o correio - ed 872

Download O correio - Ed 872

Post on 31-Mar-2016

233 views

Category:

Documents

7 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Um jornal de verdade

TRANSCRIPT

  • LAGUNA/SC - ANO XVIII - EDIO 872 - LAGUNA/SC 18/08/2012 - R$ 2,00 - JORNAL BISSEMANAL O Senhor meu pastor, nada me faltar

    Laguna: 3646-5123 / 9926-6333Brao do Norte: 3658-2446 / 9627-3120

    Fone: 3646-2488Fone: 3646-2488

    Dr. Mauro Srgio Fernandes da Silva CRM 8789 - Pediatra

    Rua. Voluntrio Fermiano. 60 Laguna SC

    A sade de sua criana merece a ateno de um especialistaDiretor Tcnico

    Mauro Srgio Fernandes da Silva CRM 8789 - Pediatra

    RQE 4329

    Agora em novo endereo px. a Colnia de Pescadores Temos sala de Vacinas

    Inauguradas cmeras de monitoramento no centro Na ltima sexta-feira 17 de agosto, foi inaugurado o sistema de monitoramento via cmeras de segurana. O evento aconteceu no auditrio da Secretaria Municipal de Educao. Nos ltimos dias, as 18 cmeras es-tavam funcionando em fase de teste e j flagraram uma cena inusitada. Duas senhoras arrancaram flores dos canteiros plantadas a poucos dias. O operador acionou os agentes prxi-mos ao local e elas foram orientadas a devolver as mudas. O monitoramento ser realizado 24 horas por dia em sistema de reveza-mento pelos 13 guardas municipais. Os recursos vieram do Ministrio da Justia, atravs da Secretaria de Di-reito Econmico - Conselho Federal Gestor do Fundo de Defesa de Direitos Difusos, no valor de R$ 328.900,00. A empresa Experti Empreendimentos Tecnologia em Segurana Eletrnica foi a vencedora da licitao. O circuito fechado de TV ir monitorar os principais prdios histricos do Centro Histrico de Laguna, tombado pelo Iphan. Tambm fornecer segu-rana aos moradores e preservao do patrimnio tombado, disse o prefeito Clio Antnio.

    Recapeamento asfltico em

    principal via de acesso ao centro histrico comea na segunda-feira

    Trnsito ser desviado Na segunda-feira deve comear o recapemento asflt ico nas ruas Coronel Fernandes Martins, Arcngelo Bianchini, Anita Garibaldi e Celso Ramos. A empresa Setep ser responsvel por realizar a obra. O trecho que receber o recapeamento asfltico compreende o percurso entre a empresa Lavolks e o Centro Administrativo Tordesilhas. A obra ir custar R$ 276.308,81, incluindo a drenagem na regio do Ginsio de Esportes e rodoviria municipal.A Secretaria de Planejamento Urbano estar comunicando os lojistas, instituies de ensino, frum, taxistas e empresa de nibus sobre as modificaes do trnsito na regio. O Departamento de Trnsito alerta os motoristas que trafegam pelo local para os desvios que sero necessrios. As placas de sinalizao esto sendo colocadas.

    Neste sbado (18) tem segunda etapa da

    Campanha Nacional de Multivacinao (Pgina 10)

  • O CORREIO P. 02

    O PODER DA PALAVRA

    Advocacia & Assessoria

    Dr. Victor Baio PereiraOAB/SC 15.896

    Atanazio Lameira atanaziolameira@brturbo.com.

    EXPEDIENTEFundado em 29.07.1995

    Direo Geral: PAULO SRGIO SILVAJORNAL O CORREIO. LTDA. ME.

    C.G.C. 03.002.178/0001-60 Insc. Mun. 54.0375

    Redao e Administrao:Rua Voluntrio Fermiano, 52 - Centro Fone: (48) 3644-3959 - Laguna/SC

    Nmero Avulso: R$ 2,00 Assinatura Semestral (Bissemanal) R$ 100,00

    Tiragem: 1.000 exemplaresOs artigos assinados so de

    responsabilidade de seus autores. Circulao quartas e aos sbados :

    Laguna, Capivari de Baixo, Tubaro, Garopaba, Imbituba, Paulo Lopes, Imaru e Jaguaruna.

    E-mail: ocorreio@ocorreio.net hp:http://www.ocorreio.net

    Visite o meu: Blog: athanaziolameira.blogspot.com

    LAGUNA/SC 19/08/2012

    Hora do cafezinho

    Paulo Srgio Silva

    Reinventando o Profissionalartigo

    Mello Jr - www.gmtreinamentos.com.br - mello@gmtreinamentos.com.br

    Causas cveis: aes possessrias, indenizatrias e de famlia.

    Rua Raulino Horn - Centro - Fone 3644-6882 LAGUNA/SC

    O mercado consumidor est colhendo os resultados de vrios programas e inves-timentos realizados pelo governo, entidades sociais e ncleos privados visando o crescimento econmico e social do pas. Temos vinte e cinco milhes de brasilei-ros de baixa renda ou com renda abaixo da crtica que utilizavam seus recursos para manuteno bsica e que agora, atendidos pelo bolsa famlia por exemplo, esto migrando para a clas-se D e atraindo a ateno de novos empresrios que j investem em produtos e estruturas adequadas ao seu poder de compra e perfil de consumidor. Lembre-se: se este mercado no fosse atraente, porque vrias redes de supermercados esto indo para os bairros mais popula-res? Porque fbricas de vrios segmentos esto criando a

