o globo suplemento niterói

Download O Globo Suplemento Niterói

Post on 16-Mar-2016

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

O Globo Suplemento Niteri

TRANSCRIPT

  • O GLOBO PROJETOS DE MARKETING

    A nova fronteiraNITERI CRESCE EM IMPORTNCIA AO ATRAIR DEZENAS DE NOVOS EMPREENDIMENTOS IMOBILIRIOS DE PORTE. SO GONALO, ITABORA E MARICSEGUEM A MESMA TRILHA. COMPRAR UM IMVEL TAMBM TORNOU-SE ALTERNATIVA ATRAENTE PARA QUEM QUER DIVERSIFICAR APLICAES

    Sexta-feira, 31 de agosto de 2012

    O Complexo Petroqumico do Rio de Ja-neiro (Comperj) e o Arco Metropo-litano, rodovia que vai ligar a Regio Metropolitana, entre outros empre-endimentos, esto criando uma nova fronteira de desenvolvimento no estado. Em dez anos, Niteri, Itabora, So Gonalo e Maric daro a sensa-o de serem uma cidade s, diz Bruno Serpa Pinto, diretor da Brasil Brokers Niteri, que tem 90% de seus negcios na regio. No uma fuso, mas uma siner-gia e uma integrao muito grandes.

    Segundo ele, nos prximos 90 dias sero anuncia-dos 1.100 lotes em Maric. Em Itabora, desde outu-bro de 2010, foram 18 lanamentos, ou 2.800 unidades, que passaram pela Brasil Brokers. Em Niteri, imveis em Icara chegaram a valorizar 50% em um ano. E So Gonalo v chegar cidade projetos de condomnios integrados a prdios de escritrios e reas de lazer que redesenham o seu perfil urbano.

    Apenas em Niteri, a imobiliria Brasil Brokers faturou R$ 896 milhes nos primeiros sete meses do ano, cres-cimento de cerca de 6% em relao aos R$ 847 milhes, no mesmo perodo de 2011. Se somar os negcios reali-zados em Itabora, So Gonalo, Maric, a receita da em-presa aumentou 14% R$ 1,140 bilho de janeiro a julho de 2012, para R$ 1,002 bilho, no primeiro semestre de 2011. Ao longo do ano, a expectativa crescer entre 10% e 15%. Mais do que a inflao e do que qualquer aplicao financeira, afirma Serpa Pinto. Vendemos 3,3 mil uni-dades at julho; mas, em todo o ano passado, foram 7 mil comercializadas. Como o segundo semestre mais aque-cido do que o primeiro, ainda vamos crescer mais.

    Anselmo Gutierrez, diretor de vendas da Fernandez Mera em Niteri, estima que ocorreram 46% mais lan-amentos este ano na regio: 15 no primeiro semestre do ano passado, em comparao a 22, at agora. Neste segundo semestre, o executivo diz que ser anunciado empreendimento de alto padro em Niteri, com uni-dades vendidas a valores acima de R$ 1 milho. Lem-bra ainda que o Murano Icara, do Grupo Klabin Se-gall, foi todo comercializado ano passado, com imveis a quase R$ 2 milhes.

    A procura por imveis no Jardim Icara provocou au-mentos de at 50% nos preos do metro quadrado de cerca de R$ 6 mil, h um ano, para R$ 9,5 mil , afirma Jean Pierre Biot, presidente da Associao das Empresas do Mercado Imobilirio (Ademi) de Niteri. Segundo ele, os preos sobem principalmente depois que decreto mu-nicipal, de 2011, proibiu a construo de prdios com mais de cinco andares no bairro.

    Biot ressalta que cidades adensadas, concentra-das, so a tendncia mais recente do urbanismo mo-derno. As pessoas se deslocam menos, tm tudo per-to: supermercado, colgio, padaria. Nesse modelo, ele aponta Icara e Jardim Icara como principais pontos de interesse comercial. Alm do Centro, que agora come-ar a despontar, com o metro quadrado negociado a R$ 5 mil. plano, tem toda a infraestrutura. Mas deve ser olhado de forma similar ao Porto Maravilha, no Rio. Receber investimentos e um programa de revitalizao, que inclua residenciais.

