pegajosidade no algod£o na fia§£oapi.ning.com/files/.../apostilapegajosidade  ...

Download Pegajosidade no Algod£o na Fia§£oapi.ning.com/files/.../ApostilaPegajosidade   Glauco Andrade

Post on 03-Dec-2018

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Problemas e Solues

    Pegajosidade no Algodo

    na Fiao

  • Abridor BDT

  • Limpador Abridor

  • Carda DK 903

    Neps Folha Caule Neps de Casca

  • Pegajosidade na preparao Fiao Carda

  • Pegajosidade na preparao Fiao Passadores

  • Pegajosidade no filatrio Open End

  • Influncia da Umidade

  • Influncia da Umidade

  • Influncia da Umidade

  • Influncia da Umidade

  • Anlise de Caramelizao

    Metodologia IDA

    Vs.

    Aquecimento (Estufa)

  • Baixo Teor de Caramelizao (acar)

    H predominncia da cor verde aps aplicao do IDA.

    Com isso, as plumas no apresentam contaminao de caramelo (acar)

  • Moderado Teor de Caramelizao (acar)

    H predominncia das cores verde e laranja a vermelho aps aplicao do IDA.

    Com isso, as plumas apresentam contaminao de caramelo (acar) em nvel moderado.

  • Alto Teor de Caramelizao

    H predominncia das cores laranja a vermelho aps aplicao do IDA.

    Com isso, as plumas apresentam contaminao de caramelo (acar) nvel alto e conseqentemente, alto teor de pegajosidade.

  • Anlise Nveis de Caramelizao (acar) Mtodo IDA

    Verde No h contaminao de acar (caramelo)

    Verde misturado com laranja a vermelho, h contaminao de acar (caramelo) nvel moderado.

    Laranja a vermelho, h contaminao de acar (caramelo) nvel alto

  • Nveis de Caramelizao (Estufa)

  • Nveis de Caramelizao (Estufa)

  • Analisando a fibra do ponto de vista fsico-qumico, 0,6% corresponde sua cera externa, a qual controla a absoro de umidade, protege as fibras e funciona como lubrificante entre elas.

    As fibras so muito agredidas nos processos de colheita, beneficiamento e fiao, fato que leva perda de parte de sua proteo natural, diminuindo sua capacidade de absorver e reter umidade.

    Fibras danificadas permitem maior formao de esttica no

    processo, dificulta a organizao do fluxo de fibras, a remoo de folhas, de caules, da pegajosidade e do caroo.

    Ao Caractersticas da Fibra

    Gintex Fibras com qualidade

    extremamente superior!

    Qualidade e Rendimento para o Algodo em pluma!

  • Aplicado diretamente no algodo ainda em caroo, geralmente, aps a torre secadora.

    * o objetivo proteger a fibra logo no incio do processo de beneficiamento.

    Aplicado diretamente no algodo em pluma na sala de abertura. * o objetivo proteger a fibra logo no incio do processo de

    fiao.

    Aplicao do Gintex

    Algodoeiras:

    Indstria Txtil:

    Proteo necessria para a Fibra do algodo !

  • Combate pegajosidade

    Aumento da eficincia na fabricao do fio.

    Melhora da qualidade do fio.

    Evita perda de fibras boas ao reduzir quebras excessivas.

    Setores de Atuao

    Industria Fiao Algodo

    Qualidade e Rendimento para o Algodo em pluma!

    Benefcios:

  • CONTATOS

    Rua Hermann Brehmer, 170 - Bairro Velha Cep 89.045-300 Blumenau SC Brasil Fone/Fax:(47) 3328-2800 Website: www.cottonconditioners.com.br

    Consultores: Glauco Andrade Celular: (31) 9213-8171 / E-mail: glaucoandrade@cottonconditioners.com.br

    Luiz Modesto Jr. Celular: (11) 9189-0505 / E-mail: luizmodestojr@cottonconditioners.com.br

    Contatos

    Qualidade e Rendimento para o Algodo em pluma!

    Cotton Conditioners do Brasil Ltda

    mailto:glaucoandrade@ccb.commailto:luizmodestojr@cottonconditioenrs.com.brmailto:luizmodestojr@cottonconditioners.com.br