polÍtica de governanÇa corporativa ?· cocred uma política de governança corporativa que...

Download POLÍTICA DE GOVERNANÇA CORPORATIVA ?· Cocred uma Política de Governança Corporativa que aborde…

Post on 11-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • PROCESSO: n.1 Definies Estratgicas Procedimento n 1.2.2 Poltica de Governana Corporativa

    Elaborado pela rea de Controles Internos Normas e Riscos Atualizado em: 07/02/2012

    Processo n.1 Decises Estratgicas

    Procedimento n. 1.2.2

    POLTICA DE GOVERNANA CORPORATIVA

  • 2

    PROCESSO: n.1 Definies Estratgicas Procedimento n 1.2.2 Poltica de Governana Corporativa

    Elaborado pela rea de Controles Internos Normas e Riscos Atualizado em: 07/02/2012

    Sumrio

    SEO 1 - POLTICA DE GOVERNANA CORPORATIVA ....................................................................... 3

    1. Objetivo ................................................................................................................................................... 4

    2. Estrutura das Diretrizes ........................................................................................................................... 4

    Seo 1.1 - Representatividade e Participao ........................................................................................... 5

    1. Assembleia Geral ..................................................................................................................................... 5

    2. Processo Eleitoral .................................................................................................................................... 6

    3. Participao dos Associados .................................................................................................................... 7

    4. Formao Cooperativista, Desenvolvimento de Lideranas e Responsabilidade Social ........................ 7

    Seo 1.2 - Direo Estratgica ................................................................................................................... 9

    1. Definio de Papis e Atuao ................................................................................................................ 9

    Seo 1.3 - Gesto Executiva ..................................................................................................................... 11

    1. Atuao e Responsabilidade ................................................................................................................. 11

    2. Cdigo de Conduta e Padres ticos .................................................................................................... 11

    3. Polticas de Controle Interno e Crdito ................................................................................................ 11

    4. Prestao de Informaes ..................................................................................................................... 12

    Seo 1.4 -Fiscalizao e Controle ............................................................................................................ 14

    1. Associados ............................................................................................................................................. 14

    2. Auditorias .............................................................................................................................................. 14

    3. Conselho Fiscal ...................................................................................................................................... 14

    4. Controles Internos ................................................................................................................................. 16

    5. Organizao Sistmica ........................................................................................................................... 16

  • 3

    PROCESSO: n.1 Definies Estratgicas Procedimento n 1.2.2 Poltica de Governana Corporativa

    Elaborado pela rea de Controles Internos Normas e Riscos Atualizado em: 07/02/2012

    SEO 1

    POLTICA DE GOVERNANA CORPORATIVA

    CAPTULO 1 - DIRETRIZES

  • 4

    PROCESSO: n.1 Definies Estratgicas Procedimento n 1.2.2 Poltica de Governana Corporativa

    Elaborado pela rea de Controles Internos Normas e Riscos Atualizado em: 07/02/2012

    1. Objetivo

    Esta poltica visa atender ao disposto nos arts. 17 e 18, da Resoluo do Conselho

    Monetrio Nacional n. 3.859/2010, cumprindo com a exigncia de se instituir na Sicoob

    Cocred uma Poltica de Governana Corporativa que aborde os aspectos de

    representatividade e participao, direo estratgica, gesto executiva e fiscalizao e

    controle, e que contemple a aplicao dos princpios de segregao de funes na

    transparncia, equidade, tica, educao cooperativista, responsabilidade corporativa e

    prestao de contas.

    2. Estrutura das Diretrizes

    As diretrizes da Poltica de Governana Corporativa da Sicoob Cocred esto

    divididas em quatro sees:

    1) Representatividade e Participao;

    2) Direo estratgica;

    3) Gesto Executiva;

    4) Fiscalizao e Controle.

    A primeira seo foca a questo das Assembleias, o processo eleitoral, os canais

    de comunicao e informao e a formao cooperativista.

    As sees dois e trs buscam enfatizar a necessidade de separao entre as

    funes estratgicas e as funes executivas, evidenciando em cada uma delas as principais

    atribuies e responsabilidades dos administradores.

    A seo quatro trata de diferentes atores que tambm agem, alm do Conselho de

    Administrao, como instrumentos de fiscalizao e controle (associados, auditorias, conselho

    fiscal e organizao sistmica), evidenciando sua importncia e os mecanismos utilizados por

    cada um deles.

