Óleos essenciais de cinnamodendron oleos essenciais de... · andrade, milene aparecida. Óleos...

Download ÓLEOS ESSENCIAIS DE Cinnamodendron Oleos essenciais de... · Andrade, Milene Aparecida. Óleos essenciais

If you can't read please download the document

Post on 11-Nov-2018

222 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • MILENE APARECIDA ANDRADE

    LEOS ESSENCIAIS DE Cinnamodendron dinisii

    Schwacke E Siparuna guianensis Aublet:

    COMPOSIO QUMICA, CARACTERIZAO

    DAS ESTRUTURAS SECRETORAS E

    AVALIAO DO POTENCIAL BIOLGICO

    LAVRAS-MG

    2013

  • MILENE APARECIDA ANDRADE

    LEOS ESSENCIAIS DE Cinnamodendron dinisii Schwacke E Siparuna

    guianensis Aublet: COMPOSIO QUMICA, CARACTERIZAO DAS

    ESTRUTURAS SECRETORAS E AVALIAO DO POTENCIAL

    BIOLGICO

    Tese apresentada Universidade Federal de Lavras, como parte das exigncias do Programa de Ps-Graduao em Agroqumica, para a obteno do ttulo de Doutor.

    Orientadora Dra. Maria das Graas Cardoso

    Co-orientador Dr. Lus Roberto Batista

    LAVRAS-MG 2013

  • Andrade, Milene Aparecida. leos essenciais de Cinnamodendron dinisii Schwacke e Siparuna guianensis Aublet: composio qumica, caracterizao das estruturas secretoras e avaliao do potencial biolgico / Milene Aparecida Andrade. Lavras: UFLA, 2013.

    226 p.: il. Tese (doutorado) Universidade Federal de Lavras, 2013. Orientador: Maria das Graas Cardoso. Bibliografia. 1. Pimenteira. 2. Negramina. 3. Antioxidante. 4. Citotxica. 5.

    Antimicrobiana. 6. Genotxica. 7. Cavidades secretoras. I. Universidade Federal de Lavras. II. Ttulo.

    CDD 547.71

    Ficha Catalogrfica Elaborada pela Diviso de Processos Tcnicos da Biblioteca da UFLA

  • MILENE APARECIDA ANDRADE

    LEOS ESSENCIAIS DE Cinnamodendron dinisii Schwacke E Siparuna

    guianensis Aublet: COMPOSIO QUMICA, CARACTERIZAO DAS

    ESTRUTURAS SECRETORAS E AVALIAO DO POTENCIAL

    BIOLGICO

    Tese apresentada Universidade Federal de Lavras, como parte das exigncias do Programa de Ps-Graduao em Agroqumica, para a obteno do ttulo de Doutor.

    APROVADA em 27 de fevereiro de 2013.

    Dra. Ana Cristina da Silva Figueiredo FCUL

    Dr. Evaristo Mauro de Castro UFLA

    Dr. Paulo Srgio Castilho Pret UFLA

    Dra. Silvana Marcussi UFLA

    Dra. Maria das Graas Cardoso

    Orientadora

    Dr. Lus Roberto Batista

    Co-orientador

    LAVRAS - MG 2013

  • s mais belas flores do meu jardim... s minhas mes, Onilda e Marica, que

    junto de Deus, florescem nos jardins do cu.

    Ao meu grande amor, Otvio, pelo carinho, cumplicidade, incentivo, serenidade, alegria e, principalmente, por ser capaz de me amar at nos

    momentos em que eu no mereci.

    Aos meus amigos... Porque quem tem amigos, tem tudo!

    DEDICO

  • AGRADECIMENTOS

    A Deus, por ser infinitamente bom e justo.

    minha famlia, que mesmo no entendendo bem o que fao, sempre

    me apoiou e pela qual serei eternamente grata.

    minha orientadora, Profa. Maria das Graas Cardoso, pelo apoio,

    ensinamentos, dedicao, por seu exemplo de profissionalismo e competncia, e

    principalmente pela amizade.

    Profa. Ana Cristina da Silva Figueiredo, da Faculdade de Cincias da

    Universidade de Lisboa (Portugal), pela gentil permisso do uso de

    equipamentos e de reagentes, durante as anlises cromatogrficas.

    Ao Prof. Maurlio Jos Soares, do Instituto Carlos Chagas - Fiocruz, por

    nos receber em seu laboratrio (Laboratrio de Biologia Celular) e por todos os

    ensinamentos.

    Profa. Silvana Marcussi, pela confiana, pelos conhecimentos

    transmitidos a mim, pela valorosa contribuio para esse trabalho.

    Ao Prof. Lus Roberto Batista, pelos anos de convivncia, pela

    confiana em mim depositada nesse perodo e disposio em ajudar-me sempre.

    Ao Prof. Paulo S. C. Pret, pelos ensinamentos, pela ajuda e amizade.

    Ao Prof. Evaristo Mauro de Castro, por abrir as portas do seu laboratrio

    para a realizao das anlises histoqumicas.

    Profa. Mariana Massaranes, pela ajuda imprescindvel no preparo das

    exsicatas, identificao, registro das plantas e pela ateno dispensada.

    Profa. Josefina Aparecida Souza, pelo carinho e amizade.

    Profa. Lisete Chamma Davide, por permitir o uso do microscpio de

    epifluorescncia, e a ps-doutoranda Rose, por me auxilar sempre.

    Aos meus amigos e companheiros de bancada do Laboratrio de

    Qumica Orgnica - leos essenciais e Laboratrio de Qualidade de Aguardente

  • do DQI, Marcos, Cntia, Felipe, Lucilene, Juliana Andrade, Wilder, Maria Luisa,

    Christiane, Bruna, Rafaela, Karen, Juliana Valrio, Leonardo, Joo e Lidiany,

    pela ajuda indispensvel nos experimentos, pela convivncia, doao de sangue

    e pelos momentos de descontrao. Obrigada por tornarem meus dias mais

    felizes; sem vocs eu no teria conseguido!

