o correio - ed 1058

Download O Correio - Ed 1058

Post on 10-Mar-2016

225 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Um jornal de verdade

TRANSCRIPT

  • LAGUNA/SC - ANO IXX - EDIO 1058 - LAGUNA/SC 31/05/2014 - R$ 2,00 - JORNAL BISSEMANAL O Senhor meu pastor, nada me faltar

    Laguna: 3646-5123 / 9926-6333Brao do Norte: 3658-2446 / 9627-3120

    Fone: 3646-2488Fone: 3646-2488

    Dr. Mauro Srgio Fernandes da Silva CRM 8789 - Pediatra

    Rua. Voluntrio Fermiano. 60 Laguna SC

    A sade de sua criana merece a ateno de um especialistaDiretor TcnicoMauro Srgio Fernandes da Silva

    CRM 8789 - PediatraRQE 4329

    Prximo a Colnia de Pescadores

    Temos vacina contra gripeVacine-se - convnios AMPE, UNIPESCA PASS BRESCEL e SESCVisite o site: http://clinicavidalaguna.wix.com/vida

    SESC TURISMO SOCIAL:

    Passeio Serra do Rio do Rastro

    20 de julho (Domingo)

    Inclui transporte, visita ao Parque Elico, Cascata da Barrinha, Cnion da Ronda, mirante e artesanatos. Almoo em churrascaria.

    Excurso Festival de Dana de Joinville

    02 a 03 de agosto (Sbado e Domingo)

    Inclui transporte, hospedagem com caf da manh, visita Feira da Sapatilha e Ingresso Noite dos Campees.

    Participe e surpreenda-se!

    Sesc Laguna 36440152

    Presidente da Cmara de Laguna denunciado por estelionatoA 2 Promotoria de Justia de Laguna denunciou Justia, por estelionato,o presidente da Cmara de Vereadores do municpio, Roberto Carlos Alves, pela venda de lotes que no lhe pertenciam. Durante o inqurito penal, a Pro-motora de Justia San-dra Goulart Giesta da Silva comprovou que pelo menos 19 pessoas compraram terrenos do vereador sem saber que as terras pertenciam, na verdade,a uma empresa. A denncia foi aceita no dia 26 de maio.At o momento do ajuiza-mento da denncia, hav-iam sido comprovadas 19 vendas irregulares entre dezembro de 2008 e outubro de 2012. O vereador engenheiro e dono da empreiteira RCA Engenharia Ltda., contratada pela empresa Dimarco, dona legtima das terras, para fazer as obras de infraestrutura no Loteamento Santo Antnio dos Anjos, em Laguna. O servio seria pago com lotes pela em-presa proprietria das

    terras. Como as obras no foram finalizadas, a empreiteira do vere-ador no recebeu terreno algum como pagamento. Mesmo assim, Alves passou a vender os lotes, que nunca lhe pertenceram e continuar-am sob a propriedade da Dimarco.O vereador agora ru em uma

    ao penal pblica por crime de estelionato de acordo com o artigo 171, pargrafo 2, inciso I, do C-digo Penal, com o agravante de t-lo praticado de forma continuada, ou seja, mais de uma vez e em diversas ocasies durante determinado pe-rodo de tempo, conforme o artigo Laguna sediar encontro nacional de mulheres

    policiais civis (Pgina 04)

  • O CORREIO P. 02NOSSAS UTOPIAS

    Advocacia & Assessoria

    Dr. Victor Baio PereiraOAB/SC 15.896

    Atanazio Lameira lameira00@hotmail.com

    EXPEDIENTEFundado em 29.07.1995

    Direo Geral: PAULO SRGIO SILVAJORNAL O CORREIO. LTDA. ME.

    C.G.C. 03.002.178/0001-60 Insc. Mun. 54.0375

    Redao e Administrao:Rua Voluntrio Fermiano, 52 - Centro Fone: (48) 3644-3959 - Laguna/SC

    Nmero Avulso: R$ 2,00 Assinatura Semestral (Bissemanal) R$ 100,00

    Tiragem: 1.000 exemplaresOs artigos assinados so de

    responsabilidade de seus autores. Circulao quartas-feiras e aos sbados :

    Laguna, Pescaria Brava, Garopaba, Imbituba, Paulo Lopes e Imaru.

    E-mail: ocorreio@ocorreio.net hp:http://www.ocorreio.net

    Este jornal filiado:

    Visite o meu: Blog: athanaziolameira.blogspot.com

    LAGUNA/SC 31/05/2014

    Causas cveis: aes possessrias, indenizatrias e de famlia.

    Rua Raulino Horn - Centro - Fone 3644-6882

    Hora do cafezinho

    Paulo Srgio Silva

    Reinventando o Profissionalartigo

    Mello Jr - www.gmtreinamentos.com.br - mello@gmtreinamentos.com.br

    A evoluo do mercado popular

    O poder da criao H pessoas que ainda no sabem o verda-deiro valor da amizade. Tenta de toda sorte denegrir a imagem alheia querendo com isto de uma forma pouco convencional agregar valor prestgio a custa de out-rem. Triste isto. Assim agindo estes crpulas ajudam ainda mais no sucesso daquele que pretende destruir. Na criao no se mexe. A criatividade no se aprende na es-cola. H uma nuvem negra na cabea destes minguados pela natureza. Em homenagem ao grande artista brasileiro teatrlogo e diretor Augusto Boal: se tiver apenas uma pessoa dentro do elevador ainda assim farei o espetculo com a mesma energia e entusiasmo.

