pg. 13 - portal rdio uirapuru | not­cias de passo fundo ... de falar tem servido para acirrar

Download PG. 13 - Portal Rdio Uirapuru | Not­cias de Passo Fundo ... de falar tem servido para acirrar

Post on 25-Jan-2019

244 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

20 de janeiro de 2017 - Ano XIV - N 655 - R$ 0,50www.radiouirapuru.com.br

BELA

POLCIA

Advogados investigados em golpe milionrio podem ter ligao com Maurcio Dal Agnol

POLTICA

Nova regra vista como esperana para o fim dos conflitos nas demarcaes de terras

PG. 21

PG. 3

Ministro Teori entre as vtimas de acidente com avio

GERAL

Festa Campeira Regional acontece no Parque de Rodeios

PG. 19

Cristina de Castro19 anos, monitora e

sonha em ser professora

CASO DE POLCIA

Ano comea violento: 7 mortes em 19 dias

Fique por dentro

20

GERAL

Mais casamentos e menos divrcios

4

6

PG. 13

R$ 3,25Novo preo da passaginha a partir de domingo

Relator no STF da Lava-Jato havia interrompido as frias para dar andamento aos processos

13

TROCA-TROCA UIRAPURUPASSO FUNDO, 20 de janeiro de 20172

EDITORIALPosse de Donald Trump pe o mundo em suspenseCom discurso e postura que contrariam o estilo dos Estados Unidos desde o final da Segunda Guerra mundial, Donald Trump toma posse em 20 de janeiro de 2017 colocando o mundo em suspense. O que vai acontecer com a economia e a democracia mais poderosa do Planeta nas mos de um homem que nem sempre efetivamente claro em suas posies?O fato de lideres expressivos de sua prpria agremiao o Partido Conservador se manifestarem contrariados diante de decises do novo presidente apenas refora o clima de incerte-za que ele vem gerando tanto interna quanto externamente. Para o bem ou para o mal o que foi gestado nas cinzas da segunda guerra teve sempre a presena forte dos americanos e a Organizao do Tratado do Atlntico Norte, a OTAN, um exemplo disso pelo papel de equilbrio mundial que exerceu. Trump deixa a entender, porm, que esse um organismo ultrapassado. Assim, de repente?Intriga, desde logo, o comportamento agressivo do novo presi-dente em relao aos veculos de comunicao social, respon-dendo s o que lhe convm e vociferando contra reprteres que divulgam matrias que desaprova. Num pas que tem na liberdade de imprensa um de seus principais pilares isso no fato alvissareiro.Suas declaraes de que pretende impedir a entrada de muul-manos nos EE.UU e a deportar imigrantes ilegais chegaram ao ponto de criticar duramente a primeira ministra da Alemanha, ngela Merkel, que tem poltica tolerante nessa rea. Seu modo de falar tem servido para acirrar por demais as tenses que esto em ponto de ebulio nessa rea.Os ambientalistas esto de barba de molho desde que o repu-blicano se mostrou ctico quanto existncia do aquecimento global e sua equipe de governo j estaria analisando formas de romper com o Acordo de Paris, que, s duras penas, entrou em vigor no dia 4 de novembro de 2016.No campo da economia Trump acena para mudanas radicais ao questionar o processo de globalizao dando nfase ao que se chama de nacionalismo. Ele desconformou a Unio Europeia ao dizer que certos esto os ingleses com seu Brexit. Um recado indstria automobilstica alem deixou muitos de cabelo em p: carro alemo fabricado no Mxico s entra nos Estados Unidos com uma taxao de 35%. Com essa viso ele j foi cutu-cado pelo governo chins, para quem fechar portas no uma politica que interessa ao seu Pas.O que ele pensa e pretende em relao ao Brasil e Amrica do Sul sabe-se menos ainda. Durante sua campanha essa parte do mundo no existiu em seu discurso. Mas, com certeza, o que fizer vai influenciar em muito nossa economia.Escondendo seu imposto de renda, apelando ao nepotismo, com crticas chulas a seus adversrios, desrespeitoso com mu-lheres, com declaraes que beiram ao racismo Donald Trump j tem, tambm, um bom rol de inimigos. H que o tema mais do que os terrorista as do Estado Islmico. A democracia americana tem mecanismos para impedir aven-turas populistas to comuns em pases terceiro-mundistas? O tempo dir. Na real ele ganhou uma eleio dentro das regras de seu pas tem um perodo de quatro anos pela frente, e nada mais resta do que esperar que Trump comece a colocar em prtica o que pensa.

IMAGEM DA SEMANA

PIS 2015 comea a ser liberado para nascidos em janeiro e fevereiroOs trabalhadores que nasceram em janeiro e fevereiro podem sacar o abono salarial do PIS referente a 2015. O benefcio, no valor de um salrio mnimo (R$ 937,00), deve ser sacado na Caixa Econmica Federal, nos terminais das agncias e casas lotricas, sendo necessrio o Carto Cidado. Tem direito ao abono quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2015 e teve remunerao mdia de at dois salrios mnimos. Alm da posse do Carto do Cida-do, que pode ser adquirido em uma agncia da Caixa, o trabalhador precisa estar inscrito no PIS/PASEP h, pelo menos, cinco anos e a empresa onde ele trabalha deve ter informado seus dados corretamente na Relao Anual de Informao Social (RAIS). Os trabalhadores que nasceram nos meses de maro e abril podero efetuar o saque do abono salarial a partir do dia 16 de fevereiro de 2017. J quem nasceu em maio ou junho s podero ter acesso a esse abono a partir de 16 de maro de 2017. Quem no sacar o abono perder o valor, que retorna para o governo.

