paulo narcizo rodrigues dicas para - caribbean exp ?· dicas para exportação - 3 - paulo narcizo...

Download Paulo Narcizo Rodrigues dicas para - Caribbean Exp ?· Dicas para Exportação - 3 - Paulo Narcizo Rodrigues…

Post on 10-Nov-2018

222 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Dicas para Exportao - 3 -

    Paulo Narcizo Rodrigues

    dicas paraexportao

    Rua Silva Jardim, 4022 - CEP. 15014-050Tel: PABX - (17) 3302 - 8400SO JOS DO RIO PRETO - SPPraa Visconde de Mau, 42 - 5. andar Cj. 53 - CEP. 11010-901Tel: (13) 3219-9014 - 3219-9333 - 3219-3261 - SANTOS - SPwww.caribbeanexpress.com.brcaribbean@terra.com.br

    radar - habilitao da empresa para exportar/importar

    roteiro de exportao formao de preo para exportao

    incoterms drawback - drawback integrado containers tamanhos e medidas sites para pesquisa em comrcio

    exterior

    made

    in

    brasil

    madein

    brasil

    forexportbrasil

    forexportbrasil

    exportao

    1992 - 2017

  • 1992 - 2017

  • Dicas para Exportao - 1 -

    Rua Silva Jardim, 4022 - Santa Cruz - CEP. 15014-050Tel: PABX - (17) 3302-8400

    SO JOS DO RIO PRETO - SP

    Praa Visconde de Mau, 42 - 5. andar Cj. 53 - CEP. 11010-901Tel: (13) 3219-9014 - 3219-9333 - 3219-3261

    SANTOS - SP www.caribbeanexpress.com.br - e-mail: caribbean@terra.com.br

    Capa, Diagramao: Flvio S. Damasceno (17) 98115-6734(Vivo) / 99216-6599(Claro)

  • - 2 - Paulo Narcizo Rodrigues

    PAULO NARCIZO RODRIGUES Consultor de Comrcio Exterior

    Despachante Aduaneiro - REG. 7D.00.737

    PAULA SERRA NEGRA RODRIGUES Consultora e Professora de Comrcio Exterior

    Despachante Aduaneiro - REG. 8D.04.354

    Nossa Misso

    Levar informao necessria sobre importao e exportao, visando dar conhecimento aos nossos clientes para que possam realizar uma operao

    de comrcio exterior com sucesso.

  • SUMRIODICAS PARA EXPORTAR ..........................................................................7

    EXPORTAO .........................................................................................9

    MODALIDADES DE EXPORTAO ........................................................14

    COMISSO DE AGENTE ........................................................................16

    EXPORTAO VIA CORREIO ................................................................17

    RECEBIMENTO DAS DIVISAS DE EXPORTAO ...................................19

    FORMAO DE PREO PARA EXPORTAO ......................................21

    PLANILHA PARA FORMAO DE PREO NA EXPORTAO ...............22

    DETERMINAO DO PREO ................................................................23

    CERTIFICADO DE ORIGEM ....................................................................24

    EMBARQUE DAS MERCADORIAS .........................................................26

    POTENCIAIS IMPORTADORES ..............................................................27

    HABILITAO DA EMPRESA PARA IMPORTAR/EXPORTAR ..................28

    DTE (DOMICLIO TRIBUTRIO ELETRNICO) ......................................35

    CERTIFICADO DIGITAL E-CPF ..............................................................37

    DESPACHANTE ADUANEIRO .................................................................38

    CLASSIFICAO FISCAL DE MERCADORIAS ........................................39

    NCM - NOMENCLATURA COMUM DO MERCOSUL ...........................40

    SISCOMEX SISTEMA INTEGRADO DE COMRCIO EXTERIOR .............41

    SISCOMEX NA EXPORTAO ...............................................................42

    INCOTERMS ..........................................................................................44

    DRAWBACK ...........................................................................................52

    COMO SER UM PROFISSIONAL DE COMRCIO EXTERIOR .................59

    MODELO DE CARTA EM ESPANHOL.....................................................72

    MODELO DE CARTA EM INGLS ...........................................................73

    CONTAINERS .........................................................................................74

    FUSO HORRIO DO BRASIL EM RELAO S PRINCIPAIS CAPITAIS DO MUNDO: ......................................................76

    PORTOS NO MUNDO ...........................................................................77

    ROTEIRO DE EXPORTAO ..................................................................82

    SITES PARA PESQUISA EM COMRCIO EXTERIOR ...............................83

  • - 4 - Paulo Narcizo Rodrigues

  • Dicas para Exportao - 5 -

    Uma das sadas do Brasil o aeroporto, mas a sada para o Brasil a exportao.

    IMPORTAO OU EXPORTAO, TEMOS A SOLUO!

    SOMOS UMA ORGANIZAO ENVOLVIDA COM O PROGRESSO!

    Nossa estrutura, baseada em uma importante formao e experincia de nossos profissionais, sugere buscar permanentemente solues especficas para atender as necessidades de empresas que querem fazer o melhor.

