o Impacto Das Cinco Disciplinas de Peter Senge Na Competitividade Da Empresa

Download o Impacto Das Cinco Disciplinas de Peter Senge Na Competitividade Da Empresa

Post on 26-Jul-2015

210 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<p>UNIVERSIDADE TECNOLGICA FEDERAL DO PARAN</p> <p>PR</p> <p>UNIVERSIDADE TECNOLGICA FEDERAL DO PARAN CAMPUS PONTA GROSSA DEPARTAMENTO DE PS-GRADUAO PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM ENGENHARIA DE PRODUO PPGEP</p> <p>IVANILDE SCUSSIATTO EYNG</p> <p>O IMPACTO DAS CINCO DISCIPLINAS DE PETER SENGE NA COMPETITIVIDADE DA EMPRESA: O CASO DE UMA REDE DE LOJAS DO SETOR COMERCIAL</p> <p>PONTA GROSSA MAIO - 2006</p> <p>IVANILDE SCUSSIATTO EYNG</p> <p>O IMPACTO DAS CINCO DISCIPLINAS DE PETER SENGE NA COMPETITIVIDADE DA EMPRESA: O CASO DE UMA REDE DE LOJAS DO SETOR COMERCIALDissertao apresentada como requisito parcial obteno do ttulo de Mestre em Engenharia de Produo, do Programa de Ps-Graduao em Engenharia de Produo, rea de Concentrao: Gesto Industrial, Sub-rea: Conhecimento e Inovao, Departamento de Pesquisa e PsGraduao, Campus Ponta Grossa, da UTFPR Universidade Tecnolgica Federal do Paran.</p> <p>Orientador: Prof. Dlcio Roberto dos Reis, Ph.D.</p> <p>PONTA GROSSA MAIO - 2006</p> <p>TERMO DE APROVAO</p> <p>IVANILDE SCUSSIATTO EYNG</p> <p>O IMPACTO DAS CINCO DISCIPLINAS DE PETER SENGE NA COMPETITIVIDADE DA EMPRESA: O CASO DE UMA REDE DE LOJAS DO SETOR COMERCIALEsta dissertao foi apresentada s 16 horas do dia 12 de maio de 2006, como requisito parcial obteno do grau de MESTRE EM ENGENHARIA DE PRODUO, rea de Concentrao, Gesto Industrial, Linha de Pesquisa em Gesto do Conhecimento e Inovao, Programa de Ps-Graduao em Engenharia de Produo. A candidata foi argida pela Banca Examinadora composta pelos professores abaixo assinados. Aps deliberao, a Banca Examinadora considerou o trabalho aprovado.PROF. DR. DLCIO ROBERTO DOS REIS PROF. DR. HELENA DE FTIMA NUNES SILVA</p> <p>UTFPR Orientador Presidente da Banca</p> <p>UTFPR</p> <p>PROF. DR. HLIO GOMES DE CARVALHO</p> <p>PROF. DR. ISAURA ALBERTON DE LIMA</p> <p>UFPR</p> <p>UTFPR</p> <p>Visto do Coordenador</p> <p>PROF. DR. KAZUO HATAKEYAMA</p> <p>Coordenador do PPGEP Ponta Grossa, 12 de Maio de 2006.AGRADECIMENTOS</p> <p>A Deus meu guia, luz de minha existncia, por me dar fora, paz e serenidade, na conduo de minha vida. Ao meu esposo Osmar, aos filhos: Marcos, Adriano e Jaqueline, por seu amor, por serem pacientes e estarem ao meu lado em todos os momentos. A meus pais Antonio e Vilma, pela vida, por seu amor e proteo, por seus ensinamentos e pelos exemplos que me direcionaram com segurana e gentileza. Ao meu orientador Prof. Dr Dlcio Roberto dos Reis, por seu profissionalismo, por sua sabedoria e habilidade em transmitir informaes de forma simples e objetiva, por ter me proporcionado um repensar ao contnuo aprender a aprender. UTFPR, aos professores (as) por proporcionarem o aprendizado e por tornarem realidade a implantao de um mestrado de alto nvel. Rede de Lojas do Setor Comercial que possibilitou livre acesso s informaes, colocando-se disposio no que fosse necessrio para a realizao desta pesquisa. Agradeo aos amigos, colegas de turma e s pessoas que, direta ou indiretamente, contriburam para que este trabalho fosse possvel.</p> <p>PPGEP rea de Concentrao 2006</p> <p>A coisa mais indispensvel a um homem reconhecer o uso que deve fazer do seu prprio conhecimento. Plato</p> <p>PPGEP rea de Concentrao 2006</p> <p>RESUMOO IMPACTO DAS CINCO DISCIPLINAS DE PETER SENGE NA COMPETITIVIDADE DA EMPRESA: O CASO DE UMA REDE DE LOJAS DO SETOR COMERCIAL</p> <p>O presente estudo teve como objetivo geral verificar qual o impacto das cinco disciplinas de Peter Senge na competitividade da empresa em estudo, o caso rede de Lojas do Setor Comercial nos Estados do Paran e So Paulo. Como objetivos especficos visou diagnosticar a existncia