o mundo de anne frank miolo - rocco.com.br .maravilhosa; no bairro, havia outras crianças judias

Download o mundo de anne frank miolo - rocco.com.br .maravilhosa; no bairro, havia outras crianças judias

Post on 11-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Janny van der Molen

    O mundo deAnne Frank

    O mundo de Anne Frank

    Janny van der MolenL fora, a guerra

  • Janny van der Molen

    L fora, a guerra

    Ilustraes de Martijn van der Linden

    Traduo de Alexandra de Vries

    Prova final

    O mundo deAnne Frank

    o mundo de anne frank miolo 4/13/15 2:36 PM Page 5

  • Ttulo Original OUTSIDE ITS WAR: ANNE FRANK AND HER WORLD

    A edio brasileira foi traduzida a partir do original holands, Buiten is het oorlog: Anne Frank en haar wereld.

    Este livro foi desenvolvido em colaborao com a Casa de Anne Frank, Amsterd. A Fundao Holandesade Letras contribuiu para este trabalho premiando a autora com uma bolsa de estudos internacional.

    Copyright Janny van der Molen, 2013 Vitgeverij Ploegsma Amsterdam. O direito da autora foi assegurado.

    Ilustraes: Martijn van der Linden, 2013, Copyright Casa de Anne Frank.Copyright fotos famlia Frank Casa de Anne Frank, Amsterd/ANNE FRANK-FONDS, Basel.

    Ilustrao da pgina 19 inspirada por uma foto da AKG-Images, Berlim/Hans Asemissen. Ilustraes das pginas 27 e 47 inspiradas pelas fotos da Imagebank wwII/The NIOD Institute for War,Holocaust and Genocide Studies, Amsterd. Ilustrao em corte transversal da Casa de Anne Frank:

    Vizualism (Chantal van Wessel, Frdrik Ruys)

    Direitos para a lngua portuguesa reservados com exclusividade para o Brasil EDITORA ROCCO LTDA.

    Av. Presidente Wilson, 231 8 andar 20030-021 Rio de Janeiro RJTel.: (21) 3525-2000 Fax: (21) 3525-2001

    rocco@rocco.com.br | www.rocco.com.br

    Printed in Brazil/Impresso no Brasil

    ROCCO JOVENS LEITORES

    Cip-Brasil. Catalogao na fonteSindicato Nacional dos Editores de Livros, RJ.

    Molen, Janny van derM728m O mundo de Anne Frank: l fora, a guerra / Janny van der Molen;

    ilustrao de Martijn van der Linden; traduo de Alexandra de Vries. Primeira edio. Rio de Janeiro: Rocco Jovens Leitores, 2015.

    Traduo de: Outside its war: Anne Frank and her worldISBN 978-85-7980-240-9

    1. Frank, Anne, 1929-1945. O dirio de Anne Frank. 2. Frank, Anne, 1929-1945 - Arte literria. 3. Frank, Anne, 1929-1945 - Autoria. 4. Holocausto judeu (1939-1945) - Narrativas pessoais - Pases Baixos - Histria e crtica.

    5. Escrita criativa. I. Linden, Martijn van der. II. Ttulo.15-20323 CDD 940.53492 CDU 94(100)'1939/1945'

    O texto deste livro obedece s normas do Acordo Ortogrfico da Lngua Portuguesa.Impresso pela Grfica Stamppa, Rio de Janeiro RJ.

