obstrutiva cr³nica(dpoc) novos modelos de .o decr©scimo © de 8,8% em 2015 face a...

Download Obstrutiva Cr³nica(DPOC) NOVOS MODELOS DE .o decr©scimo © de 8,8% em 2015 face a 2009. E uma redu§£o

Post on 10-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • novembroNOVOS MODELOS DE REABILITAO RESPIRATRIANA SEMANA DO DIA MUNDIAL DA DOENA PULMONAR OBSTRUTIVA CRNICA, OLHAMOS PARA O LTIMO RELATRIO DO PROGRAMA NACIONAL PARA AS DOENAS RESPIRATRIAS E PARA OS MODELOS DE REABILITAO RESPIRATRIA DISPONVEIS

    TRATAMENTOS | ESPECIALIDADES | DICAS | INFORMAES

    NOVEMBRO.2017 revista gratuita

    ENTREVISTAPaula Simo, adjunta da

    coordenadora do Programa Nacional para as Doenas Respiratrias

    da Direo Geral da Sade

    TESTEMUNHOA vice-presidente da Associao Respira deixa o seu depoimento

    e um dicionrio sobre o que viver com DPOC

    15 NOVEMBRO

    Dia Mundial

    da Doena Pulmon

    ar

    Obstrutiva Crnica

    (DPOC)

    EM AGENDA

  • 02 . caBEA NOVEMBRO.201702 . caBEA setembro.2017

    Acreditamos que em conjunto com mdicos e outros profissionais de sade podemos contribuir para a melhoria da qualidade de vida e autonomia dos doentes respiratrios crnicos.

    Para isso contamos com uma equipa de profissionais competentes, com experincia e know-how para o apoiar em cada fase do tratamento respiratrio domicilirio, desde a prescrio passando pela monitorizao da adeso do doente terapia.

    www.lindesaudesuamelhorescolha.pt

    Linde: Living healthcare

    Linde Sade, a sua melhor escolha. A sua companhia para liderar a mudana.

    Linde Sade | Cuidados Respiratrios Domicilirios www.linde-healthcare.pt

    RESPIRAR_SAUDE_N11_v2.indd 2 14-09-2017 15:56:39

  • NOVEMBRO.2017 EDITORIAL . 03

    E

    ficha

    tcni

    ca

    sumrio

    m Portugal, as doenas respiratrias crnicas continuam a ser uma das principais causas de mortalidade. No mundo, quando chegarmos a 2020, estima-se que essas patologias sejam res-ponsveis por cerca de 12 milhes de mortes por ano. Na semana do Dia Mundial da Doena Pul-monar Obstrutiva Crnica (DPOC), que se assinalou no dia a 15 de novembro, damos especial ateno ao ltimo relatrio do Programa Nacional para as Doenas Respiratrias da Di-reo-Geral da Sade, que regista uma reduo sustentada da taxa de mortalidade padronizada por DPOC em pessoas a partir dos 65 anos o decrscimo de 8,8% em 2015 face a 2009. E uma reduo de 8% nos internamentos por DPOC em 2016 face a 2011.Do lado da preveno temos as medidas de ces-sao tabgica e de controlo de qualidade do ar. Uma medida to simples como deixar de fu-mar pode inverter uma tendncia dramtica, que a mortalidade consequente de doenas respiratrias.Mas, do saber ao fazer vai alguma distncia: o carter aditivo do tabaco dificulta o processo e muitos consumidores necessitam de ajuda para parar de fumar. Uma boa notcia que existem no mercado vrios programas para deixar de fu-mar. Leia os textos de opinio e esclarea-se so-bre este assunto, mais frente, nesta publicao.

