o outro lado das manifestações

Download O outro lado das manifestações

Post on 12-Aug-2015

121 views

Category:

Business

3 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  1. 1. As manifestaes e suas oportunidades @YatanLC
  2. 2. #Entendendo o contexto
  3. 3. Criando Olhando os fatos... Compreendendo 03 de Junho de 2003 A CONMEBOL anuncia que Argentina, Brasil e Colmbia se candidataram a sediar a Copa do Mundo de 2014. 17 de Maro de 2006 As confederaes da CONMEBOL votaram de forma unnime pela inscrio do Brasil como seu nico candidato. 04 de Julho de 2006 O Presidente da FIFA Joseph Blatter disse que provavelmente o evento aconteceria no Brasil. 30 de Outubro de 2007 Aps se reunir com o presidente do Brasil Lula, (na ocasio) ficou decidido que o Brasil sediaria a Copa do Mundo de 2014.
  4. 4. A Previso A Confederao Brasileira de Futebol (CBF) estimou que o custo de construo e remodelao dos estdios custaria mais de R$ 1.9 bilhes. Alm das construes e reformas de estdios, haveria ainda alguns milhes gastos em infra-estrutura bsica para deixar o pas pronto para sediar o evento. A Realidade Atualmente os gastos relacionados a Copa do Mundo chegaram a R$ 28 bilhes, sendo que apenas as reformas dos estdios do Maracan e Man Garricha chegaram nos custos de R$ 1.4 bilho e R$ 1.2 bilho respectivamente. Fonte: Esportes/Terra 18/Julho/2013 CriandoCompreendendo
  5. 5. 7 Bilhes a nova previso de gastos para as reformas dos estdios no Brasil. Um aumento de 268% se comparado com a primeira estimativa feita pela CBF. Mas o que poderia ser feito com 7 bilhes? Com 7 bilhes conseguiramos construir 123 hospitais, 149 estaes de metr, 2.857 creches ou 125 presdios. Fonte: Notcias/UOL 18/Abril/2013 CriandoCompreendendo
  6. 6. Afinal a Copa de quem? A princpio a Copa do Mundo ajudaria o Brasil a se desenvolver e teramos melhorias em quase todos os setores, por isso da sua importncia. Mas esses benefcios no esto visveis para a populao, o que acabou causando desconforto e insegurana nas pessoas. A populao enxergou que ao invs de melhorias, o pas est sofrendo com a corrupo e o super faturamento. E agora a Copa que era vista como uma esperana para as melhorias no pas, hoje vista como vil. CriandoCompreendendo
  7. 7. As consequncias Alm de reivindicarem o aumento da passagem de nibus (aumentou 0,20 centavos) as pessoas de diversas cidades resolveram ir as ruas para reivindicarem todos os gastos relacionados a Copa do Mundo. CriandoCompreendendo
  8. 8. Sobrou at para os patrocinadores Com o passar do tempo as pessoas no enxergaram os benefcios de sediar o maior evento esportivo. E se revoltaram at contra os patrocinadores da Copa do Mundo. CriandoCompreendendo
  9. 9. Entretanto, a populao adotou algumas campanhas publicitrias em suas reinvindicaes. As campanhas #vemprarua da Fiat e #ogiganteacordou de Johnnie Walker se tornaram hinos e impactaram 80 milhes e 62 milhes de pessoas respectivamente via redes sociais. Fonte: M&M Grupo Mquina usando ferramenta Brandviewer A repercusso foi to grande que as pessoas criaram um vdeo-protesto baseado nas duas campanhas. CriandoCompreendendo
  10. 10. E ajudou no awarenewss das marcas Afinal suas campanhas se transformaram em hinos pelos manifestantes. O termo #vemprarua foi o terceiro mais buscado no ms de junho. No dia 18/06 o termo #vemprarua foi mais buscado que o termo #copa no Youtube. Fonte: Google Trends CriandoCompreendendo
  11. 11. Ganhando at destaque internacional O mais poderoso e influente veculo americano exibiu o vdeo da campanha na ntegra em seu site. CriandoCompreendendo
  12. 12. Mas quem so essas pessoas e o que elas sentem? CriandoCompreendendo
  13. 13. Perfil dos manifestantes Para traar esse perfil nada mais coerente do que estudar o pblico do Facebook, uma vez que as manifestaes eram organizadas pelos usurios atravs da prpria rede social. Segundo a pesquisa feita pela Scup entre os dias 13 e 27 junho que analisou os likes de 3.600 usurios que falaram sobre manifestaes no Facebook, esses manifestantes em sua maioria so homens com idade entre 20 e 29 anos e que moram na cidade de So Paulo. Gostam de ouvir Adele e rock, leem a bblia tanto quanto as histrias de O senhor dos anis e assistem filmes como Star Wars e Avatar. Quando assistem TV ficam divididos pelo humor dos programas Os Simpsons, CQC e Pnico. CriandoCompreendendo