    Prova final

    GERENTE EDITORIALAna Martins Bergin

    EDITORA EXECUTIVALarissa Helena

    EQUIPE EDITORALElisa MenezesManon Bourgeade (arte)Milena VargasViviane Maurey

    ASSISTENTES

    Gilvan Brito (arte)Silvnia Rangel (produo grfica)

    REVISO

    Sophia LangWendell Setubal

    PREPARAO DE ORIGINAIS

    Luza Ulhoa

    o mundo de anne frank miolo 4/13/15 2:36 PM Page 6

  • Brincar

    no dia 12 de junho de 1929, nasceu uma menina na cidade alemde Frankfurt. seu nome era annelies Marie Frank, mas as pes-soas a chamavam de anne. era a segunda filha de otto e edithFrank, e sua irm se chamava Margot. a famlia dos pais de anneera rica, e seu pai trabalhava no banco de propriedade da famliadele.

    otto Frank tinha muito orgulho de seu pas. tanto orgulhoque, na primeira Guerra Mundial (de 1914 a 1918), ele lutou pelaalemanha. Mas seus sentimentos pelo pas mudaram quandoanne era criana. a alemanha estava passando por graves pro-blemas, com muito desemprego e pobreza. na poca, havia umpoltico que dizia que tudo aquilo era culpa dos judeus. o nomedesse homem era adolf Hitler. Queria uma alemanha grande epoderosa, e mais e mais pessoas comearam a concordar comele. nas eleies, votaram em seu partido poltico. os seguido-res de Hitler eram chamados de nazistas.

    os pais de anne eram judeus. a me frequentava a sinagoga,mas o pai, no. eles se sentiam muito vontade entre pessoas deoutras religies e at entre quem no tinha religio alguma, maspassaram a ser vistos como inimigos s por serem judeus.

    Prova final

    88

    la fora a guerra miolo 3/31/15 5:47 PM Page 8

  • em 1933, quando adolf Hitler foi eleito lder do governo ale-mo (graas ao apoio de muitos alemes), os pais de anne deci-diram se mudar para a Holanda. no queriam mais morar emum pas onde eram odiados s por serem de origem judaica.alm disso, os negcios no banco onde o pai trabalhava no an-davam bem.

    anne tinha quatro anos quando a famlia se mudou paraamsterd e logo se sentiu em casa. Foram morar em uma casamaravilhosa; no bairro, havia outras crianas judias que tambmtinham se mudado da alemanha. anne e Margot aprenderam afalar holands quase imediatamente e no demorou muito paracomearem a se sentir holandesas tambm.

    Prova final

    9

    anne tinha quatro anos quando sua famlia se mudou para amsterd. ela logo se sentiu em casa.

    9

    la fora a guerra miolo 3/31/15 5:47 PM Page 9

  • Prova final

    10

    la fora a guerra miolo 3/31/15 5:47 PM Page 10

  • Uma vida repleta de alegria

    Nunca vou conseguir! Com o rosto vermelho por causa doesforo, Anne tentava fazer seu bambol rolar pela rua. Essetroo s cai! Desanimada, olhou para a amiga Sanne, queconseguia fazer o bambol rolar ao longo da calada sem pro-blemas. Como voc consegue fazer isso? Assim, . s colocar em p e dar um empurro.Anne pegou o bambol e fez exatamente como Sanne falou.

    Deu certo! O bambol saiu rolando pela calada, mas depoisde alguns segundos caiu de novo. Chega! No aguento mais! resmungou Anne. Vou an-

    dar de patinete.Era uma delcia brincar na Praa Merwede. De vez em

    quando, a me de Anne olhava pela janela do apartamento,mas no havia muito perigo. Como no era uma rua principal,ali s passavam bicicletas e os carros das pessoas que moravamno bairro. A calada e a rua ficavam praticamente vazias. Almdisso, o bairro ficava nos limites da cidade. Depois de algunsquarteires, j dava para ver vacas pastando. Estavam cons-truindo muitos prdios novos por ali. Perto da casa de Anne,havia um grande areal, onde passava horas brincando. Foi as-

    Prova final

    1111

    la fora a guerra miolo 3/31/15 5:47 PM Page 11

  • sim que Anne cresceu: em uma casa maravilhosa, em uma ruaagradvel e com amigas queridas, frequentando uma timaescola.

