orcamento de obras 2013

Download Orcamento de Obras 2013

Post on 28-Dec-2015

11 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

GERENCIAMENTO E ORAMENTO DE OBRAS

ORAMENTO DE OBRASORAMENTO DE OBRASORAMENTO DE OBRAS ORAMENTO DE OBRAS1. CONCEITOS E DEFINIES2. CARACTERSTICAS (ATRIBUTOS) DO ORAMENTO3. ETAPAS DA ORAMENTAO4. UTILIDADES DA ORAMENTAO5. GRAU DE DETALHE DO ORAMENTO6. ELABORAO DO ORAMENTOLEVANTAMENTO DE QUANTIDADESCOMPOSIO DE CUSTOSCUSTO DA MO DE OBRACUSTO DE MATERIAISCUSTO DE EQUIPAMENTOSCUSTO DIRETOCUSTO INDIRETO7. BDIDESPESAS INDIRETASLUCRO E IMPOSTOSPREO DE VENDA E BDIORAMENTO DE OBRAS1. CONCEITOS E DEFINIESORAMENTO: ESTIMATIVA DO PREO, COM NVEL DE PRECISO ADEQUADO, OBTIDO ATRAVS DO LEVANTAMENTO DE QUANTIDADES DE MATERIAIS, MO DE OBRA E EQUIPAMENTOS.

ORAMENTAO: O CONJUNTO DE ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDASPELO PROFISSIONAL PARA ELABORAO DO ORAMENTO.

ORAMENTO DE OBRASCUSTO: TODO GASTO ENVOLVIDO NA PRODUO TODOS OS INSUMOS (MO-DE-OBRA, MATERIAIS E EQUIPAMENTOS); TODA A INFRA-ESTRUTURA NECESSRIA PARA A PRODUO (CANTEIROS, ADMINISTRAO LOCAL, MOBILIZAO E DESMOBILIZAO, ETC.).

CUSTO: O RESULTADO DA SOMA DE TODOS OS CUSTOS UNITRIOS DOS SERVIOS NECESSRIOS PARA A CONSTRUO, MAIS OS CUSTOS DE INFRAESTRUTURA.CUSTOS DIRETOS (CUSTOS UNITRIOS)CUSTOS INDIRETOS (INFRAESTRUTURA)

DESPESA: TODO O GASTO NECESSRIO PARA A COMERCIALIZAO DO PRODUTO:GASTOS COM A ADMINISTRAO CENTRAL E FINANCEIRAS;GASTOS COM PAGAMENTO DE TRIBUTOS;GASTOS DE COMERCIALIZAO (PARTICIPAO EM LICITAES, REMUNERAO DE AGENTES COMERCIAIS, VIAGENS, PROPOSTAS TCNICAS, ETC.).

CUSTOS DIRETOSORAMENTO DE OBRASBDI - BENEFCIO E DESPESAS INDIRETAS: PERCENTUAL QUE SE ADICIONA AO CUSTO DIRETOS DE UMA OBRA OU SERVIO PARA COBRIR AS DESPESAS INDIRETAS QUE O CONSTRUTOR TEM, MAIS O LUCRO, RISCO DO EMPREENDIMENTO, AS DESPESAS FINANCEIRAS INCORRIDAS, OS TRIBUTOS INCIDENTES NA OPERAO E EVENTUAIS DESPESAS DE COMERCIALIZAO. ORAMENTO DE OBRASDIFERENAS ENTRE CUSTO E PREOCUSTO O RESULTADO DA SOMA DE TODOS OS CUSTOS UNITRIOS DOS SERVIOS NECESSRIOS PARA A CONSTRUO MAIS OS CUSTOS DE INFRA-ESTRUTURA NECESSRIA PARA A REALIZAO DE UMA OBRA.PREO OU PREO DE VENDA O VALOR MONETRIO DO CUSTO ACRESCIDO DO BDI.

ORAMENTO DE OBRAS2. CARACTERSTICAS (ATRIBUTOS) DO ORAMENTOAPROXIMAO: POR BASEAR-SE EM PREVISES TODO ORAMENTO APROXIMADO. O ORAMENTO NO EXATO, PORM PRECISO.ESPECIFICIDADE: NO EXISTE ORAMENTO PADRONIZADO OU GENERALIZADO. PARA CADA OBRA UM ORAMENTO.

TEMPORALIDADE: ORAMENTO REALIZADO TEMPOS ATRS J NO MAIS VLIDO HOJE.

