paisagens culturais paulistas

Download Paisagens Culturais Paulistas

Post on 14-Apr-2017

322 views

Category:

Education

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Erika M. Robrahn Gonzlez

    Paisagens CulturaisPaulistas

    A histria do Estado de So Paulocontada pela Paisagem

    Erika M. Robrahn Gonzlez

    Apoio

    Colaboradores

    Desenvolvimento

    Paisagens Culturais Paulistas - A histria do Estado de So Paulo contada pela Paisagem

    - Erika M

    . Ro

    brah

    n G

    on

    zlez (O

    rg.)

  • Erika M. Robrahn Gonzlez

    Paisagens Culturais PaulistasA histria do Estado de So Paulocontada pela Paisagem

  • Apoio

    Colaboradores

    Desenvolvimento

  • A partir de 2009, a AES Tiet, juntamente com as demais empresas que compem o Grupo AES Brasil, buscou alinhar as prticas socioambientais sua estratgia de negcio com um objetivo claro: contribuir para um modelo de desenvolvimento sustentvel, que levou criao de uma poltica e de compromissos e metas que consideram o equilbrio econmico, social e ambiental nas decises dirias, posicionando a sustentabilidade no centro do planejamento estratgico.

    Essa deciso no poderia ser diferente pelo fato de o Grupo prestar um servio essencial sociedade, seja na gerao ou na distribuio de energia eltrica. A relevncia do Grupo em seu setor traz oportunidades inovadoras de trabalhar em prol do interesse comum de todos os seus pblicos.

    Procuramos desenvolver nossos negcios de forma que preservemos os recursos naturais e respeitemos as comunidades onde atuamos, garantindo a valorizao do seu patrimnio histrico e cultural, proposta presente no Programa de Gesto do Patrimnio Arqueolgico, Histrico e Cultural dos Onze Aproveitamentos Hidreltricos da AES Tiet S/A.

    O programa, desenvolvido e implementado pela empresa Documento Arqueologia e Antropologia, fundamentado em trs eixos bsicos de atuao: Preservao do Patrimnio; Utilizao de Valores Cientficos e Culturais; Educao Patrimonial.

    Durante as pesquisas histricas, foram identificados 122 stios arqueolgicos nas margens dos reservatrios da AES Tiet, nas bacias dos rios Tiet, Grande e Pardo. As descobertas evidenciam ocupaes indgenas e histricas de grande importncia para a compreenso dos modos de vida das regies em que se encontram.

    Este livro relaciona as descobertas realizadas pelo Programa, que representam no s grande interesse regional, mas possuem tambm relevncia para o Pas, por apresentar uma nova perspectiva ao explicar a histria, a arqueologia e a cultura dessas localidades.

    Essa a forma do Grupo AES Brasil de fazer negcios, buscando inovar para gerar valor compartilhado a toda a sociedade.

    talo FreitasVice-presidente de Operaes da Gerao

    Mensagem da AES Tiet

    9Paisagens Culturais Paulistas8 Paisagens Culturais Paulistas

  • Mensagem da AES Tiet ..................................................... 6Prefcio ................................................................................ 11Apresentao ...................................................................... 17Paisagens e Tradio .......................................................... 21Bacia do Tiet ....................................................................... 23Bacia do Rio Grande ............................................................. 27Bacia do Rio Pardo ............................................................... 31Modos de Vida ..................................................................... 39Cultivadores e Ceramistas .................................................... 41Tradio Itarar ..................................................................... 43Tradio Tupi-Guarani ........................................................... 47Tradio Aratu-Sapuca ......................................................... 49Colonizao .......................................................................... 61Imigrantes ............................................................................. 79Cafeicultura ........................................................................... 93Ferrovias ............................................................................... 99Quilombolas .......................................................................... 109Sociedade e Cultura Artstica ................................................ 113So Jos do Rio Pardo a Terra de Euclides da Cunha ......... 121A Cultura Caipira ................................................................... 123Poos de Caldas ................................................................... 127Ficha Tcnica ...................................................................... 135Bibliografia .......................................................................... 136Agradecimentos .................................................................. 141

    Artefato Ltico encontrado

    nas medies da UHE Nova Avanhandava

  • UHE IbitingaAcervo: AES Tiet

  • Os projetos desenvolvidos neste trabalho de constante preservao dos patrimnios histrico, arqueolgico e cultural brasileiros esto inseridos no Programa de Manejo Arqueolgico Aproveitamentos Hidreltricos, realizado nos estados de So Paulo e Minas Gerais.

    Nestas regies, foram construdas dez Usinas Hidreltricas (UHEs) distribudas no vale do rio Tiet (UHEs Nova Avanhandava, Promisso, Ibitinga, Bariri e Barra Bonita); no vale do rio Grande (UHE gua Vermelha) e no vale do rio Pardo (compreendendo as UHEs Limoeiro, Caconde, Euclides da Cunha e a Pequena Central Hidreltrica em Mogi Guau).

