Participação Popular no Orçamento Participativo de ?ão Popular no Orçamento Participativo de São…

Download Participação Popular no Orçamento Participativo de ?ão Popular no Orçamento Participativo de São…

Post on 08-Feb-2019

212 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

67 Reunio Anual da SBPC

G.7.1 Planejamento Urbano e Regional

Participao Popular no Oramento Participativo de So Carlos - SP

*Laura C. de L. B. Ferrati, Celso Maran de Oliveira. Universidade Federal de So Carlos

Universidade Federal de So Carlos

1. Estudante de Graduao em Gesto e Anlise Ambiental na Universidade Federal de So Carlos e bolsista de IC pela FAPESP, processo 2014/10280-3; *laura_ferrati@hotmail.com

2. Professor do Depto.de Cincias Ambientais, Dcam, So Carlos SP. Orientador

Palavras Chave: Participao Popular, OP, Oramento participativo.

Introduo O oramento participativo (OP) representa um

exemplo real de democracia deliberativa (AVRITZER apud VGLIO, 2004), ele concerne em uma poderosa abertura a um espao decisrio por parte do Estado, de modo a ampliar a participao pblica em questes que abrangem benefcios principal e diretamente prpria populao. Adquire ainda, a face de uma importante ferramenta para o planejamento urbano. Auxiliando a atuao de uma gesto ambiental urbana, onde o trabalho voltado para um gerenciamento da cidade, consegue-se pensar em uma melhoria para o municpio e seus cidados, assim como para a qualidade ambiental envolvida.

Aps a difuso do OP, visto ser uma importante ferramenta que permite ampliar a participao pblica, a experincia do OP foi implantada tambm em So Carlos - SP. Vale ressaltar que este presente trabalho em andamento sobre o estudo do OP de So Carlos faz parte de um projeto da FAPESP do processo de nmero 2014/10280-3, sendo este complemento do trabalho "Democracia participativa no Direito Urbanstico: estudo comparativo entre Brasil e Portugal (U.E.)", financiado tambm pela FAPESP (processo no 2013/12327-4), coordenado pelo Prof. Dr. Celso Maran de Oliveira. Aqui se busca acima de tudo a explorao do escopo do OP no municpio de So Carlos - SP, nosso objeto de estudo, de forma que se identifique a dimenso da importncia concedida a ele pelos muncipes e o respectivo grau de participao da populao nos ltimos anos.

Materiais e Mtodos

Foi baseado no levantamento bibliogrfico da literatura cientfica nacional que aborde o tema do Oramento Participativo;

Dados retirados do site oficial da prefeitura municipal de So Carlos, assim como informaes e dados obtidos dentro do departamento responsvel pelo OP.

Resultados e Discusso O OP evidencia muito bem a importncia, atual da

participao cidad na conduo de polticas pblicas. Na experincia de So Caros o Oramento Participativo (OP) foi implantado em So Carlos no ano de 2001 e uma iniciativa democrtica da Administrao Municipal que permite populao: Participar do processo de definio e implementao das polticas, planos, programas e projetos de obras e servios pblicos.

Controlar e fiscalizar as obras e servios pblicos e os seus mecanismos de financiamento, gerenciamento e execuo, bem como a participao da iniciativa privada nos empreendimentos pblicos. Constituir associaes representativas para promoo de direitos difusos e/ou coletivos, contribuindo no planejamento e execuo de obras e servios pblicos (SO CARLOS, 2014b).

Concluses Por meio da institucionalizao de espaos

pblicos participativos e deliberativos, possvel a construo de um canal aberto, onde a populao assume um lugar na gesto e fiscalizao de polticas pblicas. Dessa forma, teoricamente, a proposta do Oramento Participativo (OP) possibilitaria o atendimento aos interesses da sociedade civil pelo Poder Pblico, compondo um modelo de administrao mais participativa, em que a estipulao da destinao dos recursos pblicos fique voltada para atender adequadamente as diversas demandas sociais, por meio do incentivo delegao de poder s populaes historicamente excludas dos processos decisrios.

Com base no estudo de caso da cidade de So Carlos, conclui-se que at o momento atual da pesquisa que esse desejado patamar de democracia participativa no foi plenamente alcanado, j que, mesmo com um histrico anterior de adeso a esse mecanismo (OP), nos dias atuais o governo municipal no tem investido nem incentivado o OP como o governo anterior. Isso pode ser notado principalmente pela no divulgao das audincias pblicas; onde ocorrem segundo informaes obtidas no departamento responsvel apenas poucas reunies isoladas. E ainda pela no disponibilizao de dados atuais para a populao nos meios oficiais, o que pode ser entendido como um retrocesso no processo democrtico municipal.

Agradecimentos Agradeo a FAPESP pela oportunidade de

pesquisa concedida e ao meu orientador por todo o apoio.

Referncias ALMEIDA, Rita de C. de. A questo hdrica na gesto urbana

participativa: O caso do oramento participativo do municpio de So

Carlos, SP. 2005. 178 p. Tese (Doutorado em Cincias da Engenharia

Ambiental) Escola de Engenharia de So Carlos, Universidade de So Paulo, So Carlos, 2005.

SO CARLOS. Oramento Participativo. Atas e Registros de Reunies. Prefeitura Municipal de So Carlos, 2014a. Disponvel em: . Acesso em: 17 fev. 2015.

javascript:mediumPopup('/SAGe_WEB/printProcess.do?abstractProcessId=162966&typeProcess=true&showInPopup=true&org.apache.struts.taglib.html.TOKEN=598fc9df2e6f7274eeadca86968908e0&method=printProcess',%20'popup')

Recommended

View more >