o correio - ed 857

Download O Correio - ed 857

Post on 26-Mar-2016

232 views

Category:

Documents

5 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Um jornal de verdade

TRANSCRIPT

  • LAGUNA/SC - ANO XVII - EDIO 857 - LAGUNA/SC 27/06/2012 - R$ 2,00 - JORNAL BISSEMANAL O Senhor meu pastor, nada me faltar

    Laguna: 3646-5123 / 9926-6333Brao do Norte: 3658-2446 / 9627-3120

    Fone: 3646-2488Fone: 3646-2488

    Dr. Mauro Srgio Fernandes da Silva CRM 8789 - Pediatra

    Rua. Voluntrio Fermiano. 60 Laguna SC

    A sade de sua criana merece a ateno de um especialistaDiretor Tcnico

    Mauro Srgio Fernandes da Silva CRM 8789 - Pediatra

    RQE 4329

    Agora em novo endereo px. a Colnia de Pescadores Sala de Vacinas

    Proteja-se: J recebemos vacina contra a gripe

    LAGUNA EST DE LUTOPiloto Marronzinho morre durante treino. Governo municipal decreta luto oficial.

    Marronzinho est sendo velado no Centro Cultural Santo Antnio dos Anjos, ao lado da Igreja Matriz onde o lagunense despede-se de seu dolo. s 16:00h desta quarta-feira, ele ser sepultado. Nesta edio pginas 09, 11 e 12 .

    Foto Dirlene Bergmann

  • O CORREIO P. 02

    O PODER DA PALAVRA

    Advocacia & Assessoria

    Dr. Victor Baio PereiraOAB/SC 15.896

    Atanazio Lameira atanaziolameira@brturbo.com.

    EXPEDIENTEFundado em 29.07.1995

    Direo Geral: PAULO SRGIO SILVAJORNAL O CORREIO. LTDA. ME.

    C.G.C. 03.002.178/0001-60 Insc. Mun. 54.0375

    Redao e Administrao:Rua Voluntrio Fermiano, 52 - Centro Fone: (48) 3644-3959 - Laguna/SC

    Nmero Avulso: R$ 2,00 Assinatura Semestral (Bissemanal) R$ 100,00

    Tiragem: 1.000 exemplaresOs artigos assinados so de

    responsabilidade de seus autores. Circulao quartas e aos sbados :

    Laguna, Capivari de Baixo, Tubaro, Garopaba, Imbituba, Paulo Lopes, Imaru e Jaguaruna.

    E-mail: ocorreio@ocorreio.net hp:http://www.ocorreio.net

    Este jornal filiado:

    Visite o meu: Blog: athanaziolameira.blogspot.com

    LAGUNA/SC 27/06/2012

    Hora do cafezinho

    Paulo Srgio Silva

    Reinventando o Profissionalartigo

    Mello Jr - www.gmtreinamentos.com.br - mello@gmtreinamentos.com.br

    Causas cveis: aes possessrias, indenizatrias e de famlia.

    Rua Raulino Horn - Centro - Fone 3644-6882 LAGUNA/SC

    Mais uma novidade - moda ou modismo no mundo corporativoQuanta novidade nos ltimos dez anos: TI = Tecno-logia da Informao; GEI = Gesto da tica Interna; GP = Gestor de Projetos; GT = Gestor Temporrio e tantas outras. Agora vem mais e acreditem j estava na hora - Comunicao e Gerenciamento de Crise.Volta e meia aparece a tal da CRISE que no nova, mas quando retorna causa uma verdadeira confuso, alm disso, as empresas tambm enfren-

    tam uma srie de conflitos internos e externos e muitas sequer conseguem identificar sua raiz. As organizaes procuram estar preparadas para as duas situaes, mas como ser preventivo? Como estar pronto quando acontece? Quais as medidas a serem tomadas no caso de emergncias? A sugesto criar dentro da organizao um de-partamento, setor ou gerncia que respire estas solues vinte e quatro horas dia e como todas as gerncias esta tambm estratgica e de funda-