    Ainda aos amigos Marcos e sua namorada Ana Clara, pela agradvel

    companhia nas viagens (Curitiba e Ouro Preto) e ajuda no decorrer dos

    experimentos, ao Leonardo e Juliana Valrio, pela ajuda nas anlises

    microbiolgicas, Juliana Andrade e Maria Luisa, pelo auxlio nas anlises

    histoqumicas, Cntia e Lucilene, pela ajuda nos testes citogenticos e ao

    Felipe, por me salvar nos momentos de aperto... bom saber que posso contar

    com vocs!

    Ao pessoal do Laboratrio de Biologia Celular (FIOCRUZ/Curitiba),

    Camila, Cludia, Lgia, Cassiano, Luan, Vanessa, Iriane, Sandryeli, pela

    afetuosa acolhida. Em especial a Camila, pela pacincia de nos ensinar os testes.

    Muito obrigada!

    Aos meus amigos do Laboratrio de Micologia, pela disponibilidade,

    ateno, pacincia e compreenso em dividir os equipamentos.

    Ao pessoal do Laboratrio de Microscopia Eletrnica e Anlise

    Ultraestrutural, em nome de seu cordenador, Prof. Eduardo Alves.

    Ao pessoal do Horto de Plantas Medicinais da UFLA, por permitir a

    coleta do material vegetal.

    Aos meus amigos do Laboratrio de Bioqumica, Vincius, Anderson

    (Bij), Cludia, Mariene, Rafaella Zambaldi, Ana Paula, Pricila, Juliana Arriel,

    Raphaela Baracho, Lucas, Tamara, Denise, Jssica e Smela, pelos momentos de

    descontrao e boa convivncia e, principalmente, pela amizade gratuita.

    Aos alunos de Iniciao Cientfica da Profa. Silvana, pela colaborao

    nos experimentos, em especial ao Marcus e a Amanda, pela amizade.

  • doutoranda Marins Pires, pela ajuda nas anlises histoqumicas.

    Ao Andr Alvarenga, por me receber to bem em sua casa em Curitiba,

    e principalmente pela amizade que se formou. E famlia Alvarenga, por me

    mostrar a beleza de uma famlia unida.

    Silvia Perini, pelos momentos de diverso e a toda famlia Perini, por

    se tornarem minha famlia lavrense.

    Thiza, pela amizade e pela ajuda nas coletas do material vegetal.

    Ao Prof. Paulo Roberto Clemente, pelo carinho que dispensou a mim em

    todos esses anos que estou na UFLA.

    s amigas da repblica, Deise e Kamilla, por me aguentarem esse

    tempo, e por todo o tempo de convivncia.

    Aos funcionrios do Laboratrio de Anlises Clnicas da UFLA, por

    sempre estarem disponveis para as coletas de sangue.

    Aos secretrios (as) e tcnicos (as) que sempre me auxiliaram em tudo

    que foi necessrio: Xulita, Elosa (MEV), Cleusa, Shirley, Ana Cristina, Bruna e

    Lidiany.

    A todos os professores do Departamento de Qumica, pela dedicao,

    empenho e conhecimentos transmitidos.

    Aos colegas e amigos do curso de Agroqumica, pela amizade e

    convivncia ao longo do curso.

    Um agradecimento especial, reforando a dedicatria, ao meu noivo,

    Otvio, a joia mais rara que encontrei em minha vida. Gratido uma parte

    muito pequena de tudo que sinto por voc...

    Universidade Federal de Lavras, ao Departamento de Qumica, pela

    oportunidade, e Capes (Coordenao de Aperfeioamento de Pessoal de Nvel

    Superior), pela concesso da bolsa de estudo.

    Enfim, agradeo a todos que compartilharam comigo essa jornada e a

    tornaram mais leve.

  • Jamais considere seus estudos como uma obrigao,

    mas como uma oportunidade invejvel para aprender a

    conhecer a influncia libertadora da beleza do reino do

    esprito, para o seu prprio prazer pessoal e para o proveito

    da comunidade qual seu futuro trabalho pertencer.

    (Albert Einstein)

  • RESUMO

    Objetivou-se neste estudo determinar a composio qumica dos leos

    essenciais de Cinnamodendron dinisii Schwacke (pimenteira) e Siparuna guianensis Aublet (negramina), as suas atividades antioxidante, antibacteriana, antifngica, tripanocida, citotxica, hemoltica e avaliar a capacidade de causarem danos no DNA de linfcitos humanos, alm de caracterizar suas estruturas secretoras. A obteno dos leos essenciais foi realizada pela tcnica de hidrodestilao utilizando o aparelho de Clevenger modificado, e a identificao e quantificao dos constituintes, pelas anlises em CG/EM e CG-DIC. A atividade antioxidante foi avaliada utilizando sistema -caroteno/cido linoleico e o mtodo de sequestro de radicais DPPH. A avaliao da atividade antibacteriana foi realizada por meio da tcnica de difuso cavidade em gar, e a atividade antifngica, pela tcnica de difuso em disco. A atividade tripanocida foi avaliada sobre formas epimastigotas de Trypanosoma cruzi e a citotxica sobre clulas Vero; ambas foram determinadas pelo mtodo do MTT. A atividade hemoltica foi avaliada por medidas espectrofotomtricas da liberao de hemoglobina de eritrcitos. Os danos causados no DNA de clulas de linfcitos foram avaliados pelo ensaio do cometa e a caracterizao das estruturas secret