Nr13 Caldeiras Vasos Pressao

Download Nr13 Caldeiras Vasos Pressao

Post on 13-Jul-2015

106.396 views

Category:

Documents

1 download

TRANSCRIPT

NR 13 CALDEIRAS E VASOS DE PRESSOPROF. JAIRO BRASIL jairobras@msn.com (51)9676-3309

1 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

CALDEIRA O QUE ???? um Gerador de Vapor, a partir de um determinado tipo de combustvel (Madeira, leo BPF, Gs Natural, Eletricidade, Resduos) capaz de transformar essa energia em vapor.

2 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

CALDEIRA EM CASATodos ns temos em casa uma caldeira.

3 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

CONCEITO SEGUNDO A NR 13Equipamentos destinados a produzir e acumular vapor sob presso superior atmosfrica, utilizando qualquer fonte de energia.

4 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

G H B E F

A C I

D

J

K M L

Bomba Dgua Vlvula de Segurana Pressostato Quadro de Comando Corpo da Caldeira Sistema de Ignio jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676Tubulao de Aquecimento

LETRA K G C L J A

ACESSRIO

LETRA H F E B D M

ACESSRIO Sada da Chamin Registro Geral de Vapor Visor de Nvel Manmetro de Presso Bomba de Combustvel Sistema de Exausto/Ventilao

5

PROF. JAIRO BRASIL

PROFISSIONAL LEGALMENTE HABILITADOProfissional com competncia legal para o exerccio da profisso de engenheiro nas atividades referentes a projeto de construo, o acompanhamento, operao e manuteno, inspeo e superviso de o inspeo de caldeiras e vasos de presso, em conformidade com a regulamentao profissional vigente no Pas.6 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

PRESSO MXIMA DE TRABALHOPresso Mxima de Trabalho Permitida PMTP ou Presso Mxima de Trabalho Admissvel - PMTA o maior valor de presso compatvel com o cdigo de projeto, a resistncia dos materiais utilizados, as dimenses do equipamento e seus parmetros operacionais.

7 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

RISCO GRAVE E IMINENTE a Falta de:a) Vlvula de segurana com presso de abertura ajustada em valor igual ou inferior a PMTA;

8 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

RISCO GRAVE E IMINENTE a Falta de:b) Instrumento que indique a presso do vapor acumulado;

9 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

RISCO GRAVE E IMINENTE a Falta de:c) Injetor ou outro meio de alimentao de gua, independente do sistema gua principal, em caldeiras combustvel slido;

10 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

RISCO GRAVE E IMINENTE a Falta de:e) sistema de indicao para controle do nvel de gua ou outro sistema que evite o superaquecimento por alimentao deficiente.

11 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

PLACA DE IDENTIFICAOa) fabricante; b) nmero de ordem dado pelo fabricante da caldeira; c) ano de fabricao; d) presso mxima de trabalho admissvel; e) presso de teste hidrosttico; f) capacidade de produo de vapor; g) rea de superfcie de aquecimento; h) cdigo de projeto e ano de edio.12 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

PLACA DE IDENTIFICAO

13 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

DOCUMENTAOPRONTURIO DA CALDEIRA: Cdigo de projeto e ano de edio; Especificao dos materiais; Procedimentos utilizados na fabricao, montagem, inspeo final e determinao da PMTA; Conjunto de desenhos e demais dados para o monitoramento da vida til da caldeira; Caractersticas funcionais; Dados dos dispositivos de segurana; Ano de fabricao; Categoria da caldeira;

14

jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676-

PROF. JAIRO BRASIL

DOCUMENTAOREGISTRO DE SEGURANA Livro com pginas numeradas onde sero registradas: a) todas as ocorrncias importantes capazes de influir nas condies de segurana da caldeira; caldeira b) as ocorrncias de inspees de segurana peridicas e extraordinrias, devendo constar rias o nome legvel e assinatura de "Profissional Habilitado" e de operador de caldeira presente na ocasio da inspeo.15 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

DOCUMENTAOPROJETO DE INSTALAO ou PROJETO DE ALTERAO onde consta: Nome do Responsvel Profissional Habilitado Com todos os detalhes estruturais do local onde ser instalada a Caldeira, ou as alteraes a serem realizadas na Instalao Original. Constar: planta baixa, dimension

16 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

DOCUMENTAORELATRIO DE INSPEO a) dados constantes na placa de identificao da caldeira; b) categoria da caldeira; c) tipo da caldeira; d) tipo de inspeo executada; e) data de incio e trmino da inspeo; f) descrio das inspees e testes executados;17 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

DOCUMENTAORELATRIO DE INSPEO g) Resultado das inspees e providncias; h) Relao dos itens que no esto sendo atendidas; i) Concluses; j) Recomendaes e providncias necessrias; k) Data prevista para a nova inspeo da caldeira; l) Nome legvel, assinatura e nmero do registro no conselho profissional do "Profissional Habilitado", e nome legvel e assinatura de tcnicos que participaram da inspeo.

