pintura - defeitos

Download pintura - DEFEITOS

Post on 18-Feb-2015

49 views

Category:

Documents

8 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Identificao e eliminao de defeitos de pintura.

A Arte da Repintura Automvel

ndiceAbatimentos/Aurolas Aurolas devido penetrao de solventes Bolhas de gua Casca de laranja Crateras/Silicone Diferena de cor Escorridos Listrado Manchas Manchas de gua Marcas de lixagem Marcas de polimento Opacidade Perda de brilho/Embaciamento Picados Picados/Fervidos Problemas de aderncia do verniz Problemas de adeso com materiais de poliester Problemas de adeso com plsticos Problemas de despelamento Repasse de catalisador do betume de poliester de esptula 9 11 5 13 6 4 12 9 8 5 7 4 13 14 7 11 6 10 8 10

12

Identificao e eliminao de defeitos de pintura.

Todas as pessoas cometem erros. Na repintura automvel, os erros podem aparecer imprevisivelmente contudo a confiana que voc deposita nos seus produtos e ferramentas diariamente confirmada. No entanto, todos podemos aprender com os nossos erros. do seu interesse manter os clientes satisfeitos para poderem ultrapassar os aborrecimentos causados pelas reclamaes, que custam tempo e dinheiro. E voc, certamente, no poder usufruir da sua brilhante reputao. Os clientes so mais exigentes em relao s repinturas do que em relao s pinturas originais. Ainda que trabalhe com o maior cuidado e de acordo com as recomendaes das Fichas Tcnicas, h sempre algo que pode correr mal. Esta afirmao particularmente vlida na rea da repintura, um trabalho onde o know-how e a experincia da mo-de-obra so fundamentais. Uma preparao de superfcies deficiente ou o uso incorrecto dos materiais so os motivos mais comuns dos defeitos de pintura. ainda de salientar que o resultado final tambm pode ser afectado pelo prprio processo de aplicao e as condies de trabalho, como, por exemplo, a humidade, a temperatura, os tempos de secagem, a espessura das camadas, etc. Esta brochura constitui um instrumento extremamente til que lhe permitir identificar as causas dos eventuais defeitos de pintura e como evit-los de futuro, razo pela qual recomendamos que a divulgue junto do pessoal e dos aprendizes da oficina.

3

Diferena de cor CausaTcnica de aplicao incorrecta demasiado molhada demasiado seca opacidade fraca Dimetro do bico da pistola inadequado Presso de aplicao inadequada Alterao da superfcie pelas intempries Variaes na cor original (existncia de nuances)

Marcas de polimento CausaAcabamento no endurecido em profundidade Lixa demasiada grossa Polish inadequado Polimento em profundidade nas arestas

PrevenoVerificar previamente a cor Testar a cor Esbater a cor

PrevenoSecagem do acabamento em profundidade, se necessrio re-estufar Utilizar Polish e equipamento de polir adequados Utilizar a lixa correcta Utilizar Polish, isento de amnia

Soluo StandoxPolir os painis adjacentes ao painel pintado para verificao da cor Ajustar a cor, lixar, repintar Esbater a cor

Soluo StandoxSecar o acabamento em profundidade, lixar e repintar

4

Manchas de gua CausaAcabamento no completamente curado Espessura de filme elevada e tempo de secagem demasiado curto Contaminao do ar comprimido com leo Diluente inadequado Incorrecta proporo de mistura do Endurecedor Utilizao errada do Endurecedor

Bolhas de gua CausaResduos de gua de lixagem, nos cantos, orlas, estrias e debaixo das fitas decorativas Contaminao do ar comprimido Isolamento de produtos de polister insuficiente Ar com excessiva humidade

PrevenoSeguir rigorosamente as recomendaes de aplicao indicada nas fichas tcnicas

Soluo StandoxRemover as marcas atravs de polimento Lixar, isolar e repintar

PrevenoRemover sempre que possvel as partes coladas ou ajustadas Soprar e secar cuidadosamente com ar Verificar regularmente o circuito de ar comprimido Assegurar a evaporao dos produtos de base aquosa

SoluoRemover toda a rea contaminada e repintar

5

Crateras/Silicone CausaContaminao com leo, gordura ou silicone Ar comprimido contaminado Uso de polish e sprays contendo silicones Limpeza insuficiente

Problemas de aderncia do verniz CausaVerniz de base demasiado espesso Tempos de evaporao entre as camadas intermdia e final insuficientes Proporo de mistura verniz/endurecedor inadequada

PrevenoFazer a manuteno regular da instalao de ar comprimido Limpar convenientemente a rea contaminada com diluente desengordurante Assegurar que os materiais baseados em silicone no so usados na estufa

PrevenoRespeitar a espessura das camadas de verniz de base indicada na ficha tcnica Respeitar os tempos de evaporao entre camadas intermdia e final constantes da ficha tcnica Respeitar a proporo de mistura verniz/ endurecedor indicada na ficha tcnica

Soluo StandoxAplicar vrias camadas finas Lixar e repintar

Soluo StandoxLixar e repintar

6

Marcas de lixagem CausaGro de lixa demasiado grosso Lixagem do Endurecedor ainda no endurecido completamente Lixagem deficiente do betume polister Isolamento insuficiente do betume polister, antes da aplicao da tinta de base

