Perfil do Grupo Andrade Gutierrez - 10/documents/Andrade... · O Grupo Andrade Gutierrez é um dos…

Download Perfil do Grupo Andrade Gutierrez - 10/documents/Andrade... · O Grupo Andrade Gutierrez é um dos…

Post on 09-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li><p>Relatrio Anual 2004</p><p>Rela</p><p>tri</p><p>o Anu</p><p>al 2</p><p>004 </p><p> And</p><p>rade</p><p> Gut</p><p>ierr</p><p>ez S</p><p>.A.</p><p>Perf</p><p>il do</p><p> Gru</p><p>po A</p><p>ndra</p><p>de G</p><p>utie</p><p>rrez</p><p>O Grupo Andrade Gutierrez um dos maiores conglomerados privados da Amrica</p><p>Latina, com receita bruta, em 2004, de R$ 4,371 bilhes. Ns somos uma organizao</p><p>que tem os olhos voltados para o futuro. Aps mais de meio sculo de existncia,</p><p>continuamos empenhados na constante modernizao de nossa gesto, por meio</p><p>do aperfeioamento de nossas prticas de governana corporativa. Alm disso,</p><p>continuamos a nos orgulhar da importncia que tem para ns a responsabilidade</p><p>social. Tendo, como nosso guia, fortes valores e o foco em pessoas, estamos </p><p>passando por um vigoroso processo de revitalizao, e registramos altos ndices </p><p>de performance, excelncia e competitividade, tanto no Brasil como no Exterior.</p><p>Nossos alicerces esto em trs grandes reas de negcios: Engenharia e Construo,</p><p>Concesses de Servios Pblicos e Telecomunicaes. Cada uma dessas operaes</p><p>atua de forma independente, porm sinrgica, o que garante maior agilidade e </p><p>retorno sobre o investimento.</p><p>AG Engenharia e Construo Com atuao no Brasil e no Exterior.</p><p>AG Concesses A empresa atua nos setores rodovirio, aeroporturio e de gua</p><p>e saneamento ambiental.</p><p>AG Telecomunicaes A misso da holding gerenciar as participaes do Grupo</p><p>nas empresas do setor e identificar novas oportunidades de negcios.</p><p>TelecomunicaesConcessesEngenharia</p><p> Telefonia Fixa Telefonia Mvel Comunicao de Dados Contact Center Internet</p><p> Presidncia e Vice-Presidncia Finanas Controle Corporativo Estratgia de Negcios Desenvolvimento Jurdico Corporativo Comit de Negcios</p><p> Rodovias Saneamento Aeroportos</p><p> Brasil Internacional</p><p>Andrade Gutierrez S.A.</p><p>Conselho de Administrao</p></li><li><p>Relatrio Anual 2004</p><p>Rela</p><p>tri</p><p>o Anu</p><p>al 2</p><p>004 </p><p> And</p><p>rade</p><p> Gut</p><p>ierr</p><p>ez S</p><p>.A.</p><p>Perf</p><p>il do</p><p> Gru</p><p>po A</p><p>ndra</p><p>de G</p><p>utie</p><p>rrez</p><p>O Grupo Andrade Gutierrez um dos maiores conglomerados privados da Amrica</p><p>Latina, com receita bruta, em 2004, de R$ 4,371 bilhes. Ns somos uma organizao</p><p>que tem os olhos voltados para o futuro. Aps mais de meio sculo de existncia,</p><p>continuamos empenhados na constante modernizao de nossa gesto, por meio</p><p>do aperfeioamento de nossas prticas de governana corporativa. Alm disso,</p><p>continuamos a nos orgulhar da importncia que tem para ns a responsabilidade</p><p>social. Tendo, como nosso guia, fortes valores e o foco em pessoas, estamos </p><p>passando por um vigoroso processo de revitalizao, e registramos altos ndices </p><p>de performance, excelncia e competitividade, tanto no Brasil como no Exterior.</p><p>Nossos alicerces esto em trs grandes reas de negcios: Engenharia e Construo,</p><p>Concesses de Servios Pblicos e Telecomunicaes. Cada uma dessas operaes</p><p>atua de forma independente, porm sinrgica, o que garante maior agilidade e </p><p>retorno sobre o investimento.