o despertar 63

Download O despertar 63

Post on 12-Mar-2016

223 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

jornal n. 63 da EB23 Viatodos

TRANSCRIPT

  • Direco: Jorge Pimenta

    Escola-Sede: EB23 ViatodosBarcelos

    ESPERTARTrimestral - nmero 63, Abril 2011aevd'Este - Jornal do Centro de Aprendizagem em Comunicao Social do Agrupamento de Escolas Vale d'Este

    pg. 2 > pgs. 4 a 7 >

    pg. 3 >

    pgs. 20-21 >

    Concurso de jornais escolares 2009/10

    Projecto Comenius:Etapas 1, 2 e 3

    Cerimnia de atribuio de diplomas de Excelncia e de Honra

    Carta Aberta

    Guerra Colonial:50 anos

    Carta Aberta

    Redes Sociais

    pg. 2 >

    Concurso de jornais escolares 2009/10

    pgs. 20-21 >

    Guerra Colonial:50 anos

    pgs. 4 a 7 >

    Projecto Comenius:Etapas 1, 2 e 3

    pg. 3 >pg. 3 >

    Cerimnia de atribuio de diplomas de Excelncia e de Honra

  • > A ESCOLA E O MEIOO DESPERTAR 6302

    Decorreu, no passado dia 23 de Maro, pelas 15h, no Salo Medieval da Reitoria da Universidade do Minho, a cerimnia de atribuio de prmios de jornais escolares 2009/10, promovida pelo Jornal Pblico.

    Presidida pelo Dr. Eduardo Jorge Madureira, Director do Boletim Pblico na Escola e promotor do concurso mencionado, e contando com a presena de ilustres convidados, quer da parte do Ministrio da Educao, quer da parte da Universidade do Minho, instituio an tri, quer ainda de outras entidades e de patrocinadores, a cerimnia chamou ao local as equipas que, nas escolas, dirigem e colaboram com as publicaes escolares galardoadas. Aps a abertura da

    sesso, e escutadas as palavras proferidas pelas personalidades convidadas, os jornalistas escolares foram, vez, sendo chamados ao plpito para receberem as honrarias consoante o escalo em que competiam e a classi cao obtida.

    A Escola EB 2/3 de Viatodos, integrada no primeiro escalo do concurso, e distinguida com o 3. Prmio, viria a ser das ltimas a ser chamada. Enquanto isso, a espera e a ansiedade foram sendo mitigadas com palavras sussurradas e sorrisos esquivos que os lbios teimavam em no suster. Por m, j perto das 17h, soou na instalao sonora do salo o to ansiado nome: Escola EB 2/3 de Viatodos! J de p, a equipa dO Despertar aprestava-se para percorrer a interminvel galeria central, diante dos olhares e sob os aplausos das trs centenas de pessoas presentes na cerimnia.

    A sensao vivida naquele instante foi verdadeiramente arrepiante. Sabia-se que a distino no prestigiava apenas O Despertar, mas todo o Agrupamento, toda a Comunidade Educativa de que fazem parte professores, alunos e demais colaboradores , o Director, Professor Fernando Martins, que tem viabilizado e acarinhado o projecto ao longo de mais de 25 anos, e, mais genericamente, o Concelho de

    Barcelos.

    No nal, os prmios atribudos reverberavam, ainda, nas mos dO Despertar. Um elemento invocativo e decorativo exclusivo, bem como um vale de 625 euros em livros, enchiam, no sem alguma vaidade, as algibeiras da equipa. Ainda assim, e apesar do brilho que a todos coloria o olhar naquele preciso instante, a equipa tinha a noo de que o verdadeiro prmio havia sido j atribudo alguns meses antes: a possibilidade de crescer e de ajudar a crescer jovens que fazem da notcia e da sua publicitao por escrito uma etapa complementar do seu processo formativo, assim se tornando, cada vez mais, melhores escreventes, leitores mais competentes, estudantes mais slidos e cidados mais interventivos e responsveis.

    Do agradecimento que O Despertar deixou naquela sala, aqui reproduzimos os seus ecos:

    a todos aqueles que colaboram, directa ou indirectamente, na construo deste referencial identitrio da nossa escola que atravessa geraes h j mais de um quarto de sculo, as devidas e justas felicitaes para alm de um agradecimento muito especial.

    > O Despertar

    Cerimnia de atribuio de prmios de jornais escolares 2009/10

    Des

    taqu

    es n

    a im

    pren

    sa...

    Propriedade: Agrupamento de Escolas Vale D'Este - BarcelosSede: Escola Bsica do 2. e 3. Ciclos de Viatodos - Rua das Fontainhas, n 175 - 4775/263 Barcelos - Telf: 252960200; Fax: 252960209 - e-mail: info@eb23-viatodos.rcts.pt / jornalodespertar@gmail.com

    Direco: Professor Jorge PimentaEquipa: Professor Pedro Ferreira (paginao), Professor Nuno Martins (colaborao); alunos: Ana Teresa Cruz, Anabela Santos, Isabel Magalhes, Marisa Furtado, Vtor Leito (todos do 9. F) e Ins Eiras, 9. A. Colaborao da Direco e dos Departamentos.

    Tiragem: 7 00 exemplares. Execuo Gr ca: O cinas S. Jos - Rua do Raio, Braga; Telefone: 253 609 100; e-mail: o cina.s.jose@bragatel.ptTodas as fotogra as so propriedade do Jornal O Despertar.

    Editorial

    Ser cidado do mundo, hoje, no o mesmo que t-lo sido h vinte e cinco anos atrs.

