organizar reuniµes de pais

Download Organizar reuniµes de pais

Post on 07-Mar-2016

218 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Projeto Gráfico e Editoração: Mariana do Espirito Santo

TRANSCRIPT

  • Geovana Aparecida Teixeira IzidorioGraduada em Pedagogia pela Faculdade de Educao de Joo Monlevade de Minas Gerais. Especialista em Gesto pela Universidade Federal de Viosa. Experincia em estabelecimentos de ensino pblico e privado com coordenao de processos administrativos e pedaggicos. Coordenadora Operacional do Colgio Pitgoras Cidade Jardim.

    Organizar reunioes de pais

    1. edio 2009

    ~

  • Izidrio, Geovana Aparecida Teixeira Organizar reunies de pais / Geovana AparecidaTeixeira Izidrio. -- Belo Horizonte : Editora Educacional, 2009. -- (Coleo + fcil).

    1. Educao - Participao de pais 2. Escola e famlia 3. Pais e professores 4. Reunies I. Ttulo. II. Srie.

    09-07892 CDD-371.103

    Dados internacionais de catalogao na publicao (CIP)(Cmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)

    Diretoria de Produtos e ServiosPaulo Csar Dias de Moura

    Gerncia EditorialAdriana Batista Gonalves

    Produo EditorialAlex Alves BastosDaniela Pereira de MeloDenise de Barros GuimaresGabrielle Cunha VieiraHlio MartinsJoana Paula de SouzaJnia Kelle Teles MartinsLilian Ferreira de SouzaLuciana Marinho da SilvaLuciano Pereira MarinsMarcelo Correa de PaulaPriscilla Alves do NascimentoRaquel Barcelos e MeloRoberta Mara de Souza LimaTatiane Aline do Carmo e Melo

    Pesquisa Iconogrfica e Autorizao de TextosAline Paula de OliveiraDouglas Nunes BrandoLuana Flix da SilvaMagali Luciene dos SantosMiriam Carla Martins

    Consultoria e Coordenao PedaggicaAldeir Antonio Neto Rocha Aparecida Costa de AlmeidaCornlia Cristina Sampaio BrandoGustavo Celso de MagalhesLydston Rodrigues de Carvalho Marinette de Ccia Freitas Raquel Cristina dos Santos Faria

    Projeto Grfico Mariana do Espirito Santo

    Preparao e Reviso de Texto Lngua e Estilo

    Editorao Eletrnica Mariana do Espirito Santo

    IlustraoGuto Respi

    Impresso e AcabamentoFormato Artes Grficas

    Reproduo proibida. Art. 184 do Cdigo Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

    Todos os direitos reservados.Rua Paraba, 330 17 andar

    30130-140 Belo Horizonte MGTel.: (31) 2126-0853

    www.eeducacional.com.br

  • ~Apresentacao~Preparar e realizar uma reunio de pais um grande desafio para todas as escolas. Apesar de rotineira, essa atividade necessria e fundamental para renovar a parceria estabelecida entre famlia e escola com o intuito de trabalhar para o alcance de um objetivo comum: as aprendizagens cognitivas e afetivas dos alunos.

    De forma generalizada, estas reunies tm sido ocasies de simples troca de informaes sobre notas e rendimentos.

    O que fazer? Como trazer as famlias escola? Como tornar as reunies atrativas e interessantes? Como intensificar a presena das famlias na escola? Percebe-se uma grande angstia de diretores, coordenadores e professores no momento de preparao dessas reunies, pois se sentem divididos entre o desejo de inovar e a dvida sobre como faz-lo.

    preciso ousar, desconstruindo este modelo de reunio que a maioria das instituies educacionais utiliza e, reconstru-la alicerada no Projeto Pedaggico e nas aes de toda a Equipe Escolar.

    O objetivo principal deste livro sugerir passos a serem seguidos em sua preparao, apresentando sugestes de propostas bem-sucedidas, retiradas de prticas simples do dia a dia, transformando-as num encontro prazeroso e produtivo.

  • 7919444655

    SumarioContextualizando a prtica

    Propostas de reunies

    Passo a passo na organizao de reunies

    Consideraes finais

    Anexos

    Referncias

  • 7Contextualizando a praticaDe acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educao Nacional, a educao abrange processos formativos que se desenvolvem no convvio escolar e familiar. Assim, famlia e escola devem caminhar lado a lado, mas, geralmente, elas se encontram apenas em eventos escolares ou em reunies para a entrega de notas e para averiguao se o aluno obteve fracasso ou sucesso. Isso ocorre porque se perde de vista que a educao processual. Sua eficcia reside na participao efetiva da famlia na escola, e o caminho para se alcanar isso est no estabelecimento de um dilogo contnuo entre ambas, que pode ser viabilizado por meio de reunies.

    O foco de uma reunio entre a famlia e a escola deve ter como objetivo a busca conjunta do entendimento do universo a que pertencem, transformando-se num momento de planejamento de metas, de agregao de contribuies, uma vez que a escola no consegue educar sozinha. Por isso, a reunio deve ir alm da troca de informao acerca de notas e comportamento do aluno.

