parecer n'/l&l /2017-prcon/pgdf 0052-001038/2017 ... ?· o cargo de perito criminal. da carreira...

Download PARECER n'/l&l /2017-PRCON/PGDF 0052-001038/2017 ... ?· o cargo de Perito Criminal. da Carreira de…

Post on 11-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • -~----------------~

    PROCURADORIA-GERAL DO DISTRITO FEDERALProcuradoria Especial da Atividade Consultiva - PRCON

    PARECER n'/l&l /2017-PRCON/PGDFPROCESSO n" 0052-001038/2017INTERESSADOS: CLARA WANDENKOLCK E OUTROSASSUNTO: CONCURSO PBLICO - PERITO CRIMINAL

    DA PCDF (CONVOCAO DE CANDIDATOSEXCEDENTES PARA CURSO DE FORMAO)

    CONCURSO PBLICO. PERITO CRIMINAL DA PCDF.PRETENSO DE CONVOCAO DE CANDIDATOSELIMINADOS PARA FREQUENTAR CURSO DE FORMAO.INVIABILIDADE. PRECEDENTES DESTA CASA.

    I-O pacfico entendimento da PGDF no sentido da inviabilidade dealterao das regras do certame em casos como o dos autos (v. g.,Pareceres 770/2011, 1.431/2011, 3.246/2012, 322/2013, 336/2013,104/2014,152/2014, todos da PROPES; e 530/2016/PRCON).

    11 - que esse proceder ofenderia a objetividade da seleo, a eficciavinculante do edital, os postulados constitucionais da impessoalidadee igualdade.

    III - Impe-se concluir pela inviabilidade de convocao decandidatos que ultrapassem o quantitativo estipulado no edital (e,portanto, eliminados) para participar do curso de formao.

    "'Senhora Procuradora-Chefe, Fo!ha nO: j ~3 'tProcess' 6\JOOJ03rwJRubri . Mal. Q/tf11-:::;RELATRIO

    OI.Teve incio o presente processo com requerimento,

    formulado pelos interessados (aprovados no concurso de Perito Criminal da

    PCDF - Edital n? 1/2016), mas subscrito apenas por Tiago Euphrasio de Mello,

    perante o Senhor Diretor da PCDF, objetivando a convocao de todos os

    candidatos excedentes para o curso de: formao profissional desse concurso,considerando (fls. 02/03):

  • PROCURADORIA-GERAL DO DISTRITO FEDERALProcuradoria Especial da Atividade Consultiva _PRCON

    (a) o baixo efetivo de peritos criminais, o que estariaprejudicando a sociedade do Distrito Federal;

    (b) a existncia de 224 cargos vagos de perito criminal dos 400existentes no quadro;

    (c) a previso de 40 aposentadorias nos prximos 6 anos para ocargo de perito criminal;

    (d) a existncia de 197 candidatos aptos no concurso, regido peloEdital n 1/2016, para o provimento de vagas e formao decadastro de reserva do cargo;

    (e) que haveria precedentes no sentido da possibilidade deconvocao de excedentes em nmero superior ao do edital, emconcursos anteriores;

    (f) a no concluso de quatro etapas para a finalizao doconcurso (avaliao de vida pregressa, exames psicotcnicos,prova de ttulos e curso de formao profissional);

    (g) a Lei distrital n 5.450/2015, que previu aumento de nmerode vagas para concursos em andamento, autorizando nomeaesdos candidatos aprovados excedentes, sendo observada anecessidade do servio pblico e disponibilidade oramentria,respeitada a ordem de classificao; e

    (h) "os princpios da razoabilidade, interesse pblico e economicidade,respeitada a melhor tcnica jurdica, para que no haja prejuzo convocao de todos os candidatos aprovados no certame".

    02. Pede o requerente, ainda, em documento apartado, que

    seja (a) aumentado o nmero de vagas para participao at a ltima fase do

    concurso (Curso de Formao), sem haver eliminao dos candidatos que

    estejam fora do cadastro de reserva; e bem como que (b) ampliado o prazo de

    Folha nO: --"--'-_Processo:~~~~~Rubrica -t---:'_ 1

  • PROCURADORIA-GERAL DO DISTRITO FEDERALProcuradoria Especial da Atividade Consultiva. PRCON

    vigncia do concurso de um para dois anos, podendo ser prorrogado por igualperodo (fls. 04/14).

    03. Na oportunidade, promoveu-se a juntada dosdocumentos de fls. 04/1 07.

    04.Em seguida, a comisso dos excedentes desse

    concurso pblico requereu a juntada de novos documentos (fls. 108/233).

    05. Nesse contexto, sobreveio a Nota Tcnica n" 01/2017da Academia de Polcia Civil, datada de 20/03/2017, na qual se afirma, emsntese, que (fls. 234/245):

    (a) no haveria razo para a preocupao extemada norequerimento, j que (a.l) todos os aprovados dentro no nmerode vagas e cadastro de reserva sero convocados, nos termos doedital; e (b) o concurso ainda estaria em execuo, estandopendentes pelo menos duas fases eliminatrias e umac1assificatria;

    (b) os candidatos no classificados dentro do nmero de vagas ecadastro de reserva sero eliminados do concurso e, portanto,no devero ser convocados para o curso de formao, consoanteregra editalcia;

    (c) o concurso (inclusive o seu curso de formao) est sendorealizado pelo IADES, sendo custeado exclusivamente pela taxade inscrio. E essa instituio se manifestou pelaimpossibilidade de alterao das regras do edital, notadamenteem relao quantidade de vagas previstas e os critrios deaprovao, acrescentando, ainda, a impossibilidade derepactuao contratual sem que houvesse contrapartidafinanceira por parte da PCDF;

