e com oplanejamento do professor regente, verificar os e-mails e atualizar osblogues da escola e do projeto Tonomundo, participar de chats e fruns dosprogramas Oi e IA e realizar as atividades propostas, realizar reuniesperidicas com os professores envolvidos no projeto, orientar os blogs dosalunos do projeto e tecer comentrios por escrito, disponibilizaratendimento comunidade escolar (alunos, professores e funcionrios),orientar alunos em horrio reservado pesquisa, receber estagiriosencaminhados pela SME, assessorar tecnologicamente a equipe pedaggicada escola, viabilizar emprstimos de recursos tecnolgicos, zelar peloacervo tecnolgico da escola, providenciar manuteno e reparo dasmquinas comunicando direo qualquer falha em equipamentos e/oufalta de material para ser reposto, capacitar monitores, fazer backup dearquivos, registrar eventos realizados na escola, representar a escola emencontros e eventos promovidos pela SME ou IAS ou Oi Futuro a fim dedivulgar o trabalho realizado para outras escolas.Nossa filosofia Observamos que muitas escolas particulares que possuem sala deinformtica parecem estar preocupadas mais com o aspecto tecnolgico do
  • 8. que com o uso pedaggico desta ferramenta, ou seja, desenvolvematividades que mostram o computador como o professor eletrnico,vislumbrando uma ideia de que o professor possa ser substitudo por umamquina ou nas quais se objetiva o ensin