perfil demográfico de trabalhadores permanentes na ...cac-php. ?· indústria madeireira,...

Download Perfil demográfico de trabalhadores permanentes na ...cac-php. ?· indústria madeireira, especificamente…

Post on 23-Jan-2019

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1

    I CINGEN- Conferncia Internacional em Gesto de Negcios 2015 Cascavel, PR, Brasil, 16 a 18 de novembro de 2015 UNIOESTE-Universidade Estadual do Oeste do Paran CCSA-Centro de Cincias Sociais Aplicadas

    Perfil demogrfico de trabalhadores permanentes na indstria madeireira de Francisco Beltro/PR

    Rosani Maria Rufatto (UNIOESTE) rosani.rufatto@hotmail.com

    Kellerman Godarth (UFRGS) kgodarth@gmail.com

    Resumo:

    O desenvolvimento econmico e social de um pas est baseado no aumento da produo industrial e neste contexto a madeira se torna uma das matrias-primas fundamentais para um contnuo crescimento. Para tanto, reter profissionais com o perfil ideal para este ramo de atividade uma tarefa complexa, pois as atividades desenvolvidas so na maioria manuais, exigindo habilidade e agilidade por quem as desempenha. Baseado nestas premissas desenvolveu-se um estudo, que buscou atravs de observaes, entrevistas e anlise de documentos, diagnosticar o perfil demogrfico ideal de trabalhadores permanentes na indstria madeireira, especificamente em uma indstria de compensados de Francisco Beltro/Pr. Atravs dos resultados obtidos, foi averiguado que a maioria dos colaboradores apresenta idade superior a trinta e sete anos, casados, tendo como escolaridade ensino fundamental incompleto. Ainda, referente idade no quesito rotatividade, nota-se uma grande movimentao entre dezoito e trinta e seis anos, ou seja, tal pblico no se satisfaz com o trabalho desenvolvido, vislumbrando outras oportunidades no mercado de trabalho. O mesmo visualiza-se no fator escolaridade, mais precisamente no ensino mdio. Aos funcionrios ativos, percebe-se uma grande satisfao com a atividade que realizam, com o relacionamento com os colegas e chefia, assim como tambm com o salrio e benefcios, alm do clima no ambiente de trabalho, os quais consideram harmonioso, pacficos, onde o respeito e a valorizao pela equipe se faz notria, o que torna a equipe coesa e eficiente, atendendo as necessidades da empresa, garantindo uma melhor qualidade de vida no trabalho.

    Palavras-chave: Satisfao profissional, Perfil demogrfico, Ambiente industrial.

    rea Temtica: reas Afins das Cincias Sociais Aplicadas

    1 Introduo

    Aes organizacionais. Este um dos fatores relevantes para permanncia dos

    colaboradores nas organizaes. Com a competitividade do mercado, funcionrios esto cada

    vez mais exigentes e atentos s aes organizacionais, para tanto se torna cada vez mais

    necessrio para as organizaes, alm de manter uma disciplina em seu grupo de

  • 2

    I CINGEN- Conferncia Internacional em Gesto de Negcios 2015 Cascavel, PR, Brasil, 16 a 18 de novembro de 2015 UNIOESTE-Universidade Estadual do Oeste do Paran CCSA-Centro de Cincias Sociais Aplicadas

    participantes, manterem o foco na eficincia produtiva, aliado a eficcia, ou seja, a juno

    dois conceitos transformados em prtica.

    Neste contexto, o intuito desse artigo identificar qual o perfil demogrfico atual dos

    trabalhadores permanentes na indstria madeireira de Francisco Beltro, com a finalidade de

    analisar o perfil destes, com questes relativas idade, estado civil, prole, escolaridade,

    gratificaes e gnero, bem como sua permanncia na empresa.

    Para tanto, identifica-se o perfil dos trabalhadores da empresa nos ltimos cinco anos,

    tendo como base dados internos da empresa. Para tanto, a verificao das diferenas de perfis

    entre os trabalhadores permanentes e os demissio nrios tambm ser explanada no decorrer

    do estudo. um estudo amplo para a sociedade, sendo importante ter um conhecimento

    extenso no que tange s expectativas dos colaboradores, seu perfil demogrfico, seus desejos

    e necessidades em relao empresa, bem como com o grupo em que pertence, indicando

    para a empresa qual o perfil ideal de trabalhador para uma maior permanncia no quadro de

    trabalhadores da mesma.

    2 Metodologia

    O estudo em questo foi desenvolvido em uma madeireira localizada na cidade de

    Francisco Beltro, onde sentiu-se a necessidade de um estudo e/ou conhecimento mais intenso

    das condies e necessidades no grupo de colaboradores da mesma, bem como os fatores

    relevantes, para o recrutamento e seleo dos candidatos, alm do bom desempenho destes,

    realizando uma produo adequada, satisfazendo assim, s expectativas dos empresrios bem

    como dos clientes internos da empresa em questo.

    Este trabalho com abordagem quantitativa e exploratria tem por objetivo analisar

    qual o perfil demogrfico dos trabalhadores da indstria madeireira de Francisco Beltro e

    suas perspectivas futuras.