</p><p>AG Engenharia e Construo Com atuao no Brasil e no Exterior.</p><p>AG Concesses A empresa atua nos setores rodovirio, aeroporturio e de gua</p><p>e saneamento ambiental.</p><p>AG Telecomunicaes A misso da holding gerenciar as participaes do Grupo</p><p>nas empresas do setor e identificar novas oportunidades de negcios.</p><p>TelecomunicaesConcessesEngenharia</p><p> Telefonia Fixa Telefonia Mvel Comunicao de Dados Contact Center Internet</p><p> Presidncia e Vice-Presidncia Finanas Controle Corporativo Estratgia de Negcios Desenvolvimento Jurdico Corporativo Comit de Negcios</p><p> Rodovias Saneamento Aeroportos</p><p> Brasil Internacional</p><p>Andrade Gutierrez S.A.</p><p>Conselho de Administrao</p></li><li><p>Indicadores AG</p><p>Indicadores Econmicos e Financeiros (R$ milhes)</p><p>2000 2001 2002 2003 2004</p><p>Receita Operacional Bruta 2.686 3.108 3.456 3.850 4.371</p><p>Receita Operacional Lquida 2.326 2.638 2.904 3.180 3.643</p><p>Resultado Operacional Bruto 684 708 730 1.011 1.259</p><p>EBITDA 642 654 773 902 961</p><p>Resultado Financeiro Lquido 90 71 (79) (38) (101)</p><p>Lucro Lquido do Exerccio (54) 141 47 342 58</p><p>Ativos Totais 6.401 8.252 8.058 8.411 7.962</p><p>Patrimnio Lquido 2.666 2.826 2.846 3.039 3.070</p><p>Endividamento Lquido 778 1.492 1.954 1.303 872</p><p>2000: pro forma.</p><p>EBITDA(R$ milhes)</p><p>2000 2001 2002 2003 2004</p><p>642</p><p>654 7</p><p>73</p><p>902 96</p><p>1</p><p>Composio da Receita Bruta (em %)</p><p>39</p><p>9</p><p>52</p><p>Concesses</p><p>Engenharia</p><p>Telecomunicaes</p><p>Receita Operacional Bruta (R$ milhes)</p><p>2000 2001 2002 2003 2004</p><p>2.68</p><p>6 3.10</p><p>8</p><p>3.45</p><p>6 3.85</p><p>0 4.37</p><p>1</p></li><li><p>Indicadores AG</p><p>Indicadores Econmicos e Financeiros (R$ milhes)</p><p>2000 2001 2002 2003 2004</p><p>Receita Operacional Bruta 2.686 3.108 3.456 3.850 4.371</p><p>Receita Operacional Lquida 2.326 2.638 2.904 3.180 3.643</p><p>Resultado Operacional Bruto 684 708 730 1.011 1.259</p><p>EBITDA 642 654 773 902 961</p><p>Resultado Financeiro Lquido 90 71 (79) (38) (101)</p><p>Lucro Lquido do Exerccio (54) 141 47 342 58</p><p>Ativos Totais 6.401 8.252 8.058 8.411 7.962</p><p>Patrimnio Lquido 2.666 2.826 2.846 3.039 3.070</p><p>Endividamento Lquido 778 1.492 1.954 1.303 872</p><p>2000: pro forma.</p><p>EBITDA(R$ milhes)</p><p>2000 2001 2002 2003 2004</p><p>642</p><p>654 7</p><p>73</p><p>902 96</p><p>1</p><p>Composio da Receita Bruta (em %)</p><p>39</p><p>9</p><p>52</p><p>Concesses</p><p>Engenharia</p><p>Telecomunicaes</p><p>Receita Operacional Bruta (R$ milhes)</p><p>2000 2001 2002 2003 2004</p><p>2.68</p><p>6 3.10</p><p>8</p><p>3.45</p><p>6 3.85</p><p>0 4.37</p><p>1</p></li><li><p>1</p><p>sumrioN</p><p>egc</p><p>ios</p><p>02 Histria</p><p>03 Valores AG</p><p>04 Mensagem da Administrao</p><p>06 Engenharia e Construo</p><p>16 Concesses</p><p>24 Telecomunicaes</p><p>32 Governana Corporativa</p><p>34 Sistemas de GestoGesto Financeira</p><p>Gesto de Riscos</p><p>Gesto de Ativos Intangveis</p><p>Gesto Integrada</p><p>42 Responsabilidade Social e AmbientalMeio Ambiente</p><p>Gesto de Pessoas</p><p>Investimento Social</p><p>52 Desempenho Econmico-Financeiro</p><p>54 Informaes Corporativas</p><p>57 Demonstraes Contbeis Auditadas</p></li><li><p>2</p><p>1948</p><p>Dcada de 50</p><p>Dcada de 60</p><p>Dcada de 70</p><p>Dcada de 80</p><p>Dcada de 90</p><p>Anos 2000</p><p>His</p><p>tri</p><p>aFlvio Gutierrez, Gabriel Andrade e Roberto Andrade tinham um trator e uma idia na cabea: construir estradas pelo Brasil afora. Em 2 de setembro, nascia a ConstrutoraAndrade Gutierrez S.A., em Belo Horizonte (MG). Inicialmente, fazamos pequenos servios de urbanizao na capital mineira.