ORAMENTO DE OBRAS3. ETAPAS DA ORAMENTAO

LEITURA E INTERPRETAO DO PROJETO E ESPECIFICAES TCNICASLEITURA E INTERPRETAO DO EDITALVISITA TCNICAIDENTIFICAO DOS SERVIOSLEVANTAMENTO DE QUANTITATIVOSDISCRIMINAO DOS CUSTOS DIRETOSDISCRIMINAO DOS CUSTOS INDIRETOSCOTAO DE PREOSDEFINIO DE ENCARGOS SOCIAIS E TRABALHISTASDEFINIO DO LUCROCLCULO DO BDIPLANILHA DE PREOS

ORAMENTO DE OBRAS4. UTILIDADES DA ORAMENTAODEFINIO DO CUSTO DA OBRALEVANTAMENTO DOS MATERIAIS E SERVIOSOBTENO DE NDICES PARA ACOMPANHAMENTODIMENSIONAMENTO DE EQUIPESCAPACIDADE DE REVISO DE VALORES E NDICESREALIZAO DE SIMULAESGERAO DE CRONOGRAMAS FSICO E FINANCEIROANLISE DA VIABILIDADE ECONMICO-FINANCEIRA

ORAMENTO DE OBRAS5. GRAUS DE DETALHE DO ORAMENTOESTIMATIVA DE CUSTO - AVALIAO DE CUSTO DA OBRA OBTIDA ATRAVS DO EXAME DE DADOS PRELIMINARES DE UMA IDIA DE PROJETOEM RELAO REA A SER CONSTRUDA, UTILIZANDO-SE DE UM VALOR MDIO POR M, PARA DETERMINADAS OPES DE ESTRUTURA E ACABAMENTO, PUBLICADA EM REVISTAS ESPECIALIZADAS, OU OUTRAS FORMAS DE AVALIAO SINTTICA BASEADAS NAS EXPERINCIAS DE OUTRAS OBRAS SIMILARES; CUSTO UNITRIO BSICO (CUB) NBR 12.721 CUSTO UNITRIO PINI DE EDIFICAES

ORAMENTO DE OBRASORAMENTO PRELIMINAR AVALIAO DE CUSTO OBTIDA ATRAVS DO LEVANTAMENTO DE QUANTIDADES DE SERVIOS, MATERIAIS, MO DE OBRA E EQUIPAMENTOS, ACOMPANHADO DE PESQUISA DE MERCADO DOS PREOS MDIOS DOS COMPONENTES, NORMALMENTE FEITA A PARTIR DO ANEPROJETO. PARA SER UM ORAMENTO E NO APENAS CUSTO, DEVE SER INCLUDO TAMBM O BDI;ORAMENTO ANALTICO OU DETALHADO AVALIAO DO PREO, COM NVEL DE PRECISO ADEQUADO, OBTIDA ATRAVS DO LEVANTAMENTO DE QUANTIDADES DE SERVIOS, MATERIAIS, MO DE OBRA E EQUIPAMENTOS, ACOMPANHADOS DA COMPOSIO ANALTICA DOS CUSTOS UNITRIOS, REALIZADA NA ETAPA DE PROJETO E/OU PROJETO EXECUTIVO, INCLUINDO O BDI ;ORAMENTO SINTTICO OU RESUMIDO O RESUMO DO ORAMENTO DETALHADO COM VALORES PARCIAIS EXPRESSOS EM ETAPAS OU GRUPOS DE SERVIOS, COM SEUS RESPECTIVOS SUBTOTAIS E COM O VALOR TOTAL DO ORAMENTO.

ORAMENTO DE OBRAS6. ELABORAO DO ORAMENTO: PARA ORGANIZAR UM ORAMENTO DE OBRAS DETALHADO PRECISAMOS CONHECER: AS QUANTIDADES DOS SERVIOS E OS CUSTOS UNITRIOS DESTES SERVIOSQUANTIDADE x CUSTO UNITRIO = CUSTO DO SERVIO DOS CUSTOS DOS SERVIOS = CUSTO DA OBRACUSTO DA OBRA X BDI = PREO DA OBRAORAMENTO DE OBRASPLANILHA DE ORAMENTOItemDiscriminaoQuant.Un.P. UnitrioP. TotalORAMENTO DE OBRAS6.1 IDENTIFICAO DOS SERVIOS: FEITO ATRAVS DO ESTUDO DOS PROJETOS, ESPECIFICAES TCNICAS E DO RELATRIO DA VISITA TCNICA.6.2 LEVANTAMENTO DE QUANTIDADES (OU QUANTITATIVOS): A QUANTIFICAO DOS DIVERSOS MATERIAIS (OU LEVANTAMENTO DE QUANTIDADES) DE UM DETERMINADO SERVIO DEVE SER FEITA COM BASE EM DESENHOS FORNECIDOS PELO PROJETISTA, CONSIDERANDO-SE AS DIMENSES ESPECIFICADAS E SUAS CARACTERSTICAS TCNICAS.