    Fiu, fiu! Era um dia de semana qualquer na praa Merwede. Ainda

    era cedo e estava at um pouco escuro. Mame entrou noquarto de Anne e Margot. Anne, Hannah est esperando l embaixo. D para ouvila

    assobiando disse.Anne sabia que estava na hora de ir escola. Colocou o livro

    que lia de lado, pegou o casaco do cabideiro, vestiu-o correndoe se preparou para descer. Espere disse mame, severa. inverno, voc precisa co-

    locar um Mtze. Muts, mame. Gorro em holands muts, no Mtze. E no

    est to frio retrucou Anne. Ela j tinha oito anos e era per-feitamente capaz de decidir se precisava colocar um gorro ouno. Coloque o gorro disse mame, e Anne percebeu pelo seu

    olhar que era melhor obedecer. Em seguida, desceu a escadacorrendo. Cuidado, o cho pode estar escorregadio, v com calma!

    gritou mame.Mas Anne j no ouvia. Tinha pressa demais. Ela queria

    compartilhar uma novidade com a amiga Hannah (a quemsempre chamava de Hanneli) e no podia esperar para contar. Hanneli, Hanneli! Vou viajar! Com meu pai! S nos dois!

    No maravilhoso? Vamos para a Sua, visitar a minha v emBasileia. Minha tia Leni e o tio Erich tambm moram l, e osmeus primos Bernd e Stephan. Vai ser o aniversrio da minha

    Prova final

    1212

    la fora a guerra miolo 3/31/15 5:47 PM Page 12

  • Omi, eu sempre chamo a minha av de Omi, e do Stephantambm e... Hannah comeou a rir. O que foi? perguntou Anne, surpresa. Voc est falando to depressa que quase no consigo

    acompanhar. Mas estou to feliz! Bernd um timo patinador de gelo,

    e Omi conta histrias maravilhosas e... Estou muito feliz por voc, Anne. De verdade. Quando

    viajam? Em algumas semanas. Mal posso esperar comemorou.

    Em seguida, disse: Olha s, l vo Kitty e Ietje. Vamos darum susto nelas?Hannah riu da amiga.Anne adorava pregar peas nas pessoas. Colocou o dedo so-

    bre a boca em sinal de faa silncio e se aproximou das ami-gas sem fazer barulho. Quando chegou perto, cutucou as duasnas costas e gritou: Boo! Ai! reagiu Kitty. Ietje deu at um pulinho de susto.Anne caiu na gargalhada. Sua peste! disse Kitty. Mas mesmo assim comeou a rir.

    Depois de algumas semanas, finalmente chegou o dia: Anne eo pai embarcaram no trem para Basileia. J chegamos? Anne perguntava toda hora. J sabia a res-

    posta porque, quinze minutos antes, o pai tinha dito que noestavam nem na metade do caminho. Nossa... A Sua era longe.Assim que chegaram, Anne esqueceu imediatamente a lon-

    ga viagem e se divertiu brincando com Bernd. Tinha que seacostumar de novo a falar em alemo com a famlia. Em casa

    Prova final

    1313

    la fora a guerra miolo 3/31/15 5:47 PM Page 13

  • quase no se falava mais alemo, j que papai e mame tenta-vam falar em holands o mximo possvel. Tive uma ideia divertida sussurrou Anne no ouvido de

    Bernd uma tarde. Bernd e Anne tinham ido visitar a vovFrank junto com tia Leni, tio Erich e o pai de Anne. Vamosentrar s escondidas no quarto da Omi, e voc vai vestir asroupas dela.Bernd lanou um olhar travesso para Anne. E depois? A voc finge que a Omi.Bernd sorriu. Tinha gostado da brincadeira.

    Saram da sala juntos, de fininho, e Bernd escolheu um lindovestido.Anne quase engasgou de rir. Um chapu! exclamou ela. Ainda falta um chapu!Bernd saiu procura de um chapu.

    Prova final

    14

    la fora a guerra miolo 3/31/15 5:48 PM Page 14

  • Depois precisava de sapatos. O salto mais alto que voc achar d