</p><p>Com a BR 3, que ligava o Rio de Janeiro a Belo Horizonte, partimos definitivamentepara a construo de estradas. Desde ento, passamos a investir cada vez maisna capacitao tcnica e administrativa de nossa empresa, sempre buscando osmais altos nveis de excelncia e profissionalismo.</p><p>A Rodovia Castelo Branco, alm de ter sido um grande desafio do ponto de vistatcnico, foi a obra que marcou nossa entrada no mercado de So Paulo. Em 1968,em meio a chuvas constantes e a solos encharcados, comearamos a construir aBR 319 (ManausPorto Velho), que viria a ser mais uma grande demonstrao denossa competncia e habilidade de contornar os mais difceis obstculos.</p><p>Em franca expanso, o Brasil investia como nunca em infra-estrutura, energia e transportes. Graas a nosso pioneirismo no desenvolvimento de tecnologia de ponta, erguemos usinas hidreltricas como Itaipu, Salto Osrio e Foz de Areia e realizamos grandes obras, como a Ferrovia do Ao, entre Minas Gerais e o Rio de Janeiro.</p><p>O desaquecimento da economia exigiu de ns uma nova postura. Aprendemos a utilizarnossa experincia acumulada para diversificar nossas operaes para atividades como minerao, indstria qumica e prospeco de petrleo no Brasil. Decidimos, alm disso,que era hora de conquistar o mercado externo. O projeto de estria foi uma estrada no Congo, frica. Ainda na dcada de 80, executamos o primeiro contrato em regime de turn key: a construo do complexo industrial de Porto Trombetas, no Par.</p><p>A dcada de 90 foi marcada pelo avano da iniciativa privada nos setores de infra-estrutura. Modernizamos, ento, nosso modelo de gesto e adequamos nossa estrutura de negcios nova realidade. Confirmando nosso perfil cada vez mais forte de grupo investidor em empresas de infra-estrutura, passamos a fazer parte do controle de grandes grupos, como Telemar (telecomunicaes), Sanepar (sanea-mento) e CCR Companhia de Concesses Rodovirias (rodovias).</p><p>O sculo 21 comeou com a criao da holding Andrade Gutierrez S.A. e a definio dofoco do grupo em Engenharia e Construo,Telecomunicaes e Concesses Pblicas.Em 2001, a entrada do International Finance Corporation (IFC), brao do Banco Mundial,no capital da AG Concesses fortaleceu a posio da empresa, tanto no relacionamentoinstitucional como em sua capacidade de investimento.</p></li><li><p>3</p><p>PaixoFazemos as coisas com paixo, com vontade e com determinao. Ns nos envolvemos em cada </p><p>projeto, empregando nossas mentes e coraes para fazer um trabalho bem-feito, para construir </p><p>um motivo de orgulho, para nos emocionar ao vermos que estamos construindo grandeza.</p><p>No final, o nosso amor pelo que fazemos que far com que saiamos vitoriosos. o prazer de </p><p>trabalhar em equipe com nossos colegas. O prazer de ver um cliente sorrindo. O orgulho de fazer </p><p>parte de uma coisa grandiosa. O orgulho de fazer parte da Famlia Andrade Gutierrez.