    No Centro de Niteri, j h casos de valorizao acima dos 20% em menos de um ano. O Trend To-wer, da Joo Fortes, foi lanado em abril por cerca de

    R$ 7 mil o metro quadrado, lembra o diretor da Brasil Brokers. Vendeu todas as suas 407 unidades em qua-tro horas. E j fechei uma revenda, por R$ 9 mil o me-tro quadrado. Ou seja, com aumento de 28,5%. Tam-bm no Centro, o Plaza Shopping vai ganhar mais lojas e duas torres corporativas da MDL Realty, 94% delas vendidas em 48 horas a R$ 15,5 mil o metro quadrado, no ms de junho.

    Uma das mais tradicionais incorporadoras de Ni-teri, a Soter, tem no currculo 71 lanamentos de imveis de alto luxo e qualidade, grande parte deles em Icara, diz o diretor superintendente Julio Kezem. Segundo ele, os locais mais procurados para moradia so Jardim Icara e Charitas. Os terrenos de Icara escassearam, completa, lembrando que, h um ms, a Soter lanou o Diamond Residence, na Rua Mem de S, corao do bairro, que, pela localizao rara, tornou-se um produto nico, difcil de ser repetido. A incorporadora est construindo nove empreendi-mentos em Niteri, sendo que oito deles j foram in-teiramente vendidos.

    Niteri passou por intervenes urbansticas nos sistemas virios. A Avenida Roberto da Silveira ago-ra tem mo nica e a via que liga o Centro a Icara, pela orla, est sendo duplicada, destaca Serpa Pin-to. Ressalta, ainda, o baixo comprometimento dos or-amentos domsticos com financiamento e o ciclo de investimentos em infraestrutura nessas cidades. O Rio vive uma grande fase, diz. Alm disso, a queda dos juros favorece os investimentos em imveis, que despontam como alternativas mais rentveis do que as aplicaes financeiras.

    Agncia Globo Fotos de Marcelo de Jesus

    Marcelo de Jesus

    Niteri oferece vrios atrativos para seus moradores, como belas praias e o Caminho Niemeyer, interveno urbana que promete revitalizar o Centro da cidade com a construo de casas de cultura, teatros e uma nova estao das barcas

  • 2 l Sexta-feira, 31 de agosto de 2012 O GLOBO PROJETOS DE MARKETING

    Um bom lugar para viverEMBALADA POR TIMO NDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO, NITERI REFERNCIA EM QUALIDADE DE VIDA

    Niteri cobiada por quem de-seja viver bem. Oferecendo excelente padro de vida a quem escolhe morar por l, tem atrado o interesse de mo-radores de outras regies do estado e mesmo do pas, o que se reflete no crescimento do mercado imobilirio na regio. Hoje, quem chega no quer sair e quem j tem razes no pensa em deixar a cidade.

    Os motivos para tanta satisfao so muitos. A comear pela qualidade de vida. Niteri ocupa a terceira posio no Brasil no IDH, ndice de desenvol-vimento humano apurado pelo Progra-ma das Naes Unidas para o Desen-

    volvimento PNUD, em universo de mais de 5.500 municpios brasileiros. Para calcular o ndice, so levados em conta os nveis de renda, sade (expec-tativa de vida) e educao (escolarida-de), tendo em vista os dados do cen-so de 2000. Alm de bem situada no ranking do IDH, Niteri tambm tem tima infraestrutura urbana.

