O ataque direto como modelo de jogo

Download O ataque direto como modelo de jogo

Post on 10-Jun-2015

1.364 views

Category:

Sports

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

A nica circunstncia que h de ter em conta uma equipe que joga direto a necessidade de prescindir do jogo em meio campo, de inicio. A partir de ai, podemos ver inumerveis possveis, que logo veremos no funcionamento. www.futbol-tactico.com/pt

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. O ATAQUEDIRETO COMOMODELO DE JOGO Autor: Javier Lavandeira Fotos: Shutterstock A nica circunstncia que h de ter em conta uma equipe que joga direto a necessidade de prescindir do jogo em meio campo, de inicio. A partir de ai, podemos ver inumerveis possveis, que logo veremos no funcionamento.96 97 MAYO Tctica Artculo publicado en www.futbol-tactico.com TcticaMAYO</li></ul> <p> 2. O ATAQUE DIRETO COMO MODELO DE JOGO B- BUSCA DE VERTICALIDADE POR1. CARACTERSTICAS ENCIMA DA HORIZONTALIDADE.A nica circunstncia que h de ter em conta uma equipe que joga direto a necessidade C- PRESCINDIR DO MEIO CAMPO NA 2. ANALISEA- NECESSITASFUTEBOLISTAS DECORTE SINGULAR:ELABORAO DO JOGO 1.CARACTERSTICAS-Bons passadores D- RENUNCIAR A LEVAR O PESO DO 2.ANLISE -Fortes nas disputas JOGOde prescindir do jogo em meio campo, de inicio. 3.FUNCIONAMENTO -Inteligentes nas segundas jogadas-Criativos para gerar futebol em campo E- ESTAR DEFENSIVAMENTE 4.MODELO DE TREINAMENTO contrrioORGANIZADOA partir de ai, podemos ver inumerveis-Intuitivos para aparecer s prolongaespossveis, quelogoveremos no F- PODER POSICIONAR-SE PARA SAIRfuncionamento. AO CONTRA-ATAQUE. Muitos so as equipes da primeira diviso, que utilizam este modelo de jogo, bem para suprir suas carncias tcnicas ou bem, para potenciar suas virtudes estratgico-fsicas. Vamos a observar estes diapositivos que evidenciam a variabilidade deste jogo, em funo da utilizao, que fazem algumas equipes de primeira diviso. O LEVANTE DESDE ZONA DE INICIAO BUSCA SEMPRE A PROFUNDIDADE ATRAVS DO ATAQUE DIRETO PRESCINDINDO DA TRANSIO NO MEIO CAMPO E POSICIONANDO-SE PARA DISPUTAR EM PROLONGAO E RECHACE MANEJANDO OS DESMARQUES DE APOIO E RUPTURA.9899 MAYO Tctica Artculo publicado en www.futbol-tactico.comTctica MAYO 3. 100101MAYO Tctica Artculo publicado en www.futbol-tactico.com Tctica MAYO 4. 3. FUNCIONAMENTOQue supe escolher estemodelo de jogo?a. Supe decantar-nos por ummodelo mais diretivo e menoscriativo, com pouca capacidadeimprovisao.b. Teremos que selecionar umsistema de jogo, que nos permitatransladar nossa ideia de umamaneira prtica e efetiva.c. Ter em conta oposicionamento e sistema dorival, assim como o estilo de jogoque desenvolve.d. Selecionar alguma dasmltiplas opes, que nos permiteeste modelo de jogo.e. Estabelecer os mecanismosnecessrios estud-los, prefix-los e desenvolv-los de maneiraa- Lanar desde lateral, buscandocompanheiros que saem de surpresa f-Carregar sobre o centro, paraespecfica.ao ponta, que se marca, em corredor de 2 linha.uma vez ganhada segunda jogada, central e jogar de cara para segundacoordenar-se com movimentos de jogada: a) segunda jogada elaborada d- Lanando desde banda, ruptura por banda e buscar desde ali ou b) segunda jogada a finalizarbuscando o espao as costas doa surpresa na finalizao.OPES PARArpido. lateral do mesmo lado, coordenadoDESENVOLVER Ob- Mesma situao que a anterior, com movimento diagonal do ponta.g- O lanador o goleiro e saca sobre posio de Meio-centro, queATAQUE DIRETOmas lanando o central. e- Carregar o jogo sobre uma permuta com o ponta, que trata de banda, caindo o ponta sobre o lateral prolongar ao companheiro com o queVamos tentar expor algumas c- Lanando qualquer das duase tentar ganhar segunda jogada, h permutado.possibilidades, atravs das quais, opes que temos dado, maspara buscar mudana de orientaopode desenvolver este modelo deagora o ponta trata de prolongar, a sobre lado dbil e poder finalizarh- Outras opes dasjogo:desde o espao livre provocado. combinaes do anterior.102 103MAYO Tctica Artculo publicado en www.futbol-tactico.com TcticaMAYO 5. 4.MODELO DE TREINAMENTO- Ante tudo bom deixar claro, que um modelo que necessita ser muito trabalhado - bom tambm deixar claro, que se escolhemos este estilo de ataque, devemosnos treinamentos, com consignas claras, posicionamento definido e variantes desenvolv-lo durante boa parte de nosso jogo e no de maneira pontual, j quemuito precisos, j que exige de um grande nvel de coordenao entre futebolistas o ltimo caso, estaramos falando de um recurso, no de um modelo definido.de diferentes linhas.- Ter claro tambm, que um modelo que exigea posta em ao de mecanismos definidos, quedeixam pouco lugar a improvisao.- Para finalizar, diremos que um modelo dejogo, que oferece muitas possibilidades, comotemos visto no apartado anterior.- Ser voc como treinador o que selecione,segundo as caractersticas de sua equipe esistema que se adeque, como quer desenvolv-lo e que opes claras de variantes podemconviver paralelamente.- At agora no falei nada do posicionamentodefensivo, que h de adoptar, se no ganha bola, que ser mais ou menos ativo, segundoo tempo de desenvolvimento que tenhaempregado no ataque direto.- Vamos ver algumas tarefas, a modo deexemplo, os convido a diminuir as opes, queos dei e jogar com elas.104105MAYOTctica Artculo publicado en www.futbol-tactico.com Tctica MAYO 6. 106107MAYO Tctica Artculo publicado en www.futbol-tactico.com Tctica MAYO</p>