</p><p>ExcelnciaNs, como empresa, e cada um de ns, como indivduo, seremos os melhores e jamais nos conformaremos</p><p>com nada menos do que isso. Somos pessoas de iniciativa e temos fixao por estar sempre criando e</p><p>perseguindo novas oportunidades de lucro e crescimento para ns e nossos clientes. Somos inconformados</p><p>em nossa busca por excelncia, competncia, e perfeio, tanto como indivduos quanto como empresa.</p><p>Sermos os melhores a nica coisa que nos manter sempre frente.</p><p>Desempenho EconmicoNs estamos aqui para criar lucro econmico (EVA). O lucro a forma</p><p>mais precisa e abrangente de saber se estamos sendo os melhores.</p><p>O tamanho de nosso lucro mede quanto nossos clientes valorizam</p><p>nossos servios e nossa eficincia ao prest-los. O lucro beneficia a </p><p>todos ns. o lucro que d retorno aos acionistas e gera recursos para</p><p>as participaes de executivos, gerentes e funcionrios. Mais importante:</p><p>o lucro nossa fonte para investimentos que geram crescimento que,</p><p>por sua vez, cria gratificantes oportunidades de carreira. Quando </p><p>o lucro diminui, todos ns sofremos.</p><p>O Grupo Andrade Gutierrez movido pelo trip Paixo, Excelncia e Desempenho Econmico.</p><p>Sob a bandeira de cada uma dessas palavras, o Grupo AG pavimenta a sua estratgia de atuao </p><p>e de expanso no Brasil e no Exterior. Pautada pelo trip AG, a companhia avana no mercado com</p><p>eficincia, transparncia e viso de longo prazo.</p><p>Valores AG</p></li><li><p>4</p><p>Com mais de meio sculo de existncia, o Grupo</p><p>Andrade Gutierrez cresceu com a convico </p><p>de que necessrio estar capacitado para bus-</p><p>car resultados diante de todas as conjunturas</p><p>econmicas. Por conta dessa postura, superamos</p><p>os cenrios adversos dos anos anteriores sem</p><p>deixar de investir e apostar em negcios com</p><p>potencial de crescimento sustentvel. Em 2004,</p><p>colhemos os frutos de nossa viso de longo </p><p>prazo. O ano marcou a retomada da economia</p><p>brasileira, com crescimento do Produto Interno</p><p>Bruto (PIB) de 5,2%. Os bons ventos dessa </p><p>expanso a maior desde 1994, ano do incio </p><p>do Plano Real foram ainda mais positivos no </p><p>setor da construo civil, que teve incremento </p><p>de 5,7%. Ns alcanamos uma receita de </p><p>R$ 4,4 bilhes, com EBITDA de R$ 961 </p><p>milhes e lucro de R$ 58 milhes.</p><p>Para ns, esse desempenho sinaliza que estamos</p><p>no caminho certo ao apostar em nossa estrat-</p><p>gia de expanso com foco em trs setores:</p><p>Engenharia e Construo, Telecomunicaes e</p><p>Concesses de Servios Pblicos. Em todas essas</p><p>reas, o ano de 2004 foi positivo, com resultados</p><p>consistentes e perspectivas de crescimento. E, na</p><p>verdade, isso nos deixa cada vez mais prximos</p><p>de nossa misso de construir e cuidar da infra-</p><p>estrutura de nosso planeta.</p><p>A filosofia do Grupo, baseada no Trip AG </p><p>(paixo, excelncia e desempenho econmico),</p><p>esteve mais presente do que nunca em 2004.</p><p>Nosso foco cada vez maior em pessoas nos </p><p>trouxe grandes resultados em produtividade e</p><p>eficincia e nos deixa orgulhosos de ter o que </p><p>, em nossa opinio, o melhor time do Brasil. E</p><p>esse time foi fundamental para superarmos os</p><p>resultados almejados.