phostek fispq rev.03 - · pdf fileencaminhar ao serviço médico mais...

Click here to load reader

Post on 07-Feb-2019

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

PHOSTEK

Pgina: (1 de 20)

Data de elaborao: (dezembro/2001) Data de reviso: (21/03/2014) Nmero de Reviso: (03)

Ficha de Informaes de Segurana de Produto Qumico

1. IDENTIFICAO

Nome do Produto: PHOSTEK.

Aplicao: Inseticida fumigante e cupinicida fumigante para o controle de pragas em produtos armazenados.

Fornecedor: BEQUISA INDSTRIA QUMICA DO BRASIL LTDA.

Avenida Antnio Bernardo, 3950 Parque Industrial Imigrantes.

CEP: 11.349-380 So Vicente, SP. Tel.: (13) 3565-1212.

Telefone de emergncia toxicolgica: 0800 014 1149

2. IDENTIFICAO DE PERIGOS

Perigos mais importantes: o produto pode ser txico ao homem e ao meio ambiente se no utilizado conforme as recomendaes.

Efeitos do Produto:

Efeitos adversos sade humana: o produto considerado fatal se ingerido ou inalado. Pode ser nocivo em contato com a pele. O contato direto causa irritao ocular. Pode causar danos ao SNC, corao e pulmes.

Efeitos ambientais: o produto considerado muito txico para vida aqutica.

Perigos fsicos e qumicos: o produto no inflamvel. Porm, pode se inflamar espontaneamente quando atingir a concentrao de 27,1g/m. Em contato com o calor e umidade libera vapores inflamveis, que podem elevar a temperatura no local e causar auto-ignio.

Principais Sintomas: A exposio aguda ao produto pode causar efeitos sobre o aparelho respiratrio, SNC, TGI, rins, aparelho cardiovascular e olhos. No aparelho respiratrio ele causa irritao pulmonar grave, tosse, cianose, dispnia e edema pulmonar. No SNC causa cefalia, tontura, parestesias, fadiga, ataxia, letargia, torpor, convulses, tremores, coma e morte. Sobre o TGI os efeitos so nusea, vmito, ictercia, necrose heptica centro lobular, hepastosplenomegalia e leo paraltico. Os sintomas cardiovasculares so necrose miocrdica total, arritmia, hipotenso, taquicardia e insuficincia cardaca congestiva. Tambm pode causar oligria, anria e diplopia. A exposio crnica causa bronquite, distrbio motor e da fala, hiperemia e hipersensibilidade, fraturas espontneas, necrose mandibular, anemia, leucopenia,

PHOSTEK

Pgina: (2 de 20)

Data de elaborao: (dezembro/2001) Data de reviso: (21/03/2014) Nmero de Reviso: (03)

Ficha de Informaes de Segurana de Produto Qumico

perda de peso, fraqueza, anorexia, alteraes das funes hepticas, acidose, hematria e proteinria.

Classificao de perigo do produto:

Sistema de classificao de perigo de acordo com o Sistema Globalmente Harmonizado para a Classificao e Rotulagem de Produtos Qumicos. Norma ABNT-NBR 14725 Parte 2:2009.

Toxicidade aguda - Oral: Categoria 2 Toxicidade aguda - Drmica: Categoria 5 Toxicidade aguda - Inalao: Categoria 1 Corroso/irritao pele: No classificado Leses oculares graves/irritao ocular: Categoria 2B Sensibilizao respiratria: Classificao impossvel Sensibilizao pele: No classificado Mutagenicidade em clulas germinativas: No classificado Carcinogenicidade: No classificado Txicidade reproduo: No classificado Toxicidade para rgos-alvo especficos Exposio nica: Categoria 2 Toxicidade para rgos-alvo especficos Exposio repetida: Categoria 2 Perigo por aspirao: Classificao impossvel Perigoso ao ambiente aqutico - Agudo: Categoria 1 Perigoso ao ambiente aqutico - Crnico: Classificao impossvel Lquidos inflamveis: No Classificado Substncias e misturas que, em contato com a gua, emitem gases inflamveis: Categoria 3.

Elementos apropriados da rotulagem:

Pictograma

Palavra de advertncia

Perigo Ateno Ateno Ateno

Frases de perigo:

H300 Fatal se inalado H313 Pode ser nocivo em contato com a pele H330 Fatal se inalado H320 Provoca irritao ocular. H371 Pode provocar danos ao SNC, corao e pulmes.

PHOSTEK

Pgina: (3 de 20)

Data de elaborao: (dezembro/2001) Data de reviso: (21/03/2014) Nmero de Reviso: (03)

Ficha de Informaes de Segurana de Produto Qumico

H373 Pode provocar danos ao SNC e pulmes por exposio repetida ou prolongada. H400 Muito txico para os organismos aquticos. H261 Em contato com a gua desprende gases inflamveis.

Frases de precauo:

P231 +P232 Manuseie em atmosfera de gs inerte. Proteja da umidade. P260 No inale as poeiras/fumos/gases/nvoas/vapores/aerossis. P270 No coma, beba ou fume durante a utilizao deste produto. P273 Evite a liberao no meio ambiente P280 Use luvas de proteo/roupa de proteo/proteo ocular/proteo facial. P301+P310 EM CASO DE INGESTO: Contate imediatamente um CENTRO DE INFORMAO TOXICOLGICA/mdico. P312 Caso sinta indisposio, contate um CENTRO DE INFORMAO TOXICOLGICA/mdico. P405 Armazene em local fechado a chave.

