pgina 2 bem aventurado mateus - meeu.com. aventurado-mateus-01.pdf  texto organizado por...

Download Pgina 2 Bem aventurado Mateus - meeu.com. aventurado-mateus-01.pdf  Texto organizado por FIRMINO

Post on 20-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Pgina 2 Bem aventurado Mateus Conversa 1

  • Bem aventurado Mateus Conversa 1 pgina 3

    Este livro contm textos transcritos de palestra espiritual

    realizadas por incorporao pelo amigo espiritual JOAQUIM

    DE ARUANDA.

    Texto organizado por FIRMINO JOS LEITE, MRCIA LIZ

    CONTIERI LEITE

    ESPIRITUALISMO ECUMNICO UNIVERSAL

    R. Pedro Pompermayer, 13 Rio das Pedras SP

    (19) 3493-6604

    WWW.meeu.com.br

    Janeiro 2015

  • Pgina 4 Bem aventurado Mateus Conversa 1

  • Bem aventurado Mateus Conversa 1 pgina 5

    Assim, quando o corpo mortal se vestir com o que imortal e quando o

    que morre se vestir com o que no pode morrer, ento acontecer o que

    as Escrituras Sagradas dizem: a morte est destruda; a vitria total

    (Paulo Carta aos Corntios 1 Captulo 15 versculo 54).

  • Pgina 6 Bem aventurado Mateus Conversa 1

  • Bem aventurado Mateus Conversa 1 pgina 7

    ndice

    1. Aprendendo a ler 11

    2. O objetivo do estudo 13

    3. A mensagem de Joo Batista 15

    4. O batismo de Jesus Cristo 16

    5. V para o deserto 18

    6. Nem s de po vive o homem 19

    7. No ponha Deus a prova 20

    8. Adore a Deus 22

    9. Sirva a Deus e no ao prximo 23

    10. O pavimento da Bem-aventurana 26

    11. Troca de missionrios 26

    12. Se chamado, largue tudo 28

    13. As curas de Jesus 29

    14. Pobre de esprito 30

    15. Sofrer 32

    16. Humildes 34

    17. Viver a vontade de Deus 34

    18. Ter misericrdia 36

    19. Corao puro 37

    20. Trabalhar pela paz 37

    21. No rebater as crticas 38

  • Pgina 8 Bem aventurado Mateus Conversa 1

    22. No h necessidade de defender-se 39

    23. Sal para a humanidade 40

    24. A lei de Moiss 45

    25. O dio 48

    26. O adultrio 50

    27. O divrcio 52

    28. Os juramentos 54

    29. A vingana 55

    30. Amar os inimigos 56

  • Bem aventurado Mateus Conversa 1 pgina 9

  • Pgina 10 Bem aventurado Mateus Conversa 1

  • Bem aventurado Mateus Conversa 1 pgina 11

    1. Aprendendo a ler

    Participante: quando falarmos de Cristo podemos entender

    como conscincia cstica assim como conscincia bdica com os

    ensinamento de Buda, ou seja, a prpria conscincia iluminada que

    desperto das iluses?

    A resposta sua questo ser o incio de nossa conversa.

    por isso que disse voc se surpreender com nossas conversas.

    Essa surpresa se dar porque vocs no sabem ler.

    Participante: interpreta, no ?

    Na verdade no estou falando apenas de interpretao. Estou

    dizendo que no sabem ler.

    Me diga uma coisa: o que m livro?

    Participante: um conjunto de palavras que est passando uma

    ideia.

    No. Um livro narra uma histria. Todo livro, todas histria

    possui incio, meio e fim. A est o grande problema da leitura: vocs

    no procuram no incio entender a obra para depois mergulhar nela.

    o caso, por exemplo, de quando estudamos O Livro dos

    Espritos. Naquele momento disse bem claro: a primeira pergunta

    determina claramente eu Deus a Causa Primria de todas as

    coisas; a partir disso, na leitura de todo o resto do livro no se pode

    usar outra coisa como causa primria de alguma coisa.

    S que vocs humanos, conforme vo lendo, se esquecem do

    que est afirmado no incio dele. Por isso, em alguns captulos leem,

    geram compreenses, de forma isolada das informaes que

  • Pgina 12 Bem aventurado Mateus Conversa 1

    viveram anteriormente, quando o que est escrito ali faz parte de um

    contexto mais amplo dentro da criao da obra.

    por isso que digo que se surpreender quando comearmos

    a conversar sobre o que est em o Evangelho de Mateus.

    Participante: posso falar at que como uma crescente? No

    caso de O Livro dos Espritos, a segunda questo no pode ir contra

    a segunda, a terceira contra as duas primeiras e assim

    sucessivamente?

    Sim, a ideia inicial fica, mas ela desenvolvida nos captulos

    subsequentes. No incio de qualquer livro se determina o que ser

    dito e a partir dali se fala sobre o que foi dito anteriormente.