</p><p>A Construtora Andrade Gutierrez obteve em</p><p>2004 importante evoluo nos principais indi-</p><p>cadores, alcanando um resultado operacional</p><p>bruto de R$ 383 milhes, que representa um </p><p>valor 41% superior ao registrado em 2003, alm</p><p>do excelente resultado de gerao operacional</p><p>de caixa (EBITDA), que atingiu R$ 143 milhes.</p><p>Na diviso de Engenharia Internacional, consoli-</p><p>damos nossa participao no Exterior, com obras</p><p>no Peru, Equador e Repblica Dominicana so-</p><p>mando-se forte atuao em Portugal. No Brasil,</p><p>a empresa manteve sua posio de destaque,</p><p>Mensagem da Administrao</p></li><li><p>5</p><p>com obras como a ampliao da Refinaria </p><p>Alberto Pasqualini, a usina hidreltrica de Peixe,</p><p>no rio Tocantins, e a construo do alto-forno 3</p><p>da Companhia Siderrgica de Tubaro (CST).</p><p>O ano de 2004 marcou, tambm, a Andrade </p><p>Gutierrez Concesses, que conquistou seu </p><p>primeiro contrato no Exterior ao ingressar no </p><p>capital da Corporacin Quiport S.A., empresa </p><p>responsvel pela implantao do novo aeroporto</p><p>da cidade de Quito, no Equador. No segmento de</p><p>rodovias, a Companhia de Concesses Rodovirias</p><p>(CCR), empresa da qual participamos do controle,</p><p>incorporou a Viaoeste e consolidou a posio </p><p>de maior empresa do setor na Amrica Latina.</p><p>Atenta ao pblico que trafega em suas rodovias </p><p>e s comunidades prximas, a CCR desenvolveu </p><p>programas sociais e ambientais reconhecidos </p><p>nacional e internacionalmente.</p><p>No setor de telecomunicaes, tambm h muito</p><p>o que comemorar. A Tele Norte Leste Participaes</p><p> Telemar, holding da qual a Andrade Gutierrez </p><p>participa no grupo de controle, j ultrapassa a </p><p>marca de 20 milhes de clientes, alm de receber</p><p>prmios importantes, como o de Empresa do Ano,</p><p>concedido pelo Anurio Telecom. A Oi, criada </p><p>h pouco mais de dois anos, registrou o impressio-</p><p>nante crescimento de 76,3% em relao a 2003.</p><p>A Contax, lder no mercado brasileiro de call </p><p>center, est entre as maiores empregadoras do </p><p>Pas e a maior do ramo.</p><p>Para ns, a responsabilidade social no apenas</p><p>exigncia dos tempos modernos, mas uma im-</p><p>portante base para o desenvolvimento de nossa</p><p>empresa. No estar atento a isso seria deixar de</p><p>atuar em favor da perpetuao de nosso Grupo.</p><p>Sabemos que qualidade ambiental e qualidade</p><p>de vida devem evoluir em conjunto com o </p><p>crescimento econmico. O Grupo Andrade </p><p>Gutierrez est voltado para o sculo 21 e, por isso,</p><p>somos pioneiros quando o assunto qualidade,</p><p>meio ambiente, sade e segurana ocupacional.</p><p>Em 2005, vamos ampliar nossas conquistas.</p><p>Usaremos o ano de forma sbia para abrir</p><p>caminho para o futuro, sem jamais deixar </p><p>de fortalecer cada vez mais nossas bases: a </p><p>paixo, a excelncia e o desempenho econ-</p><p>mico. Faremos isso usando a maior e mais </p><p>poderosa de nossas ferramentas: nosso time.</p></li><li><p>6</p><p>Engenharia e O ano de 2004 foi altamente positivo</p><p>para a Construtora Andrade Gutierrez.</p><p>Houve significativa evoluo nos </p><p>principais indicadores. O resultado</p><p>operacional bruto somou R$ 383 </p><p>milhes, o que representa 41% acima</p><p>do que foi registrado em 2003 e</p><p>116,1% em comparao com 2002.</p><p>A receita operacional bruta totalizou</p><p>R$ 1,7 bilho, desempenho 26,8% </p><p>acima do registrado em 2003.