plano estratÉgico para regularizaÇÃo do abate .gta e fechamento dos pequenos abatedouros que...

Download PLANO ESTRATÉGICO PARA REGULARIZAÇÃO DO ABATE .GTA e fechamento dos pequenos abatedouros que operam

Post on 02-Dec-2018

225 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • ANEXO I

    PLANO DE AO DA CMARA SETORIAL DA CARNE

    SUBCMARA TEMTICA DE AVES E SUNOS

    PLANO ESTRATGICO PARA REGULARIZAO DO ABATE NO INSPECIONADO DE FRANGO NO

    ESTADO DA BAHIA

    Por Cmara Setorial da Carne Aves e Sunos

    Bahia, abril/2013

  • 2

    INSTITUIO PROPONENTE

    Cmara Setorial da Carne Aves e Sunos GRUPO TEMTICO RESPONSVEL Presidente Eduardo Salles Secretrio Executivo Lourival Farias Coordenador Almir de Souza Eloy ENTIDADES E RGOS COMPONENTES

    Agncia de Fomento do Estado da Bahia S.A. DESENBAHIA

    Agncia Estadual de Defesa Agropecuria da Bahia ADAB

    Associao Baiana de Avicultura - ABA

    Associao Baiana de Suinocultura - ABS

    Associao Baiana dos Criadores - ABAC

    Associao Baiana dos Pequenos Abatedores de Aves ABAPA

    Avigro - Avcola Agroindustrial LTDA

    Banco do Nordeste do Brasil BNB

    BRF- Brasil Foods

    Comit Estadual de Sanidade Avcola- COESA

    Cooperativa de Produtores de Frango do Recncavo Baiano -

    COOPERFRANGO

    Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrcola EBDA

    Federao da Agricultura e Pecuria do Estado da Bahia FAEB

    OCEB- Sindicato e Organizao das Cooperativas do Estado da Bahia

    Secretaria da Agricultura, Irrigao e Reforma Agrria SEAGRI

    Secretaria da Indstria, Comrcio e Minerao SICM

    Servio Brasileiro de Apoio s Micro e Pequenas Empresas - SEBRAE

    Sindicato das Indstrias de Carne da BAHIA SINCAR

    Superintendncia Federal de Agricultura, Pecuria e Abastecimento no

    Estado da Bahia SFA/BA

    Universidade Federal do Recncavo Baiano UFRB

  • 3

    Sumrio

    1. APRESENTAO.........................................................................................4

    2. RESUMO EXECUTIVO.................................................................................5

    3. JUSTIFICATIVA............................................................................................6

    4. OBJETIVOS..................................................................................................8

    5. METAS - Prazos............................................................................................8

    6. ANLISE DA SITUAO ATUAL DA CADEIA PRODUTIVA.......................9

    7. ESTRATGIAS DE AO rea de Abrangncia/Cronograma de aes.9

    8. CRONOGRAMA DE DESEMBOLSO X PARCEIROS POTENCIAIS.........12

    9. REQUISITOS PARA IMPLEMENTAO DO PLANO................................13

    10. ARRANJO INSTITUCIONAL - PARTES ENVOLVIDAS NO PLANO..........15

    11. ANEXO I RELAO DE CIDADES NA REGIO I...................................19

    12. ANEXO II RELAO DE CIDADES NA REGIO II.................................20

    13. ANEXO III RELAO DE CIDADES NA REGIO III...............................21

    14. ANEXO IV RELAO DE CIDADES NA REGIO IV..............................22

    15. ANEXO V RELAO DE ESTABELECIMENTOS CADASTRADOS.......23

  • 4

    1. APRESENTAO

    No estado da Bahia ainda existem centenas de pequenos estabelecimentos

    (avcolas) que abatem aves sem o acompanhamento dos servios de inspeo

    oficial. Apesar da alta-competitividade do setor, eles ainda se mantm no

    mercado devido a preferncia de parte dos consumidores pelo produto conhecido

    como frango abatido na hora.

    Estes estabelecimentos so abastecidos por avicultores que esto neste setor a

    dezenas de anos, mas no tiveram condies de implantar indstrias para

    destinar sua produo.

    Diante deste cenrio e da necessidade de garantir a segurana alimentar do

    consumidor baiano, a Cmara Setorial de Carne Aves e Sunos apresenta este

    plano de trabalho para regularizar o setor de abate de frango no estado da Bahia,

    contemplando aes de curto e mdio prazo, conforme definido no Plano

    Estratgico para a Agropecuria Baiana (SEAGRI, 2010 p. 38) e nas Diretrizes

    Estratgicas das Cmaras Setoriais (SEAGRI, 2010 p. 85 a 89) apresentado no III

    ENCONTRO DAS CMARAS SETORIAIS, realizado em Salvador no dia 22 de

    maro de 2013.

    Criada pela Secretaria da Agricultura, Irrigao e Reforma Agrria - SEAGRI, a

    Cmara Setorial da Carne - Aves e Sunos foi instalada em Salvador, Bahia, em

    maio de 2010, para constituir um frum organizacional permanente, com a

    finalidade de reunir as entidades atuantes na cadeia produtiva de sunos e aves

    para, juntas, discutirem os problemas existentes e apresentarem propostas de

    soluo para os mesmos e, com isso, melhorar a eficincia e a eficcia das

    polticas pblicas no Estado, tornando esta commodity mais competitiva a nvel

    de mercado nacional e internacional.

