Orçamento público orçamento no brasil

Download Orçamento público   orçamento no brasil

Post on 08-Jun-2015

6.018 views

Category:

Education

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. Oramento Pblico Thiago Ribeiro de OliveiraE-mail: tr.oliveira2009@hotmail.com</li></ul> <p> 2. Oramento Pblico Origens: 1215- Gr-Bretanha (Embrio do Oramento) o qual autoriza a Arrecadao de Receitas; 1822 Gr-Bretanha (Origem) o qualdetermina as despesas junto com aarrecadao das despesas. 3. Conceito TradicionalPreviso de ReceitaseFixao de Despesas 4. Oramento Pblico Ato Administrativo revestido de foralegal; Aes de Governo mensuradas fsica emonetariamente; e Instrumento de execuo doPlanejamento Governamental. 5. Oramento Pblico no Brasil Oramento Tradicional nfase naquilo queCompra (Objeto); Oramento de Desempenho nfase naquiloque Faz; e Oramento Programa Vinculado aoPlanejamento. 6. Oramento Tradicional Principal funo: propiciar o controle polticosobre as finanas. Dotava os rgos governamentais de recursosapenas para pagamento de despesas. Se caracteriza apenas por ser um documentode previso de receitas e autorizao dedespesas. Corrigido com o que se gastava no anoanterior. 7. Oramento Tradicional ReceitasDespesas Ministrio da Sade Tijolo.R$ 10.000,00 R$ 100.000,00 Cimento..R$ 10.000,00 Pessoal.R$ 15.000,00 Remdio..R$ 20.000,00 Raio-XR$ 5.000,00 Outros..R$ 40.000,00 Total---------R$100.000,00 8. Oramento Tradicional (FCC/AFC) A nfase no OBJETO do gasto, aoinvs da preocupao com a categoria econmicado dispndio, demonstra que se trata: A) Tradicional B) Participativo C) Base Zero D) Oramento Programa E) Oramento de Desempenho 9. Oramento de Desempenho Evoluo do Oramento Tradicional; nfase naquilo que o Estado FAZ; Melhora do processo oramentrio,fornecendo ao gestor mecanismos de avaliar,alm dos gastos, os resultados da aogovernamental; Indicao dos benefcios que seriam obtidos; 10. Oramento de Desempenho Incorporao do Programa de Trabalho:buscava medir desempenho Organizacional J buscava ligar os gastos aos objetivos; Apesar dos objetivos previstos, no vinculado ao planejamento. 11. Oramento DesempenhoReceitasDespesas Ministrio da Sade Funo: Hospitais Projeto: Construo de R$ 100.000,00 Hospitais Cimento.R$ 10.000,00 Tijolo...R$ 10.000,00 Diabetes...R$ 15.000,00 Atividade: Equipar os Hospitais Raio-X..R$ 20.000,00 Camas.R$ 5.000,00 Outros.R$ 40.000,00 Total---------R$100.000,00 12. Oramento Desempenho (FCC-2005/SAEB) O Oramento, na suaevoluo, passou para uma fase em que a preocupaodeixou de ser o gasto. Embora ainda no enfatizadacomo instrumento de planejamento, voltou-se paradesvendar as realizaes governamentais e seuscustos, passando a ser chamado de oramento A) Tradicional B) Base Zero C) de Desempenho D) Programa E) Operacional 13. Oramento Programa Plano de trabalho expresso por um conjuntode aes a realizar e pela identificao dosrecursos necessrios para a sua execuo; Deve considerar o que o Governo pretendealcanar durante um determinado perodo, ecom isso, passa a ser mais do que um simplesdocumento financeiro; Efetivado a partir da Lei 4.320/64 e do DecretoLei 200/67. 