números:8, 14, membros do grupo:joão, ricardo e enzo

Download Números:8, 14, Membros do Grupo:João, Ricardo e Enzo

If you can't read please download the document

Post on 07-Apr-2016

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Centro-Oeste

Centro-Oeste

Nmeros:8, 14, Membros do Grupo:Joo,Ricardo e Enzo

1

Introduo

Fizemos este Trabalho para que voces tomem um pouco mais de conhecimento da regio Centro-Oeste. Fizemos com muito carinho espero que gostem!!!!!!

NDICEInicio do Trabalho..........................................................1Introduo.....................................................................2Mapa Poltico................................................................4Relevo............................................................................5 e 6Clima.............................................................................7Vegetao......................................................................8 e 9Bacias Hidrogrficas....................................................10 e 11Economia......................................................................12 a 15Impactos ambientais....................................................16Expanso do povoamento............................................17 a 23Pratos da culinria do Centro Oeste...........................24 a 26Mitos e lendas...............................................................27 a 29Manifestaes Culturais..............................................30 a 34Curiosidades.................................................................35Bibliografia...................................................................36

3 Mapa PolticoA Regio Centro-Oeste apresenta uma extensoTerritorial da ordem de 1,6 milho de quilmetrosquadrados,o que classifica como a segunda maior Regio Brasileira em extenso territorial.Ela composta por quatro unidades poltico- administrativa:Os Estados, de Gois,Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e o Distrito federal.

Relevo O Relevo do Centro Oeste marcado pela existncia de uma srie de planaltos(a maior parte deles compostos de rochas sedimentares),depresses(Compostas predominantemente de rochas cristalinas)e plancies ( composta de rochas sedimentares). Os planaltos- a forma de relevo dominante no Centro-Oeste apresentam,como regra, altitudes acima dos 300 metros e so marcados pelo ocorrncia de chapadas e Serras.

Relevo Regio Centro-Oeste

ClimaA regio Centro-Oeste encontra-se em sua quaseTotalidade na zona climtica intertropical.Isso,associadoAo fato de seu relevo ser marcado por baixas altitudes,Faz com que os climas quentes ,do tipo equatorial e tropical,Sejamos dominantes em seu territrio.Isso significa que a Regio Centro-Oeste marcada na reas de ocorrncias doClima equatorial pela existncia de elevadas mdias Trmicas anuais e pela ausncia de uma estao seca e Prolongada;nas reas de ocorrncia de clima tropical,por Apresentar duas estaes bem definidas,uma chuvosa uma Seca e calorosa. VegetaoO predomnio de climas quentes no Centro-Oeste Contribui para que ocorram nessa regio paisagens Vegetais tpicas desses domnios climticos,ou seja:A mata amaznica,no domnio equatorial,no norte de Mato Grosso;o cerrado,no domnio climtico tropical.Alm dessas paisagens,constata-se ainda existncia de Extensas reas ocupadas por campos limpos ,sobretudoNo extremo meridional do Mato Grosso do Sul, e de Uma vegetao complexa do pantanal , onde se verificaPaisagens vegetais,com florestas ,cerrados e campos.

Mapa da vegetao

Bacias HidrogrficasQuanto ao recurso Hdricos,a regio Centro-Oeste rica.Nela est situada trs das maiores bacias hidrogrficas da Amrica do Sul :A Amaznia,a do Tocantins-Araguaia e aPlatina,formada pelas bacias do Paraguai,do Paran e doUruguai.O Rio Paraguai drena o pantanal e,por ser um rio de Plancie, bastante utilizado para navegao.Os demais rios dessa Bacia o Paran e o Uruguai so planlticos,o que contribui para que Suas guas sejam aproveitadas para produo de hidreltrica.Dentre essas usinas existente nessa regio,pode-se citar,por sua Importncia regional a de Itumbiara,no rio Paranaba,e a Serra da Mesa,no rio Tocantins.

Bacia Hidrogrfica Rios De Gois.

EconomiaNo Centro-Oeste o Setor Primrio comea a desenvolver nas plantaes de soja, milho e cana-de-acar e so usadas muitas mquinas.Agricultura: Para completar a pecuria e o extrativismo era utilizado agricultura de subsistncia, porm com o crescimento populacional ela est ocorrendo melhoria das vias de comunicao e o apoio do governo cada vez mais est ocorrendo o desenvolvimento da agricultura comercial nessa regio.

Setor SecundrioA regio Centro-Oeste tem como vantagem a possvel Presena de grandes quantidades de recursos minerais Em seu subsolo.Isso decorrncia da origem geolgica De grande parte de seu territrio,que foi formada noPr-cambriano e no Paleozico.Apesar disso,a produoDe minrios ainda modesta quando comparada com De outras regies e pas.Atualmente,essa produo Concentra-se no ferro e no mangans,que so exploradosNo macio de Urucum,localizado no pantanal do Mato Grosso do Sul. Setor TercirioComrcio: O Centro- Oeste tem seu comrcio impulsionado principalmente pelos produtos provinientes do agronegcio. Mas isso no ruim, graas a isso o Centro- Oeste foi a regio do Brasil que teve a menor baixa de exportaes no ano passado comparando com o ano anterior. Seu comrcio baseado principalmente nos produtos agrcolas e na pecuria. Em consequncia as variadas reas com que os funcionrios podem lidar o Centro -Oeste conseguiu um aumento de 61,6 mil vagas de trabalho.