  14. 14. E o que eles sentem? Segundo pesquisa da Talk Inc. feita com 1.285 pessoas atravs do Facebook no perodo de 15 a 25 de junho, os sentimentos mais despertados naqueles que foram para as ruas foram: Dvida, Medo, Indignao, Orgulho, Esperana e Empoderamento. Link do infogrfico: http://www.cartografiaafetiva.talkinc.com.br/cartografia.pdf A palavra SOLUO Os manifestantes buscam nas ruas solues para os problemas do pas, entenderam que a Copa das Confederaes e a Copa do Mundo so sim eventos importantes e so oportunidades para o Brasil evoluir economicamente, porm essas evolues ainda no so vistas pela populao, que j cansou de esperar. CriandoCompreendendo
  15. 15. Resumo de Insights As consequncias As pessoas esto nas ruas, e as ruas so o meio. Copa pra quem? A Copa o objetivo, o ponto, o problema e a soluo. Reivindicaes Foram apresentados os problemas, mas e as solues? #vemprarua empolgante, encorajador, mas vai at a pgina 2. CriandoCompreendendo
  16. 16. #Criando
  17. 17. Resumo dos insights O cenrio est montado, as pessoas esto nas ruas, reclamam da Copa do Mundo (que um dia desejaram), esto empolgadas e querem resolver os problemas do pas mas no sabem como. Se elas buscam solues, ento porque no levamos solues? CompreendendoCriando
  18. 18. Insight Central # Isso Pra Voc CompreendendoCriando
  19. 19. Os dois lados da moeda A princpio as manifestaes so atos negativos que reverberaram pelo pas. Mais que isso, uma resposta da populao a todas as decises que o governo tomou em relao ao futuro do pas. A verdade que algumas marcas conseguiram mexer com o emocional das pessoas e serviram de inspirao para tais atos. Porm as marcas inspiraram mas no trouxeram o principal benefcio: Solues CompreendendoCriando
  20. 20. # Isso Pra Voc A marca que se apropriar desse territrio e criar aes que solucionem os problemas do pas ganhar relevncia e admirao das pessoas. CompreendendoCriando
  21. 21. E isso j foi comprovado Metade da populao do Brasil confia em empresas que privilegiam o coletivo segundo estudo do grupo Havas, que ouviu dez mil pessoas, distribudas em 23 pases. Os 2.7 mil brasileiros participantes consideraram os projetos sociais, ambientais e econmicos como diferenciais para avaliar o impacto das marcas na vida das pessoas. O mesmo estudo aponta que 76% do brasileiros entrevistados concordam que grandes companhias deveriam ter um envolvimento ativo na soluo de problemas sociais e ambientais. CompreendendoCriando
  22. 22. Discutido No dia 21 de junho deste ano durante um painel do festival de Cannes o jornal Meio & Mensagem questionou Martin Sorrell CEO do Grupo WPP a respeito dos atos hostis praticados contra marcas ou instituies bancrias durante os protestos brasileiros. CompreendendoCriando
  23. 23. Assimilado por marcas fora do pas Em ao diferenciada IBM transformou sua propaganda em bancos, abrigos contra chuva e rampas, chamou a ateno e gerou simpatia oferecendo solues para as pessoas. CompreendendoCriando
  24. 24. A IBM inclusive ganhou GP de Outdoor em Cannes 2013 A ao foi desenvolvida pela agncia Ogilvy Paris e levou o prmio mximo na categoria outdoor. CompreendendoCriando
  25. 25. Concluso Criar solues para as pessoas deixou de ser uma tendncia para ser uma realidade. As pessoas admiram e simpatizam com marcas/produtos que criam benefcios que facilitem as tarefas corriqueiras. No Brasil nunca foi diferente, porm o contexto atual (devido as manifestaes) mais do que nunca est favorvel para criar essas aes sociais, ou seja, a marca/ produto que entender esse contexto e conseguir entrar na vida das pessoas com essas solues conquistar a admirao e respeito desse pblico. CompreendendoCriando
  26. 26. OBRIGADO! @YatanLC