    Talvez a presente mxima se aplique a todos os anis geracionais ao longo dos tempos, todavia, a evoluo tecnolgica e, em particular, o aparecimento da internet e do universo virtual, cavam, hoje, fossos mais fundos e tantas vezes inultrapassveis entre as actuais geraes dos avs e as dos lhos e netos.

    Neste particular, poucas invenes, na era tecnolgica, tiveram tanto impacto como as das Redes Sociais. Se, por um lado, aproximam e democratizam as experincias e o conhecimento, por outro lado tendem a uniformizar e at a banalizar estruturas fundacionais da construo do edifcio humano, como so os casos dos afectos e das relaes interpessoais. Talvez por isso o debate em torno destes mecanismos sociais raramente gere consensos e muito menos unanimidades.

    Numa transposio desta realidade de aproximaes e afastamentos virtuais para a janela educativa e escolar, emerge a deciso ministerial de fazer convergir dinmicas escolares (que levaram anos a consolidar-se) em experincias ainda mais abrangentes os chamados mega-agrupamentos. Tambm aqui os riscos de uniformizao de linhas e dinmicas at ento prprias podem fazer ruir identidades locais moldadas pela mo do tempo, conduzindo as escolas a uma descaracterizao e perda das suas especi cidades.

    NO Despertar desta edio, agarramos ambos os problemas, auscultamos impresses, ideias e ampli camos o debate. que tanto as tecnologias como as decises educativas, sem amadurecimento ideolgico, social e humanista, so como os frutos serdios: apodrecem nas rvores.

    > A Direco dO Despertar

    Redes Sociais de Internet

  • > A ESCOLA E O MEIOO DESPERTAR 63

    03

    Em conformidade com o disposto no Artigo 20. do Regulamento Interno desta Unidade Organizacional, e de forma a estimular os actores educativos discentes para um maior sucesso escolar, bem como ver reconhecidos os seus mritos de aproveitamento e de exemplar conduta cvica, realizou-se no dia 4 de Dezembro de 2010, pelas 10.00 horas, uma cerimnia do reconhecimento do mrito escolar, com a entrega de diplomas de Excelncia e de Honra aos alunos premiados, face aos resultados alcanados no ano lectivo de 2010/2011.

    Para alm dos alunos contemplados e outros, estiveram ainda presentes as suas famlias, docentes dos vrios ciclos de ensino, representantes das autarquias locais, representantes das diferentes associaes de pais e encarregados de educao, para alm de outras individualidades da Comunidade.

    A cerimnia foi encerrada pelo Director que aproveitou para agradecer aos alunos premiados todo o empenho sempre manifestado, numa perspectiva de promoo da sua formao pessoal e social, mas tambm numa perspectiva de promoo do bom nome da Unidade Organizacional. Por ltimo, fez votos para que esta cerimnia, realizada pela primeira vez, constitua uma mais-valia em termos de promoo do sucesso escolar no futuro.

    > O DirectorFernando Alberto Simes Martins

    Face ao preceituado nos direitos dos alunos con gurados na lei n.39/2010, de 2 de Setembro, e no Regulamento Interno desta Unidade Organizacional, mais concretamente nas alneas d) e e) do Artigo 13. e na alnea m) do artigo 90., respectivamente, desses diplomas, os alunos tm o direito de ver reconhecidos os seus mritos de aproveitamento e de conduta cvica perante a escola e a Comunidade.

    Foi dentro desta perspectiva, e visando, ainda, estimular os actores educativos para a promoo de mais sucesso escolar, em conformidade com o disposto no Artigo 20. do Regulamento Interno, que se realizou, no dia 4 de Dezembro de 2010, uma cerimnia de reconhecimento do mrito escolar dos alunos.

    Interessa relevar que foi uma cerimnia bastante participada, onde estiveram presentes, para alm dos alunos e das famlias, os Senhores Presidentes das Juntas de Freguesia e das Associaes de Pais do Territrio Educativo da nossa Unidade Organizacional.

    > O DirectorFernando Alberto Simes Martins

    Reconhecimento do MRITO ESCOLAR

    Momentos da Cerimnia de entrega de diplomas de Excelncia e de Honra

    Certi cados de Mrito e ExcelnciaO que levou a Escola a tomar a iniciativa da entrega dos Certi cados de Mrito e Excelncia?

    Opinies sobre a entrega dos certi cados:AAE Isabel Silva Acho muito bem que haja esta iniciativa, pois um incentivo para os alunos estudarem.

    Professora Elsa Mata Os certi cados de mrito devem continuar, pois premeiam os alunos que se evidenciaram pelas classi caes obtidas e pela sua postura, como colegas, alunos e cidados da comunidade escolar. tambm um meio de mostrar que nem sempre se foca apenas os alunos menos bons.

    Ins Eiras 9.AR1:O reconhecimento do meu trabalho e esforo durante

    o ano lectivo.R2: um incentivo para continuar o trabalho, com certeza.R3: ptima, porque uma motivao para todos os alunos

    (no apenas para os agraciados).R4: Satisfao.

    Indiferena.Orgul ho.

    O que signi cou este prmio para ti?

    pergunta1 (P1)

    Este reconhecimento uma motivao para continuares o trabalho

    neste ano lectivo? Porqu?

    pergunta2 (P2)

    Achas uma boa iniciativa? Porqu?

    pergunta3 (P3)

    Que tipo de reaces obtiveste por parte dos:Professores - Colegas -

    Familiare