o creb nas escolas

Download O CREB nas Escolas

Post on 24-Jan-2016

23 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

O CREB nas Escolas. O Currículo Regional. Conceito Razões da sua existência Origens Desenvolvimentos recentes Principais traços identitários Formalização e organização. O Currículo Regional. Conceito: - PowerPoint PPT Presentation

TRANSCRIPT

  • O CREB nas Escolas

  • O Currculo RegionalConceito

    Razes da sua existncia

    Origens

    Desenvolvimentos recentes

    Principais traos identitrios

    Formalizao e organizao

  • O Currculo RegionalConceito:promove, no essencial, as aprendizagens prescritas pelo currculo nacional do ensino bsico;facilita, quando oportuno, a realizao dessas aprendizagens de forma adaptada realidade regional, quer atravs da abordagem a alguns contedos relativos a fenmenos que se manifestam nos Aores de forma peculiar, quer atravs do aproveitamento curricular de recursos locais;enquadra a generalidade das decises de poltica curricular tomadas na Regio Autnoma dos Aores, designadamente as que dizem respeito ao elenco de reas curriculares e disciplinas, respectivas cargas horrias e regimes de docncia.

  • O Currculo RegionalRazes da sua existncia:

    Significatividade e relevncia na aprendizagem;

    Afirmao da poltica educativa regional;

    Afirmao da autonomia regional.

  • O Currculo RegionalOrigens:Decreto Legislativo Regional n15/2001/A, de 4 de Agosto. Introduz o conceito de currculo regional na poltica educativa aoriana e garante o respeito pelo currculo nacional elegendo a relevncia das aprendizagens como um dos princpios orientadores da organizao e gesto do currculo na regio, assumindo que a aorianidade, enquanto condio justificadora de adequao curricular, constitui uma referncia incontornvel na construo de uma abordagem mais significativa ao currculo nacional.

  • O Currculo RegionalOrigens:Resoluo n124/2004, de 9 de Setembro.Traduz-se na progressiva explicitao de aprendizagens cuja realizao por parte dos alunos aorianos deve ser promovida atravs de abordagens que tenham em conta as caractersticas dos Aores. Aprova um conjunto de competncias essenciais situadas nos contextos da Cidadania, da Insularidade e da Aorianidade, tornando a organizao do currculo na regio mais facilitadora da promoo de aprendizagens especialmente significativas para os jovens aorianos.

  • O Currculo RegionalDesenvolvimentos recentes:Criao da Comisso Coordenadora do CREB

    Lusa Alonso - Universidade do MinhoFrancisco Sousa - Universidade dos Aores (A.H.)Luclia Gonalves - Direco Regional da Educao e FormaoConceio Medeiros - Escola Bsica Integrada dos GinetesCristina Carvalhinho - Escola Secundria Manuel de Arriaga

  • O Currculo RegionalDesenvolvimentos recentes:Constituio de equipas por rea curricular:

    Educao Pr-escolar (Isabel Lopes da Silva)Portugus (Jos Carlos Pereira)Lnguas Estrangeiras (Margarida Castro)Matemtica (Carla Alexandra Dmaso)Cincias Humanas e Sociais (Zlia Aguiar)Cincias Fsicas e Naturais (Ana Paula Menezes)Educao Artstica e Tecnolgica (Ana Paula Constncia e Sofia Catela)Educao Fsica (Ana Flores)Formao Pessoal e Social (Augusto Vilela)

  • O Currculo RegionalDesenvolvimentos recentes:

    Decreto Legislativo Regional n21/2010/A, de 24 de Junho. Estabelece os princpios orientadores da organizao e da gesto curricular da educao bsica para o sistema educativo regional, reforando a afirmao da ideia de currculo regional como adaptao orgnica do currculo nacional e rejeitando uma ideia de currculo regional como adio ao currculo nacional.

  • O Currculo RegionalDesenvolvimentos recentes:

    Decreto Legislativo Regional n21/2010/A, de 24 de Junho.Considera que o respeito pela identidade regional compatvel com a demanda de padres nacionais e internacionais de qualidade, e apresenta, por um lado, um currculo orientado para o desenvolvimento de competncias, na linha das recomendaes dos rgos de governo da Unio Europeia, e, por outro, a criao de condies para que o domnio dessas competncias, por parte dos alunos, seja progressivamente melhorado.

  • O Currculo RegionalPrincipais traos identitrios:

    A realidade como contedo;A realidade local como recurso;A coerncia com o currculo nacional; A relao entre o local e o global;A integrao curricular e a consistncia interna dos documentos de referncia.

  • O Currculo RegionalFormalizao e Organizao:

    Decreto Regulamentar Regional n. 17/2011/A, de 2 de Agosto.

    O CREB formalizou-se atravs deste Decreto que estabelece o conjunto de competncias-chave e aprova o Referencial Curricular para a Educao Bsica na Regio Autnoma dos Aores.

  • O Referencial CurricularOito Competncias-chave:

    Competncia em lnguasCompetncia matemticaCompetncia cientfica e tecnolgicaCompetncia cultural e artsticaCompetncia digitalCompetncia fsico-motoraCompetncia de autonomia e gesto da aprendizagemCompetncia social e de cidadania

  • O Referencial CurricularDois temas transversais para a construo do Referencial Curricular da Educao Bsica:

    Educao para o Desenvolvimento Sustentvel (EDS)Aorianidade

    Todas as reas curriculares contribuem para a abordagem Aorianidade, numa perspectiva de EDS, desenvolvendo o currculo, desde a Educao Pr-escolar, em funo destes dois temas transversais.