    EDITORIAL

    Apoio logstico:

    Os dados, opinies e concluses expressos neste suplemento no refletem necessariamente os pontos de vista da Linde Sade, mas apenas os dos autores. A Linde Sade no se responsabiliza pela atualidade da informao, por quaisquer erros, omisses ou imprecises.Suplemento apoiado pela Linde Sade - Pessoa Coletiva 500 125 546 | VIDA SAUDVEL uma edio da Unidade de Solues Comerciais Multimdia do Global Media Group - Para mais informaes contacte o Global Media Group, atravs do telefone 213 187 500 | Coordenao SOFIA SOUSA | Edio HLDER PEREIRA | Fotos D.R. | Publicidade LUS BARRADAS (diretor comercial diretos), JOS ANTNIO CARAJOTE (diretor suplementos), PAULO BRUNHEIM (gestor de conta) | Design e Coordenao de Arte SOFIA SOUSA | Paginao CARLOS VASCONCELOS | Arte Final CRIATIVOS LISBOA

    Prevenir a DPOC est nas suas mos

    05

    06

    07

    12

    08

    NOTCIAS

    Atualidade

    INFOGRAFIA

    Radiografia s doenas respiratrias em Portugal

    ENTREVISTA

    Paula Simoadjunta da coordenadora do Programa Nacional para as Doenas Respiratrias

    TEMA CENTRAL

    Novos modelos de reabilitao respiratria

    VIVER COM DPOC

    necessrio aprender a existir com uma doena para a vida, defende a vice-presidente da Respira

    10PSICOLOGIA

    O papel da Psicologia na reabilitao respiratria

    04

    EXPOSIO

    Respirar Ponto: viver em plenos pulmes

    14OPINIOCessao tabgica: porqu?

    15OPINIOTabagismo no feminino

  • 04 . NOTCIAS NOVEMBRO.2017

    PROTOCOLOAIR Care Centre apoia transplantados pulmonares

    SADE RESPIRATRIA EM DEBATEA sade respiratria em Portugal foi o mote da primeira edio do Encontro da Fundao Portuguesa do Pulmo, que se realizou nos dias 16 e 17 de outubro, na Casa do Mdico Seco Regional do Norte da Ordem dos Mdicos, no centro do Porto. O primeiro dia do programa contou com a colaborao da AIR Care Centre, num painel sobre ventilao no invasiva, e trouxe o tema da reabilitao respiratria em Portugal para o centro do debate e a necessidade de agilizar

    a sua acessibilidade em centros de sade. //

    O AIR Care Centre e a Associao de Transplantados Pulmonares de Portugal (ATPP) assinaram, no dia 18 de outubro, um protocolo de cooperao que facilita o acesso dos doentes transplantados pulmonares ou em fase pr-transplante ao programa de reabilitao respiratria da Linde Sade, oferecido no AIR Care Centre, em Lisboa, onde os associados da ATPP podero usufruir de um desconto em todos os servios de diagnstico e de tratamento. Esta uma forma de melhorar a qualidade de vida dos doentes pr e

    ps-transplante pulmonar, acreditam a AIR Care Centree a ATPP. //Os indivduos com doena pulmonar obstrutiva crnica (DPOC), bronquiectasias, fibrose qustica, entre outros, acumulam frequentemente secrees nos pulmes. Quando no so eliminadas e ficam retidas nas vias areas podem levar a infees respiratrias, febre, aumento da tosse, dispneia (sensao de falta de ar) e dificuldade em fazer chegar o oxignio ao sangue e remover o dixido de carbono.As tcnicas de drenagem brnquica so essenciais na limpeza dos seus pulmes, ajudando a desobstruir as vias areas, eliminando mais facilmente as secrees e tornando a sua respirao mais coordenada e eficaz, diminuindo a dispneia. Estas tcnicas so essenciais para prevenir as infees respiratrias e controlar a progresso da sua doena.A fisioterapia respiratria oferece inmeras tcnicas que facilitam o descolamento, o transporte e a eliminao das secrees. Uma avaliao especfica por parte do fisioterapeuta fundamental para selecionar as tcnicas de drenagem brnquica que mais se adequam sua condio clnica.Mantenha os seus pulmes limpos, a ajuda de um profissional de sade especializado importante, fale com o seu fisioterapeuta. //