dos cinco princpios de Senge no universo das empresas pesquisadas. Identificar as lojas da rede de empresas em dois grupos: as mais e as menos competitivas, de acordo com o resultado lquido e, verificar se existe correlao entre a existncia das cinco disciplinas e a competitividade na rede de lojas da empresa pesquisada. Num primeiro momento este estudo teve como perspectiva o resumo da obra de Peter Senge, A Quinta Disciplina - Arte e Prtica da Organizao que Aprende, sendo esta a principal referncia bibliogrfica. Posteriormente, foram consultadas outras literaturas para um melhor embasamento, reflexo sobre o tema e para a validao do questionrio. Num segundo momento, foi realizado o estudo de caso na rede de Lojas, com 118 respondentes ao questionrio, sendo estes o gerente e o encarregado de cada uma das 59 lojas em questo. A pesquisa foi classificada como aplicada, quanto ao problema de pesquisa, quantitativa. O mtodo utilizado foi o dedutivo, sendo que para o levantamento dos dados foi utilizado o questionrio, o qual mostrou-se consistente para avaliar e existncia dos princpios de Senge, pois foi previamente testado e ajustado para essa finalidade. O resultado da pesquisa com os gerentes e encarregados sugere a existncia de um ambiente propcio e aberto s prticas de aprendizagem, isto , os respondentes praticam as disciplinas de Peter Senge, ainda que no de forma explcita, pelo prprio desconhecimento das disciplinas. Porm, no que se refere aos impactos, atravs dos resultados observou-se que as disciplinas de Peter Senge para esta pesquisa no impactam na competitividade de cada uma das lojas da rede pesquisada. Os resultados evidenciam similaridades, tanto nas lojas classificadas como mais competitivas, quanto naquelas menos competitivas. Diante dos resultados obtidos, a hiptese: A existncia dos cinco princpios de Senge no perfil dos lderes tem influncia na competitividade da empresa no foi confirmada para o grupo pesquisado. Palavras-chave: Perfil dos lderes; Disciplinas da aprendizagem; A Quinta Disciplina; Competitividade</p> <p>PPGEP Gesto Industrial 2006</p> <p>ABSTRACT</p> <p>The general objective of this work was to analyze the impact of Peter Senge's Five Disciplines in the net profits of a store network in Paran and So Paulo. The specific objectives were: to diagnose the existence of the five principles in the universe of the researched companies; to verify and to analyze which branch is more competitive and check if there is a relation between five disciplines existence and the profits of the researched companies. Firstly, this work aimed a summary of Peter Senge's work The Fifth Discipline - Art and Practice of a Learning Organization, that it is the main bibliographical reference. Later, other literatures were consulted for better basis and reflection on the theme, and for the validation of the question form. Then, it was done a case study at the store network, with a universe of 118 researched workers, the manager and the responsible for each one of the 59 branches. Due to dealt problem, research was classified as applied qualitative; the methodology was deductive and for data survey was used a question form, tested and adjusted for this aim. Results suggests the existence of a good and open environment for learning practices; It was observed that the managers and responsible ones practice the Peter Senges disciplines, although not explicitly. However, considering impacts, from the results it was observed that, for this research, Peter Senges disciplines do not influence the competitiveness in a whole. From the results the hypothesis that The existence of Senges five principles in leaders profile has influence on the net profits of the company was not confirmed for the researched group. Key words: Leaders profile; Learning disciplines; Fifth discipline; Competitiveness</p> <p>LISTA DE FIGURASFigura 