Transportes: Possui estradas pouco desenvolvidas, com exceo daquelas que ligam capitais e a malha rodoviria de Gois que a segunda melhor do pas, possui aeroportos com grande movimento, o aeroporto internacional de Braslia, possui trfego intenso e fica apenas atrs dos de So Paulo e Rio de Janeiro. Tem como principal porto o da cidade de Corumb. A malha rodoviria de Mato Grosso est em pssimas condies e no apresenta segurana para os viajantes.

Impactos ambientais na regiao cento oesteA partir da dcada de 1960 a expanso da ocupao do Centro-Oeste trouxeram muitas alteraes ao ambiente do Cerrado, ameaando a sua biodiversidade. Os governos investiram na implantao de atividades econmicas, com vistas a promover o desenvolvimento econmico e social da regio. O impacto causado no Cerrado pelas atividades agropecurias somou-se quele causado pela explorao mineral e vegetal, pelo crescimento das cidades e pelas queimadas. As queimadas no Cerrado podem ocorrer de forma espontnea, porque nos perodos de estiagem, a vegetao rasteira fica muito ressecada, com aparncia de palha seca, podendo incendiar-se devido ao calor do Sol. Na maior parte das vezes, no entanto, o ser humano quem provoca as queimadas para limpar a terra ou renovar as reas de pastagens. Assim como acontece nas reas de Cerrado, o equilbrio ecolgico do Pantanal tambm vem sendo afetado pela ao humana. O garimpo, a caa, a pesca, o turismo e a agropecuria, praticados de maneira predatria, alm da construo de rodovias e de hidreltricas, provocam alteraes que causam impactos direto sobre a regio. Vrias so as consequncias: desmatamento, queimadas, poluio das guas por agrotxicos e pelo mercrio utilizado nos garimpos, compactao do solo, diminuio ou extino de espcies animais e vegetais, entre outras.EXPANSO DO POVOAMENTO E MANIFESTAES CULTURAIS DA REGIO CENTRO OESTE

http://www.brasilescola.com/CENTRO OESTEA Regio Centro-Oeste uma das cinco Regies que compem o territrio brasileiro. composta pelos Estados de Gois, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e pelo Distrito Federal. Sua rea de 1.604.850 Km2, ocupando aproximadamente 18,8% do Brasil, tendo a segunda maior extenso territorial entre as Regies brasileiras, sendo menor apenas que a Regio Norte.

http://geografalando.blogspot.com.brOs indgenas foram os primeiros habitantes da Regio Centro-Oeste. Depois chegaram os bandeirantes. Eles descobriram muitas minas de ouro e fundaram as primeiras vilas: Vila Real do Bom Jesus de Cuiab, atual capital do Estado de Mato Grosso, Vila Boa, atual cidade de Gois e Meya Ponte, hoje Pirenpolis. Surgiram arraiais que se tornaram cidades importantes. A descoberta de diamante deu origem a vila chamada Corrutela. Os fazendeiros de Minas Gerais e de So Paulo, tambm povoaram a regio. Eles organizaram grandes fazendas de criao de gado.

berranteirolcezar.bogspot.com

Para defender as fronteiras do Brasil com os outros pases, foram criados fortes militares. Entre eles, destaca-se o Forte de Coimbra, hoje a cidade de Corumb.

Nas ltimas dcadas, a Regiotem sido bastante atrativa para correntes migratrias, principalmente da Regio Nordeste. Esse processo se intensificou na dcada de 1950, com a construo de Braslia. www.sinaten.com.br BRASLIA Brasliafoi construda (as obras comearam em novembro de 1956, depois de Juscelino sancionar a lei n 2.874) a fim de ser a nova capital do Brasil. A idia era transferir a capital do Rio de Janeiro para o interior do pas. Ao transladar a capital para o interior, o governo pretendia povoar aquela regio.

Pessoas de todo o pas, especialmente do nordeste (chamadas de candangos, que quer dizer ordinrios), foi contratada para a construo da cidade. rd-2.blogspot.com

Foi inaugurada no dia 21 de abril de 1960 porJuscelino Kubitschek. Nesta poca, o centro cvico da cidade j tinha sido totalmente construdo (Palcio do Governo, Catedral, Edifcios dos Ministrios, Parlamento, Palcio da Justia, etc)Braslia custou cerca de um bilho de dlares. Este custo extremamente elevado deveu-se, em parte, a ausncia de estradas de ferro e de rodovias bem traadas para levar o material de construo. A soluo foi trans