Palestra novas tecnologias praticas cartorios recivil 18022011

Download Palestra novas tecnologias praticas cartorios recivil 18022011

Post on 18-Nov-2014

935 views

Category:

Documents

3 download

DESCRIPTION

 

TRANSCRIPT

  • 1. As novas tecnologias para o servio notariais e de registro Alexandre Atheniense
  • 2. Mantenha-se atualizado sobre os temas desta palestra
  • 3. Acesse DNT O Direito e as novas tecnologias www.dnt.adv.br Blog Jurdico pioneiro no Brasil desde 2004 www.dnt.adv.br
  • 4. Assista ao canal de vdeos DNT no Youtube http://br.youtube.com/atheniense
  • 5. www.twitter.com/dnt_atheniense www.twitter.com/atheniense
  • 6.
  • 7. Voc acha que continuaremos a trabalhar com papel no futuro ?
  • 8. Porque este tema interessa aos cartrios ?
  • 9. Algum duvida que ser possvel trabalhar nos cartrios sem internet ?
  • 10. A Natureza agradecer ...
  • 11. Que momento este ?
  • 12. 1930 Superamos a etapa do ato manuscrito ... 11
  • 13. 1930 - 1982 Superamos a etapa da mquina de escrever ... 12
  • 14. 1982 -2010 Evoluo do documento digital 13
  • 15. Marco Inicial da desmaterializao dos autos Judiciais e das prticas processuais por meio eletrnico Dezembro de 2006 Presidente Lula sanciona Lei do Processo Eletrnico: 11.419 19/12/2006
  • 16.
    • Tecnologia da Informao
    • 2010
  • 17. Transio !
  • 18.
  • 19. Estamos em fase de mudana! Toda mudana, ainda que seja favorvel, assusta !
  • 20. Documento em papel substitudo pelo documento digital Quebra de Paradigmas
  • 21. Atendimento presencial para o atendimento a distncia Quebra de Paradigmas
  • 22. Servios presenciais para servios mveis
  • 23. Linha discada para Banda Larga Quebra de Paradigmas
  • 24. Indentidade Presencial x Indentidade Digital
  • 25. Evoluo do Carimbo
  • 26. OK! Mas o que necessrio para comear a prestar servios online ?
  • 27. Banda Larga
  • 28. Criar presena online
  • 29. Scanner rpido com alimentador automtico de papel
  • 30. Aderir a certificao digital
  • 31. + 100.000 advogados j tem Identidade Digital 34
  • 32. Mudanas nos gabinetes dos Ministros Aumente Produtividade com 2 Monitores Min. Joo Otvio de Noronha - STJ
  • 33. Serventurios da Justia j usam identidade digital Frum da Freguesia do O em So Paulo Despachos com certificao Digital
  • 34.
    • Inevitvel mudana da organizao dos Servicos
    37
  • 35. Tendncias
  • 36. A Sociedade demanda por servios prestados online
  • 37. O Estado demanda por intercmbio das informaes geradas pelos Cartrios de Registros com outras entidades online
  • 38. A lei 11.419 permite o acesso e transmisso de dados online s informaes do Registro Civil pelo Judicirio
  • 39. Art. 13. O magistrado poder determinar que sejam realizados por meio eletrnico a exibio e o envio de dados e de documentos necessrios instruo do processo. 1o Consideram-se cadastros pblicos, para os efeitos deste artigo, dentre outros existentes ou que venham a ser criados, ainda que mantidos por concessionrias de servio pblico ou empresas privadas, os que contenham informaes indispensveis ao exerccio da funo judicante.
  • 40. V - os extratos digitais de bancos de dados, pblicos e privados, desde que atestado pelo seu emitente, sob as penas da lei, que as informaes conferem com o que consta na origem;
  • 41. 2o As reparties pblicas podero fornecer todos os documentos em meio eletrnico conforme disposto em lei, certificando, pelo mesmo meio, que se trata de extrato fiel do que consta em seu banco de dados ou do documento digitalizado." (NR)
  • 42. Adeso a Intranet da Recivil
  • 43. Capacitao Pessoal
  • 44. RIC Nova Careiteira de Indentidade Digital Comeou a ser expedida este ano. Expectativa para 2010 de 200.000 identidades