    Em franco crescimento, o mercado popular apre- senta mudanas significativas a cada dia. Nada oferta tantas alternativas, cuidados no aten-dimento e condies de pagamento como este segmento. As mais significativas estratgias esto no mix de produtos. O conceito bem definido: popular sim, mas com qualidade.

    Um dos indicadores que o segmento vai bem o crescimento das feiras destinadas a apresentar novi-dades e fechamento de negcios. Hoje movimentam milhes de reais e ocorrem em boa parte do Brasil, o que mostra claramente que existe um mercado pro-missor, fortalecido e com concorrncia bem definida. Quem entra no mercado popular precisa atentar para o perfil deste cliente, cujas caractersticas principais so: consumidor consciente, bom pagador, com bom gosto e formador de opinio. Outro indicador o nmero crescente de gerao de emprego que, alm de ser remunerado pelo setor, consumidor do prprio meio, representando em torno de 70% dos consumidores em nosso pas dentro da chamada classe C e D.

    O mercado to bom que algumas lojas j investem em conquistar todas as classes, isso porque ofertam bons produtos, bons preos e timo atendimento. Mas cuidado! bom ter bom senso e focar mercado,

    fornecedor e consumidor dentro de uma afinidade. Muita gente entrou nesta furada e se deu mal, in-clusive gente grande que conquistou um mercado A e B, partiu para C e D e no conseguiu adaptar-se. Hoje, comum vermos dentro de shoppings tradi-cionais lojas com produto popular; alguns at com loja tipo bazar, o que um grande avano.

    Especialistas apostam que um shopping, alm de ter lojas ncoras, deve ter lojas iscas populares que seriam ncora tambm. Isso j existe tambm nas praas de alimentao: tem uma rede multinacional e, ao lado, um tradicional, de acordo com a cultura de cidade ou regio. Observando mais atentamente o mercado, j temos farmcias, revendas de carros, pacotes tursticos, restaurantes, hotis e prestado-res de servios focados no mercado popular.

    Um lembrete: isso no modismo e no podemos cometer os erros dos pioneiros deste mercado: os 1,99, que na poca eram moda e a proliferao das lojas deste setor, no trazia qualidade, atendimento e tudo mais que qualquer mercado profissional exige. Chegou-se ao ponto de haver vrias destas lojas na mesma rua, na mesma quadra e, as vezes, lado a lado. Os competentes esto a at hoje, os aventureiros ou aproveitadores do modismo fracas-saram. O segredo ter preparao, conhecimento, profissionalismo e uma ampla noo de gesto,

    A 17 edio do Parlamento Jovem terminou nesta quinta-feira na Assembleia Legislativa de Santa Catarina. A agenda dos 40 estudantes de oito escolas de diferentes regies do Estado, en-volveu a posse oficial concedida pelo presidente Joares Ponticelli durante a Sesso Ordinria realizada no Plenrio, alm de uma sesso de-liberativa quando os jovens puderam votar e aprovar cinco projetos de lei, 16 indicaes e uma moo.Nesta edio do programa, executado pela Escola do Legislativo Deputado Lcio Mauro da Silveira, a estudante, Suelen Scalcon, da escola Presidente Mdici, de Joinville, foi eleita presidenta.

    A Tubaro Saneamento informa que o abasteci-mento de gua foi retomado. Vale ressaltar que, algumas localidades podero enfrentar proble-mas com baixa presso ou receber gua com a colorao alterada, ainda nas prximas horas.Dentro do cronograma estabelecido pela equipe tcnica, os trabalhos de retomada do sistema foram finalizados com sucesso. Em caso de dvida o usurio pode fazer contato pelo telefone 0800-648 9596.Na manh de quarta-feira, 28, o secretrio re-gional em exerccio Robson Elegar Caporal; e as gerentes de Educao, Karmensita Almeida da Rocha Cardoso; Infraestrutura, Silvania Cappua Barbosa; e de Planejamento e Avaliao, Liliane Brum Silva, participaram na Secretaria Regional de Tubaro de reunio sobre o oramento para Educao de 2015 promovida pela Secretaria de Estado da Educao.Durante o encontro, as regionais de Laguna, Tu-baro e Brao do Norte discutiram os critrios para elaborao do oramento de 2015, e tiveram esclarecidas dvidas sobre a execuo oramen-tria do ano corrente, pelo contador da Fazenda Estadual da assessoria de Planejamento da SED, Pedrinho Luiz Pfeifer. As orientaes sobre a dis-tribuio de recursos, implantao do Programa Pr-Conserva, prazos, elaborao de projetos e encaminhamentos tambm estiveram em pauta.

    Foi iniciado no ltimo 29 de maio o 9 Con-gresso dos empregados da Celesc. O evento, que conta com funcionrios de todo o Estado, este ano acontece no Laguna Tourist Hotel, no municpio de Laguna. Foram trs dias de atividades com painis e debates envolvendo os representantes das seis regionais da empresa e os membros da diretoria da estatal. A inteno, segundo a organizao do encontro, discutir o futuro da empresa e ouvir as reivindicaes dos trabalhadores. No congresso que ser encerrado neste sbado o presidente da Celesc, Cleverson Siewert, participou de um painel com os repre-sentantes dos funcionrios.Desconfie do destino e acredite em voc. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que plane-jando, vivendo que esperando... Porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive, j morreu...

    Sarah Westphal

  • O CORREIO P. 03

    SALGADOS TPICOSGRAA RODRIGUES

    Salgados tpicos aorianos de Laguna, Casquinha de Siri, Camares Recheados . Tratar: Av. Joo Pinho, 756 Mar Grosso Fones: 3647-1710 e 9986-1141.

    Aceitamos pedidos para pronta-entrega

    Fone: 3644-3959