    mental importncia nas tomadas de deciso. Jos Eduardo Prestes, consultor de empresas e profes-sor no curso de Ps-Graduao em Comunicao Corporativa da ESPM orienta: as empresas neces-sitam urgentemente discutir como os processos de gerenciamento de crise so enfrentados pelas organizaes, garantindo enfoque humanizado, no apenas de cifras materiais ou econmicas.Claro que discutir e criar solues inteligentes e velozes. Defendo e h alguns anos procuro orientar de forma objetiva os nossos clientes que tudo na empresa deve funcionar de forma integrada, tudo deve partir de um projeto. Ento o CGC = Comuni-cao e Gerenciamento de Crise, alm de um setor estratgico deve ser um setor de comunicao, cri-ando eventos, debates e porque no treinamentos internos para este fim? Vamos ver como esta novi-dade evolui, mas garanto que ser a grande sacada corporativa dos prximos dez anos.

    Poder pelo poder Max Weber, o socilogo e cientista poltico alemo, definiu o poder como sendo: "poder a possibilidade de algum impor a sua vontade sobre o comportamento de outras pessoas". O que se v, no entanto, uma corrida desenfreada para chegar ao Poder. Qualquer partido de oposio ou no, em ltima anlise, quer chegar ao poder. Quando chega muda o discurso. Alguns chegam ao cmulo de con-fessar: uma coisa o discurso de campanha outra coisa governar. Surge pergunta, meio ingnua, o povo onde fica nisso tudo? Se tudo se faz para enganar os eleitores, com o fito de chegar ao poder. O que esperar desses homens no pedestal que se encontram. O que dizer desses outros, que pretendem l chegar no futuro. Em quem confiar para exercer nossa cidadania, atravs do voto Um tempo para acomodao Pacincia, tolerncia muita gente se apavora diante dos problemas da vida. Ns temos o hbito errneo de querer resolver tudo naquela hora. s vezes quando somos questionados ou somos destinatrios de queixas vamos logo ao foco querendo acabar de vez com o problema. Depois descobrimos que estamos errados e que no devemos tentar resolver tudo. preciso um tempo. O tempo da espera. O tempo natural das coisas. Infelizmente vivemos num meio competitivo, onde as pessoas querem ser o que no so para demonstrarem fora, competncia e at inteligncia. Outra vez temos que esperar. Um dia. Dois ou at mais. No final veremos que tudo se acalmou sem necessidade s vezes de interferncia. A esperana a ltima que morre Diz o ditado que a mentira tem a perna curta e os mentirosos esto por todo lado. No conseguem falar a verdade, nem por santa Maria. Este ano espero que a populao ajuste a memria e d o troco a dos aqueles que nada fizeram em beneficio da cidade que representam. Na sagrada hora do voto saiba dizer no. Coloque este pessoal para fora do cenrio poltico de Laguna e que Deus nos ajude que eles nunca mais se enveredem na poltica partidria.

    COMUNICADOSanta Clara Empreendimentos Imobilirios Ltda., CNPJ 04.896.212/0001-50, Rodovia SC-443, KM 1, Bairro Presidente Vargas Iara/SC comunica que solicitou a Flama Fundao Lagunense do Meio Ambiente a LAI (Licena Ambiental de Instalao) Parcela-mento do Solo Urbano para empreendi-mento Mat. 604 no Loteamento Residencial e Complexo Industrial na Rodovia Br. 101, Km 302, Bairro Caputera Laguna/SC.

