oi especial

Download OI Especial

Post on 18-Mar-2016

223 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Encarte da Revista Especial sobre Inclusão Social Produtiva.

TRANSCRIPT

  • odebrecht informa [ 21 ]

    I N F O R M AEDIO ESPECIAL DEZEMBRO 2008 I N F O R M AEDIO ESPECIAL DEZEMBRO 2008oDEBRECHT

    APA DO PRATIGIIncubadora de Solues para o Novo Milnio

    FUNDAooDEBRECHT

    1059_ENCARTE_PORT.indd 21 12/9/08 8:33:54 PM

  • [ 18 ] odebrecht informa

    [TEO] Tecnologia Empresarial Odebrecht

    "Na Organizao Odebrecht, sobreviver, crescer e perpetuar so sinnimos de responsabilidade social da empresa e, portanto, as palavras de ordem que seus integrantes devem levar prtica, para que se realizem como cidados exemplares das comunidades a que pertenam. E, ao sobreviver, crescer e perpetuar-se, a Organizao poder oferecer contribuies adicionais e permanentes s comunidades nas quais se insere."

    1059_ENCARTE_PORT.indd 18 12/9/08 8:33:29 PM

  • RESPONSVEL POR COMUNICAO EMPRESARIAL NA ODEBRECHT S.A.Mrcio Polidoro

    RESPONSVEL POR PROGRAMAS EDITORIAIS NA ODEBRECHT S.A.Karolina Gutiez

    COORDENADORA NA FUNDAO ODEBRECHTMarta Castro

    COORDENAO EDITORIALVersal Editores

    EDITORJos Enrique Barreiro

    EDITOR EXECUTIVOCludio Lovato Filho

    EDITORA DE FOTOGRAFIAHolanda Cavalcanti

    ARTE | PRODUO GRFICAMaria Celia Olivieri, Juliana Olivieri e Rogrio Nunes

    INFOGRAFIAAdilson Secco

    PR-IMPRESSO | IMPRESSOPancrom

    Editada tambm em espanhol.Publicao para divulgao interna da Organizao Odebrecht.Editada pela Odebrecht S.A.Tiragem: 1.000 exemplares

    Agradecemos a todos os que colaboraram para a realizao desta edio

    NOSSA CAPA

    Serra da Papu, municpio de Ibirapitanga,

    rea de Proteo Ambiental (APA) do Pratigi

    Foto de Almir Bindilatti

    nesta edio

    introduoModelo de desenvolvimento sustentvel a base da atuao da Fundao Odebrecht no Baixo Sul

    entrevistaO fundador Norberto Odebrecht fala do combate pobreza e da urgncia da incluso social produtiva

    infogrficoDesenvolvimento Sustentvel no Baixo Sul da Bahia

    capital humanoConhecimentos adquiridos nas Casas Familiares so transferidos pelo jovem para a famlia e a comunidade

    capital ambientalConvivncia sinrgica entre o ser humano e o meio ambiente a principal meta

    capital produtivoCadeias produtivas do palmito, da mandioca, da aqicultura e da piaava fomentam oportunidades de trabalho e renda

    capital socialContribuio para que as comunidades exeram sua cidadania

    2

    4

    8

    10

    12

    14

    16

    www.od e b r e c h ton l i n e . c om . b r

    ODEBRECHTI N F O R M A

    FUNDAOODEBRECHT

    1059_ENCARTE_PORT.indd 1 12/9/08 10:32:05 PM

  • [ 2 ] odebrecht informa

    Contnua evoluoCriada em 1965, a Fundao Odebrecht atua hoje no Baixo Sul da Bahia,

    contribuindo para a reduo da carncia e o aumento da incluso social

    texto Vivian Barbosa foto Eduardo Moody

    [ Maria Antnia dos Santos, Cremilda dos Santos e Renilde dos Santos, integrantes da Cooperativa

    das Produtoras e Produtores Rurais da rea de Proteo Ambiental do Pratigi: capital produtivo ]

    1059_ENCARTE_PORT.indd 2 12/9/08 8:32:32 PM

  • odebrecht informa [ 3 ]

    Quando nasceu, em 1965, a Fundao Odebrecht tinha uma misso: prover os integrantes

    da Construtora Norberto Odebrecht dos benefcios que a Previdncia Social no abrangia. O

    desafio era oferecer s famlias dos odebrechtianos melhores condies de educarem seus

    filhos de maneira digna, contribuindo assim para a formao das novas geraes.

    Em alguns anos, a Instituio j custeava assistncia mdico-hospitalar, ambulatorial,

    odontolgica, farmacutica, educacional e recreativa. O crescimento da Construtora exigiu

    uma maior escala dos benefcios gerados. Em 1978, existiam 19 centros de apoio criados

    para dar assistncia aos operrios em obras. Nesses centros, o integrante e seus dependen-

    tes tinham acesso a cursos de alfabetizao e profissionalizao e podiam pleitear emprs-

    timos para construo ou melhoria da casa prpria.

    Esta atuao continuou at o incio da dcada de 1980, quando o Conselho de Cura-

    dores direcionou as aes para questes de interesse pblico. Inteligncias em todo o

    Brasil foram mobilizadas por meio da instituio de prmios e da promoo de debates

    polticos e acadmicos, cujas perspectivas eram ajudar o Governo a resolver problemas

    sociais.