1 As Cinco Disciplinas das Organizaes que Aprendem..............................21 Figura 2 Organizao para a Era do Conhecimento. ................................................79 Figura 3 Modelo de Capital Intelectual. .....................................................................84</p> <p>LISTA DE QUADROSQuadro 1 Credo da Hanover para Modelos mentais Quadro 2 Demonstrao do Resultado - Requisitos mnimos Quadro 3 Demonstrao do Resultado e Exerccio - DRE Quadro 4 Capital Intelectual, Social e Emocional Quadro 5 Objetivos do Instrumento de Coleta de Dados 38 70 71 83 94</p> <p>LISTA DE TABELASTabela 1 Relao das lojas consideradas mais competitivas....................................96 Tabela 2 Relao das lojas consideradas menos competitivas. ...............................97 Tabela 3 Resultado por questo das lojas consideradas mais e menos competitivas. ...........................................................................................................................99 Tabela 4 Pesquisa por Disciplina - Lojas mais competitivas ...................................106 Tabela 5 Pesquisa por Disciplina - Lojas menos competitivas ................................107 Tabela 6 Mdia Geral das Cinco Disciplinas - Lojas mais e menos competitivas ...109</p> <p>LISTA DE GRFICOSGrfico1 Pesquisa: Rede de Lojas Setor Comercial - Populao e Amostra Grfico 2 Disciplina Domnio pessoal: intensidade em que ocorre nos dois grupos de lojas Grfico 3 Disciplina Modelos mentais: intensidade em que ocorre nos dois grupos de lojas Grfico 4 Disciplina Viso Compartilhada: intensidade em que ocorre nos dois grupos de lojas Grfico 5 Disciplina Aprendizagem em grupo: intensidade em que ocorre nos dois grupos de lojas Grfico 6 Disciplina Pensamento sistmico: intensidade em que ocorre nos dois grupos de lojas Grfico 7 Intensidade em que as Cinco Disciplinas ocorrem nas Lojas mais competitivas Grfico 8 Intensidade em que as Cinco Disciplinas ocorrem nas Lojas menos competitivas Grfico 9 Disciplinas da Aprendizagem: Resultado Geral Comparativo por freqncia Intensidade em que ocorre em cada uma das disciplinas Grfico 10 Disciplinas da Aprendizagem de Senge - Resultado geral reunindo as Cinco Disciplinas -Dados comparativos entre os dois grupos pesquisados 110 109 108 106 105 104 103 102 101 93</p> <p>SUMRIOAGRADECIMENTOS EPGRAFE RESUMO ABSTRACT LISTA DE FIGURAS LISTA DE QUADROS LISTA DE TABELAS LISTA DE GRFICOS 1 INTRODUO1.1 1.2 1.3 1.4 As organizaes que aprendem no contexto atual TEMA PROBLEMA DA PESQUISA Delimitao do Problema Objetivo Geral Objetivos Especficos OBJETIVOS</p> <p>1616 17 18 18 18 18 18 18 19 19</p> <p>1.3.1 1.4.1 1.4.2 1.5 1.6 1.7</p> <p>JUSTIFICATIVA HIPTESE ORGANIZAO DO TRABALHO</p> <p>2</p> <p>REFERENCIAL TERICO</p> <p>20</p> <p>2.1 A QUINTA DISCIPLINA ARTE E PRTICA DA ORGANIZAO QUE APRENDE OBRA DE PETER SENGE 20 2.1.1 Domnio pessoal 21 28 31 35 37 40 41 45 47 50 2.1.1.1 Viso pessoal, tenso criativa, conflito estrutural e comprometimento com a verdade. 26 2.1.1.2 Domnio pessoal e a Quinta Disciplina 2.1.2 Modelos mentais 2.1.2.1 Superando as doenas bsicas da hierarquia 2.1.2.2 A disciplina de Modelos Mentais 2.1.2.3 Modelos Mentais e a Quinta Disciplina 2.1.3 2.1.4 Viso compartilhada Aprendizagem em grupo 2.1.3.1 A viso pessoal e a disciplina de criao de uma viso compartilhada 2.1.4.1 A disciplina da aprendizagem em equipe: dilogo e discusso.