o emprego da responsabilidade civil extracontratual nas acções por wrongful life - admissível

Download O emprego da Responsabilidade Civil Extracontratual nas acções por wrongful life -  admissível

Post on 26-Nov-2015

30 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • FUNDAO BISSAYA BARRETO

    INSTITUTO SUPERIOR BISSAYA BARRETO

    O EMPREGO DA RESPONSABILIDADE CIVIL

    EXTRACONTRATUAL NAS ACES POR WRONGFUL LIFE:

    (IN)ADMISSIBILIDADE?

    Daniel Willyam da Silva Cordeiro, n. 2557

    Trabalho final para concluso da unidade

    curricular de Direito Civil II, sob a

    docncia do Prof. Dr. Nuno Oliveira.

    Coimbra,

    Janeiro de 2014

  • 2

    Daniel Willyam da Silva Cordeiro

    - Discente no Mestrado em Direito,

    especializao em Cincias Jurdico-Forenses -

    O EMPREGO DA RESPONSABILIDADE CIVIL

    EXTRACONTRATUAL NAS ACES POR WRONGFUL LIFE:

    (IN)ADMISSIBILIDADE?

    Trabalho final realizado no mbito da Unidade

    Curricular de Direito Civil II, sob docncia do

    Prof. Dr. Nuno Oliveira, referente ao ano lectivo

    de 2013/2014.

  • 3

    A responsabilidade uma curiosa noo. Foge-se dela como a

    procuramos. Descartamo-nos dela como tambm a

    ostentamosUsamos o mesmo vocbulo para designar um poder,

    para atribuir um erro, ou louvar uma assuno. Sada das suas pias

    baptismais jurdicas, a palavra circula da empresa at ao gabinete

    mdico, do campo poltico ao mundo meditico, igualmente solicitada

    pelos ecologistas e pedagogos, em famlia ou na escola. Pronunciada

    muitas vezes, muitas vezes valorizada, como se nos apercebssemos

    de uma forma confusa aqui e acol, de que uma referncia ao nosso

    tempo. Sofre o destino de todos estes termos ambulantes que perdem a

    sua clareza fora de serem invocados.

    A. Etchegoyen , In A Era dos Responsveis

  • 4

    ndice

    Resumo Pgina 5

    Lista de abreviaturas e siglas... Pgina 6

    Introduo Pgina 7

    Captulo I Breve anlise civilista e constitucional sobre o problema.. Pgina 10

    Captulo II A wrongful life ou vida indevida. Pgina 12

    1. Problemas ticos e sociais associados Pgina 12

    2. Figuras afins: wrongful birth, wrongful conception e wrongful

    pregnancy.

    Pgina 13

    Captulo III Responsabilidade Civil Pgina 16

    1. Responsabilidade Civil Contratual versus Responsabilidade Civil

    Extracontratual

    Pgina 16

    2. Responsabilidade Civil Extracontratual: Pressupostos... Pgina 17

    a) Facto do agente.. Pgina 17

    b) Ilicitude...... Pgina 18

    c) Culpa (imputao do facto ao lesante).... Pgina 19

    d) Dano Pgina 19

    e) Nexo de causalidade entre o facto e o dano... Pgina 21

    Concluso/Consideraes finais.. Pgina 22

    Bibliografia.. Pgina 24

    Nota. Pgina 26

  • 5

    Resumo

    Este trabalho desenvolve-se em torno da (in)admissibilidade do emprego da

    responsabilidade civil extracontratual nos casos de wrongful life.

    Partindo de uma anlise civilista e constitucional dos direitos de personalidade, bem

    como dos princpios gerais e direitos fundamentais, entra-se no problema da vida indevida

    como dano passvel de ser reparado.

    A wrongful life levanta grandes problemas, a nosso ver, ticos e sociais: ticos, porque

    ser contra natura, um filho demandar os seus pais por estes terem permitido o seu

    nascimento; bem como o facto de a vida ser uma ddiva, nunca um problema, mesmo quando

    esta deficiente; e sociais, pois ao Estado competir, por meio da Segurana Social, garantir a

    subsistncia de pessoas com deficincias.

    Ao falar de wrongful life, no podemos descurar figuras muito prximas como a

    wrongful birth (nascimento indevido), e a wrongful conception/pregnancy

    (concepo/gravidez indesejadas) que, muitas vezes partem do mesmo facto, mas que tm

    contornos muito diferentes e que lhe permitem ter procedncia em sede judicial.

    Analisando todos os pressupostos da responsabilidade civil extracontratual, a saber: o

    facto do agente, a ilicitude, a culpa (imputao do facto ao lesante), o dano e o nexo de

    causalidade entre o facto e o dano, chega-se concluso que, nos casos de wrongful life,

    subsuno desta situao a cada um dos pressupostos acima descritos no uma tarefa fcil;

    e, s provando que verdadeiramente o dano da vida passvel de ser indemnizvel e que o

    facto do agente concorreu de forma adequada para a sua produo que poderemos aceder ao

    instituto da responsabilidade civil, neste caso, extracontratual.

    .