</p><p>Esse resultado reflete uma estratgia</p><p>de atuao estruturada a partir de</p><p>avaliaes criteriosas do mercado e</p><p>de um planejamento eficaz e din-</p><p>mico. Essa postura permitiu que,</p><p>nos ltimos anos, a empresa fizesse</p><p>ajustes, tanto comerciais como ope-</p><p>racionais, que resultaram em claros</p><p>efeitos positivos em 2004.</p><p>Para agregar ainda mais valor a </p><p>nossos j altssimos padres de </p><p>excelncia e de competitividade, a</p><p>Construtora Andrade Gutierrez ini-</p><p>ciou, em 2004, a implantao do </p><p>Balanced Scorecard, uma das mais</p><p>respeitadas ferramentas de gesto</p><p>estratgica empresarial. O principal</p><p>objetivo direcionar os esforos de</p><p>nossos colaboradores, definindo cla-</p><p>ramente metas, objetivos e respon-</p><p>sabilidades para cada um de ns. A</p><p>nova ferramenta de gesto est sen-</p><p>do implantada em toda a organiza-</p><p>o, no Brasil e no Exterior.</p><p>Em 2004, a carteira de contratos foi</p><p>renovada e alcanou o mesmo nvel</p><p>de 2003, ou seja, R$ 4,6 bilhes.</p><p>A competncia da Construtora </p><p>Andrade Gutierrez foi reconhecida</p><p>pelo mercado internacional com </p><p>premiaes importantes, em 2004,</p><p>como o 1- lugar no Prmio de Quali-</p><p>dade da Petrobras/Engenharia/IERC,</p><p>alcanado pelo segundo ano conse-</p><p>cutivo, e o 1- lugar no Prmio de SMS</p><p>da Petrobras/Engenharia/IERC, com a</p><p>obra de Hidrotratamento de Diesel </p><p>da REDUC. A obra de ampliao do </p><p>Aeroporto da Ilha da Madeira, reali-</p><p>zada por um consrcio liderado pela </p><p>Zagope, subsidiria da Andrade </p><p>Gutierrez em Portugal, conquistou o</p><p>Prmio IABSE Ostra 2004, concedido</p><p>pela IABSE International Association</p><p>For Bridge and Structural Engineering.</p><p>A Construtora recebeu o Prmio Nas-</p><p>cente do Rio Tiet, concedido a todas</p><p>as empresas de So Paulo certificadas</p><p>pela norma ISO 14001, que, com isso,</p><p>buscam e reconhecem a gesto am-</p><p>biental como ferramenta indispens-</p><p>vel para a sustentabilidade.</p></li><li><p>7</p><p>ConstruoEnauro Garcia de Oliveira,</p><p>funcionrio da ETE Ona(BH): um dos ganhadores</p><p>do prmio Paixo em 2004</p><p>Excelncia e competitividade global</p></li><li><p>8</p><p>Atuando de forma gil e competente,</p><p>conseguimos aproveitar o aqueci-</p><p>mento da economia brasileira para</p><p>conquistar um importante aumento </p><p>na receita operacional bruta dos neg-</p><p>cios realizados no Brasil, que totalizou </p><p>R$ 910,6 milhes. Comparado com</p><p>2003, o crescimento foi da ordem de</p><p>54%. Em termos de gerao operacio-</p><p>nal de caixa (pelo conceito EBITDA),</p><p>tambm conseguimos uma brilhante</p><p>recuperao: atingimos R$ 71,7 milhes</p><p>em 2004, diante do resultado negativo</p><p>de R$ 21,2 milhes do ano anterior.</p><p>A seguir, os principais projetos que </p><p>esto em execuo.</p><p>OBRAS INDUSTRIAIS</p><p> Ampliao da Refinaria </p><p>Alberto Pasqualini (REFAP S.A.),</p><p>da Petrobras. Inclui servios de</p><p>construo civil, montagem eletro-</p><p>mecnica, testes, condicionamento,</p><p>assistncia pr-operao e partida </p><p>e operao assistida das unidades </p><p>off-sites e suas interligaes. O </p><p>contrato foi assinado em 2003 e </p><p>a concluso est pre

Recommended

View more >