    Nas ltimas dcadas, a organizao familiar mudou muito, em virtude de transformaes demogrficas, econmicas e sociais, como o aumento dos centros urbanos, a elevao da expectativa de vida, a conquista de mais espao no mercado de trabalho pela mulher e o declnio do nmero de filhos por casal. De acordo com Berqu (1989), tem-se presenciado uma pluralidade cada vez maior de arranjos familiares. Esses novos modelos de famlias fazem parte da realidade de muitas crianas, adolescentes e jovens; portanto crescem as exigncias em relao ao papel que a escola deve desempenhar em razo desta nova estrutura social.

  • 8Como a criana passa mais tempo na escola, espera-se que, alm de preparar sua formao para a vida em sociedade, para a escolha profissional e o respeito ao meio ambiente, ela aprimore os seus valores familiares.

    Organizar reunies que alcancem e contemplem os diferentes tipos de famlia um ponto fundamental que far o diferencial da escola, pois a famlia sentir-se- acolhida em suas especificidades. E a reside sucesso ou insucesso da escola: no cuidado com o indivduo. Anteriormente, a presena da famlia na escola era, no mnimo, desconfortvel, e qualquer reclamao era recebida como uma invaso de territrio. Atualmente, a escola sabe que essa parceria importante, principalmente, porque, se a escola trabalhar dentro dessa proposta, os pais percebero que, salvo as competncias de cada uma das partes na educao dos filhos, caminharem lado a lado garantia de xito.

    Juntos, famlia e escola utilizaro as reunies como espao efetivo para diviso de responsabilidades, sem perder de vista que, mesmo tendo papis diferentes na formao e no desenvolvimento do filho / aluno, precisam perceber que tm em comum o comprometimento com esta educao. E, assim, buscaro alinhar aes para que alcancem a formao integral desse indivduo.

    Por essa razo, as atenes da escola devem estar voltadas para a promoo de pequenas reunies ao longo de todo o perodo letivo, atendendo grupos de pais ou em reunies mais individualizadas, quando se fizerem necessrias.

    8

  • 9Propostas de reunioesReunio de captao

    A reunio de captao pode ser realizada no dia do teste de seleo. Logo aps os alunos terem sido encaminhados ao local onde acontecer a prova, os pais sero convidados para participarem de um encontro com a equipe pedaggica. Neste momento, devem ser apresentadas a proposta pedaggica, as estruturas administrativas e feita uma visita guiada pela escola. Nesta oportunidade, apresentam-se os espaos escolares e sua utilizao, atravs de um roteiro previamente organizado.

    Outro formato para uma reunio de captao seria estabelecer parcerias com outras escolas que no oferecem as mesmas sries / anos ou mesmo com empresas locais, no perodo de matrcula. Agende com essas parceiras uma reunio com os pais / funcionrios que tenham filhos nas sries / anos que sua escola oferece. Assim, faa uma bela apresentao e convide-os para conhecer o espao escolar.

    ~

  • 10

    Reunio para o incio do ano letivo As reunies para incio do ano letivo devem ser assim divididas: reunio com pais novatos e reunio com os pais veteranos. importante observar que a organizao de uma reunio para incio de ano deve levar em considerao as especificidades de cada srie e / ou segmento.

    As reunies com pais veteranos, normalmente, acontecem no primeiro ms de aula. Para que ocorram de forma dinmica e personalizada, o ideal que tenha um nmero menor de pais. No h uma regra, devem ser estruturadas de acordo com cada escola e nmero de alunos, podendo ocorrer por turma, por exemplo.

    Fazer uma reunio para todos os pais num s horrio deve ser um ltimo recurso. O ideal dividi-los em grupos menores conforme as caractersticas em comum que apresentam. Por exemplo, os pais de alunos do berrio e maternal devem ser acolhidos de uma forma diferenciada dos pais de alunos do Ensino Mdio. Enquanto os primeiros precisam conhecer em detalhes como ser o perodo de adaptao, como podero auxiliar na formao da rotina dessas crianas e mesmo serem amparados em suas prprias inseguranas e receios de deixarem os filhos to pequeninos aos cuidados da escola, o segundo grupo de pais ter um foco mais voltado para as propostas que a escola apresentar para que seus filhos alcancem sucesso no vestibular.

    Caso seja necessrio organizar uma reunio com todos os pais da escola, sugere-se que, em um primeiro momento, todos sejam acomodados num auditrio ou na quadra, cuidando-se para que a acstica e estrutura sejam capazes de acolh-los de forma adequada. Assim, a Direo faz uma breve apresentao da estrutura administrativa da escola. A seguir, os pais devem ser convidados a dirigirem-se a locais j sinalizados, que podero ser salas de aula e outros espaos da escola, e, neste segundo momento, sero recebidos pelos professores / orientadora da turma de seus filhos.

  • Para os alunos da Educao Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental, o professor de cada turma ficar responsvel pela coordenao da pauta. J com os pais de alunos dos anos finais do Ensino Fundamental e Ensino Mdio, como so vrios professores dos diversos componentes curriculares, sugere-se que eles sejam distribudos em grupos menores e, em cada subgrupo, um deles coordene a