perÍodo regencial – 1831 - 1840 - ?· obs: o período regencial encerra o primeiro reinado ......

Download PERÍODO REGENCIAL – 1831 - 1840 - ?· Obs: O Período Regencial encerra o Primeiro Reinado ... Padre…

Post on 09-Feb-2019

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

PERODO REGENCIAL 1831 - 1840

1831_________________________________________________1840

7 de Abril Abdicao deD. Pedro I

Golpe daMaioridade deD. Pedro II

O Perodo Regencial corresponde ao perodo da Histria, em queo Brasil foi governado por Regentes

REGENTES so governantes que substituem o rei ou Imperador se forem menores de idade, caso de doenas ou outro impedimento.

O Perodo Regencial subdivide-se em:

Regncia TrinaProvisria

Regncia TrinaPermanente

Regncia Una

Obs: O Perodo Regencial encerra o Primeiro Reinado

Em 7 de Abril de 1831 D. Pedro I, abdicou o trono brasileiroem favor de seu filho, D. Pedro II, que contava com apenascinco anos de idade.

O que estabelecia a Constituio do Brasil em caso deVacncia do trono e na impossibilidade do novo Imperador

Governar?

Por qu esse perodo ficou conhecido como uma experinciaRepublicana?

A Constituio de 1824, determinava que em caso de vacncia( trono vago ), o Brasil deveria ser governado por TRS REGENTESeleitos pela Assemblia da o termo Regncia Trina

Porque os Regentes seriam eleitos pela Assemblia ( deputadose Senadores )

Os Regentes provisrios: Lima e Silva, Vergueiro e Marqus de Caravelas

1 Regncia Trina Provisria - 1831

POR QUE ESSA REGENCIA FOI PROVISRIA?

Por que em Abril, ms da Abdicao, os parlamentares ( deputados )estavam em recesso ( frias), ento formou-se um governo provisrio.

QUE MEDIDAS A REGNCIA TRINA PROVISRIA TOMOU?

readmitiu o ministrio brasileiro, deposto por D. Pedro I

concedeu anistia ( perdo ) a preso polticos

expulsou os estrangeiros do exrcito brasileiro

suspendeu durante esse perodo o Poder Moderador

REGNCIA TRINA PERMANENTE

REGENTES ELEITOS : Jos da Costa Carvalho ( Sul)

Brulio Muniz ( do Nordeste )

Francisco de Lima e Silva

Padre Diogo Antnio Feij homem forte do Perodo Regencial

foi nomeado Ministro da Justia

em 1831 criou a Guarda Nacional,composta por ricos proprietrios rurais

Objetivo: manter a ordem e defender ogoverno, pois o Exrcito no inspiravamais confiana aos poderosos.

ATO ADICIONAL DE 1834

O QUE UM ATO ADICIONAL? uma modificao ( reforma ) na Constituio

Em 1834 foi realizada a 1 reforma na Constituio do Brasil,atravs do Ato Adicional que estabeleceu:

a substituio da Regncia Trina pela Uma a extino do Conselho de Estado ( criado pela Constituio de 1824) maior autonomia para as provncias ( os estados )

ATENO

autonomia ter liberdade as provncias queriam liberdade paraescolherem seu prprio governo

LEMBRANDO os presidentes das provncias eram nomeados pelogoverno D. Pedro I e II atualmente, os governadoresso eleitos pelo povo, portanto, os estados tmautonomia poltica.

REGNCIA UNAS

Regncia Uma de Feij

Regncia Uma de Arajo Lima

REGENTE PADRE ANTNIO FEIJ 1835 37

era Liberal a favor da autonomiaprovincial ( liberdade para as provncias

elegerem seu prprio governo )

apesar de Liberal era autoritrio enfrentou duas revoltas:

Cabanagem ParFarroupilha- Rio Grande do Sul

incapaz de manter a ordem e semapoio da Assemblia para governarrenunciou ao cargo aps dois anosde governo

REGNCIA UNA DE ARAJO LIMA 1837 40

Era representante dos CONSERVADORES

anulou todas as reformas dos Liberais

formou um no novo Ministrio MINISTRIODAS CAPACIDADES

enfrentou mais duas revoltas:

SABINADA BahiaBALAIADA - Maranho

1840 decreta a LEI INTERPRETATIVA DO ATO ADICIONAL foi uma nova reforma na Constituioque modificava o ATO ADICIONAL de 1824.

essa lei acabou com a autonomia provincial isto , com a liberdade das provncias elegerem seus governantes

Vrios movimentos revolucionrios explodiam pelo Brasil

e ameaavam a unidade brasileira ( a unio territorial do Brasil )

QUE AMEAA DE VERMOS O BRASIL FRAGMENTADO !!!!!!!!!

Farroupilha- Rio G. do Sul

Sabinada - Bahia

Mals - BahiaBalaiada Maranho

Cabanagem Par