    E no s isso. Se a sade, o meio ambiente e a infraestrutura so fato-res que fazem a diferena, a educao e a cultura no poderiam ficar de fora da cesta bsica de cidadania que Ni-teri tem orgulho de oferecer. E neste item a cidade tambm passou a servir

    de modelo. Abriga a Universidade Fe-deral Fluminense, referncia no pas. E desde a inaugurao do Museu de Arte Contempornea (MAC), em 1996, Ni-teri faz parte do circuito internacio-nal de arte. O MAC, que abriga a co-leo de arte contempornea de Joo Sattamini, se transformou em carto postal da cidade, por sua privilegiada localizao e pelo inspiradssimo con-torno de suas formas, nascidas do tra-o de Oscar Niemeyer. Hoje, o MAC est para Niteri como o Guggenheim para Bilbao. Ambos, pela ousadia dos seus desenhos o museu de Bilbao foi concebido pelo norte-americano Frank

    Gehry, um dos maiores arquitetos da atualidade ajudaram a projetar as ci-dades no panorama da arte mundial e atraem turistas de todo o planeta. O MAC recebe cerca de 160 mil visitan-tes ao ano.

    Se a relao de Niemeyer com Ni-teri j era especial, outras obras do genial arquiteto deixaro para sempre sua marca na cidade. o caminho Nie-meyer, projeto que se estende do Ater-ro da Praia Grande, no Centro, at o bairro de Boa Viagem, onde est loca-lizado o MAC, totalizando 72.000 m2, com previso de construo de 10 pr-dios, dos quais seis j foram concludos.

    Maric, Itabora e So Gonalo sur-gem como a nova rota dos lanamen-tos e do desenvolvimento urbano. Em Maric, os lotes esto sendo oferecidos a partir de R$ 85 mil, valor mdio para 360 m2, segundo Bruno Serpa Pinto, di-retor da Brasil Brokers Niteri. A Sco-pel vai comear a vender, dentro de dois meses, 419 lotes de bairro plane-jado na rea da antiga Fazenda do Pi-lar, por onde teria passado a Princesa Isabel. O condomnio Reserva do Pilar o primeiro de uma srie de projetos da empresa na regio, diz o executivo. E, dentro do mesmo prazo, a Zayd deve colocar venda 515 lotes do condom-nio Solaris Residencial Clube, integrado a construes comerciais e a 14 mil m2 de rea de lazer.

    Outra incorporadora, o grupo Al-phaville, vendeu 400 lotes do Terras Alpha Maric em apenas quatro ho-ras, no ano passado. E outros 109 se-ro anunciados em setembro. De-

    vemos vender tudo em uma hora, acredita Serpa Pinto. Segundo o exe-cutivo, apenas 29 km, ou 46 minu-tos de carro, em mdia, separam Ica-ra, em Niteri, de Ino, em Maric. Muitas pessoas trabalham em Itabo-ra e entenderam que bom morar em Maric. Ou niteroienses descobrem que tm opo nova, alm da regio ocenica de Niteri.

    Em Itabora, Serpa Pinto lembra do Enterprise City Center, projeto de R$ 270 milhes da PDG-CHL, lanado em setembro do ano passado. Das 976 uni-dades, 930 j foram vendidas, 570 de-las em nico dia. Os empreendimen-tos comerciais e sutes hoteleiras esto concentrados basicamente na Avenida 22 de Maio, diz. Trata-se de complexo multiuso, com lajes corporativas de 250 m2, sutes hoteleiras, apartamentos resi-denciais e salas comerciais.

    Para o diretor da Brasil Brokers, os imveis em Itabora tm liquidez al-

    tssima. A Rossi, segundo ele, est no quarto lanamento. E os trs primei-ros tiveram 90% das unidades adqui-ridas em trs meses. Por isso, diversas empresas decidiram operar na cidade: MBL Realty, Elvas Empreendimen-tos, entre outras. No final de julho, a GEP (Global Equity Property) lanou o Global Center Itabora, outro mul-tiuso, que j traz includo no preo at a decorao das sutes hoteleiras. Ter ao todo 680 unidades.

    Os lanamentos comearam a pre-os mdios de R$ 5,5 mil o metro qua-drado e j chegaram a R$ 7