    FLAMA - Fundao Lagunense de Meio AmbienteAv. Colombo Machado Salles, 145, Sala 21 - Centro Cep: 88790-000, Laguna SC - Fones: (48) 3644-8750 Ramal: 8750 / (48) 9102-9610 www.flama.sc.gov.br

    O piloto lagunense de motocross 29 anos, o Marronzinho, morreu na manh de tera-feira (26) em acidente durante os treinamentos em So Jos/SC. Episdio chocou a cidade juliana e entristeceu a todos ns. A Associao Empresarial de Laguna ACIL realiza nesta quarta-feira s 18:15h Reunio de Diretoria e Associados, com a seguinte pauta: Calendrio Sbado Legal Dia dos Pais; Laguna pode ser destino da Empresa Flecha BussA reunio ser realizada na sede da Acil, na rua Raulino Horn. Na prxima tera-feira (3), ser realizada a ltima etapa dos Seminrios Regionais "Eleies 2012" pelo Ministrio Pbli-co de Santa Catarina (MPSC), com o apoio da Procuradoria Regional Eleitoral e do Tribunal de Contas do Estado, alm de parceria da Escola do Legislativo Catarinense. O evento ser das 8h30 s 12h no auditrio Deputada Antonieta de Barros, na Assembleia Legislativa, rua Dr. Jorge Luz Fontes, 310, Centro, Florianpolis. Um dos palestrantes ser o presidente do TRESC, desembargador Luiz Czar Medeiros.Demora no licenciamento ambiental o principal entrave produo de pescado no Brasil. O problema foi apresentado pelo ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, em audincia pblica da Comisso de Agricultura. Segundo o ministro, o pas produz hoje 1,3 milho toneladas de peixe por ano, mas tem capacidade de produo de mais de 3 milhes de toneladas. O consumo per capita tambm baixo: menos de 10 quilos por ano, abaixo dos 12 quilos recomendados pela Organizao Mundial da Sade.

  • O CORREIO P. 03

    AUTO POSTO BELA IGUABA

    Avenida Getlio Vargas, 381Magalhes - Laguna / SC

    Atendimento de alta qualidade

    (48) 3644-0381 / 9109-1803 / 105-4040

    LAGUNA/SC 27/06/2012

    VIUQREPRTER LUIZ PAULO CARNEIRO: DESPORTISTA QUE ORGULHOU LAGUNA

    Costumo dizer, ver e conversar com o conceituado cartorrio Luiz Paulo Car-neiro e, sobretudo, um grande amigo que possuo desde os ureos tempos em que o mesmo, desportista notvel que praticou brilhantemente as mais diferentes modalidades esportivas, tornando-se uma referncia no s em Laguna, assim como em cidades circun-vizinhas ao nosso Estado, sentir em sua fisionomia alegre todas as emoes durante a sua meritria trajetria como um dos mais destacados desportistas, lembrado at hoje atravs de mentes no esquecidas.Pois bem, esse notvel desportista que todos ns admiramos, ser destaque nesta coluna, na prxima edio deste

    Jornal, ocasio em que o amvel leitor tomar conhecimento dos maravilhosos e inesquecveis feitos esportivos do atleta Luiz Paulo Carneiro.Portanto, recomendo a ateno do amvel leitor desta coluna, para a prxima edio do VIU Q REPRTER, sem dvida, voc lendo detalhes impor-tantes desse excelente profissional do esporte, cuja sua carreira ascendente foi trilhada de maneira impecvel, servindo como exemplo, para uma falange de desportistas que, tendo na conduta do atleta Luiz Paulo Carneiro, uma vasta bagagem de conhecimentos inestimveis, enriquecendo-lhes os seus tesouros de sabedoria esportiva.Aguardem!!!

    VAPT VUPT

    ZEZINHO SIQUEIRA PARABENIZA VIU Q REPRTER

    A entrevistada desta edio a nossa simptica e assdua leitora Rafaela de Carvalho.Ento vamos l para o VAPT VUPT desta semana:Mania: Quando estou triste com algo, vou para a praia e fico sentada nas pedras horas e horas.Frustrao: Nenhuma.Prato preferido: Massas.Uma alegria: Estar com pessoas que realmente gosto.Time de futebol: Flamengo.Adora: Ser eu mesma.Detesta: M