    Para conhecimento dos fatores necessrios, foram coletados dados no sistema da

    empresa e realizadas entrevistas com os trabalhadores, com a finalidade de analisar o perfil

    destes, com questes relativas idade, escolaridade, tempo de empresa entre outros. Atravs

    de questes abertas foi permitido que os trabalhadores pudessem descrever informaes,

    quanto sua permanncia na empresa, alm da observao no ambiente da fbrica, onde se

    pode visualizar o bom desempenho nas atividades realizadas, o bom relacionamento entre os

    participantes da equipe, bem como, com seus superiores.

  • 3

    I CINGEN- Conferncia Internacional em Gesto de Negcios 2015 Cascavel, PR, Brasil, 16 a 18 de novembro de 2015 UNIOESTE-Universidade Estadual do Oeste do Paran CCSA-Centro de Cincias Sociais Aplicadas

    Os sujeitos sociais da pesquisa foram 08 trabalhadores, sendo estes escolhidos com

    base nos seguintes critrios: para a aplicao do questionrio em forma de entrevista, tendo

    como base trabalhadores com mais tempo de casa e tambm o mais novo, ainda referente a

    idade, o trabalhador mais velho e respectivamente o mais jovem. Alm destes, 211 cadastros

    de funcionrios, foram coletados e analisados por estatsticas descritivas, aps tabulao no

    software Excel. A aplicao do questionrio se deu em ambiente fabril, ou seja, no ambiente

    de trabalho, onde os trabalhadores escolhidos aceitaram participar e responder ao estudo em

    questo. Aps as entrevistas realizadas, procedeu a anlise do contedo das informaes

    tomando como base no processo de Bardin (1979).

    3 Fundamentao terica

    A satisfao do colaborador no ambiente de trabalho vem se tornando uma exigncia

    s organizaes. Assim, as empresas esto se voltando ao objetivo de criar um ambiente

    corporativo agradvel, oferecendo para tanto uma srie de benefcios sociais e financeiros e

    investindo na motivao e no comprometimento de sua mo de obra. Nesse sentido, objetivo

    deste artigo identificar qual o perfil demogrfico dos trabalhadores da industria madeireira,

    ainda, quais so os fatores que promovem a satisfao do profissional que atua na rea

    industrial.

    A realizao profissional relaciona-se com a satisfao, com a superviso, com

    benefcios e polticas organizacionais e com o contedo do trabalho. Esse resultado sinaliza

    que estar satisfeito com suas atribuies, com sua chefia e com os benefcios e polticas da

    organizao um elemento importante de realizao profissional e, consequentemente,

    podem ser entendidos como fatores de aumento de produtividade. Essa dimenso em muitas

    situaes pode funcionar como um mecanismo de controle que busca restaurar as perdas

    psicolgicas, repondo um quadro de valores, crenas e pressupostos orientadores de um

    comportamento coletivo conveniente aos objetivos organizacionais. Uma empresa que deseja

    ser competitiva nos dias atuais precisa focar suas estratgias na diferenciao de seus produtos

    e processos sem deixar de lado sua preocupao com a qualidade de vida de seus

    colaboradores, fato esse essencial para que a empresa possa atingir seus objetivos e

    resultados. Segundo Frana (2014, P. 29) vivemos um momento histrico em que a

    competio e a sustentabilidade um fator presente nas organizaes. Nesse contexto, as

    questes relacionadas com recrutamento e seleo, benefcios e remunerao, alm do perfil

  • 4

    I CINGEN- Conferncia Internacional em Gesto de Negcios 2015 Cascavel, PR, Brasil, 16 a 18 de novembro de 2015 UNIOESTE-Universidade Estadual do Oeste do Paran CCSA-Centro de Cincias Sociais Aplicadas

    demogrfico dos participantes da mesma, o qual objeto de estudo deste trabalho, assumem

    grande importncia, independente do setor onde a empresa atua e aqui podemos citar a

    indstria madeireira (objeto de estudo), devido a sua importncia para a economia do estado e

    do pas.

    A boa comunicao tambm exerce relevante contribuio na satisfao dos

    colaboradores. Isso pode ocorrer em relao clareza da funo e das atribuies ou, em

    relao ao feedback que o funcionrio recebe a cerca do seu prprio desempenho. A

    oportunidade de poder contribuir com as decises da empresa, atravs de sua experincia e

    conhecimentos, tambm influencia na satisfao dos funcionrios. De acordo com Almeida et

    al. (2005), quanto maior o tempo de servio do colaborador na empresa, maior ser sua

    expectativa em poder participar, em virtude da experincia e dos conhecimentos acumulados.

    Para atender s exigncias mais individualizadas de mercado, no melhor tempo e com

    melhor "qualidade", preciso que a produo se sustente num processo produtivo flexvel,

    que permita a um operrio operar com vrias mquinas, rompendo-se com a relao um

    homem/uma mquina que fundamenta o fordismo. E a chamada "polivalncia" do trabalhador

    japons, que mais do que expresso e exemplo de uma maior qualificao, estampa a

    capacidade do trabalhador em operar com vrias mquinas, combinando "vrias tarefas

Recommended

View more >