3. COMPOSIO E INFORMAES SOBRE OS INGREDIENTES

Natureza Qumica: este produto qumico uma mistura.

Ingredientes ou impurezas que contribuam para o perigo:

Nome qumico

No

CASConcentrao

Frmula Molecular

Sinnimos Classificao de

perigo

Fosfeto de Alumnio

20859-73-8

57 % AlP Monofosfeto de Alumnio

- Toxicidade aguda - Oral: Categoria 2

- Toxicidade aguda - Pele: Categoria 5

- Toxicidade aguda - Inalao: Categoria

1 - Prejuzo srio aos olhos/irritao aos

olhos: Categoria 2B - Toxicidade

sistmica ao rgo-alvo (exposio

nica e repetida): Categoria 2

- Perigo ao ambiente aqutico: Categoria

Carbamato de amnia

1111-78-0

16% H2NCOONH4 ND

Agente deslizante

ND 1 10% ND ND

Absorvente de umidade

ND 1 6% ND ND

PHOSTEK

Pgina: (4 de 20)

Data de elaborao: (dezembro/2001) Data de reviso: (21/03/2014) Nmero de Reviso: (03)

Ficha de Informaes de Segurana de Produto Qumico

Adsorvente ND 5 15% ND ND

1 - Misturas que, em

contato com a gua, desprendem gases

inflamveis: Categoria 3 Outros

ingredientes ND 10% ND ND

Sistema de classificao de perigo de acordo com o Sistema Globalmente Harmonizado para a Classificao e Rotulagem de Produtos Qumicos. Norma ABNT-NBR 14725 Parte 2:2009.

4. MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS

Medidas de primeiros socorros: levar o acidentado para um local arejado. Retirar os objetos e as roupas contaminadas coloque-os dentro de dois sacos plsticos bem fechados e encaminhe para que sejam escovados em local arejado e em seguida para lavagem. Lavar as partes do corpo atingidas com gua em abundncia e sabo. Manter a vitima aquecida (sobretudo idosos e crianas). Se o acidentado estiver inconsciente e no respirar mais, praticar oxigenao ou respirao artificial. Encaminhar ao servio mdico mais prximo levando esta ficha.

Inalao: remover a pessoa para local arejado. Se respirar com dificuldade, realizar oxigenao e consultar um mdico imediatamente. Se no estiver respirando, faa respirao artificial. Utilizar um intermedirio (tipo Ambu) para realizar o procedimento. ATENO: nunca d algo por via oral para uma pessoa inconsciente.

Contato com a pele e cabelos: elimine a poeira com gua em abundncia durante trs a cinco minutos, em seguida lave com sabo neutro. Ocorrendo efeitos/sintomas, consultar um mdico.

Contato com os olhos: lav-los imediatamente com gua em abundncia durante 15 minutos. Manter as plpebras abertas de modo a garantir enxge adequado dos olhos. Retirar lentes de contado, caso estejam sendo utilizadas. Consultar um oftalmologista caso se desenvolva irritao.

Ingesto: No provocar vmito, entretanto possvel que o mesmo ocorra espontaneamente no devendo ser evitado, deitar o paciente de lado para evitar que aspire resduos. No d nada de beber ou comer. Procure um mdico imediatamente. ATENO: nunca d algo por via oral para uma pessoa inconsciente.

Quais aes devem ser evitadas: no aplicar respirao boca a boca caso o paciente tenha ingerido o produto. Utilizar um intermedirio (tipo Ambu) para realizar o procedimento.

PHOSTEK

Pgina: (5 de 20)

Data de elaborao: (dezembro/2001) Data de reviso: (21/03/2014) Nmero de Reviso: (03)

Ficha de Informaes de Segurana de Produto Qumico

Proteo para os prestadores de primeiros socorros: evitar contato com pele e olhos, ingesto e inalao do produto durante o socorro.

Notas para o mdico: No h antdoto especfico. O tratamento sintomtico. Em caso de ingesto, administre carvo ativado de 1 a 2 g/kg para crianas e de 50 a 100 g em dose nica para adutlos. Ateno aos sintomas tardios semelhantes aos da intoxicao por via respiratria. Verifique a permeabilidade das vias respiratrias e administre 02 suplementar. Administre bronquidilatador em aerossol, em caso de broncoespasmos, aps verificao do estado cardaco faa intubao endotraqueal em caso de comprometimento respiratrio. Tratar o edema pulmonar. Monitorizar a funo renal e heptica, em caso de insuficincia renal, faa hemodilise. Em caso de hipotenso, use vasopressores (Dopamina) e administre fluidos endovenosos. Em caso de convulses use diazepnicos. Em caso de alteraes cardacas use digoxina ou bloqueadores de clcio (conforme necessrio), gluconato de clcio e sulfato de magnsio 25%. Previna arritmias em pessoas idosas. Pacientes que inalaram quantidades importantes de fosfina devem ficar em observao por 72 horas ou mais, devido ao risco de edema pulmonar e leses hepticas tardias. Pacientes sem sintomatologia devem ficar em observao durante seis horas e orientados para voltar em caso de aparecimento de alteraes de seu estado de sade.

5. MEDIDAS DE COMBATE A INCNDIO

Meios de extino apropriados: areia seca e extintor de CO2 ficar a favor do vento para evitar intoxicao.

Meios de extino no recomendados: Nunca combater o fogo com gua, o contato do produto co