ORAMENTO DE OBRAS6.3 DETERMINAO DO CUSTO DIRETO:O CUSTO DIRETO RESULTADO DA SOMA DE TODOS OS CUSTOS UNITRIOS DOS SERVIOS NECESSRIOS PARA A CONSTRUO DA EDIFICAO, OBTIDOS PELA APLICAO DOS CONSUMOS DOS INSUMOS SOBRE OS PREOS DE MERCADO, MULTIPLICADOS PELAS RESPECTIVAS QUANTIDADES, MAIS OS CUSTOS DA INFRA-ESTRUTURA NECESSRIA PARA A REALIZAO DA OBRA.

ORAMENTO DE OBRASOS CUSTOS DIRETOS SE DIVIDEM EM:CUSTO DIRETO PROPRIAMENTE DITO, COMPOSTO PELA SOMA DE TODOS OS GASTOS QUE SERO INCORPORADOS AO OBJETO PRINCIPAL DO CONTRATO (EDIFICAES, ESTRADAS, USINAS ETC.) REPRESENTADO PELA PLANILHA DE CUSTOS UNITRIOS.CUSTO INDIRETO COMPOSTO POR SERVIOS AUXILIARES (INFRA-ESTRUTURA) PARA POSSIBILITAR A EXECUO DO OBJETO DO CONTRATO (CANTEIRO DE OBRAS, ALOJAMENTOS,ADMINISTRAO LOCAL, MOBILIZAO E DESMOBILIZAO ETC.).

ORAMENTO DE OBRASCOMPOSIO DE CUSTOS UNITRIOS DE UM SERVIO: A RELAO DE INSUMOS NECESSRIOS SUA EXECUO, ACOMPANHADA DE SUAS RESPECTIVAS UNIDADES, E DO CONSUMO DE CADA ITEM PARA EXECUTAR UMA QUANTIDADE UNITRIA DO SERVIO.

CUSTOS ENVOLVIDOS EM UM SERVIO: MATERIALMO DE OBRA + ENCARGOS SOCIAIS E TRABALHISTAEQUIPAMENTOS

A COMPOSIO DE CUSTO UNITRIO PODE SER OBTIDO:ATRAVES DE CONSULTA A LITERUTURA TCNICA (TCPO /PINI)CONSUMO TERICO DE INSUMOSAPROPRIAO DO CONSUMO NA OBRA

ORAMENTO DE OBRASA COMPOSI DE CUSTOS UNITRIOS UMA TABELA QUE APRESENTA TODOS OS INSUMOS QUE ENTRAM DIRETAMENTE NA EXECUO DE UMA UNIDADE DO SERVIO, COM SEUS RESPECTIVOS CUSTOS UNITRIOS E TOTAIS. SENDO CONSTITUDA DE CINCO COLUNAS:

INSUMO CADA UM DOS ITENS DE MATERIAL, MO-DE-OBRA E EQUIPAMENTO QUE ENTRAM NA EXECUO DIRETA DO SERVIO.UNIDADE - A UNIDADE DE MEDIDA DO INSUMO. QUANDO SE TRATA DE MATERIAL, PODE SER Kg, m, m, m, un, ENTRE OUTRAS; PARA MO-DE-OBRA, A UNIDADE SEMPRE A HORA (HOMEM-HORA); PARA EQUIPAMENTOS, HORA DE MQUINA.NDICE - A INCIDNCIA DE CADA INSUMO NA EXECUO DE UMA UNIDADE DE SERVIO.CUSTO UNITRIO - O CUSTO DE AQUISIO OU EMPREGO DE UMA UNIDADE DO INSUMO.CUSTO TOTAL - O CUSTO TOTAL DO INSUMO NA COMPOSIO DE CUSTOS UNITRIOS. OBTIDO PELA MULTIPLICAO DO NDICE PELO CUSTO UNITRIO. A SOMATRIO DESSA COLUNA O CUSTO TOTAL UNITRIO DO SERVIO.

