políticas externas das grandes potências

Download Políticas Externas das Grandes Potências

Post on 09-Jan-2017

217 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Maria Raquel Freire

    Professora Auxiliar

    Relatrio da Unidade Curricular

    Polticas Externas das

    Grandes Potncias

    Licenciatura em Relaes Internacionais

    Faculdade de Economia

    da Universidade de Coimbra

    2012

  • Relatrio da Unidade Curricular Polticas Externas das Grandes Potncias

    2

    O presente Relatrio destina-se realizao de Provas de Agregao na rea de

    Relaes Internacionais (especialidade de Histria e Teoria das Relaes

    Internacionais), de acordo com o disposto no Despacho Reitoral n 544/97, publicado no

    Dirio da Repblica (II Srie) em 16 de maio de 1997. Dando cumprimento ao disposto

    na alnea b) do artigo 5 do Decreto-Lei n 239/2007 de 19 de junho, apresento neste

    Relatrio os objetivos e contedos da unidade curricular de Polticas Externas das

    Grandes Potncias, da Licenciatura em Relaes Internacionais da Faculdade de

    Economia da Universidade de Coimbra, e as orientaes pedaggicas seguidas na sua

    docncia.

  • Relatrio da Unidade Curricular Polticas Externas das Grandes Potncias

    3

    1. Enquadramento e fundamentao da unidade curricular

    A unidade curricular de Polticas Externas das Grandes Potncias integra o atual plano

    de estudos do primeiro ciclo em Relaes Internacionais. Esta licenciatura, criada em

    1994, entrou em funcionamento em 1995/1996 e foi objeto de duas restruturaes. A

    primeira teve lugar no ano letivo de 2000/2001, com vista a solidificar a formao

    oferecida e assentou em trs pressupostos principais: a unificao disciplinar

    terminando com as reas de especialidade previamente existentes (Diplomacia,

    Cooperao, Comrcio Internacional e Estudos Europeus); a incluso de unidades

    curriculares optativas; e a manuteno da filosofia multidisciplinar, que desde o seu

    incio esteve na base da criao e funcionamento desta Licenciatura. Uma outra

    reestruturao mais recente, seguindo os princpios e modelo de Bolonha teve lugar em

    2006, com incio no novo formato no ano letivo 2007/2008. Esta adequao seguiu as

    disposies constantes do DL no. 74/2006 de 24 de maro, onde no seu Artigo 9. se

    definem as condies de obteno do Grau de Licenciado. De acordo com o estipulado,

    a Licenciatura em Relaes Internacionais tem a durao de trs anos, correspondentes

    a 180 ECTS. A Licenciatura mantm o pressuposto da multidisciplinaridade, reforando

    simultaneamente a componente de especializao em Relaes Internacionais, com vista

    ao desenvolvimento de um conjunto de competncias cognitivas, analticas e

    profissionais entendidas como fundamentais formao nesta rea.

    Na reorganizao da Licenciatura no mbito do processo de Bolonha, a unidade

    curricular de Anlise de Polticas Externas II deu lugar a uma nova unidade curricular

    denominada Polticas Externas das Grandes Potncias. O objetivo desta alterao foi o

    de conferir mesma uma dimenso de anlise terica e emprica slida, recorrendo a

    estudos de caso de referncia para a ilustrao da teorizao sobre poltica externa e

    para a anlise conceptual que serve de base ao estudo desta unidade curricular. A

    metodologia de aprendizagem, de acordo com o esprito de Bolonha, centra-se no

    envolvimento ativo dos estudantes na sua formao, atravs de leituras fundamentais

    que servem de apoio a aulas de discusso, da realizao de trabalhos individuais e em

    grupo com uma componente terica e emprica, de exerccios de simulao de processos

  • Relatrio da Unidade Curricular Polticas Externas das Grandes Potncias

    4

    de tomada de deciso, de propostas de anlise comparativa de artigos de imprensa

    diferenciados sobre a mesma temtica, entre outros, pretendendo promover debate sobre

    a poltica externa de grandes potncias e desenvolver capacidade crtica face a leituras

    acadmicas, de documentos oficiais, de recomendaes polticas, de artigos de opinio,

    e de peas informativas (jornais, televiso e outros).

    A unidade curricular de Polticas Externas das Grandes Potncias comea a funcionar

    como resultado do processo de Bolonha, procurando refletir na sua estrutura, mas acima

    de tudo nas suas metodologias, no s o cariz mais interativo inerente a Bolonha, mas

    tambm a necessidade de uma formao exigente capaz de responder adequadamente s

    valncias exigidas no mundo do trabalho. Em termos de contedos, a unidade curricular

    revela preocupao por uma formao terica de carcter plural, que permita espao de

    anlise ao estudante, bem como em termos epistemolgicos, no direcionando as

    leituras sobre as polticas externas das grandes potncias em estudo, mas antes

    proporcionando uma base de conhecimento que permita um debate de perspetivas e

    posicionamentos com vista abertura de horizontes e um pensamento menos centrado

    na matriz realista clssica e mais aberto a novas leituras. Deste modo, a bibliografia

    fundamental recomendada procura salientar a diversidade de perspetivas tericas e em

    matria de anlise dos diferentes estudos de caso, constituindo uma base plural de

    informao para o desenvolvimento e discusso das polticas externas dos atores

    identificados de forma sustentada e com coerncia analtica.

