portaria 1510 e portaria 373

Download Portaria 1510 e Portaria 373

Post on 07-Jun-2015

8.899 views

Category:

Technology

4 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Conheça os impactos da Portaria 1510 e da Portaria 373 na Gestão de Pessoas.

TRANSCRIPT

  • 1. PORTARIAS 1.510 e 373 MTE

2. XII
XII
XII
XII
XII
1
CONCEITO SREP
III
III
III
III
III
IX
IX
IX
IX
IX
VI
VI
VI
VI
VI
2
PORTARIA 1.510
3
INVESTIMENTOS
4
IMPACTOS GERAIS
5
PORTARIA 373
3. CONCEITO SREP
O SREP (Sistema de Registro Eletrnico de Ponto) o conjunto de equipamentos e programas informatizados destinados anotao por meio eletrnico da entrada e sada dos trabalhadores das empresas.
1
4. O que ser afetado?
Sistema de Tratamento de Ponto Eletrnico.
Relgio de Ponto Eletrnico.
5. O SREP no deve permitir:
Restries de horrio marcao do ponto.
Marcao automtica do ponto com horrios pr-determinados ou horrio contratual.
Exigncia por parte do sistema de autorizao prvia para marcao de ponto.
Existncia de qualquer dispositivo que permita a alterao dos dados registrados pelo empregado.
6. Para a utilizao do Sistema de Registro Eletrnico de Ponto:
Obrigatrio o uso do REP no local da prestao do servio, vedado outros meios de registros.
No so permitidas marcaes remotas (WEB) ou por computador.
Obs.:(alterado pela Portaria 373)
7. PORTARIA 1.510
Tem como objetivo principal disciplinar o Registro Eletrnico de Ponto (Hardware e Software).
2
8. Que Rege a Portaria 1510
Regulamenta o uso do Sistema de Registro Eletrnico de Ponto (SREP).
Estabelece requisitos mnimos necessrios para os REP (Relgios Eletrnicos de Ponto) e para o Programa de Tratamento do Registro do Ponto.
Determina que pode ser usado ... registro manual, mecnico ou eletrnico, conforme instrues a serem expedidas pelo Ministrio de Trabalho ...
At ento somente o uso de registros manuais ou cartogrficos eram regulamentados.
9. Principais Regulamentaes
Probe todo tipo de restrio marcao de ponto;
Probe marcaes automticas e alterao dos dados registrados;
Obriga a emisso de comprovanteda marcao a cada registro efetuado no REP (Registrador Eletrnico de Ponto);
Estabelece os formatos dos relatrios e arquivos digitais deregistro de ponto que o empregador dever manter e apresentar fiscalizao do trabalho.
10. Programa de Tratamento do Registro de Ponto
Tem por funo tratar os dados relativos
a marcao dos horrios de entrada e
sada, originrios exclusivamente do AFD,
gerando:
Espelho de Ponto Eletrnico conforme layout do MTE.
Arquivo de Fonte de Dados Tratados(AFDT).
Arquivo de Controle de Jornada para Efeitos Fiscais (AJCEF).
11. Programa de Ponto se limitar:
Insero justificada de informaes.
Incluso de marcao faltante.
Assinalar marcao indevida.
Importante: os dados originais da marcao sero
mantidos.
12. Atestado Tcnico do Software
Atestado tcnico e termo de responsabilidade do
fabricante do software afirmando
expressamente que atende as determinaes da
Portaria 1510.
No permite alteraes no AFD.
No permite divergncias entre o AFD, arquivo e relatrios gerados.
Assinam o responsvel pela empresa e analista do sistema.
13. INVESTIMENTOS
3
14. +$
Investimentos
+$
+REP
+$
+REP
15. IMPACTOS GERAIS
Operacionalizao, organizao fsica dos equipamentos, disciplina para o registro de ponto, descentralizao dos acertos de ponto, etc...
4
16. Operacionalizao
Troca de papel.
Armazenamento fsico das memrias de registro de ponto utilizadas. (REP)
Superviso dos equipamentos (falta ou quase falta de papel e autonomia da memria protegida).
17. Organizao fsica dos equipamentos
1 a 2 Registradores Eletrnicos de Pontopara cada 100 funcionrios;
Instalao fsica nas portarias ou nos locais de trabalho?
Como evitar o registro de ponto em dias e horrios no autorizados para o colaborador?
Disciplina para o registro de ponto: restries de horrios , sobre jornada, frias e outros afastamentos;
Atravs do controle de acesso.
18. Impactos Administrativos
Disciplina para Registro de Ponto

  • Aviso aos empregados;

19. Mudana de cultura; 20. Procedimentos internos; 21. Punies.Descentralizao dos Acertos

  • Lanamentos de abonos;

22. Acertos de marcaes; 23. Justificativas.Responsabilidades

  • Troca e reposio das bobinas;

24. Gerao de relatrios e arquivos legais (mensal ou por demanda fiscal); 25. Incluso como usuria do SREP no MTE.