ORAMENTO DE OBRASEXEMPLO DE TABELA DE COMPOSIO DE CUSTO:SERVIO: CONCRETO ESTRUTURAL FCK=18MPA CONTROLE B OBRA : m

OBS.: 1) TCPO 12 CODIGO 03310.8.1.35 2) SALRIO BASE: SERVENTE R$ 683,00 (R$ 3,10/h) OFICIAL R$ 960,00 (R$ 4,36/h) 3) ENCARGOS SOCIAIS E TRABALHISTAS: 131,91%

UNIDADENDICECUSTO UNITRIO(R$)CUSTO TOTAL(R$)SERVENTEH6,00007,1939,54AREIA GROSSAM30,903844,0041,27CIMENTOkg304,00000,44133,76BRITA 1 E 2M30,836078,0065,21BETONEIRA POT 2HP 320 LH0,35001,6056TOTAL280,34ORAMENTO DE OBRASA COMPOSIO DE PREO UNITRIO SERVE:CALCULAR A LISTA DE MATERIAISPLANEJAR EQUIPE DE MO DE OBRAPLANEJAR USO DE EQUIPAMENTOSCALCULAR O CUSTO/PREO DO SERVIOORAMENTO DE OBRASCUSTO DA MO-DE-OBRA: OBTIDO ATRAVS DO SALRIO BASE DO OPERRIO ACRESCIDO DOS ENCARGOS SOCIAIS E TRABALHISTA.

CUSTO DO HOMEM-HORA = HORA-BASE X (1 + LS/100 + EC/100)HORA-BASE = SALRIO-BASE / 220 h 220 h = 5 SEMANAS X 44 h LS = LEIS SOCIAISEC = ENCARGOS COMPLEMENTARES

ORAMENTO DE OBRAS

LEIS SOCIAIS E TRABALHISTASORAMENTO DE OBRASO CUSTO DE EQUIPAMENTOS COMPOSTO DO CUSTO DE PROPRIEDADE E DO CUSTO DE OPERAOOS CUSTOS DE PROPRIEDADE SO AQUELES QUE INCIDEM MESMO COM O EQUIPAMENTO PARADO: DEPRECIAO, JUROS E MANUTENOOS CUSTOS DE OPERAO REFERE-SE A TUDO QUE SE CONSOME QUANDO O EQUIPAMENTO EST EM USO.

ORAMENTO DE OBRAS7. BDI B0NIFICAO E DESPESAS INDIRETAS7.1 DESPESAS INDIRETAS SO TODAS AS DESPESAS QUE NO FAZEM PARTE DOS INSUMOS DA OBRA E SUA INFRAESTRUTURA NO LOCAL DE EXECUO, MAS QUE SO NECESSRIOS PARA A SUA REALIZAO.RATEIO DA ADMINISTRAO CENTRALIMPREVISTOS E CONTINGNCIASCUSTO FINANCEIROIMPOSTOSLUCRO

ORAMENTO DE OBRASADMINISTRAO CENTRAL - A ESTRUTURA NECESSRIA PARA EXECUO DAS ATIVIDADES DE DIREO GERAL DA EMPRESA, INCLUINDO-SE AS REAS ADMINISTRTIVA, FINANCEIRA, CONTBIL, TCNICA, DE SUPRIMENTO, ETC.TAXA DE ADMINISTRAO PERCENTUAL DO CUSTO QUE AS OBRAS RATEIAM ENTRE SI. OS VALORES MAIS COMUNS FICAM ENTRE 2 E 5%.ORAMENTO DE OBRASIMPREVISTOS E CONTINGNCIASDE FORA MAIOR: NATURAIS (TERREMOTOS, DILVIOS, RAIOS, ETC.), ECONMICOS ( CRIAO DE NOVOS IMPOSTOS, ADOO DE JORNADA DE TRABALHO DIFERENTE, CONGELAMENTOS DE PREOS, ETC.), SCIO-POLTICO (GUERRAS, GREVES, SAQUES).DE PREVISIBILIDADE RELATIVA: NATURAIS (CHEIAS, CHUVAS, ETC.), ECONMICAS (ATRASO NO PAGAMENTO DAS MEDIES, AUMENTO DA INFLAO, AUMENTO DOS JUROS, ETC.), HUMANOS (OSCILAO DE PRODUTIVIDADE, ACORDOS JUDICIAIS DE QUESTES TRABALHISTAS, ETC.).ALEATRIOS: DESMORONAMENTO DE UM MURO DE ARRIMO, VIDRAA QUEBRADA POR UM VIZINHO