os caixas fazem a diferença!

Download Os Caixas Fazem a Diferença!

Post on 21-Jun-2015

947 views

Category:

Business

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Este tema é trabalhado com profissionais que atuam nos caixas de lojas, supermercados, postos de gasolina e que podem melhorar os cuidados com a segurança e ainda vender mais aqueles produtos que são comprados por impulso.

TRANSCRIPT

  • 1. Os Caixas Fazem a Diferena Cursos e PalestrasProf. Emerson Fabris Resumo do Contedo Divulgao no SlideShare.

2. Apresentao Emerson Fabris Coelho Martins Administrador - UFPR Especialista - Treinamento Empresarial - UTS/AU Especialista - Famlia e Finanas - PUCPR HMS Host, Ravens Ait e CYCA Global Telecom (Vivo) e Brasil Telecom Martins, MC, V Kia e UAU PUCPR e Grupo E. Fabris Gesto Familiar, PontoNet, EF e Dr. Casrio 3. ObjetivoApresentar tcnicas para que os caixas seaproximem da operao comercial epromovam um aumento nas vendas e naqualidade do atendimento. 4. Processos Produtivos em LojaPrimeiro AndarSegundo AndarAuto-Atendimento Assistncia Tcnica CaixasDegustaoAtendimentoAtendimento em Servios em Vendas Espera Recepo 5. Processo de DistribuioPrimeiro Andar Segundo AndarAuto-AtendimentoAdministrativoCaixas EstoqueDegustao Limpeza e Organizao Assistncia Tcnica Atendimento em VendasAtendimento em ServiosFachada Externa RecepoEspera 6. Processos Logsticos Sada Gerenciamento de Estoque e CaixaEntrada 7. Controles e Sistemas de Caixa 8. Funes dos Caixas Segurana Documentos financeiros e fiscais Troco Mquinas de leitura de cheques e carto Informao e acesso s operadoras Informao e acesso Contabilidade Avaliao de Fraudes, Cdulas e Moedas Avaliaes de Crdito e cheques Processos de contingncia em falha sistmica Processos de devoluo, troca e cancelamento Diferenas de caixa Resgate de cheque devolvido Parcelamento 9. Acesso ao CaixaO acesso ao caixa deve ser restringido spessoas autorizadas pela gerncia.Somente estas pessoas tem acesso aoespao fsico e ao sistema degerenciamento. O caixa deve estar sempretrancado e a chave em poder das pessoassupra citadas. 10. O que Segurana? Segurana ter ateno e cuidado para nogerar perdas e danos pessoais e coletivos. Segurana se antecipar aos fatos. Segurana buscar ferramentas que garantammaior segurana. Segurana ser confiante, mantendo sempreum p atrs. 11. Segurana no CaixaA segurana o principal ponto de ateno em um caixa.O primeiro fator de segurana o acesso. Limitando oacesso o risco diminui consideravelmente. O segundoponto o correto lanamento das vendas. O terceiro otroco. O quarto a movimentao dos valores. 12. Fatos Geradores de Perdas e Danos Falta de Controles Gerenciais. Falta de Treinamento. Falta de Ateno. Falta de Carter. Falta de Atitude. Medo de Represlias. 13. Os Impactos das Perdas e Danos Aumento dos custos da empresa. Aumento da preocupao comrelao postura da equipe. Diminuio de recursos parainvestimento na equipe. Aumento de carga de trabalhopara tratar de assuntos de Perdas e Danos. Diminuio de Tempo para tratarde assuntos de interesse coletivo. 14. Perdas e Danos Comuns Falta de produtos no estoque. Falta de fundo de caixa. Utilizao de Papel e Cartuchos de impresso. Furtos e Roubos durante a apresentao dosProdutos. Fraudes Contratuais - Documentao 15. Resoluo de Problemas Em caso de arrombamento, aviseimediatamente a Gerncia e acione a seguranado local. Aguarde instrues. Caso encontre divergncia no recebimento demercadorias, no assine a NF e avise a Gerncia. 16. Uma pessoa sem informao no pode assumirresponsabilidades. A uma pessoa a quem foramdadas informaes, s resta agir Jan Carlzon 17. Obrigado e Boa Sorte! Prof. Emerson Fabriswww.emersonfabris.com.br atendimento@emersonfabris.com.br 41 3053 3500 18. BibliografiaKOTLER, Philip. Princpios de Marketing. Rio de Janeiro: Editora Prentice-Hall, 1998.ROCHA, Vanderley Arago. Pequenos Negcios Inteligentes. Porto Alegre: Editora AGE, 1996.MEGIDO, Jos Luiz Tejon. Pequenas Empresas, Grandes Vendedores. Braslia: Editora Sebrae, 1995.CHAGAS, Fernando Celso Dolabebela. O Segredo de Lusa. So Paulo: Cultura Editores Associados, 1999.CARLZON, Jan. A Hora da Verdade. Rio de Janeiro: Sextante, 2005.GEUS, Arie de. A empresa viva. So Paulo: Publifolha, 1999.TOMASKO, Robert M. Crescer, no destruir. Rio de Janeiro: Campus, 1999.SEMLER, Ricardo F.. Virando a prpria mesa. So Paulo: Best Seller, 1988.SMALLIN, Donna. Organize-se. So Paulo: Editora Gente, 2004.FRANKENBERG, Louis. Sucesso e independncia: famlia, carreira e finanas para toda a vida. Rio de Janeiro, Elsevier, 2007.MOSCOVICI, Fela. Equipes do certo: a multiplicao do talento humano. Rio de Janeiro: Jos Olympio, 2003.BYHAM, William C.. Formando lderes: como identificar, desenvolver e reter talentos de liderana. So Paulo: Prentice Hall, 2003.ROBBINS, Stephen P.. Comportamento Organizacional. Rio de Janeiro: LTC, 1999.ERVILHA, A J. Limo. Liderando equipes para otimizar resultados. So Paulo: Nobel, 2003.HUNTER, James C.. O monge e o executivo. Rio de Janeiro: Sextante, 2004.LAZARUS, Arnold A.. De bem com a vida: dicas prticas para se livrar do stress e da ansiedade e adotar uma maneira de pensarmais positiva. Rio de Janeiro: Sextante, 2008.MAXWELL, John C.. Talento no tudo: descubra os 13 princpios para voc superar seu talentos e maximizar suas habilidades.Rio de Janeiro: Thomas Nelson, 2007.BARBOSA, Christian. Voc, dona do seu tempo: como ser mais produtiva e ter mais qualidade de vida. So Paulo: Editora Gente,2007.Luppa, Luis Paulo. O vendedor pitt bull: o profissional indispensvel para sua empresa. So Paulo: Editora Landscape, 2006.CURRY, Jay. O cliente, capital da empresa. So Paulo: Nobel, 1996.VERDI, Csar Augusto. Vendendo com Qualidade. Rio de Janeiro, Qualitymark, 1996.WHITELEY, Richard C.. A empresa totalmente voltada para o cliente. So Paulo: Publifolha, 1999.

Recommended

View more >