Fundao: 01 de maro de 2002.Direo: Jernimo de Paiva Fragomeni Margareth Markus

Jornalista Responsvel: Dalci Debastiani - DRT-RS 9169Impresso: Zero Hora - TIRAGEM: 9.000 exemplares

Coordenadora Geral: Ieda Almeida

Fone p/ Contato Comercial: (54) 2104.1600AV. 7 DE SETEMBRO, 161 - CENTRO - PASSO FUNDO

CEP: 99.010-121- Fones: 2104.1600 - 2104.1607 - 2104.1605 9149.2064 (whatsApp)

e-mail: comercial@radiouirapuru.com.brjornal@radiouirapuru.com.br - site: www.radiouirapuru.com.br

NOTA DA DIREO: Os negcios realizados em funo dos anncios do TROCA-TROCA, so de inteira responsabilidade das partes interessadas. No cobramos qualquer tipo de comisso. Os valores anunciados so de responsabilidade dos anunciantes, salvo erro de impresso.

Escola de Atores Passo Fundo a Capital Nacional da Literatura e terra de atores apaixonados pelo Teatro. Os alunos da turma de quarta foram espalhar Teatro, poesia e msica pelo cotidiano da cidade. Apresentaes na Praa Marechal Floriano, junto a Cuia, que um dos smbolos do nosso municpio e em outros pontos da cidade.

TROCA-TROCA UIRAPURUPASSO FUNDO, 20 de janeiro de 2017 3Nova regra de demarcao de Terras Indgenas vai diminuir poder da Funai

Ser criado Grupo Tcnico Especializado (GTE), que ter o propsito de fornecer subsdios em assuntos que envolvam demarcao de terra indgena.

O clima de permanente conflito entre agri-cultores e ndios em localidades ameaadas de desapropriao ganhou um ingrediente que pode se tornar uma esperana na busca por paz nestes territrios. Em portaria publi-cada nesta quarta-feira (18), no Dirio Oficial da Unio, o ministro da Justia, Alexandre de Moraes, muda as regras para os processos de demarcao de terras indgenas em todo Brasil.

Ser criado um grupo tcnico, compos-to por consultoria jurdica do ministrio da Justia, da Secretaria de Direitos Humanos e da Secretaria da Igualdade Racial e da Funai.

Para elaborar o parecer, o GTE ter de verificar, entre outros pontos: - Provas da ocupao e do uso his-tricos das terras e dos recursos por membros da comunidade, bem como da reunio das condies necessrias para a caracterizao do territrio para o desenvolvimento da comunidade;- O desenvolvimento de prticas tra-dicionais de subsistncia e de rituais, bem como a delimitao de terra em extenso e qualidade suficiente para a conservao e o desenvolvimento de seus modos de vida;- Demonstrao de que a terra garante o exerccio contnuo das ati-vidades de que obtm o seu sustento, incluindo a sua viabilidade econmi-ca, e das quais dependa a preserva-o de sua cultura;

O delegado Mrio Luiz Vieira, da Polcia Federal, que comandou inmeras operaes em terras indge-nas e em reas que esto sen-do disputadas por ndios e agricultores citou que com a mudana na forma de de-marcao, a tendncia de soluo para essas reas em

litgio. Temos vrios exem-plos que a insegurana atual gerava os conflitos. No Passo Grande da Forquilha a reser-va no foi demarcada, mas os ndios invadiram, entra-ram em conflito com os agri-cultores e se gerou um clima de guerra, afirmou.

O policial acredita que

os agricultores e ndios de-vem ficar podem ficar mais tranquilos. Porque have-r uma organizao maior. Acredito que esses confli-tos, agora no existiro. Vai haver uma formalizao, algo que a polcia, os agri-cultores e at os ndios rei-vindicavam.

Alvio para agricultores e indgenas

Polcia Federal e Brigada Militar j tiveram que intervir em vrias ocasies onde ndios e agricultores entraram em conflito na disputa por terras

30 processos no Rio Grande do Sul Aqui na Regio de Passo Fundo, propriedades nos muni-

cpios de Erebango, Getlio Vargas, Erechim, Sananduva e Mato Castelhano tem agricultores que temem perder o direi-to a terra. Conforme as regras atuais as demarcaes ocor-rem baseadas em laudos antropolgicos, feitos por tcnicos contratados pela Funai. Essas informaes so repassadas ao Ministro da Justia que tem a palavra final. J existe uma de-ciso do Supremo Tribunal Federal (STF) que definiu regras para esses processos. Acontece que no estavam sendo res-peitados. Agora, essa portaria consolidou essas condies. A cobrana que vinhamos fazendo no governo surtiu um efeito positivo, avaliou o deputado federal Luiz Carlos Heinze (PP).

O parlamentar explica que agora vem uma nova etapa, que da reviso de todos os processos em andamento, inclusi-ve os que j possuem alguma deciso. Na reserva do Mato Preto, ai em Getlio Vargas, Erebango e Erechim, os ndios foram colocados por algum em 2003 e ali esto acampados, sem a mnima estrutura. Essa situao gera os conflitos e va-mos trabalhar para revisar todos esses processos, destacou.