    TCNICAS DE DRENAGEM BRNQUICA - MANTENHA OS PULMES LIMPOS

    ALEXANDRA GOMES Fisioterapeuta

    do AIR Care Centre

  • NOVEMBRO.2017 INFOGRAFIA . 05

    Radiografia s doenas respiratrias em Portugal

    Portugal um dos pases da Europa com menos internamentos por Asma e Doena Pulmonar Obstrutiva Crnica (DPOC) e onde os Mdicos de Famlia fazem cada vez mais

    diagnsticos destas patologias respiratrias.

    Foi a reduo dos internamentos por DPOC em 2016, face a 2011

    10%

    a percentagem que se pretende reduzir, at 2020, no nmero total de pessoas internadas por causas respiratrias que podem ser prevenidas ou tratadas nos Centros de Sade

    20%

    o aumento esperado do nmero de diagnsticos de asma em utentes dos Centros de Sade, durante 2017 e 2020

    o aumento esperado dos diagnsticos de DPOC no mbito do Projeto Piloto das ARS do Alentejo e Algarve, a atingir at final de 2017, relativamente ao ano anterior

    70ANOSIDADE

    Uma reduo da mortalidade esperada nos prximos anos por pessoas com menos de 70 anos que sofrem de doenas respiratrias

    65ANOSIDADE

    As pneumonias constituem a principal causa de mortalidade por doena respiratria em Portugal. Contudo, a mortalidade e os internamentos por pneumonia antes dos 65 anos diminuram 23,5% (entre 2009 e 2015)

    Foi o nmero de espirometrias realizadas at maio de 2017 nos centros

    1.232Espera-se duplicar o nmero de diagnsticos de DPOC confirmados por espirometrias em utentes dos Centros de Sade

    8%

    25%

    2020AT

    De acordo com o ltimo relatrio do Programa Nacional para as Doenas Respiratrias da Direo-Geral da Sade, o aumento das vendas de medicamentos para as doenas res-piratrias mostra que estamos a tratar mais doentes e melhor.

    Eis os dados mais relevantes deste documento apresenta-do em setembro de 2017 e que faz um ponto de situao das doenas respiratrias em 2016, uma previso do que vai ser feito em 2017 e o que se prev fazer at 2020.

  • 06 . ENTREVISTA NOVEMBRO.2017

    A forte aposta na preveno, diagnstico e tratamento

    tem de sair do papel e passar realidade

    PAULA SIMO ASSISTENTE GRADUADA SNIOR DE

    PNEUMOLOGIA NA ULS MATOSINHOS, COORDENADORA NACIONAL

    DA INICIATIVA GOLD, ADJUNTA DA COORDENADORA DO PNDR DA DGS

    Segundo o Programa Nacio-nal para as Doenas Respi-ratrias 2017, espera-se nos prximos anos uma reduo da mortalidade por doenas respiratrias (DR). Quais as medidas que tm vindo a ser tomadas por Portugal que ga-rantam este objetivo?Vrias medidas tm vindo a ser tomadas e linhas de orientao tra-adas que podero mudar radical-mente o panorama das DR em Por-tugal. Desde logo todo o empenho que tem sido posto na questo da vacinao antigripal e antipneumo-ccica, nomeadamente em doentes com doenas crnicas (respiratrias ou no), o que poder fazer diminuir a mortalidade por pneumonia. No que diz respeito a medidas em rela-o preveno, diagnstico e con-trolo de algumas doenas respirat-rias crnicas, salientaria as medidas j tomadas e em curso em relao DPOC, terceira causa de morte a nvel mundial, muito em breve. A forte aposta na preveno, atravs do apoio cessao tabgica (com-participao dos frmacos para dei-xar de fumar e consultas especficas), no diagnstico (atravs da aposta na rede de espirome

Recommended

View more >