18

jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676-

PROF. JAIRO BRASIL

CLASSIFICAO DAS CALDEIRASCATEGORIA A Presso de operao igual ou superior a 19,98 Kgf/cm.

19 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

CLASSIFICAO DAS CALDEIRASCATEGORIA C Presso de operao igual ou inferior a 5,99 Kgf/cm e volume interno igual ou inferior a 100 litros.

20 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

CLASSIFICAO DAS CALDEIRASCATEGORIA B Caldeiras da categoria B so todas as caldeiras que no se enquadram nas categorias A e C.

21 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

OPERAO SEGURA DE CALDEIRASMANUAL DE OPERAO: a) procedimentos de partidas e paradas; b) procedimentos e parmetros operacionais de rotina; c) procedimentos para situaes de emergncia; d) procedimentos gerais de segurana, sade e de preservao do meio ambiente.jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676-

22 PROF. JAIRO BRASIL

RISCO GRAVE E IMINENTEOs instrumentos e controles de caldeiras devem ser mantidos calibrados e em boas condies operacionais, operacionais constituindo condio de risco grave e iminente o emprego de artifcios que neutralizem sistemas de controle e segurana da caldeira.

23 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

GUA DA CALDEIRAA qualidade da gua deve ser controlada e tratamentos devem ser implementados, quando necessrios para compatibilizar suas propriedades fsico-qumicas com os parmetros de operao da caldeira.

24 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

OPERADOR DE CALDEIRAToda caldeira a vapor deve estar obrigatoriamente sob operao e controle de operador de caldeira, sendo que o no atendimento a esta exigncia caracteriza condio de risco grave e iminente.

25 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

OPERADOR DE CALDEIRAOperador de Caldeira aquele que possuir certificado de "Treinamento de Segurana na Operao de Caldeiras e comprovao de estgio prtico. tico Para participao no Treinamento o aluno deve possuir concluso do 1 grau. grau Treinamento supervisionado tecnicamente por "Profissional Habilitado. Ministrado por profissionais capacitados. capacitados26 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

CURSO OPERADOR DE CALDEIRANoes de grandezas fsicas e unidades 4h. Caldeiras - consideraes gerais 8h Operao de caldeiras 12h Tratamento de gua e manuteno de caldeiras 8h Preveno contra exploses e outros riscos 4h Legislao e normalizao 4h.27 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

ESTGIO PRTICOCaldeiras da categoria A: 80 (oitenta) horas; Caldeiras da categoria B: 60 (sessenta) horas; Caldeiras da categoria C: 40 (quarenta) horas.28 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

RECICLAGEM DOS OPERADORES DE CALDEIRAA reciclagem de operadores deve ser permanente, por meio de constantes permanente informaes das condies fsicas e operacionais dos equipamentos, atualizao tcnica, informaes de cnica segurana, participao em cursos, palestras e eventos pertinentes. pertinentes

29 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

MANUTENO DE CALDEIRASTodos reparos ou alteraes em caldeiras devem respeitar o respectivo cdigo do projeto de construo e as prescries do fabricante no que se refere a: a) materiais; b) procedimentos de execuo; c) procedimentos de controle de qualidade; d) qualificao e certificao de pessoal.

30

jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676-

PROF. JAIRO BRASIL

MANUTENO DE CALDEIRASTodas as intervenes que exijam mandrilamento ou soldagem em partes que operem sob presso devem ser seguidas de teste hidrosttico, com caractersticas definidas pelo "Profissional Habilitado. Os sistemas de controle e segurana da caldeira devem ser submetidos manuteno preventiva ou preditiva. preditiva31 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

INSPEES DE SEGURANAAs caldeiras devem ser submetidas a inspees de segurana inicial, peridica e extraordinria, sendo considerado ria condio de risco grave e iminente a no realizao.