  • 6

    Lista de Abreviaturas e siglas

    Art./Arts. Artigo/Artigos

    CC Cdigo Civil

    CRP Constituio da Repblica Portuguesa

    v.g. verbi gratia (do latim, significa por exemplo)

  • 7

    Introduo

    presente trabalho foi realizado no mbito da Unidade Curricular de Direito Civil

    II, no segundo semestre deste ciclo de estudos, constituindo desta forma, um

    elemento de avaliao da mesma.

    Este trabalho versar, no geral, sobre a temtica da responsabilidade civil

    extracontratual e, em concreto, sobre a admissibilidade de aplicar as pretenses de wrongful

    life nas aces de responsabilidade civil extracontratual.

    A escolha do tema prende-se com o facto de tratar-se de uma questo muito delicada e

    sensvel que merece e reclama, cada vez mais, uma reflexo profunda acerca do mesmo

    porque o nosso legislador no previu tal situao e um tema que surge cada vez mais nos

    nossos tribunais e, mormente, nos tribunais estrangeiros.

    Relativamente escolha do ttulo O emprego da responsabilidade civil

    extracontratual nas aces por wrongful life: (In)admissibilidade?, o mesmo espelha a

    questo da admissibilidade de a prpria vida humana configurar um dano indemnizvel.

    O mtodo utilizado para a realizao deste estudo foi a recolha de dados secundrios,

    ou seja, foi desenvolvida a recolha e anlise de fontes de informao jurdica, e s

    posteriormente, desenvolveremos algumas ideias/consideraes acerca da admissibilidade da

    responsabilidade civil extracontratual nas pretenses por wrongful life.

    O trabalho est fragmentado em trs grandes partes: uma primeira parte relativa

    anlise civilista e constitucional inerente ao problema da wrongful life; uma segunda parte

    focada na wrongful life, nomeadamente na explicitao dos casos integrados nestas

    pretenses, dos problemas ticos e sociais associados, bem como das figuras afins; numa

    terceira parte, desenvolver-se- o estudo em torno da responsabilidade civil (extracontratual)

    pela anlise dos seus pressupostos aplicados s aces por wrongful life.

    Estas so, portanto, as linhas gerais a desenvolver neste trabalho.

    * * *

    Torna-se importante, a este nvel, referir, usando as palavras de SANTOS JUSTO, que

    nos primeiros tempos, a reaco suscitada pela violao ou ignorncia de um direito ter-se-

    O

  • 8

    traduzido no recurso fora para obter a satisfao que esse direito deve proporcionar:

    o sistema da autodefesa ou autotutela cujos vestgios encontramos, no campo do processo

    civil () que permitia vtima o exerccio da vingana.1.O mesmo autor refere que atravs

    da actio que se pode proteger um direito subjectivo reconhecido pelo ordenamento jurdico.

    Sendo a actio um meio, por excelncia, para defesa dos direitos violados, hoje em dia,

    as aces de responsabilidade civil so as mais acertadas para o efeito.

    ALMEIDA COSTA refere que, numa perspectiva clssica, a noo de responsabilidade

    constitui um corolrio do princpio de que o homem, sendo livre, deve responder pelos seus

    actos. Portanto, a condio essencial da responsabilidade civil, nesta ptica, incide na culpa,

    que pode traduzir-se num facto intencional, ou em simples imprudncia ou negligncia.2.

    Acrescenta ainda que, contemporaneamente, as vrias formas e modos de actuao humana

    multiplicaram os riscos e, neste sentido, a responsabilidade civil atingiu novos ngulos que

    podem no satisfazer os seus tradicionais esquemas.

    Como sabido, a responsabilidade civil tem subjacente a ideia de reparao (por meio

    patrimonial) do dano sofrido por outrem, podendo esta, revestir duas formas: responsabilidade

    civil contratual e responsabilidade civil extracontratual. Mas, sobre esta temtica, cuidaremos

    em lugar oportuno, no desenvolvimento do trabalho.

    J relativamente s chamadas wrongful actions, estas podem significar duas situaes

    distintas: a wrongful birth e a wrongful life (e, j se comea a ouvir tambm falar em wrongful

    conception e wrongful pregnancy).

    Na wrongful birth, a aco intentada pelos pais da criana, em nome prprio e no

    em representao da mesma. So, portanto, aces propostas pelos progenitores contra os

    profissionais mdicos, pelo facto do nascimento de uma criana no desejada, onde exigem

    uma indemnizao pelos danos resultantes da gravidez e da sade da criana. Trata-se de

    casos onde h a leso do direito informao necessria para que os progenitores decidam

    pela continuao da procriao ou pela interrupo voluntria da gravidez, nos termos

    previstos no artigo 142. do Cdigo Penal. Nas palavras de MOTA PINTO poder estar em

    1 JUSTO, Antnio Santos Direito Privado Romano I. Parte Geral (Introduo, Relao Jurdica, Defesa dos Direitos). In Stvdia Ivridica. Boletim da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Coimbra: Coimbra Editora, 3 Edio. 2006,

    234. 2 COSTA, Mrio Jlio de Almeida Direito das Obrigaes. Coimbra: Almedina. 12 Edio (Revista e actualizada reimpresso). 2011, p. 528.

  • 9

    causa, de algum modo, o poder de autodeterminao dos pais (e especialmente da me)

    quanto ao planeamento familiar.3.

    J na wrongful life pr

Recommended

View more >