  • 5

    PROCESSO: n.1 Definies Estratgicas Procedimento n 1.2.2 Poltica de Governana Corporativa

    Elaborado pela rea de Controles Internos Normas e Riscos Atualizado em: 07/02/2012

    Seo 1.1

    Representatividade e Participao

    1. Assembleia Geral

    composta pelas seguintes diretrizes de governana:

    a) A administrao dever realizar esforos para assegurar a efetiva

    representatividade e participao aos associados nas deliberaes da Assembleia Geral, uma

    vez que esse o rgo supremo da cooperativa;

    b) O local, a data e a hora das Assembleias Gerais devero ser escolhidos e

    divulgados de forma a facilitar a presena dos associados;

    c) No caso de a pauta da Assembleia Geral conter assuntos complexos tais como

    alterao na rea de ao, mudanas nas condies estatutrias de admisso de associados,

    transformao, fuso, incorporao, desmembramento, liquidao e demais assuntos

    consideradas relevantes -, sua divulgao dever ser feita com a maior antecedncia do que

    em casos comuns;

    d) Podero ser realizadas reunies locais com os associados (pr-Assembleias),

    anteriormente s Assembleias Gerais, como mecanismo para fortalecer a participao e o

    ativismo dos associados, a fim de discutir os assuntos constantes da pauta da Assembleia;

    e) A pauta da Assembleia Geral dever ser detalhada e, preferencialmente, no

    incluir o item outros assuntos, a fim de que todos os temas a serem discutidos sejam de

    conhecimento prvio dos associados;

    f) Quando a pauta apresentar o item outros assuntos, este dever contemplar to-

    somente matrias informativas ou pontuais, de carter no deliberativo;

    g) A linguagem utilizada no texto da pauta da Assembleia Geral dever ser

    adequada s caractersticas dos associados da cooperativa, possibilitando a fcil

    compreenso dos assuntos a serem tratados;

    h) Ser permitido receber, antes da publicao do edital de convocao, propostas

    de temas que associados tenham interesse de incluir na pauta da Assembleia Geral;

    i) Na Assembleia Geral Ordinria, a deliberao sobre a prestao de contas

    dever ser precedida da leitura dos pareceres da auditoria externa e do Conselho Fiscal;

    j) A ata da Assembleia Geral dever ser transparente relatando todos os fatos

    ocorridos e as deliberaes dos associados, inclusive dissidncias e amplamente divulgada;

  • 6

    PROCESSO: n.1 Definies Estratgicas Procedimento n 1.2.2 Poltica de Governana Corporativa

    Elaborado pela rea de Controles Internos Normas e Riscos Atualizado em: 07/02/2012

    k) Os itens da pauta da Assembleia Geral devero ser apreciados e votados

    individualmente, na sequncia disposta no edital de convocao.

    2. Processo Eleitoral

    Ser estruturado nas seguintes premissas:

    a) As regras eleitorais devero ser de amplo conhecimento dos associados.

    b) A conduo do processo eleitoral dever ser de responsabilidade de comisso

    criada especificamente para essa finalidade.

    c) A comisso eleitoral dever ser formada com antecedncia suficiente para

    atender a todos os prazos necessrios organizao do processo eleitoral.

    d) A comisso eleitoral dever ser formada por um nmero mpar de associados,

    com no mnimo trs integrantes, que no tenham sido eleitos para os mandatos estatutrios

    vigentes e que no sejam parentes at segundo grau destes e nem dos candidatos;

    e) Caber comisso eleitoral verificar o atendimento aos critrios estabelecidos

    para a candidatura aos cargos eletivos.

    f) Caber comisso eleitoral zelar pela segurana no processo, pela

    transparncia e igualdade de oportunidade de participao.

    g) Na ocorrncia de problemas na conduo do processo eleitoral, a comisso

    dever elaborar parecer, a ser lido quando da realizao da Assembleia Geral.

    h) A comisso eleitoral dever atuar de forma autnoma e reportar-se

    operacionalmente ao rgo de administrao estratgica.

    i) Cabero comisso eleitoral o planejamento e a responsabilidade pela execuo

    das atividades inerentes ao processo eleitor

Recommended

View more >