    Todos os empreendimentos abrangem, principalmente, municpios do estado de So Paulo, mas dois deles, as UHEs gua Vermelha e Caconde, esto localizados em trechos de rios que fazem divisa com Minas Gerais. Por essa razo, os projetos tambm englobam cidades do estado mineiro.

    Os empreendimentos j esto em operao e foram inicialmente implantados pela CESP (Companhia Energtica de So Paulo) a partir da dcada de 60. Durante os processos de privatizao, a responsabilidade pela manuteno e operao das usinas foi transferida para a AES Tiet, empresa que atua no Brasil desde 1999. Entre as prioridades da companhia est a implantao de um modelo de desenvolvimento sustentvel voltado preservao do meio ambiente.

    Em 2011, a AES Tiet investiu R$ 19,5 milhes em pesquisa e desenvolvimento, sendo 39% em melhorias de planejamento e de operao e 18% em fontes renovveis ou alternativas de gerao de energia. As usinas hidreltricas da AES Tiet esto localizadas em um dos mais importantes depositrios da biodiversidade do planeta: a Mata Atlntica. Para contribuir com sua preservao, a companhia participa de vrias frentes, em parceria com a Comisso Interministerial de Mudana do Clima, o Frum Brasileiro de Mudanas Climticas, o Frum Paulista de Mudana do Clima e Biodiversidade, o Banco Mundial, a Fundao SOS Mata Atlntica, entre outras instituies.Diante desta perspectiva de atuao, a empresa vem trabalhando na regularizao dos licenciamentos ambientais para a operao das usinas deste trabalho. Dentre eles, destaca-se o Programa de Manejo do Patrimnio Arqueolgico existente nas bordas dos reservatrios. A criao de Reservas Arqueolgicas no estado de So Paulo, a utilizao de valores cientficos e culturais atravs da implantao de pesquisas e levantamentos, alm da realizao de programas de educao patrimonial so os principais eixos estratgicos utilizados no modelo sustentvel de desenvolvimento.

    No Brasil, o Patrimnio Arqueolgico, Histrico e Cultural fiscalizado,

    protegido, restaurado e preservado pelo IPHAN Instituto do Patrimnio Histrico e Artstico Nacional. Vinculado ao Ministrio da Cultura, ele responsvel por preservar a diversidade das contribuies dos diferentes elementos que compem a sociedade brasileira e seus ecossistemas, preservando, divulgando e fiscalizando os bens culturais brasileiros, bem como assegurando a permanncia e usufruto desses bens para a atual e as futuras geraes.

    Para isso, o Programa de Manejo Arqueolgico Aproveitamentos Hidreltricos segue todas as diretrizes executivas impostas pelo IPHAN, que traz regulamentos para os parques nacionais brasileiros e tambm para os processos de educao patrimonial fornecidos pelo International Finance (IFC).

    Paisagens Culturais Paulistas - A histria do Estado de So Paulo contada pela Paisagem.

    A participao efetiva das comunidades impactadas pelos empreendimentos fundamental na preservao do patrimnio arqueolgico e cultural existentes. Durante todo o Programa, as aes de educao patrimonial realizadas em parceria com a DOCUMENTO Ecologia e Cultura (empresa brasileira especializada em Programas, Planejamento e Gesto de Patrimnio Cultural) promove a conscientizao pela valorizao dos patrimnios nacionais, em projetos que unem cincia e tradio.

    Este trabalho de manejo j conta com a participao de mais de 5.000 pessoas em atividades destinadas ao reconhecimento da identidade local, com a realizao de exposies oficinas, entrevistas, descrio de prticas tradicionais e compartilhamento de informaes cientficas e culturais. Alm dos trabalhos presenciais, plataformas multimdia exclusivas como blogs, sites, redes sociais, twitter e ferramentas criadas especialmente para o Programa, como o Museu Virtual (que expe todo o acervo arqueolgico resgatado) e o Arqueo@ Parque, ambiente que fornece acesso aos estudos, pesquisas e equipes, sero utilizadas como forma de unir, ainda mais, os processos cientficos e tecnolgicos aos sociais.

    A identificao e caracterizao das diversas culturas que ocuparam os locais contemplados pelo Programa, assim como a sua insero em contextos arqueolgicos e histricos so algumas das premissas deste trabalho de manejo. Para isso, necessrio compreender os espaos geogrfico, ambiental e temporal dos stios arqueolgicos, estudar os remanescentes da

    Prefcio

    15Paisagens Culturais Paulistas14 Paisagens Culturais Paulistas

  • cultura material resgatados nas localidades, alm de colher testemunhos de sociedades que habitara

Recommended

View more >