o documento, a informação e o conhecimento: as .2012-11-21 · antes terão livros." (bill gates)

Download O documento, a informação e o conhecimento: as .2012-11-21 · antes terão livros.

Post on 16-Dec-2018

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

O documento, a informao

e o conhecimento: as

transformaes na formatao

Maria Jos V. Jorente

Comunicao

interao entre seres

humanos, artefatos,

animais, instituies, eventos, tcnicas e

normas

Princpio - interconexes entre

os fenmenos em todos os

nveis.

Isolamento no representa

a verdadeira situao das coisas.

Concluses baseadas no

esttico, sem as conexes

Inaplicveis no estado

interconectado, dinmico.

funo de produo de estoques de

informao, e funo de transferncia da

informao, esto conectadas,

respectivamente, s condies de oferta e

demanda da informao em um

determinado contexto. (BARRETO, 2000)

Teoria dos Sistemas processo da comunicao estudado como

um todo pela Teoria dos Sistemas Gerais e

das tcnicas de anlise de sistemas.

Extenses das funes dos

rgos e sentidos humanos

O homem criador de

ferramentas: ps e enxadas

como extenses dos braos,

rodas e carros para as pernas

Metforas mais complexas:

Linguagem - maneira de

armazenar, traduzir

experincias e fatos

Dinheiro - armazenamento

de trabalho.

Ferramentas

Oralidade fala adequada ao contexto da

enunciao e platia que ouve.

maleabilidade da transmisso

oral X rigidez da transmisso escrita (unilateral e descontextualizada)

testemunho = evidncia oral obtida de pessoa viva - oposio a

fontes inanimadas (KUHN, 1998, p.43)

Pessoa = substncia, suporte da informao para reconstruir o passado

de uma sociedade com cultura oral

Escrita novo estilo de

comunicao linguagem escrita no

mera transcrio da

fala.

Cria novos estilos de

fala.

http://www.proel.org/alfabetos/eblaita.html

A escrita deu ao homem valores visuais

lineares e uma conscincia fragmentada,

ao contrrio da rede de convivncia

profunda dos espaos auditivos, em que

a comunicao podia ser multivariada (BARRETO, 1998)

Mancha grfica distribuda, geralmente em

duas colunas sobre a

superfcie do suporte

Empaginao - normas destinadas a manter proporo

geomtrica entre largura e

altura, margens, intercolnio e

linhas do texto.

Essas propores tornam-se

tradicionais e passam a fazer parte da

expectativa cognitiva do leitor

imprensa comear por respeit-las e

tardar em introduzir uma proposta

alternativa esta empaginao.

Codex

Incorpora Simultaneidade sociedade europia.

Cpias idnticas espalhadas por

diversos lares e bibliotecas da

Europa ...permitia que um autor estivesse presente, ditando

pessoalmente o seu texto em diversos

pontos ao mesmo tempo.

Importante - mudana no ritmo e

na maneira de pensar imposto

pelo meio passagem da cultura

enraizada na tradio oral para

a tipogrfica, racional, modular,

lgica e seqencial.

http://tccmm.wordpress.com/2007/04/

Na cultura escrita, o espao visual

uma extenso e intensificao

do olho, o espao uniforme,

seqencial e contnuo. O campo

visual sucessivo, fragmentado,

individualista na interpretao de

cada observador, explcito e

especializado na sua estrutura . (BARRETO 1998)

Forma do livro: conceitos

mascarados pelo contedo.Todos os novos meios

de comunicao, incluindo a

imprensa, so formas artsticas

que tem o poder de impor, como a

poesia, seus prprios

pressupostos

Tipografia de Gutenberg

discurso racional possibilitado

pelo alfabeto separava a

comunicao escrita do

Sistema de smbolos e

percepes audiovisuais

hierarquia social entre cultura

alfabetizada e expresses

audiovisuais, sons e

imagens: relegadas s artes,

emoes particulares e liturgias

pblicas

tenso entre a "nobre"

comunicao alfabtica e

comunicao sensorial no

reflexiva.