14. Oramento Programa - Vantagens Melhor planejamento das aes; Maior preciso na elaborao dosoramentos; Identificao dos gastos e realizaes porprograma e sua comparao em termosabsolutos e relativos; nfase no que a instituio realiza e no noque ela gasta 15. Oramento Programa (FGV 2006 M. da Cultura Adap.) O tipo deoramento que constitui um plano de trabalho dogoverno, expresso por um conjunto de aes a realizare identificao dos recursos necessrios para suaexecuo, visando a alcanar objetivos definidos, denominado de: A) oramento Tradicional B) Oramento de Desempenho C) Oramento Programa D) Oramento de Investimentos E)Oramento Base Zero 16. Oramento Tradicional X OramentoPrograma Oramento TradicionalOramento Programa O processo Oramentrio O oramento odissociado dos processos de elo/vnculo entreplanejamento eplanejamento e as funesprogramao;executivas da organizao; A alocao de recursos visa A alocao de recursos execuo de metas eobjetiva a aquisio de objetivos;meios; Decises oramentarias so Decises so tomadas comtomadas com base embase na necessidade daavaliaes tcnicas dasunidade organizacional; alternativas possveis; 17. Oramento Tradicional X OramentoPrograma Oramento TradicionalOramento Programa Inexistem sistemas de Utilizao sistemtica deacompanhamento eindicadores e padres demedio do trabalho, assimmedio do trabalho e doscomo dos resultados;resultados; O controle objetiva avaliar a O controle objetiva avaliar ahonestidade/integridade eficincia, a eficcia e ados agentes efetividade das aes;governamentais e alegalidade no cumprimentodo oramento; 18. Oramento Tradicional X OramentoPrograma Oramento TradicionalOramento Programa Na elaborao so Na elaborao do oramentoconsideradas as so considerados todos osnecessidades financeiras da custos dosorganizao;programas, inclusive os queextrapolam o exerccio; A estrutura do oramento A estrutura do oramento estd nfase aos aspectosvoltada para os aspectoscontbeis da gesto;administrativos e de Principais critrios de planejamento;classificao: unidades Principal critrio deadministrativas e elementos classificao: funcional, comde despesas.estrutura programtica. 19. Oramento Base-Zero (CESPE TCU 2005 ACE) O oramentoprograma pode ser definido como um planode trabalho que contm um conjunto de aesa realizar e a identificao dos recursosnecessrios sua execuo. O oramentoprograma no apenas documentofinanceiro, mas instrumento deoperacionalizao das aes do governo, emconsonncia com planos e diretrizesestabelecidos. 20. Oramento Base-Zero Processo Oramentrio que se apoia nanecessidade de justificativa de todos osprogramas cada vez que se inicia um novociclo oramentrio. Analisa, rev e avalia todas as despesaspropostas e no apenas as das solicitaesque ultrapassam o nvel de gasto existente.Verifica despesas que devem ser mantidas eaquelas que podem ser eliminadas. 21. Oramento Base-Zero Realizar, a cada perodo de elaborao dooramento, ampla reavaliao de todas asdespesas demandadas pelos rgos dogoverno como se nenhuma despesa tivessesido realizada. 22. Oramento Base-Zero (CESPE MMA Analista 2008) Ooramento base zero caracteriza-se como ummodelo do tipo racional, em que as decisesso voltadas para a maximizao da eficinciana alocao dos recursos pblicos. Adota-se, como procedimento bsico, oquestionamento de todos os programas emexecuo, sua continuidade e possveisalteraes, em confronto com novosprogramas pretendidos. 23. Oramento Participativo Processo de planejamento que contempla apopulao no processo decisrio, por meio delideranas ou audincias pblicas, existnciade uma co-participao do Executivo eLegislativo na Elaborao dos oramentos. 24. Oramento Incremental Elaborado atravs de ajustes marginais deseus itens de receita e despesa. Repetio do oramento anterior acrescido davariao de preos ocorrida no perodo. 25. Oramento Incremental (CESPE TST Analista 2008) O oramentoprograma se diferencia do oramentoincremental pelo fato de que este ltimopressupe uma reviso contnua da estruturabsica dos programas, com aumento oudiminuio dos respectivos valores.</p>