    segunda marca direcionada para este novo horizonte? Por isso, aos que j tm neste segmento a garantia de seu sustento, 1,99 e as lojinhas ou bazar, estejam atentos s mudanas tecnolgicas, marketing, associativismo e velocidade, pois como todo cliente, devero ser fideliza-dos para que o trabalho de conquista traga melhores resultados empresa, sendo a unio e a busca de solues em conjunto garantia para sua manuteno e cresci-mento. Sabemos que este segmento existe h muito tempo, desde a poca dos meus avs, que so tradicio-nais e sobreviveram todas as mudanas impostas pela competitividade, porm no podemos fechar os olhos para as propores das mudanas que vivemos nestes ltimos anos. claro que as classes E e F j surgem como potenciais

    consumidores, porm com novas necessidades e dese-jos. sempre bom enfatizar que os produtos populares no so produtos sem qua-lidade. O bazar que vende utenslios para o lar vende muita coisa boa e o consu-midor sabe o que bom. J visitei amigos que decoram suas casas com produtos comprados em feirinhas e 1,99 e fica linda! Eu mesmo vou seguidas vezes visitar e comprar em lojas que ven-dem artigos para 1,99 e o que vejo so processos modernos em tecnologia, produtos e organizao. Porm o que marcante e que precisa me-lhorar muito a questo do atendimento, isso sim uma ameaa porque as marcas que esto buscando esta fatia com a segunda pele (marca) tm pessoas treinadas para atender bem. Um cliente po-pular um cliente e como tal

    deve ser conquistado! Gosta de bom atendimento, bons produtos e bons preos. Outra coisa que dever ser traba-lhado com muita rapidez so os ncleos ou associaes, no para encontro social, mas para realizar reunies que discutam e decidam so-bre estratgias de fortaleci-mento do setor. Um ncleo forte no diferente de uma grande empresa ou rede de empresas. Comprar juntos, fazer marketing juntos, dis-cutir aes, etc. Como o nome diz MERCADO POPULAR o maior e mais tradicional mercado mundial, a China cresceu com este mercado e hoje o grande DRAGO econmico do segmento. Pensem bem no assunto, faam do mercado voltado para as classes C e D tudo que aprenderam quando falavam em populares. Vamos refletir. E agir!!!

    Segmento de consumo popular

    Apenas uma chanceSe h apenas uma chance uma vida qual ento reside a razo de no aproveit-la o mximo. Seja tudo aquilo que quiser. Sonhe - no h impedimento nisto. No deixe para amanh. Ar de choroH um desejo em mim que no suporta v-la infeliz. No suporta v-la triste com o sem-blante fechado. H uma fora, que me trans-porta quando a vejo com o ar de choro.

    Aqueles que buscam sempreParece que a felicidade costuma aparecer, para aqueles que choram e, para aqueles que se machucam, na inteno de viver uma vida intensamente. Para aqueles que no desistem e buscam sempre, sem medo aquilo que dese-ja. Para aqueles que valorizam a importncia das pessoas, que passam pela sua vida.

    Perdoar os errosSe permita a errar - administrando as de-cepes do passado. Com isto voc ver que tudo fica mais fcil e num passe de mgica voc alcanar o sucesso. Se d a chance da felicidade e, no queira resolver todos os problemas do mundo. Tempo perdido da solidoTirei minha bicicleta da garagem e sai para passear. Quem sabe encontro outras bicicle-tas. Talvez ache o par perfeito para juntos encontrarmos o tempo perdido da solido. Caminharemos lado a lado rumo a um des-tino desconhecido aproveitaremos a total liberdade e sentiremos o vento sul, que sem medo toca no nosso rosto.

    So Jorge me empresta o dragoEu andarei vestido e armado com as armas de Jorge para que meus inimigos, tendo ps, no me alcancem, tendo mos, no me peguem, tendo olhos no me vejam, e nem, em pensamentos eles possam me fazer mal.(Jorge Ben Jor)

    Parabns a Rdio Garibaldi de Laguna que completa 53 anos de existncianeste dia 19 de agosto. Direo e funcionriosrecebem os nossos cumprimentos com os votos de que continuem sempre mantendo vivo e espirito participativo que possuem no engrandecimento de nossa cidade e regio. Mais de 2,5 mil Municpios j alcanaram a meta Brasil do ndice de Desenvolvimento da Educao Bsica (Ideb) de 4,6 projetada para o ano de 2011, nos anos iniciais do ensino fundamental. O resultado foi levantado pela Confederao Nacional dos Mu-nicpios (CNM) a partir da divulgao do Ideb, na tera-feira, 14 de agosto pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Ansio Teixeira (Inep). O ndice mostra que as escolas da rede pblica do Brasil tiveram avanos nas metas do ensino fundamental. Nessa etapa de ensino, as notas dos anos iniciais - 1 ao 5 ano - aumentaram de 4,6 atingida em 2009, para 5,0 em 2011, superando a meta projetada. Nos anos finais, do 6 ao 9 ano, a nota passou de 3,9 para 4,1.Na prxima segunda-feira (20), o Insper realizar o 2 Frum de Polticas Pblicas. O evento reunir especialistas nacionais e internacionais para debater como novas polticas para a sade, as qualidades e defeitos do nosso sistemaeleitoral e como conciliar desenvolvimento econmico com sustentabilidade. O Ministrio da Educao fornecer iseno de pagamento da taxa de inscrio no exame do IELTS para estudantes de baixa renda que desejam participar do programa Cincia sem Fron-teiras. Os interessados devem acessar o site www.int.unb.br e preencher o formulrio eletrnico at s 23h59min do dia 19

    de agosto. A