Picados CausaSecagem do substrato insuficiente Os materiais de polister no foram isolados Os poros no foram lixados

PrevenoEscolher o papel de lixa adequado Isolar as zonas de aplicao com aparelho 2K Secar correctamente o aparelho

PrevenoGarantir a secagem adequada dos produtos de substrato Lixar bem os poros ou voltar a aplicar betume Utilizar um betume fino

SoluoDeixar secar devidamente e lixar Isolar ou decapar e repintar

Soluo StandoxUtilizar um spray enchedor Lixar devidamente a rea danificada e repintar

7

Manchas CausaViscosidade de aplicao, tcnica de aplicao, tempos de evaporao entre camadas e espessura de camada inadequados Dimetro do bico da pistola inadequado Diluentes e endurecedor incompatveis

Problemas de adeso com plsticos CausaLimpeza e secagem insuficientes Utilizao de primrio de aderncia inadequado

PrevenoAjustar a viscosidade do material correctamente Manter a pistola paralela ao objecto Escolher o conjunto correcto para aplicao pistola Usar os diluentes indicados pelo fabricante Assegurar um perodo para evaporao de solventes suficiente Seguir rigorosamente as instrues das Fichas Tcnicas Utilizar a tcnica das gotas de gua, antes de aplicar o verniz

PrevenoLimpar e desengordurar devidamente Maleabilizar os elementos, antes da aplicao do primrio de aderncia Garantir a evaporao dos solventes Utilizar um primrio de aderncia para plsticos

Soluo StandoxRemover o acabamento danificado e repintar Limpar com jacto de vapor, lixar, limpar e repintar

Soluo StandoxAps a secagem do verniz, lixar e repintar Utilizar diluente compatvel com as dimenses da reparao e temperatura

8

Abatimentos/Aurolas CausaSubstrato no totalmente curado Camadas subsequentes aplicadas demasiado cedo Camadas demasiado espessas Lixa de gro demasiado grosso

PrevenoTeste com solventes para identificar os substratos macios Aplicar betumes s directamente chapa Isolar com o Primrio Enchedor 2K, aplicando apenas demos finas e respeitando os tempos de evaporao entre camadas (flash-off) Garantir que os materiais de preparao sequem adequadamente No utilizar lixa de gro muito grosso Seguir as recomendaes de aplicao

Listrado CausaViscosidade, presso e tcnica de aplicao inadequadas Dimetro do bico da pistola inadequado Tempo de evaporao de solventes inadequado Temperatura de aplicao inadequada Diluente inadequado

PrevenoRespeitar as recomendaes constantes das Fichas Tcnicas Ajustar o dimetro do bico da pistola Manter a pistola paralela ao objecto Respeitar o esquema indicado pelo fabricante

Soluo StandoxGarantir uma secagem adequada, lixar e isolar, se necessrio. Repintar se necessrio

Soluo StandoxGarantir uma aplicao uniforme Manter a pistola em boas condies de funcionamento Aps a secagem do verniz, lixar a superfcie e repintar

9

Problemas de adeso com materiais de polister CausaDeficiente preparao do substrato Utilizao de betume polister inadequado para substrato galvanizado Temperatura da superfcie demasiado elevada aquando da secagem forada Material mal curado excesso ou insuficincia de endurecedor

Problemas de despelamento CausaDeficiente preparao do substrato (ferrugem, gordura, humidade, lixagem ou limpeza inadequadas, laca acrlica (TPA)) Utilizao de materiais incompatveis Tempos de evaporao e secagem insuficientes Condensao no substrato devido a variaes de temperatura

PrevenoLimpar e lixar devidamente Utilizar um betume polister adequado para substratos galvanizados Secagem forada em rigorosa conformidade com as instrues do fabricante Respeitar a relao de mistura Misturar bem o endurecedor

PrevenoSeguir rigorosamente as instrues de aplicao Limpar e preparar devidamente a superfcie Respeitar os tempos de secagem especificados Utilizar um esquema de produtos compatveis

Soluo StandoxLixar devidamente a superfcie danificada Utilizar apenas betumes polister adequados para substratos galvanizados Reparar e repintar

Soluo StandoxLixar a rea danificada e repintar

10

Picados/Fervidos CauseSecagem insuficiente dos primriosaparelho Solvente retido no filme, que ao sair origina pequenos orifcios, devido a: viscosidade de aplicao presso de aplicao tempos para evaporao de solventes tempos de secagem Escolha incorrecta de diluentes e endurecedores Aplicao excessiva Filmes com espessura excessiva

Aurolas devido penetrao de solventes CausaNo isolamento da rea onde o acabamento foi lixado at base Isolamento feito com aparelho inadequado Aplicao incorrecta do aparelho Secagem insuficiente do substrato

PrevenoAplicar espessura de filme normal Verificar regularmente a temperatura da estufa Respeitar as instrues das Fichas Tcnicas

PrevenoTeste dos solventes para identificar os substratos moles Isolar com aparelho 2K, aplicando vrias demos