  • 45. DOI com Certificao digital Exigncia para maro de 2011 a obrigatoriedade de transmisso de dados com o uso da certificao digital das Declaraes de Operaes Imobilirias com fato gerador em janeiro de 2011. INRF 1036 de 1/6/20210, artigo 1o., pargrafo segundo
  • 46. Lei Federal n. 11.997/2009 Lei Federal Programa Minha Casa Minha Vida Artigo 37 determina a criao dos Registros Eletrnicos - Prazo para os cartrios emitirem os atos eletrnicos, inclusive certido eletrnica por meio de certificao digital 2013
  • 47. Quais so os principais servios com o uso da certificao digital no Brasil ?
  • 48. Portal da Receita Federal
  • 49. Nota Fiscal Eletrnica
  • 50. Portal ARISP
  • 51. Peticionamento eletrnico 90% dos 92 Tribunais Brasileiros j colocaram em prtica
  • 52. Portal de venda de certificados
  • 53. Portal CRSEC
  • 54. Servios prestados pelos Cartrios pelo meio eletrnico Remessa de dados para outras instituies Prestao de servios online
  • 55.
  • 56. Transmisso de dados online para outras instituies
  • 57. Transmisso de dados online para outras instituies
  • 58. Outros servios prestados
  • 59. Pedido de Certido
  • 60. Certides Digitais
  • 61. Intercmbio de dados com outros servios pblicos
  • 62. Caso de sucesso internacional sobre registro civil de recm nascidos
  • 63. Registro Civil na Sucia
  • 64. Quando uma criana nasce, a parteira preenche uma notificao de nascimento e envia administrao fiscal (Skatteverket). Etapas
  • 65. Um contador pblico registra o nascimento no banco de dados relativo ao registro da populao, e a criana recebe um nmero pessoal (Personnumret). Este nmero pessoal composto de dez dgitos. Etapas
  • 66. Primeiro vem o ano, ms e dia (data de nascimento) - que de seis nmeros. Seguido por trs nmeros aleatrios e um dgito verificador. O ltimo dos nmeros aleatrios identifica o sexo da criana. Os meninos recebem nmeros mpares e as meninas nmeros pares. Etapas
  • 67. Depois que a criana foi registrada emitido um formulrio de identificao pessoal e enviado aos pais, via correios , para que possam informar o primeiro nome da criana e sobrenome o qual depois de preenchido remetido de volta, tambm via correios. Junto com este formulrio acompanham as regras que se aplicam quando os pais escolhem o nome da criana Etapas
  • 68. Benefcio Inexistncia de pessoas naturais sem registro civil ou registradas em domiclios diferentes
  • 69. Principais obstculos a serem vencidos
  • 70. Estimular relao de confiana entre os profissionais para prestar servios online
  • 71. Adequar as atividades, infraestrutura e as informaes dos Cartrios atuais para acesso e transmisso de dados para o Poder Judicirio
  • 72. Adequar a Resoluo 13/2010 do CNJ para propiciar a efetivao do incio do processo do registro civil ainda na maternidade e o uso do selo
  • 73. Metas
  • 74. Metas Entrar na Rede de Servios online
  • 75. Metas Difundir a cultura da certificao digital
  • 76. Metas Capacitao para uso dos sistemas
  • 77. Metas Estimular a prtica de atos de manifestao de vontade distncia com o uso da certificao digital
  • 78. Cenrio Futuro
  • 79. Cenrio Futuro
    • Tornar o registrador como um formador de opinio e prestador de servio online e com o o uso da certificao digital
  • 80. Cenrio Futuro
      • Massificao do meio eletrnico para celebrao dos atos de registro e intercmbio de dados com outras instituies
  • 81. Contato
    • Alexandre Atheniense
    • Advogado e Consultor especialista em Direito na Tecnologia da Informao
    • Scio de Aristoteles Atheniense Advogados
    • Coordenador do Curso de Ps Graduao de Direito da Tecnologia da Informao da ESA OAB-SP
    • Editor do blog DNT O Direito e as novas tecnologias www.dnt.adv.br