Escrita x Imagem

Grande inovao de tecnologia

da imagem e representao da

realidade:

Depois da fotografia

cinema, televiso e vdeo revoluo das mdias de comunicao

audiovisual de massa (cinema, rdio,

televiso)

Imagem tem funo muito importante, subutilizada

na escola, mas Papel

educacional proeminente na

educao no-formal, que se

realiza fora de contextos

escolares.

Fotografia

Experincia mediada

permeada por

representaes

e interpretaes do mundo.

Conhecimento, percepo,

sensaes, construo da

realidade (re)definindo

identidade e ao social

Reproduo Interfere no Fluxo - sucesso de

eventos, de um processo de mediao

entre a gerao e a aceitao

da informao pela entidade receptora

Media

segunda metade do

sc. XX:

Efemeridade Contextualizaes na

industrializao da

cultura

Exploso comunicacional:

meios no apenas se

diversificam (rdio, TV,

telefone). So abundantes,

ao alcance de largas parcelas

da populao.

Significao da revoluo

meditica correlacionada s

caractersticas de complexidade

da organizao social.

estoques de informao sero sempre

estoques de informao em sua condio

de movimento: so recursos estticos na

ao do conhecimento (BARRETO, 2000)

Sociedade Complexa

ultrapassa as

limitaes espaciais

(exploso demogrfica,

aparecimento de

grandes concentraes

urbanas,

desenvolvimento de

uma economia de

mercado, de alcance

internacional)

Terceira grande mudana

intelectual e industrial:

Interao e reversibilidade

de papeis (emissor/receptor)

permitida pelas redes digitais interao com o fluxo de

informao em tempo real, isto ,

com uma velocidade que reduz o

tempo de contato ao entorno de

zero (BARRETO 1998)

Contra comunicao de

massa, realizada pelos

meios digitais

Revoluo Ciberntica

Meios capazes de contrair o

espao e de constituir um

lugar virtual comum aos

indivduos, independentemente

de sua localizao geogrfica,

classe social, poder

econmico ou qualquer outra

restrio que limitasse formas

de cultura anteriores.

on-line

Contedo do meio de

comunicao quase

irrelevante na relao

do meio com o homem

ou sociedade

realmente interessa

o meio em si, os impactos

que implica individualmente

e socialmente, resultando

em novas percepes e

relaes.

Suporte ou veculo para informao e conhecimento?

Cultura do presente: Inverte a referncia da

cultura.

Valores do passado no

mais estruturam a

sociedade.

Valores agora so advindos

das trocas, da viso, dos

relacionamentos, e vivncia

social, acessveis atualmente

pelos

meios de comunicao

Terceira revoluo

Tecnologias - atravessaram fase mecnica, eltrica, e na

atual fase digital esto se

integrando

Computador englobou os meios de comunicao

impressos, portanto,

escritos ( includo correio

convencional)

Englobar os meios de comunicao convencionais,

se fundir com o telefone, rdio e

televisor, em meio de comunicao

multimdia interativa e bidirecional

Fluxo de informao - gerao de

conhecimento no indivduo e no

seu espao de convivncia.

Computador

Paradigmas Letrado e Audiovisual

primariamente meio de

comunicao baseado na

palavra escrita

Interagir pela Internet tecnologia digital revolucionou

as tecnologias da escrita e da

impresso, da fala, do som, e

da imagem

Computao remota Desenvolvimento das redes de

computadores

utilizao da mquina como um

novo meio de comunicao.

natureza humana:

motivada interao

Fator determinante para uso do

computador como meio de

comunicao:

lida com todos os tipos de

Informao e vrios tipos de

mdia (texto, udio, vdeo).

Internet

ambientes

computacionais

de informao possuem estrutura bsica

composta de

ferramentas de comunicao

edio de contedo

e administrao.

Com a transmisso

velocidade da luz

multimdia: megameio de comunicao incorpora,

em um ambiente, todos os

meios de comunicao

anteriores.

"Meus filhos tero

computadores sim, mas

antes tero livros." (Bill Gates)

Tecnologia digital

Multimdia conjunto de tecnologias,

apelam a mais de um sentido

simultaneamente, de maneira

integrada, intuitiva e interativa,

coordenados pelo computador

aparece no momento em que as