  • 5

    2. RESUMO EXECUTIVO

    Nome do Projeto

    PLANO ESTRATGICO PARA REGULARIZAO

    DO ABATE NO INSPECIONADO DE FRANGO

    NO ESTADO DA BAHIA

    Proponente Cmara Setorial da Carne Aves e Sunos

    Principal Objetivo

    Extinguir o abate de frangos sem inspeo no

    estado da Bahia atravs de aes inclusivas que

    minimizem o impacto socioeconmico no setor

    Benefcios Esperados

    Aumento na segurana alimentar do

    consumidor baiano

    Maior controle sanitrio para a avicultura

    Incluso dos pequenos avicultores atravs

    dos abatedouros regionais/cooperativados

    Requalificao dos pequenos abatedouros

    atravs da adequao dos estabelecimentos

    para atender as normas de abate animal

    Incio e Trmino Previstos

    30/10/2014

    30/10/2018

  • 6

    3. JUSTIFICATIVA

    INFORMAES HISTRICAS

    Em quinze anos, a produo de frango de corte no estado da Bahia saltou de 26,2

    milhes de aves para 127 milhes de aves, um crescimento de 384%.

    GRFICO I

    Fonte: ABA

    No mesmo perodo, o abate sem inspeo que representava 100% do destino das

    aves produzidas no estado reduziu para 29% e o abate inspecionado passou a

    ser o destino de 71% das aves produzidas na Bahia.

    TABELA I

    TIPO/ANO 1998 2012

    Abate com SIF 0% 34%

    Abate com SIE 0% 35%

    Abate com SIM 0% 2%

    Abate no inspecionado 100% 29% Fonte: SFA-BA MAPA / ADAB / ABAPA

  • 7

    De acordo com o SFA-BA MAPA e a ADAB no ano de 2012 foram abatidas

    41.502.213 aves sob o Servio de Inspeo Federal e 41.832.096 sob o Servio

    de Inspeo Estadual. Segundo a ABAPA, cerca de 2.640.000 aves foram

    abatidas sob o Servio de Inspeo Municipal. Considerando que neste mesmo

    ano tivemos 120.666.839 aves disponveis para abate, ento podemos estimar

    que 34.689.530 de aves foram abatidas sem inspeo.

    GRFICO II

    Com os dados acima descritos, o estado da Bahia ocupa hoje o primeiro lugar no Norte e Nordeste do Brasil no ranking de abate de frangos abatidos sob regime de inspeo oficial.

  • 8

    4. OBJETIVOS :

    4.1 Geral Extinguir, no prazo de 04 anos, o abate de frangos sem inspeo no estado da

    Bahia, atravs de aes planejadas, focando na implantao de novos

    abatedouros e adequao de estabelecimentos existentes, respeitando as

    exigncias legais, evitando o impacto socioeconmico causado pela interrupo

    imediata deste segmento da atividade, resultante da proibio da emisso de

    GTA e fechamento dos pequenos abatedouros que operam sem inspeo.

    4.2 Especficos

    Aumentar a segurana alimentar do consumidor baiano;

    Realizar maior controle sanitrio para a avicultura;

    Incluir os pequenos avicultores atravs dos abatedouros regionais e

    cooperativados;

    Requalificar os pequenos abatedouros, adequando para atender as normas

    de abate animal ou transformando em ponto de venda (boutique de carnes)

    para comercializar produtos abatidos em estabelecimentos inspecionados.

    5. METAS Prazos

    Extinguir o abate de frangos sem inspeo no estado da Bahia em quatro anos.

    5.1 RESULTADOS ESPERADOS

    TABELA II

    PERODO DATA ABATE SEM INSPEO REDUO % RED

    Incio 30/10/2014 34.689.530 - 0

    Ano I 30/10/2015 28.403.043 6.286.486 18%

    Ano II 30/10/2016 20.068.971 8.334.072 24%

    Ano III 30/10/2017 11.252.307 8.816.664 25%

    Ano IV 30/10/2018 - 11.252.307 32%

  • 9

    6. ANLISE DA SITUAO ATUAL DA CADEIA PRODUTIVA - Mercado

    Fomento implantao do SIM Servio de inspeo municipal nos

    municpios que concentrem abate de mais de 10.000 aves por ms.

    o Atualmente existem 19 servios implantados e 55 projetos de lei em

    andamento.

    Adequao dos 554 pequenos abatedouros situados em 131 cidades

    baianas

    o Reformar para atender as exigncias do SIM conforme projeto que

    esta sendo elaborado pela ADAB para at 1.000 aves dia

    o Caso no tenha como adequar para continuar a atividade de abate,

    ser transformado em ponto de venda (boutique de carnes) para

    comercializar produtos abatidos em estabelecimentos

    inspecionados.

    o Estamos buscando parceria com o SEBRAE-BA para apoiar esta

    modernizao do setor em todo o territrio baiano.

    Implantao dos 05 abatedouros regionais conforme projeto da SEAGRI-

    BA.

    o 02 abatedouros j esto em processo de implantao, 01 em Irar e

    01 em Conceio da Feira Previso 2014/2015.

    A construo de novos abatedouros de iniciativa privada:

    o 2013 Santo Antnio de Jesus Capacidade: 30.000 aves dia

    o 2014 Filadlfia Capacidade: 10.000