    Iniciamos nossas atividades como uma empresa de despachos aduaneiros, e posteriormente ramificamos nossas atividades com logstica de transportes internacionais e assessoria documental, contando inclusive com os Despachantes Aduaneiros no Quadro Societrio da Empresa, o que da aos nossos clientes maior credibilidade e segurana.

    Fundada em 1992, a Caribbean Express est instalada em So Jos do Rio Preto/SP, com filial prpria no porto de Santos/SP, e contamos com representantes em Campinas/SP, Guarulhos/SP, Paranagu/PR, Chu/RS, Jaguaro/RS, Santana do Livramento/RS, Uruguaiana/RS, Rio Grande/RS, Foz do Iguau/PR, Corumb/MT, Campo Grande/MS, Itaja/SC e Rio de Janeiro/RJ, fato que nos possibilita atender nossos clientes nos principais portos, aeroportos e fronteiras brasileiras.

    Nossa filosofia personalizar os servios prestados aos nossos clientes a fim de satisfazer cada necessidade em particular. Por isso, procuramos estar sempre atentos e suportados por informaes conscientes e confiveis, tendo sempre respostas corretas, qualquer que seja o tamanho do desafio que nos apresente.

    Somos Centro Autorizado de Envio da FedEx Express, desde Agosto de 2000, em So Jos do Rio Preto, para envio de documentos, amostras e encomendas para 220 pases.

    Em nosso site os livros, IMPORTAO & EXPORTAO SEM COMPLICAO, em sua 3 edio, Dicas para Exportao e Qualidade na Liderana de Pessoas, disponvel empresa para download, alm de 101 slides que um curso de comrcio exterior. Tambm poder ver um VT que apresentao de nossa sede em Rio Preto.

    www.caribbeanexpress.com.br

    http://www.caribbeanexpress.com.br

  • - 6 - Paulo Narcizo Rodrigues

  • Dicas para Exportao - 7 -

    DICAS PARA EXPORTAR

    Quando da iniciativa pelo mercado de exportao a empresa ter que buscar uma srie de informaes, as quais esto disponveis em sites governamentais e comerciais, visando agrupar dados estatsticos e comportamento de exportao

    da linha de produo de todos os seus produtos ou daqueles definidos para o mercado externo.

    No necessariamente ter uma empresa que produz para ser exportador a exemplo das Tradings Companies e Comerciais Exportadoras as quais compram produtos no mercado interno e vendem no exterior.

    No caso de se vender um produto a uma Trading Company, empresa que ser sempre uma S/A, os produtos devero ser entregues em local alfandegado para serem exportados e quando se negocia com essa empresa como se de fato tivesse exportado, pois a responsabilidade pela sada ao exterior da Trading Company.

    Quando se negocia com uma Empresa Comercial Exportadora comum (Ltda.), deve-se observar alguns cuidados, o produto vendido comercial exportadora que ter que comprovar ao fabricante/produtor, atravs de um documento chamado MEMORANDO DE EXPORTAO a sada para o exterior, sem este poder ser intimado pelos rgos federais e estaduais para a comprovao ou pagamento dos tributos desde a emisso da nota fiscal para exportao, uma vez que neste caso a Comercial Exportadora e o fabricante respondem solidariamente pela suspenso dos tributos at a exportao propriamente dita, ficando assim isento dos impostos incidentes no mercado interno.

    Salvo algumas excees, seja qual for atividade da empresa, produo ou comercializao ter que previamente obter informaes acerca do comportamento do mercado internacional e mercado interno para garantir o fornecimento aos importadores.

  • - 8 - Paulo Narcizo Rodrigues

    Trataremos, em primeiro plano, a iniciativa da empresa que produz e busca o mercado externo e em segundo as empresas intermedirias que podem ser uma alternativa para produtores e fabricantes para escoar seus produtos via exportao.

    Ao optar pelo mercado de exportao a empresa, no importando o seu porte, ter que reunir informaes visando definir o mercado de atuao para suas primeiras incurses sejam elas em visita ao pas alvo, via internet, participao de feiras, ou misses internacionais, tanto no Brasil quanto no exterior, ou com envio de prospectos e catlogos.

    imprescindvel que o site da empresa esteja em ingls e espanhol.

    O ideal se a empresa no exporta ou pretende ampliar sua atuao na exportao recomendado utilizar-se em primeiro plano das informaes disponveis pelo Ministrio das Relaes Exteriores, Ministrio do Desenvolvimento, Indstria e Comrcio Exterior.

    Definindo um produto para exportao, pode-se obter dados e chegar a concluso de qual ser o ponto de partida. Acessar o site http://aliceweb.mdic.gov.br o interessado dever estar de posse da clas-sificao fiscal de mercadorias, que no Brasil a NCM Nomenclatura Comum do Mercosul, composta de 08 dgitos, sendo os seis primeiros de utilizao universal a mesma classificao que se usa para definir o IPI ou seja a TIPI. Tabela de Incidncia sobre Produtos Industrializados.

    Poder tambm acessar o site da Unio Europeia http://ec.europa.eu/taxation_ customs/dds2/taric/taric_consultation.jsp?Lang=pt para o busca de dados estatsticos e outras informaes como para saber o