    ~~~~~~o:~~oJ 0:33. w ir A'Rubrica Mat. L(;Jq 1 -1 '

  • PROCURADORIA-GERAL DO DISTRITO FEDERALProcuradoria Especial da Atividade Consultiva _PRCON

    (d) o edital do certame prev trs clusulas de barreiravinculadas a determinadas posies na ordem de classificao eo atendimento do pleito dos interessados significariadesobedincia aos princpios da vinculao ao edital, daisonomia e da impossibilidade, alm de prejudicar os candidatosno classificados nas etapas anteriores (de acordo com osmesmos critrios);

    (e) inmeros precedentes do STF, do STJ e da PGDF jassentaram a inviabilidade de alterao do edital depois deiniciado o concurso;

    (f) qualquer incremento no nmero de vagas deveria obter o avaldo Conselho de Poltica de Recursos Humanos da Secretaria deEstado de Planejamento, Oramento e Gesto do Governo doDistrito Federal;

    (g) o concurso foi organizado de acordo com o planejamentoestratgico da PCDF, de acordo com as suas necessidades;

    (h) a convocao de candidatos alm do nmero previsto noedital normativo acarretaria despesas no previstas; e

    (i) diariamente chegam Diviso de Gesto de Concurso daAPCIPCDF aes judiciais promovidas por candidatos de todosos concursos pblicos.

    06.Nesse contexto, a douta Academia opma pelo

    indeferimento do pleito, sugerindo, ainda, a restituio do documento original comisso dos candidatos.

    07.Sobreveio, ento, a Manifestao n 002/2017-

    Ass/APC, acatada pelo Diretor da APC, em que se concordou integramente com

    os argumentos expostos na nota tcnica supra, entendendo que as mudanas

    pretendidas seriam temerrias e de legalidade questionvel (fls. 250/255). Ou

    Folhan': 34 h t fProcesso: Q 00 J 038 ~ 1-1 .Rubrica Mal. _

  • PROCURADORIA-GERAL DO DISTRITO FEDERALProcuradoria Especial da Atividade Consultiva _PRCON

    seja, manifestou-se contrariamente alterao do edital pretendida. Por fim,sugeriu-se a remessa do expediente Direo Geral da PCDF para que, caso

    entendesse conveniente e oportuno, encaminhasse o feito para manifestao do

    Departamento de Administrao Geral da PCDF quanto aos gastos com o curso

    de formao na eventual convocao dos candidatos eliminados, bem como

    consulta junto PGDF e ao Conselho de Poltica de Recursos Humanos daSEPLANIDF.

    08. Aps, veio aos autos o Oficio n" 31/2017, daAssociao Brasiliense de Peritos em Criminalstica, em que se reitera os

    pedidos formulados inicialmente, relativos ao aumento no nmero de vagas para

    participao em curso de formao (sem eliminao dos candidatos fora do

    cadastro de reserva) e ampliao do prazo de vigncia do concurso (fls.256/265).

    09. Diante disso, foi proferido Despacho peloExcelentssimo Senhor Diretor-Geral da PCDF, determinando a remessa dos

    autos a esta Casa, a fim de que seja proferida orientao sobre a seguintequesto jurdica (fls. 266):

    "Haveria possibilidade jurdica de convocao paramatrcula em curso de formao profissional de candidatosexcedentes, aprovados nas fases anteriores do concurso pblicopara provimento de vagas e formao de cadastro reserva parao cargo de Perito Criminal. da Carreira de Polcia Civil doDistrito Federal, sem ofensa ao edital regulamentador doconcurso (Edital n". 1, de 8 de maro de 2016, publicado noDirio Oficial do Distrito Federal - DODF n". 47. de10/03/2016). luz das consideraes trazidas aos autos s fls.2/14. 234/245 e 250/255?"

    ['olha nl: 341'Processo: ~ DO O 3~ 'I:IJ/\~ub{ica Mal. Cj? k! ,

  • PROCURADORIA-GERAL DO DISTRITO FEDERALProcuradoria Especial da Atividade Consultiva ~PRCON

    10. Aps a remessa dos autos a este Procurador, foiprotocolizada petio apresentada pelo Representante da Comisso dos

    Aprovados na Primeira Etapa do Concurso de Perito Criminal da Polcia Civil

    do Distrito Federal, em que se alega a existncia de fatos supervenientes e se

    procede juntada dos seguintes documentos par apreciao: (a) representao

    junto ao TCDF e posterior juntada; (b) admissibilidade da Assessoria Tcnica

    do TCDF; (c) Parecer do MPC-DF - MPjTCDF; (d) relatrio e voto do

    Conselheiro Relator no TCDF; (e) Deciso TCDF n 2.528/2017, em que se

    determina ao Diretor-Geral da PCDF que, cautelarmente, at ulterior deciso de

    mrito, se abstenha de homologar o resultado final do concurso em discusso;

    (f) deciso proferida no Processo n? 003981-77.2017.8.07.0018 (TJDFT); e (g)

    deciso proferida no Processo n? 0704400-97.2017.8.07.0018 (TJDFT).

    lI. o relatrio. Segue a fundamentao.

    FUNDAMENTAO

    12. O certame de que aqui se cogita, regulado pelo Editaln I, de 08/03/2016, se destina a selecionar candidatos para provimento de vinte

    vagas e formao de cadastro de reserva de oitenta vagas para o cargo de PeritoCriminal da Carreira de Policia Civil do DF (item 1.2).

    13. Compreende, com efeito, duas etapas: a) a primeira

    abrange as provas objetivas e discursivas; sindicncia da vida pregressa e

    investigao social; exames biomtricos e avaliao mdica; provas de

    capacidade fisica; avaliao psicolgica; e avaliao de titulos; e b) a segunda, ocurso de formao profissional.