    Todo processo evolutivo vivido permitiu Fundao Odebrecht desenvolver o espri-

    to do tempo, antevendo fatos, identificando tendncias e ajustando-se a elas, diz Norber-

    to Odebrecht. Em 1988, uma importante deciso foi tomada: estimulada pelo desafio de

    desenvolver metodologias e estratgias de interveno social na comunidade, a Fundao

    concentrou seu foco na juventude brasileira. Ao constatar o potencial juvenil como fonte

    de liberdade, iniciativa e compromisso, coordenou diversos programas, em grandes centros

    urbanos, que buscavam a melhoria da qualidade nas reas de educao, trabalho, sade,

    cidadania e voluntariado.

    No fim da dcada de 1990, a rea de atuao passou a ser o Nordeste brasileiro, com

    nfase nas regies de baixos ndices de Desenvolvimento Humano e fora do eixo dinmico

    da economia nacional. Em 1999, a instituio desembarcou no Baixo Sul da Bahia, onde um

    crculo vicioso de carncia e excluso social se perpetuava.

    Maurcio Medeiros, Presidente Executivo da Fundao Odebrecht, afirma que, na

    busca de reverso desse quadro, no adiantava levar apenas educao rural de qualida-

    de para os jovens. Era preciso cuidar das nascentes dos rios, proteger a Mata Atlntica

    e garantir um meio ambiente saudvel, explica. Segundo ele, tambm era necessrio

    oferecer oportunidades de trabalho digno e distribuio de renda justa, mostrando que

    conservar muito mais conveniente e rentvel do que destruir. E possibilitar que os

    jovens e suas famlias tivessem acesso justia e pudessem exercer plenamente a sua

    cidadania, acrescenta.

    O conjunto de iniciativas que compem o Programa de Desenvolvimento Integrado

    e Sustentvel do Baixo Sul da Bahia, com foco na rea de Proteo Ambiental (APA) do

    Pratigi, visa transformar a realidade socioeconmica dos que vivem nessa regio. Ao todo,

    13 projetos esto em andamento, contribuindo para a realizao pessoal e profissional

    de cerca de 900 jovens e suas famlias, nos lugares onde nasceram e querem viver. O

    resultado levar, certamente, construo de um modelo de desenvolvimento sustent-

    vel passvel de reaplicao em outras regies da Bahia, do Brasil e do mundo, conclui

    Medeiros. o

    1059_ENCARTE_PORT.indd 3 12/9/08 8:32:37 PM

  • [ 4 ] odebrecht informa

    "Todos os nossos assuntos so emergenciais"O combate pobreza est no centro das

    atenes de Norberto Odebrecht, Presidente

    do Conselho de Curadores da Fundao

    Odebrecht. Particularmente, a pobreza do

    Baixo Sul da Bahia, onde a Fundao

    Odebrecht participa do Programa de

    Desenvolvimento Integrado e Sustentvel

    dessa regio, formada por um mosaico de

    reas de Proteo Ambiental, mais conhecidas

    pela sigla APA. A APA do Pratigi, com 161 mil

    hectares (dos quais 63 mil so remanescentes

    da Mata Atlntica), a maior delas, e a que

    tem recebido dedicao especial de Norberto

    Odebrecht, em esforo voltado para construir

    uma vida humana mais digna para as

    83 mil pessoas que ali vivem.

    Nessa luta, sua viso vai alm do trabalho

    da Fundao e alcana toda a Organizao

    Odebrecht: Nossos empresrios-parceiros

    realizam obras e viabilizam condies

    financeiras para que nossos clientes possam

    executar essas obras; precisamos incorporar a

    isso o desafio de contribuir para a organizao

    social de regies pobres em que atuamos,

    principalmente na Amrica Latina e na frica.

    Solicitado a desenhar seu futuro pessoal,

    Norberto Odebrecht revela que fez seu ltimo

    Plano de Vida e Carreira em 1987 e que, agora,

    est s voltas com um novo plano, cujo marco

    o ano de 2011. A partir da, quer iniciar uma

    nova etapa de vida e trabalho, cujo roteiro

    prefere no antecipar. No se furta, porm,

    a revelar o que planeja para a Fundao

    Odebrecht: Estamos concluindo um modelo

    que nos capacitar a exportar tecnologia social

    para onde os lderes da Organizao Odebrecht

    desejarem. Faz questo de observar apenas um

    detalhe: Mas sem abandonarmos o Nordeste.

    Nesta entrevista, ele fala sobre as bases que

    norteiam a atuao da Fundao Odebrecht

    no Baixo Sul da Bahia e revela a dramaticidade

    da excluso que ali ocorre. Para enfrentar esse

    quadro, reivindica tratamento especial e urgente

    aos programas de incluso social produtiva

    no Brasil: Trabalhamos com a pobreza e suas

    perversas conseqncias, por isso todos os

    nossos assuntos so emergenciais.

    texto Jos Enrique Barreiro

    foto Eduardo Moody

    [ entrevista: norberto odebrecht ]

    1059_ENCARTE_PORT.indd 4 12/9/08 8:32:39 PM

  • odebrecht informa [ 5 ]

    Odebrecht Informa O documento Rumo ao Futuro da APA do

    Pratigi, do qual o sr. um dos signatrios, fala da necessidade

    de uma vanguarda includente no Brasil. Do que se trata?

    Norberto Odebrecht Vanguarda Includente uma expresso

    que tomei de emprstimo ao professor Mangabeira Unger,

    que hoje Ministro de Estado. Refere-se a um grupo pioneiro,

    precursor da incluso social que o Brasil e todos os pases

    afetados pela pobreza esto a exigir.

    OI J se pode perceber o trabalho desse grupo no Brasil?

    Norberto Odebrecht Sim. O que estamos fazendo no Baixo

    Sul da Bahia, por ex