    Isso vale para todos os livros. Quando se escreve um

    romance, por exemplo, nos primeiros captulos se monta um cenrio

    que servira para toda a histria. o caso, por exemplo, de uma

    pessoa que l um livro que ambientado no Egito antigo. S que no

    meio do livro um personagem faz alguma ao, que era executada

    quela poca, e voc cobra que ele aja dentro dos preceitos de

    hoje.

    O incio do livro sempre posiciona o leitor dentro do que ser

    narrado. disso que vocs no podem se esquecer. Por isso,

    sempre que comear a ler um livro concentre-se em entender o

    incio dele para que possa chegar realmente onde quer chegar o

    autor. Sem isso ficar no seu livro, na sua interpretao.

    Participante: voc j no disse anteriormente que nada ficar

    escondido, tudo ser revelado?

    Essa informao est no Evangelho de Tom. Mas, h uma

    condio.

    A frase tambm com um livro: ela precisa ser entendida na

    totalidade e no com destaque de partes. Nesse caso ela diz: para

    aquele que se coloca como filho de Deus, nada ficar escondido,

    tudo ser revelado. Portanto, necessrio antes de tudo se colocar

    como filho de Deus para ter acesso s informaes.

  • Bem aventurado Mateus Conversa 1 pgina 13

    2. O objetivo do estudo

    Vamos comear?

    Para iniciar, lhe pergunto: o que vamos ler?

    Participante: vamos comear esse estudo lendo o Evangelho

    de Mateus.

    Certo, vamos ler o Novo Testamento. Para comear,

    pergunto: o que um testamento?

    Participante: ...

    Como voc pode ler algo chamado Novo Testamento se no

    sabe o que um testamento?

    Testamento um acordo entre partes.

    Vamos conversar sobre um acordo que chamado de novo,

    porque existe outro que chamado de velho, aquele que foi feito por

    Deus com a humanidade atravs de Abrao. Quando aparece a

    figura do Messias, do Cristo, surge a necessidade de se fazer um

    novo acordo, um novo testamento.

    Portanto, o Novo Testamento um acordo entre Deus e os

    espritos encarnados. Essa a primeira ideia sobre o que vamos

    conversar.

    Outra questo: o que est sendo acordado nesse testamento?

    Ou como muitos questionam? Qual a Boa Nova que esse

    testamento trs? Traz a informao de que existe um reino do cus,

    que no est acima nem abaixo, mas dentro de cada um. Nesse

    testamento o fato de viver nesse reino dos cus chamado de Bem-

    aventurana. No acordo que vamos ver, Deus diz aos seres

    encarnados que se seguirem o que est sendo proposto, acordado,

    ao final ele encontrar a Bem-aventurana.

    Esse o Novo Testamento que vamos ver. Vamos ver

    informaes de como se viver que esto no testamento e que se

    seguidas levar o ser humanizado a viver no reino do cu, ou seja,

    ser um Bem-aventurado.

  • Pgina 14 Bem aventurado Mateus Conversa 1

    Por isso, pergunto: o que Bem-aventurana? a felicidade

    que os santos vivem. Trata-se de uma felicidade diferente da que

    vocs conhecem, que o prazer. Por isso, afirmo que aquele que

    seguir o acordo, ou seja, cumprir o que est em o Novo Testamento,

    receber uma felicidade que independe de coisa materiais, de

    ganhar, de ser para ter ou ter para ser. Trata-se de um estado de

    esprito interno que leva o ser a viver em paz, harmonia e felicidade

    com as coisas do mundo.

    sobre isso que vamos conversar. Vamos falar sobre o que

    Deus fala aos encarnados que necessrio ser feito para eles

    alcancem a Bem-aventurana. Se eles no seguem, o que ganham?

    Prazer e dor.

    Portanto, o que vamos estudar um caminho que se seguido

    o leva a viver em paz, harmonia e felicidade; se no, o leva a viver o

    ciclo do prazer e da dor.

    Esse o resumo de nossa conversa. Nada do que disser

    aqui, nada de nossa conversa, pode fugir a isso. Cada ensinamento

    que lermos no Novo Testamento um caminho para se alcanar a

    felicidade.

    Claro que a linguagem de uma conversa sempre de acordo

    com o tempo em que foi proferida. Por isso, no vamos usar as

    mesmas palavras, mas com certeza iremos alcanar o mesmo

    objetivo do autor no Testamento.

    Alm disso, no nos esqueamos que a Bblia escrita em

    parbolas. Por isso, ser preciso se decodificar as histrias.

    Faremos isso sem inventar alguma coisa, claro, mas ampliaremos a

    compreenso do que foi dito para descobrir o que precisa ser feito

    para se viver em paz.

    Participante: se esse o novo acordo, qual o velho?

    O Velho Testamento. Ali est todo o velho acordo que, alis,

    no nos interessa. Porqu? Porque somos cristos. Se fossemos

    judeus teramos que estudar o velho e esquecer o novo.

    Essa importncia fica bem clara logo no incio do nosso

    estudo. Comece a ler o Evangelho de Mateus para comearmos a

    ver esses ensinamentos.

  • Bem aventurado Mateus Conversa 1