    A unidade curricular de Polticas Externas das Grandes Potncias tem atribudos, de

    acordo com a reforma de Bolonha, 4 ECTS (European Credit Transfer and

    Accumulation System), que refletem as horas de contato bem como os tempos dedicados

    a trabalho individual e/ou de grupo, bem como preparao de atividades e a leituras

    que permitam uma dinamizao crtica dos tempos letivos. Esta unidade curricular

    funciona no 2 semestre do terceiro ano da Licenciatura, beneficiando de conhecimentos

    adquiridos ao longo da formao, bem como de uma maior maturidade dos estudantes,

    permitindo que os resultados em termos de anlise e discusso sejam abrangentes nas

    suas bases tericas e conceptuais, bem como na anlise dos processos de poltica

    externa definidos.

  • Relatrio da Unidade Curricular Polticas Externas das Grandes Potncias

    5

    No conjunto de unidades curriculares oferecidas na Licenciatura em Relaes

    Internacionais, esta ocupa um lugar relevante pelos contedos estudados,

    complementando numa lgica terica e emprica outras unidades curriculares, e

    simultaneamente beneficiando dos contedos a plasmados. Por exemplo, as unidades

    curriculares de Geopoltica e Geoestratgia I e II, de Dinmicas da Paz e dos Conflitos,

    de Direitos Humanos e de Cooperao para o Desenvolvimento, apresentam estruturas

    curriculares que dialogam entre si e com a disciplina de Polticas Externas das Grandes

    Potncias, reforando o carcter transversal e multidimensional da formao que a

    Licenciatura em Relaes Internacionais ambiciona.

    De um modo mais especfico, a unidade curricular de Polticas Externas das Grandes

    Potncias analisa os processos associados formulao e implementao da poltica

    externa, como estruturas institucionais, definio da agenda, processo de deciso e

    prossecuo de objetivos quer na dimenso interna quer na dimenso internacional, e

    como estas se complementam (ou no). Inclui, deste modo, o estudo dos objetivos,

    atores e instrumentos na formulao e conduo das polticas externas das grandes

    potncias, como enquadramento para a anlise dos principais desenvolvimentos nas

    polticas externas dos Estados Unidos da Amrica, da Federao Russa, e da Repblica

    Popular da China. Estes pases tipificam grandes potncias com contornos

    diferenciados, em termos de processos de deciso e implementao de poltica externa,

    orientaes governativas e as suas implicaes nas leituras de aes e reaes a nvel

    domstico e na sua projeo externa, relao discurso/ao, e processos de

    (des)enquadramento normativo no sistema internacional. Esta diversidade permite uma

    anlise comparativa das polticas externas destes trs estados, amplamente reconhecidos

    na bibliografia, nas suas diferenas e especificidades, como grandes potncias.

    Alm do mais, a unidade curricular contextualiza a anlise de poltica externa nos seus

    modelos tericos especficos, bem como na ligao desta com as principais correntes

    tericas de Relaes Internacionais. Esta abordagem prosseguida com base num

    entendimento de que a anlise de poltica externa exige a conjugao de elementos

    positivistas com elementos ps-positivistas, onde o debate agncia-estrutura assume

  • Relatrio da Unidade Curricular Polticas Externas das Grandes Potncias

    6

    centralidade. Este quadro de anlise abrangente, que serve de apoio estrutura

    curricular desta unidade curricular visa alcanar os objetivos previamente identificados

    como centrais aprendizagem. Por fim, includa uma aula de prospetiva onde alguns

    dos debates atuais relativos por exemplo ascenso e declnio de grandes potncias, e

    s alteraes nas dinmicas do sistema internacional so discutidos. Deste modo,

    pretende-se com esta unidade curricular proporcionar os conhecimentos de base

    necessrios compreenso das dinmicas (inter)nacionais no domnio da poltica

    externa, estimulando a capacidade crtica e de anlise conceptual e emprica dos

    estudantes.

    A bibliografia de apoio existente vasta, quer em termos tericos quer relativamente

    anlise dos estudos de caso. Para cada tema do programa curricular esto definidos um

    conjunto de leituras fundamentais que visam responder diversidade de perspetivas que

    se pretendem trazer a debate, bem como proporcionar as bases essenciais para

Recommended

View more >