32 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

INSPEO DE SEGURANA INICIALA inspeo de segurana inicial deve ser feita em caldeiras novas, antes da novas entrada em funcionamento, no local de funcionamento operao, devendo compreender exames o interno e externo, teste hidrosttico e externo de acumulao.

33 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

INSPEO DE SEGURANA PERIDICAA inspeo de segurana peridica, constituda por exames interno e externo, deve ser externo executada nos seguintes prazos mximos: a) 12 meses - caldeiras categorias A, B e C; b) 12 meses - caldeiras de recuperao de lcalis de qualquer categoria; c) 24 meses - caldeiras da categoria A, desde que aos 12 meses sejam testadas presses de abertura das vlvulas de segurana; d) 40 meses - caldeiras que operam de forma contnua e que usam gases ou resduos das unidades de processo.jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676-

34

PROF. JAIRO BRASIL

INSPEO DE SEGURANA EXTRAORDINRIAa) Sempre que a caldeira for danificada por acidente ou outra ocorrncia que comprometer sua segurana; b) Quando a caldeira for submetida alterao ou reparo importante; c) Antes de a caldeira ser recolocada em funcionamento, quando permanecer funcionamento inativa por mais de 6 meses; d) Quando houver mudana de local de instalao da caldeira.

35

jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676-

PROF. JAIRO BRASIL

INSPEO DE SEGURANAVlvulas de Segurana Inspecionadas pelo menos uma vez por ms, mediante acionamento manual da ms alavanca, em operao, para caldeiras alavanca das categorias B e C.

36 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

INSPEO DE SEGURANAVlvulas de Segurana: Desmontar, inspecionar e testar em bancada as vlvulas flangeadas e, no campo, as vlvulas soldadas, recalibrando-as numa freqncia compatvel com a experincia operacional da mesma.(Tempo de uso)37 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

INSPEO DE SEGURANAVlvulas de Segurana: Testes de Acumulao: a) na inspeo inicial da caldeira; b) quando forem modificadas ou tiverem sofrido reformas significativas; significativas c) quando houver modificao nos parmetros operacionais da caldeira ou variao na PMTA; d) quando houver modificao na tubulao de admisso ou descarga. descargajairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676-

38

PROF. JAIRO BRASIL

INSPEO DE SEGURANAA inspeo de segurana deve ser realizada por "Profissional Habilitado. Inspecionada a caldeira, deve ser emitido "Relatrio de Inspeo", que passa a o" fazer parte da sua documentao. Uma cpia do "Relatrio de Inspeo" deve ser encaminhada, num prazo mximo de 30 (trinta) dias do trmino da inspeo, representao sindical da categoria. categoria39 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

VASOS DE PRESSOVasos de presso so equipamentos que contm fludos sob presso interna ou externa.

40 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

VASO DE PRESSO EM CASATodos ns temos em casa um Vaso de Presso.

41 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

PLACA DE IDENTIFICAOa) fabricante; b) nmero de identificao; c) ano de fabricao; d) presso mxima de trabalho admissvel; e) presso de teste hidrosttico; f) cdigo de projeto e ano de edio.42 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

DOCUMENTAOPronturio do Vaso de Presso. Registro de Segurana. Projeto de Instalao. Projeto de Alterao ou Reparo. Relatrios de Inspeo.

43 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

INSTALAOTodo vaso de presso deve ser instalado de modo que todos os drenos, respiros, bocas de visita e indicadores de nvel, presso e temperatura, quando temperatura existentes, sejam facilmente acessveis. veis

44 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

INSTALAO EM AMBIENTES FECHADOSa) Duas sadas amplas, permanentemente desobstrudas e dispostas em direes distintas; distintas b) Acesso fcil e seguro para atividades de manuteno, operao e inspeo. c) Ventilao permanente com entradas de ar que no possam ser bloqueadas; d) Iluminao conforme normas oficiais vigentes; e) Sistema de iluminao de emergncia. emergncia45 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

DVIDAS PERGUNTAS ???

46 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL

CONTATOS

E-mail: jairobras@msn.com Orkut: Prof. Jairo Brasil MSN: jairobras@msn.com Skype: Brava Consultoria Facebook: Prof. Jairo Brasil Twitter: @jairobras BLOG: www.profjairobrasil.blogspot.com OBRIGADO47 jairobras@msn.com (51)9676-3309 (51)9676PROF. JAIRO BRASIL