</p> <p>2.1.4.2 Lidando com a realidade atual: conflito e rotinas defensivas 2.1.4.3 O elo perdido: prtica 2.1.4.4 Aprendizagem em equipe e a Quinta disciplina 2.1.5 Pensamento sistmico - a Quinta Disciplina 2.1.5.1 As leis da quinta disciplina 2.1.5.2 A Quinta Disciplina e as demais Disciplinas 2.2 COMPETITIVIDADE Liderana Cultura organizacional Organizaes que aprendem Capital intelectual Mudanas organizacionais 2.2.1 2.2.2 2.2.3 2.2.4 2.2.5</p> <p>53 54 56 57 57 67 68 72 75 77 81 85</p> <p>3</p> <p>METODOLOGIA3.1 3.2 3.3 3.4 CLASSIFICAO DA PESQUISA MTODO DE PESQUISA O ESTUDO DE CASO E FONTE DOS DADOS TCNICAS DE COLETA DE DADOS Instrumento da coleta dos dados</p> <p>8787 89 90 91 94</p> <p>3.4.1</p> <p>4 5</p> <p>RESULTADOS E DISCUSSO CONCLUSES E RECOMENDAES5.1 5.2 5.3 CONCLUSES SUGESTES PARA TRABALHOS FUTUROS SUGESTES PARA A EMPRESA</p> <p>96 111111 113 114</p> <p>REFERNCIAS APNDICE A QUESTIONRIO</p> <p>116 119</p> <p>Captulo 1 Introduo</p> <p>16</p> <p>1 INTRODUO1.1 As organizaes que aprendem no contexto atual A atual realidade econmica no mundo globalizado, o desenvolvimento de novas tecnologias e as mudanas contnuas, alertam para grandes transformaes no ambiente empresarial, onde as empresas so envolvidas pela instabilidade e forte competitividade, amostras dos desafios a serem enfrentados pelas organizaes e seus gestores. Os novos tempos se apresentam para o mundo dos negcios de forma turbulenta, porm desafiadora, onde organizaes buscam adaptar-se s mudanas contnuas, s novas tecnologias, gama e velocidade com que as informaes se apresentam. neste cenrio que surgem as organizaes que aprendem, diante de uma necessidade emergente das empresas inovarem constantemente para que possam adaptar-se s mudanas sociais e tecnolgicas e aos contnuos desafios impostos pela economia num ambiente altamente competitivo. Competitividade esta, que implica na obteno de maiores vantagens competitivas, as quais podem ser conquistadas pelas empresas atravs da inovao, criando, recriando e incorporando conhecimentos. Uma afirmao de Geus apud Stewart (2002) ficou clebre no meio empresarial, a qual relata que a nica vantagem competitiva das empresas do futuro ser a rapidez com que os seus gestores assimilam o conhecimento em detrimento dos gerentes dos concorrentes. A aprendizagem organizacional vem se destacando, como um meio consistente de apropriao de conhecimentos e de melhoria contnua que agrega valor s tarefas e aos processos de trabalho. Neste sentido, Senge (2004) categrico ao afirmar que nas organizaes de aprendizagem, as pessoas aprimoravam continuamente suas capacidades de criar e recriar o futuro em aes conjuntas, objetivando a conscientizao da equipe, atravs de mudanas e de alteraes pessoais para que possam questionar constantemente seus modelos mentais e criarem ambientes seguros para que outras pessoas possam fazer o mesmo. Deste modo, so definidas pelo autor as cinco disciplinas da aprendizagem: o pensamento sistmico, o domnio pessoal, os modelos mentais, a visoPPGEP Gesto Industrial 2006</p> <p>Captulo 1 Introduo</p> <p>17</p> <p>compartilhada e o aprendizado em grupo. Seu intento que as disciplinas sejam integradas empresa de forma a lhe proporcionar os melhores resultados. Para tal, a empresa ter que busc-los atravs de um aprendizado que significa aprender a aprender, alm de entender, compreender e aprender com o passado, no sentido de orientao para as futuras aes na organizao. Porm, para que isso ocorra, ressalta que a aprendizagem no poder se concentrar no topo da hierarquia, mas dever ser disseminada por toda a empresa num complexo de iniciativas, tcnicas e novas formas de comunicao que permitam empresa que ao entender o passado, antecipe o futuro, aprendendo a aprender. Este trabalho visa, a partir de fundamentao terica, contextualizar as disciplinas da aprendizagem de Peter Senge, atravs da obra A Quinta Disciplina: arte e prtica da organizao que aprende. Objetiva, tambm, conceituar competitividade, resultado operacional lquido, o novo papel do lder, a cultura organizacional, as organizaes que aprendem, o capital intelectual e as mudanas organizacionais. Conforme Senge (2004) um melhor entendimento sobre as disciplinas da aprendizagem permite alinh-las s empresas, transformando-as em vantagens competitivas e estas, por sua vez, em Organizaes que Apren...</p>

Recommended

View more >