  • O Referencial CurricularO desenvolvimento das competncias-chave concretiza-se no trabalho articulado volta do conceito nuclear de EDS, reconhecido como imprescindvel promoo de uma cidadania democrtica, no contexto da Aorianidade. A opo por este tema transversal justifica-se pela necessidade urgente de os sistemas educativos contriburem decisivamente para a consecuo dos objectivos do DS, definidos por vrias organizaes internacionais, com destaque para a ONU, no mbito da Dcada das Naes Unidas para a EDS.

  • O Referencial CurricularNos Aores:As questes do DS assumem uma especificidade que exige respostas curriculares sensveis identidade regional;A identidade arquipelgica exprime-se no fenmeno da Aorianidade, na impulsividade afirmativa dos Aores como etnia e espao geogrfico originais.

    O CREB constitui-se como um instrumento que visa garantir a valorizao da Aorianidade. Numa lgica de formao integral do aluno, atravs do desenvolvimento de competncias-chave, esta valorizao promove-se, quer atravs da abordagem a contedos relativos a fenmenos que se manifestam nos Aores de forma peculiar, quer atravs do aproveitamento de recursos locais.

  • O Referencial Curricular

  • O Referencial CurricularTrs funes essenciais da Educao Bsica:Personalizadora: desenvolve, de forma equilibrada, as diferentes capacidades cognitivas, afectivo-emocionais, scio-relacionais e psicomotoras que permitem que a pessoa construa o seu auto-conceito e autonomia; Instrutiva ou de conhecimento: promove a assimilao e reconstruo significativa e estruturada da cultura, enquanto patrimnio da humanidade, para a transformar em conhecimento mobilizvel na resoluo de problemas e em situaes da vida; Socializadora: possibilita a integrao do indivduo na sociedade, de forma crtica e participativa.

  • Estrutura do Referencial INTRODUOCOMPETNCIAS-CHAVEDESENVOLVIMENTO DO REFERENCIAL NOS DIFERENTES NVEIS DA EDUCAO BSICACONTRIBUTOS GERAIS DO CURRCULO PARA O DESENVOLVIMENTO DAS COMPETNCIAS-CHAVE

    3.1. CONTRIBUTO GERAL DA EDUCAO PR-ESCOLAR PARA O DESENVOLVIMENTO DAS COMPETNCIAS-CHAVE3.2. CONTRIBUTO GERAL DAS REAS CURRICULARES DOS 1., 2. E 3. CICLOS PARA O DESENVOLVIMENTO DAS COMPETNCIAS-CHAVE

    TEMAS TRANSVERSAIS: DESENVOLVIMENTO SUSTENTVEL E AORIANIDADE

    4.1. CONTRIBUTOS DAS REAS CURRICULARES

    ORIENTAES METODOLGICASORIENTAES PARA A AVALIAOORIENTAES PARA A CONSTRUO DE MATERIAIS CURRICULARES

  • Estrutura do Referencial

    OPERACIONALIZAO DO CREB NA EDUCAO PR-ESCOLAR OPERACIONALIZAO DO CREB NOS 1., 2., 3. CICLOS NAS DIFERENTES REAS CURRICULARES

    9.1. PORTUGUS9.2. LNGUAS ESTRANGEIRAS9.3. MATEMTICA9.4. CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS9.5. CINCIAS FSICAS E NATURAIS9.6. EDUCAO ARTSTICA E TECNOLGICA9.7. EDUCAO FSICA9.8. FORMAO PESSOAL E SOCIAL

    BIBLIOGRAFIA

  • Estrutura do Referencial

    9.OPERACIONALIZAO DO CREB NOS 1., 2., 3. CICLOS NAS DIFERENTES REAS CURRICULARES

    INTRODUO

    CONTRIBUTOS DA REA PARA O DESENVOLVIMENTO DAS COMPETNCIAS-CHAVE

    COMPETNCIAS-CHAVE E A SUA RELAO COM AS COMPETNCIAS ESPECFICAS DA REA

    ABORDAGEM AOS TEMAS TRANSVERSAIS

  • Estrutura do Referencial Anexos:

    Guio para a elaborao de recursos em formato de papelGuio para a elaborao de roteiros de realizao de visitas de estudo ou sadas de campoGuio para a elaborao de cartazes e posters, diapositivos, diapositivos acompanhados de registo udio e jogos pedaggicosGuio para a elaborao de recursos interactivos em formato digital (webquest, programa ramificado de ensino online ou offline, blogue)

  • O Referencial CurricularA perspectiva de projecto integrado que sustenta este referencial requer uma gesto estratgica, consistente e articulada de todo o percurso curricular, entendendo o desenvolvimento de competncias como um processo continuado e evolutivo que se evidencia em perodos longos, neste caso os ciclos da Educao Bsica, incluindo a Educao Pr-escolar. O dispositivo essencial para esta gesto estratgica o Projecto Curricular, nos seus diferentes nveis de definio e concretizao, atravs do qual a escola constri o currculo adequado ao seu contexto e define os meios mais apropriados para que todos os alunos, na sua diversidade, desenvolvam as competncias-chave que configuram o seu perfil enquanto aprendentes ao longo do percurso escolar. Tal implica necessariamente uma organizao colaborativa e reflexiva do trabalho docente, nos diversos rgos e contextos de gesto curricular, promotora da articulao horizontal e vertical.

  • O Currculo RegionalMateriais de suporte em:

    www.edu.azores.gov.pt

    Materiais produzidos pelas equipas das diferentes reas curriculares

    Materiais a submeter pelos docentes e a validar por equipas constitudas para o efeito

    *Na linha das posies assumidas no Relatrio Brundtland e noutros documentos de